Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Inverno e a pele alérgica

No inverno, a pele tende a ficar mais seca e áspera, o que pode trazer problemas aos alérgicos, em especial nos casos de dermatite atópica, onde o ressecamento aumentado pode agravar o problema. 


Por isso, não custa nada reforçar as dicas para cuidar de sua pele no inverno:


- Hidratação é a palavra chave. O hidratante deve ser aplicado logo após o banho com a pele ainda umedecida, aumentando assim sua absorção e proteção cutânea.
- Beber bastante líquido, de preferência fora de refeições.
- Banhos não devem ser quentes nem demorados. Não usar buchas nem esponjas.
- Usar sabonete suave, hidratante e evitar ensaboar demais.
- Mas, ao lavar o rosto, preferir a água mais fria, para não alterar a oleosidade da pele.
- Usar protetor solar no inverno todos os dias é tão importante quanto no verão, mesmo nos dias sem sol.
E, para finalizar, é importante lembrar que se cuida da pele “de dentro para fora”: alimente-se bem. Coma frutas, legumes e verduras.


Clique e leia mais.

Furar orelhas das crianças pode colaborar na alergia ao nîquel no futuro?

A alergia aos metais é bastante comum e vem aumentando nos últimos anos. Pesquisadores de Minas Gerais desenvolveram um estudo entre crianças de 0 a 12 anos de idade que se apresentavam para consulta pediátrica num centro de saúde na cidade de Belo Horizonte. Os objetivos eram: 1) determinar a prevalência da alergia de contato aos metais em crianças e 2) avaliar os fatores envolvidos nos casos onde a alergia é detectada.


Completaram o estudo 144 crianças e todas fizeram testes de contato para 3 substâncias: cromo, cobalto e níquel: 4,9% apresentaram reação ao cromo, 9,7% ao cobalto e 20,1% ao níquel. Chamou a atenção o fato de que a maioria das crianças que tiveram reação ao níquel eram meninas e tinham orelha perfurada.


Grande parte das crianças usam brincos de ouro, mas muitos têm baixa qualidade ("folheados") podendo conter níquel, o que seria responsável pela sensibilização ao metal. Parece que o risco de alergia aumenta com o número de perfurações nos lóbulos das orelhas …

Sprays de limpeza podem provocar crises de asma e rinite

Há evidências crescentes de que a exposição a alguns produtos de limpeza podem causar problemas respiratórios e piorar a asma, mas pode ser prevenida.


O Centro de Investigação em Epidemiologia Ambiental (CREAL) de Barcelona, liderado pelo Dr. Jan-Paul Zock, apresentou os resultados de uma série de estudos sobre os riscos emergentes na alergia ocupacional. 


Profissionais de limpeza e os trabalhadores de saúde realizando a limpeza e desinfecção, eram mais vulneráveis à asma. No entanto, não está claro que os mecanismos subjacentes das doenças que causam estes efeitos no sistema respiratório. Dr. Zock, disse que novos estudos começaram a caracterizar a asma relacionada com a limpeza por meio de marcadores clínicos e funcionais e biológicas.


«O número de pessoas em risco é grande. Não só aqueles relacionados aos trabalhos de limpeza estão em risco, mas também devemos considerar o uso universal de produtos de limpeza doméstica. "


Uma série de estudos têm mostrado uma taxa mais elevada de …

Dia Nacional de Combate à Asma

21 de junho é o dia em que se comemora o Dia Nacional de Combate à Asma. A data foi criada em 1999, por médicos e autoridades de saúde, com finalidade de enfatizar a importância da doença em nosso país.


A asma, também conhecida como bronquite asmática ou como bronquite alérgica afeta cerca de 10% da população brasileira, ou seja, algo em torno de 19 milhões de brasileiros, entre adultos e crianças.


Os recursos de tratamento cresceram nas ultimas décadas, mas a asma ainda é uma das maiores causas de internações hospitalares, depois do parto natural, pneumonia, cesariana e insuficiência cardíaca. É uma doença frequente, afetando adultos e crianças, podendo causar sofrimento e até ser fatal.


É muito importante difundir conhecimentos sobre a doença, formas de tratamento e prevenção, a fim de que seja possível o pronto reconhecimento e tratamento precoce, evitando assim as formas mais graves.


A ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia) possui filiadas em quase todos os Estado…

Asma na escola

A escola, nos dias atuais, pode ser considerada como uma extensão do lar, já que por motivos diversos a criança inicia sua vida escolar cada vez mais cedo, lá passando grande parte do seu dia. É na escola que a criança se sociabiliza através do relacionamento com os professores e colegas.


A asma, da mesma maneira que outras doenças infantis, é capaz de afetar a criança não apenas em casa, mas também no ambiente escolar, podendo provocar reflexos na sua relação com os colegas e professores. A equipe escolar por sua vez, nem sempre está preparada para lidar com essas situações, o que pode resultar em problemas na relação com o aluno.


