Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2008

Alergias e reações na pele causadas por plantas

A natureza nos presenteia diariamente com plantas e flores proporcionando uma festa não apenas para os olhos mas para todos os sentidos. A sua utilidade prática é indiscutível e múltipla, seja purificando o ar, seja servindo como alimento ou como base para construção de habitações, na manufatura de mobiliário, utensílios, cosméticos, medicamentos, entre tantas outras aplicações. Se apenas tivessem o papel de embelezar, já seriam fundamentais, aliviando a dureza do cotidiano e transmitindo paz numa convivência harmoniosa de longa data com o ser humano.
Mas, em algumas situações, a pele pode desenvolver reações quando entra em contato com plantas e daí pode coçar, se tornar vermelha, apresentar uma erupção cutânea e até inflamar. Estas reações surgem pelo contato com a pele, algumas puramente por irritação direta e outras, por mecanismo alérgico.
Até mesmo árvores podem produzir um eczema de contato alérgico, sendo o exemplo mais conhecido a Aroeira, uma árvore de madeira de alta resist…

"Olho vermelho"

Olhos são estruturas sensíveis e podem ficar avermelhados com facilidade: se choramos, se ficamos cansados, num resfriado ou se estão irritados por algum motivo, como por exemplo, shampoo, fumaça, poluição, ar refrigerado, etc. Se algo entrar nos olhos, por menor que seja o corpo estranho, logo surge a vermelhidão. Mas o que parece normal, pode ser sinal de um problema: se seus olhos estão constantemente irritados, avermelhados...pare e procure a causa!

A causa mais comum de olhos vermelhos é a inflamação da conjuntiva, que é o revestimento delgado e resistente que cobre o branco do olho e a parte posterior da pálpebra, servindo para proteção contra microorganismos, substâncias químicas, entre outras. Serve também para lubrificar a região e para permitir a movimentação dos globos oculares. Quando a conjuntiva fica avermelhada, é em geral porque ocorreu dilatação dos vasos nessa região.

Chama-se portanto de conjuntivite, a inflamação da conjuntiva. Entretanto, é importante entender que e…

TOSSE

Tosse seca, tosse cheia, tosse de cachorro, tosse quando acorda, tosse à noite, tosse braba que não deixa ninguém dormir! Tosse incomoda... E quando menos se espera, lá vem a tosse: em casa, no trabalho, de forma inoportuna, em momentos importantes. Em 2007, durante a realização dos Jogos Pan Americanos no Rio de Janeiro, um atleta perdeu a oportunidade de participar das competições de tiro nas Olimpíadas de Pequim devido a um acesso durante a prova. A tosse inspirou ditos populares: “Nem que a vaca tussa” ou “Vai ver o que é bom pra tosse” e deu origem a um provérbio: “O amor é como a tosse, você tenta esconder mas não consegue”.E as simpatias? Essa era conhecida por todos que viveram em Mato Grosso nos idos de 1950: “Se uma criança tosse, traga uma vizinha nascida em Janeiro e em estado interessante para acudir o doente depois da meia-noite. Ela deve repetir várias vezes: "Tosse violenta, tosse sem fim, vai-te arrebenta, lá nos confins". Tosse nem sempre é doença. Tossir é norm…

É carnaval...

A equipe do Blog da Alergia comunica que
estará em recesso durante o carnaval. Neste período, não responderemos comentários, e-mails e Chat.
Até quarta feira e bom feriado para todos!

Gotas nasais: inofensivas?

Remédios usados sob forma de gotas para descongestionar as narinas são vendidos livremente nas farmácias. Não é raro conhecer alguém que tem sempre à mão um “remédinho para desentupir o nariz” na bolsa, no carro, na cabeceira e diz que não pode ficar sem ele!

É verdade que todo mundo já teve, pelo menos uma vez na via, a sensação de estar completamente obstruído. E como é desconfortável: não se pode falar, comer, dormir, enfim, nada! A tentação é grande e as gotas nasais parecem soluções salvadoras... O grande problema é que aquela solução provisória pode se tornar um vício. E aí, tudo muda...

O uso destes medicamentos pode causar diversos problemas à saúde, como por exemplo taquicardia (aceleração dos batimentos do coração) e elevação da pressão arterial. Além disso, podem provocar intoxicação, dependência e a chamada rinite medicamentosa.
"Quanto mais se usa, menos alivia e mais se necessita da gota"
Os estudos científicos mostram que o uso por mais de 7 dias das gotas descong…