Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

Corticóides tópicos

Corticóides tópicos são produtos amplamente utilizados no tratamento das alergias da pele, como a dermatite atópica, eczema de contato, alergia a picada de insetos, entre outras.

Estes produtos são seguros e não causam os mesmos efeitos colaterais do uso sistêmico (em comprimidos, xaropes ou injeções). Contudo, não são isentos de riscos e só devem ser usados com prescrição médica. 

O grau de absorção pelo organismo é baixo, desde que sejam utilizados de forma adequada. Mas, esta absorção pode ser maior ou menor, de acordo com vários parâmetros. Por isso, quando o médico escolhe a medicação, leva em conta alguns critérios, relacionados ao produto (potência, concentração, apresentação) outros relacionados à doença (extensão, grau da lesão, localização, tipo da dermatite) 
e ainda, fatores ligados ao paciente (idade, estado da pele, hidratação). 

Os corticóides tópicos são classificados em grupos de acordo com a potência, variando desde o grupo 1 de maior potência até o grupo 7, de baixa pot…

Primavera e alergia

Hoje 22 de setembro é o início da primavera, estação das flores, dos dias ensolarados e temperatura amena. No Rio de Janeiro não há uma estação polínica definida, mas no sul do Brasil a situação é outra. Dados da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia) apontam que na região Sul do Brasil 12% da população têm alergia ao pólen de gramíneas, ocasionando a alergia sazonal, mais comum nos adultos. 

A alergia do pólen é caracterizada por reações respiratórias, conhecidas como polinose ou "febre do feno". Seus principais sintomas associados são intensa rinite e conjuntive alérgica. "Os olhos e o nariz coçam, há crises de espirros em sucessão, coriza e congestão nasal. Alguns podem ter falta de ar e chiado no peito", comenta o Dr. Nélson Rosário, diretor da ASBAI. 

A alergia acontece devido aos antígenos de pólens de algumas plantas se desprenderem no ar e espalharem pelo vento. Esse pólen, em contato com a mucosa do aparelho respiratório e conjuntivite d…

Auto injetor de adrenalina comandado por voz

O primeiro aparelho para auto-injeção de adrenalina com comando de voz foi aprovado nos Estados Unidos.

De acordo com o fabricante, o dispositivo tem um aplicativo áudio e visual para orientar os pacientes durante o processo de injecção. O produto deverá ser lançado no mercado americano no final do ano. 

É indicado para o tratamento de emergência nos casos de alergia com risco de vida chamadas de reações anafiláticas, como por exemplo após ingestão de alimentos, picadas de insetos, entre outros já que a adrenalina (epinefrina) é a medicação de escolha no tratamento do choque anafilático.

O aparelho (Auvi-Q) tem o tamanho de um cartão de crédito e a espessura de um telefone celular. É dotado de um mecanismo de agulha retráctil concebido para ajudar a prevenir picadas de agulha acidentais, após a injeção. Estará disponível em duas diferentes doses: 0,3 mg e 0,15 mg de adrenalina, para uso conforme o peso corporal.

Segundo um porta voz do Colégio Americano de Alergia, Asma e Imunologia, o n…

Alergia a medicamentos - esclarecendo dúvidas

O que é alergia medicamentosa? 
 É um efeito adverso a um medicamento que tem um mecanismo de natureza imunológica. É menos comum que outros efeitos colaterais observados com o uso de remédios para os diferentes tratamentos médicos. Práticamente todos os medicamentos possuem algum risco de provocar reações adversas e as reações imuno-alérgicas podem ser muito importantes, pois podem impedir a continuidade de utilização, vindo a prejudicar o controle terapêutico das doenças para os quais foram prescritos. As reações alérgicas podem variar de discretas a muito graves, inclusive ser potencialmente fatais. Podem ser imprevisíveis, o que obriga os médicos e pacientes a estarem sempre atentos. Na dúvida o alergista deverá ser sempre consultado. 

 A alergia a medicamentos está aumentando. Por que? 
 Pela proliferação e disseminação de inúmeros novos medicamentos e de produtos de origem biológica pela Medicina moderna. A todo instante medicamentos pesquisados e aprovados são liberados a nível m…