É fundamental que pais e professores estejam atentos e orientados corretamente sobre a asma para que a criança não enxergue a doença como um problema a ser superado em sua iniciação social e para que se possa obter uma melhor qualidade de vida ao asmático.


O papel da escola


A integração entre a escola , a família e o aluno portador de asma é importante:
- É pr…

Você lê bulas de remédios?

Uma pesquisa recente mostrou que a grande maioria dos adultos usa pelo menos um remédio diariamente, seja um antihipertensivo, vitamina, antinflamatório, analgésico, ou um tranquilizante. Não se pode negar: remédios fazem parte do cotidiano moderno. E, cada remédio, por mais simples que seja, tem uma bula, uma espécie de manual de uso 
Você lê as bulas dos seus remédios?
As informações da bula são compreensíveis? 
Esclarecem suas dúvidas? 


O fato é que as pessoas lêem as bulas, mas nem sempre encontram a informação que procuram. As dificuldades são muitas: letras miúdas, palavras complicadas, abreviaturas, termos técnicos, omissão de dados, etc.  


As bulas dos medicamentos devem obedecer regulamentação da ANVISA e informar de forma completa e em linguagem acessível, todos os dados importantes como: 


-Identificação: nome comercial e denominação genérica dos princípios ativos;
-Indicação se é de uso adulto ou infantil;
-Indicação da composição do produto;
-Informações ao paciente (em linguagem a…

Novas regras no uso de medicamentos no esporte - 2010

O Comitê Olímpico Brasileiro divulgou as novas regras no uso de medicamentos no esporte para 2010-2011.

O aumento do uso de substâncias ou métodos proibidos, destinados a melhorar artificialmente o desempenho esportivo, tem motivado uma ação intensa das autoridades nacionais e internacionais, com objetivo de evitar uma vantagem desleal de um competidor sobre os demais, além de preservar os aspectos éticos e morais do esporte e, sobretudo, a saúde dos atletas.

Eventualmente, um atleta poderá vir a necessitar de uma medicação que possua na sua formulação uma substância proibida, por razões de saúde e por indicação médica.

Atletas asmáticos, por exemplo, necessitam eventualmente usar beta-2 agonistas ou corticosteróides, enquanto atletas hipertensos não podem muitas vezes prescindir de um diurético, bem como atletas diabéticos insulino-dependentes, da insulina. Nestes e em outros casos, torna-se necessário contatar a respectiva confederação (ou federação internacional, no caso de atletas…

Dia Mundial do Meio Ambiente - 5 de Junho

Quantas pessoas alérgicas você conhecia quando era pequeno?  Quantas crianças alérgicas têm na escola do seu filho?  Um aumento significativo... Coincidência?  Nem um pouco. 

É um fato comprovado que o número de pessoas portadoras de doenças alérgicas respiratórias aumentou sobremaneira nas ultimas décadas. E o aumento da contaminação do ar, principalmente nos grandes centros urbanos e regiões altamente industrializadas, contribuiu para este acréscimo das doenças respiratórias.

Hoje, 5 de Junho, é o Dia Mundial do Meio Ambiente. 
Esta data foi criada em 1972 com objetivo de conscientizar pessoas no mundo todo que um pequeno gesto, somado a outros, pode se transformar numa grande ajuda para salvar nosso planeta. É preciso proteger e valorizar o meio ambiente.
O tema da campanha 2010 é a Biodiversidade: "Muitas espécies. Um planeta. Um futuro." É preciso entender e defender a conservação da diversidade de vida em nosso planeta. assim será possível desfrutar de um futuro próspero e seg…

Dermatite atópica: você não está só!

A Associação de Apoio à Dermatite Atópica - AADA foi criada em 1990 no Hospital das Clínicas em S. Paulo, com  objetivo de apoiar portadores de dermatite atópica e seus familiares na busca pela saúde. 
O trabalho da Associação é multidisciplinar, envolvendo médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e pedagogos, que juntos buscam a melhor abordagem a ser feita.
No Rio de Janeiro, o Setor de Alergia e Imunologia Dermatológica da Santa Casa da Misericórdia realiza reuniões mensais de apoio aos portadores de dermatite atópica e seus familiares, com a participação de médicos e de uma psicóloga.
Os objetivos destas reuniões são: - ajudar a compreender o que é a dermatite atópica; - promover a interação de diferentes pessoas com diferentes graus de comprometimento cutâneo; - favorecer a relação entre elas e o grupo, seus familiares e a sociedade; - facilitar a compreensão da importância dos aspectos psicológicos; - melhorar a qualidade de vida do paciente e de sua família como um todo.
É…