Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

Dia Mundial sem tabaco

Esta data foi criada em 1987, na Assembléia Mundial de Saúde e desde então, a Organização Mundial da Saúde (OMS) articula esta atividade em todo o mundo, definindo um tema a ser abordado a cada ano. Em 2010, a campanha será dirigida às mulheres. 
Calcula-se 1 bilhão de fumantes no mundo e destes, apenas 200 milhões são mulheres.  Mas, é comprovado que enquanto o tabagismo diminui entre os homens, está aumentando entre as mulheres.
No Brasil, a  prevalência de tabagismo vem caindo, conforme dados da última pesquisa do Ministério da Saúde realizada em 2008 em parceria com o IBGE (leia aqui), mas esta redução foi menor entre mulheres. 
Que tal aproveitar a data para ajudar alguém (homem ou mulher) a parar de fumar?  Leia mais sobre a campanha 2010 clicando aqui.

Rinite alérgica e rendimento escolar

A rinite alérgica é a doença crônica mais comum na infância, de acordo com os dados mais atualizados. A base da doença é genética (hereditária) e resulta da interação com fatores do ambiente em que vivemos. As vias respiratórias altas se encontram inflamadas, mesmo quando não se sente nada. É a chamada “inflamação mínima persistente nasal”.


A rinite se manifesta por sintomas nasais predominantes, como: espirros, coriza, congestão e coceira nasal, podendo se confundir com resfriados repetidos. Mas, não pára por aí: a partir do momento em que a mucosa do nariz se inflama, pouco a pouco, esta inflamação atinge as estruturas próximas do nariz, como os seios da face, ouvidos, garganta, olhos e até os pumões. Por isso, a rinite raramente se manifesta sozinha, sendo comum que se associe com sinusite, conjuntivite, laringite, faringite, amigdalite, tosse crônica e até mesmo asma (ou bronquite). Fica claro, portanto, que a rinite não é uma doença sem importância e que pode acarretar muito sofri…

Alérgicos têm menos chance de ter câncer

Para os que sofrem com a alergia, uma boa notícia: cientistas de diversas universidades americanas sugerem que os alérgicos têm menos chance de desenvolver câncer. De acordo com a pesquisa, as reações adversas estimulam o sistema imunológico, ajudando a evitar diversos tipo de tumor.


Segundo a Universidade Texas Tech, os asmáticos têm 30% menos chance de ter câncer de ovário. Já um estudo coordenado pela Universidade Cornell aponta que as crianças com alergia a substâncias transportadas pelo vento, como a poeira, são 40% menos propensas a desenvolver leucemia.


Os cientistas comemoram os resultados, mas afirmam que mais estudos são necessários. "É difícil provar a ligação (entre alergia e câncer) e vi muita gente cética quanto a isso, mas o conceito existe e as pesquisas nos ajudam", afirma Ronald Crystal da Universidade Cornell. "As alergias geralmente ativam o nosso sistema imunológico", acrescenta.


Benefícios - Os médicos da Cornell destacam ainda que as alergias po…

Entrevista

O Dr Lian Pontes de Carvalho, médico da equipe da Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro esclareceu os ouvintes da rádio Cultura de Guarapuava, no Paraná sobre as doenças alérgicas.


Clique e ouça a entrevista:


Limpeza de ar-condicionado e ventilação garantem a saúde na empresa

Boa parte das doenças respiratórias ocupacionais pode ser prevenida, afirmam os médicos. Medidas simples podem ser oferecidas, como orientar os funcionários a tomar a vacina contra a gripe A e a consultar o médico da companhia em caso de sintomas de doenças respiratórias.
Há casos em que a empresa deve intervir diretamente - como em ambientes fechados, nos quais a possibilidade de troca e renovação do ar é menor. O acúmulo de poluentes pode desencadear sintomas alérgicos respiratórios, dependendo da sensibilidade do profissional, explica a médica alergista Fátima Emerson. 

A resolução nº 176 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estabelece padrões de qualidade do ar que devem ser seguidos em locais de uso público e coletivo climatizados artificialmente.
A Chemtech, empresa de prestação de serviços em engenharia e tecnologia da informação, por exemplo, faz a limpeza do duto do ar-condicionado e o tratamento da água usada neste processo semestralmente. "Nunc…

Carta pelos direitos da criança asmática

No Congresso da Organização Mundial de Alergia, realizado em Dezembro de 2009 em Buenos Aires, foi proclamada a Carta das crianças asmáticas.



Toda criança asmática deve ter direito a:

1. Ser tratada por profissional especializado no diagnóstico e manejo da asma e doenças alérgicas;
2. Receber medicação em conformidade com as diretrizes e práticas internacionais de tratamento de asma;
3. Receber educação familiar sobre como realizar o tratamento da asma e como evitar os fatores provocadores de alergia;
4. Estar apta para prática de esportes escolares, brincadeiras e jogos, livre de sintomas de asma.
5. Viver em um ambiente livre de fumaça de cigarro.
Leia aqui a íntegra do documento.
Pediatr Allergy Immunol 2010: 21: 1–2

Imunoterapia ou vacina para alergia - dúvida do leitor

Eu queria saber mais sobre as vacinas para alergia. Vocês poderiam me explicar?

