Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2019

Dia Mundial sem tabaco

MOTOCICLISTAS E ALERGIA

Conduzir uma motocicleta não é tarefa fácil e exige um alto grau de atenção e coordenação corporal. A saúde do corpo como um todo e em especial da respiração é essencial para um desempenho adequado.

A rinite alérgica é uma doença de alta prevalência, que nem sempre é reconhecida, sendo confundida com gripes e resfriados. 

Os sintomas principais são: espirros repetidos, coriza clara e abundante, coceira (no nariz, olhos, garganta e ouvidos) e congestão nasal. Os olhos podem ficar avermelhados, lacrimejando e incomodar bastante. 

No trânsito, há um contato direto com poluentes de veículos, fumaça de escapamentos, odores ativos, além da exposição a fatores atmosféricos que podem agredir a via respiratória e causar crises de rinite e asma.  


Ressalta-se ainda que os medicamentos antialérgicos (anti-histamínicos), muitas vezes usados sem prescrição médica, podem ser de antiga geração e provocar sonolência, falta de atenção , interferindo nos reflexos do piloto. Estas situações podem ser perigo…

ALERGIA E LIMPEZA DO CARRO

Fala-se muito da importância dos cuidados ambientais em nossa casa para a prevenção de sintomas de alergias respiratórias. Mas, é importante lembrar também que o automóvel também apresenta fatores que podem contribuir para crises. E, não é raro que os engarrafamentos nos façam permanecer horas dentro dos carros.

Além disso, os sintomas da rinite alérgica, em especial espirros, coceira ou ardência nos olhos podem interferir na capacidade visual e na reação do motorista, favorecendo acidentes. Desta forma, podemos considerar que o carro limpo contribui para a segurança nas estradas.
A lavagem periódica é importante, se possível realizada semanalmente. Sacudir e aspirar os tapetes, bem como retirar o acúmulo de objetos pessoais do carro, facilitam a limpeza.
verificar o interior o veículo, incluindo os pequenos cantos do automóvel. Lembrar de limpar os bancos e verificar sob os assentos. 

Restos de comida que ficam no lixo ou no banco, contribuem para aumento de ácaros no veículo. As partícu…

16 de maio - dia mundial Angioedema Hereditário

Por seus sintomas mais visíveis envolverem inchaços em diversas regiões do corpo, como boca, abdome, mãos e pés ou articulações, é muito comum que o Angioedema Hereditário seja encarado como uma alergia, com a indicação de corticoides e antialérgicos para o tratamento. Mesmo assim, o quadro clínico normalmente persiste. É que essas medicações não surtem efeito, uma vez que a doença é ocasionada pela falta de uma proteína no organismo do paciente. O chamado inibidor de C1-esterase ausente faz com que o sistema inflamatório do portador libere no sangue, descontroladamente, uma substância chamada bradicinina, responsável pelos edemas. Outro sintoma da doença é a dor intensa, principalmente quando o edema é abdominal. Nesse caso, o Angioedema Hereditário se confunde também com apendicite, por exemplo. A doença é considerada rara, por atingir cerca de 1 em cada 50.000 pessoas e o tratamento varia de acordo com o quadro de cada paciente.
O dia 16 de maio é um marco global para a conscientiza…