Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

ASBAI - evento para leigos no Congresso Brasileiro de Alergia

A ASBAI, associção que congrega os alergistas no Brasil, promoveu ação educativa para leigos durante o 39° Congresso Brasileiro de Alergia e Imunopatologia na cidade de Guarujá, organizada pela regional S Paulo. 

Especialistas falaram alergia, asma, rinite, alergia alimentar, urticária e outras doenças alérgicas, orientando o público de cerca de 80 pessoas sobre as causas, formas de prevenção e tratamento.

A presidente da Associação Brasileira de Asmáticos, a fisioterapeuta Tania Lucia Nen abordou em sua palestra a importância do tratamento da asma para controlar a doença e não apenas para aliviar sintomas das crises.

Ao final, foi apresentado o teatro de Mímica "Asma em Gestos" pelos atores Beth Zalcman e Toninho Lobo, que mesclando arte, esquetes divertidos, música e muita animação, mostraram aspectos sobre a asma.
A magia da linguagem silenciosa da mímica envolveu e emocionou todos os presentes. 
Ao final, pessoas da platéia contracenaram com os mímicos, participando de um jog…

Rinite alérgica e distúrbios do sono

Os sintomas principais da rinite alérgica são: espirros em salva, coriza abundante e hialina (clara), coceira nasal, podendo também se acompanhar de coceira em olhos, ouvidos, garganta e congestão (obstrução) nasal. A rinite alérgica é considerada por muitas pessoas como uma doença simples e sem importância, mas isso não é verdade. Como o dito popular, a rinite não mata, mas maltrata. 

A rinite alérgica resulta da inflamação crônica e persistente da mucosa nasal. Mas, com o passar do tempo, não apenas o nariz sofre, mas a doença passa a acometer outros locais vizinhos: seios da face, olhos, ouvidos, garganta, pulmões. E assim o problema vai crescendo, surgindo infecções repetidas, quadros catarrais, acessos de tosse. A rinite pode se associar, provocar ou agravar crises de asma. 

Um aspecto importante é o impacto da rinite sobre a qualidade de vida, seja numa criança como num adulto. Nesse contexto, o sintoma que mais incomoda é a obstrução nasal, que resulta da intensa congestão e c…

Risco de alergia pode interromper vendas do perfume Chanel nº5

A notícia foi publicada no portal Globo.com:
De acordo com o Comitê Científico de Segurança do Consumidor da UE, alguns elementos usados para compor a fragrância do famoso perfume Chanel nº 5  são provenientes da natureza e por isso foram considerados um risco para quem é alérgico. Até o momento, não se sabe qual a probabilidade do regulamento entrar em vigor, mas na dúvida, é melhor guardar um estoque do perfume antes que ele acabe de vez.

Leia a notícia completa na revista marie claire

Esmaltes 3 Free

O Ministério Público Federal (MPF) processou duas marcas de esmalte, que assinaram acordo com o órgão se comprometendo a banir ou reduzir ao máximo nos seus produtos quatro substâncias associadas a prejuízos à saúde: dibutilftalato, tolueno, nitrotolueno, furfural e formaldeído. Estes compostos estão associados a problemas que vão de alergia e náuseas até tumores, dependendo do tipo e da concentração. As formas de contaminação são por inalação e por contato por meio da cutícula. Leia esta matéria na revista "Isto é".

A alergia é a reação mais comum, sob forma de dermatite de contato alérgica. É uma reação imprevisível e surge com o passar do tempo de uso. A lesão em geral não surge nas unhas, mas sim em pálpebras, lábios, face, orelhas, queixo e pescoço, ou seja, em locais onde a mão toca e a pele é mais fina. Mais raramente aparece nos dedos, em torno das unhas. Clique no link e leia mais sobre a alergia ao esmalte.

Mas já é possível encontrar os chamados "esmaltes 3 …

As 10 doenças mais comuns no mundo corporativo

Uma pesquisa recente avaliou 15 mil executivos com objetivo de detectar quais seriam as doenças mais comuns no mundo corporativo.

O resultado foi interessante: tres doenças alérgicas apareceram entre as 10 doenças mais comuns, sendo que a rinite alérgica ocupou o primeiro lugar, seguida das alergias na pele, em segundo lugar.  A asma ocupou a sétima colocação. 

Este fato espelha o aumento significativo global da prevalência das doenças alérgicas, sendo a rinite a doença mais comum, atingindo crianças, adultos e idosos. Clique neste link e leia mais sobre a Rinite Alérgica.

As alergias cutâneas englobam um grupo de doenças como: prurido, urticária, dermografismo, dermatite de contato, dermatite atópica, entre outras. Clique neste link e leia mais sobre a  Urticária e o dermografismo.

Fonte: Exame