Imunoterapia, também conhecida como vacina para alergia, é uma forma de tratamento que visa diminuir a sensibilidade aos alérgenos, ou seja, substâncias que podem provocar sintomas de alergia quando uma pessoa alérgica é exposta a eles, como por exemplo, a poeira, ácaros, mofo, etc. Se você sofre de asma, rinite, conjuntivite e alergia a picada de insetos, você pode se beneficiar com a imunoterapia.


Para saber se há indicação para uso de vacinas, o alergista fará um teste alérgico para ajudar a determinar exatamente o que está causando a alergia. Um teste de alergia consiste em colocar pequenas quantidades de alérgenos em sua pele e ver qual deles vai reagir. Ou ainda, pode decidir fazer um exame de sangue, como o teste de RAST ou teste Immunocap.


A imunoterapia é feita através da aplicação por via subcutânea ou por via sublingual de quantidades crescentes do alérgeno, com objetivo de provocar uma reação imu…

Blog da Alergia no RJ TV

Hoje, no Dia Nacional de Prevenção à Alergia, o Dr. José Luiz Rios, membro da equipe médica da Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro esclareceu dúvidas na edição da manhã do RJ TV:



07 de Maio - Dia Nacional de Prevenção das Doenças Alérgicas

“Você está sempre resfriado?” “Você sabia que estresse, má alimentação e falta de sono podem enfraquecer seu sistema imunológico?” “Você sabia que 1 em cada 20 bebês tem alergia ao leite de vaca?“ “Você tem asma ou bronquite?”
Estas e muitas outras dúvidas são esclarecidas na campanha realizada anualmente pela ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia):


07 de Maio – Dia Nacional de Prevenção das Doenças Alérgicas  Apoio ao Dia Mundial da Asma

O evento tem como objetivo conscientizar o público brasileiro sobre o diagnóstico, sintomas, tratamento e, principalmente, as formas de prevenção das doenças alérgicas. As alergias respiratórias, mais comuns nessa época do ano, serão o carro-chefe da campanha, tais como rinite alérgica e asma. Também faz parte da iniciativa a conscientização de alergias a alimentos, a picada de insetos, ao látex, medicamentos,etc.


Dados da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia) apontam que cerca de 30% da população, em geral, possui al…

Bingo da Alergia

Convidamos a todos para jogar,
aprender e se divertir no bingo mais original do Brasil: 

BINGODAALERGIA
Quarta feira, dia 05 de Maio de 2010  Auditório da Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro 14:00 horas. 
Venha e traga seus amigos. 

Mas, reserve seu lugar (21) 2210 2810 
pois as vagas são limitadas.

4 de Maio: Dia Mundial da Asma

A asma, segundo estimativas do Ministério da Saúde, mata anualmente quase três mil brasileiros. Contudo, a maioria destes óbitos poderia ser evitada com tratamento adequado.


No Brasil, já existe a liberação de medicações para a asma no SUS em algumas localidades, mas infelizmente a maior parte da atenção básica ou saúde da família ainda não está capacitada para orientar o tratamento.


O médico Álvaro Cruz, professor da Faculdade de Medicina da UFBA e consultor da Organização Mundial da Saúde para doenças respiratórias crônicas, ressalta este problema e avalia que, no Brasil, ainda é necessário aumentar o entendimento da asma entre os profissionais e gestores de saúde, assim como o público em geral. “Ampliar este reconhecimento será um passo decisivo para a adoção de políticas e práticas que previnam as crises decorrentes da doença e diminuam o número de mortes, devendo também reduzir o gasto anual do SUS por paciente com asma, englobando aí o número de internamentos, atendimentos de emer…

Semana Carioca da Alergia - 2010

ASBAI-RJ orienta a comunidade sobre as doenças alérgicas  que já afetam cerca de 30% da população brasileira Os especialistas da ASBAI-RJ (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia do Rio de Janeiro) prepararam uma série de atividades educativas, informativas e lúdicas para a população, durante a Semana Carioca da Alergia de 02 a 08 de Maio. No dia 7 de Maio é comemorado o Dia Nacional de Prevenção das Doenças Alérgicas. A programação conta com exames, inquéritos epidemiológicos, apresentação de grupos teatrais, distribuição de materiais educativos, palestras e orientações de renomados especialistas em alergia. As atividades serão realizadas em diversos pontos de referência da cidade e de fácil acesso à população.
“Consideramos a campanha de extrema importância para disseminar o conhecimento sobre as doenças alérgicas a toda a população e, dessa forma, promover a prevenção”, explica o Dr. Fábio Chigres Kuschinir, Presidente da ASBAI-RJ.
Confira a programação e venha participar:


PROGR…

Semana Carioca da Alergia 2010