Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2008

Parece rinite alérgica mas não é

Uma pessoa com crises de espirros, coriza, nariz entupido tem rinite alérgica? É provável, mas ... é preciso diferenciar de outras doenças que podem se confundir com a Rinite.
Rinite é um nome que deriva do grego (rino=nariz e ite=inflamação). Por isso, pode ser usado para definir qualquer tipo de inflamação ocorrido na mucosa nasal, embora seja, na prática, mais relacionado com a Rinite Alérgica.
É verdade que a forma alérgica da rinite é mais comum: os dados apontam que uma em cada 7 pessoas é portadora da doença. Tem origem hereditária, mas também sofre forte influência do ambiente.
A prevalência da rinite alérgica aumentou nas últimas décadas de maneira significativa, no mundo inteiro. Infelizmente é um reflexo das modificações ambientais, do estilo de vida, de moradia, alimentação e atividade física do ser humano. A violência das grandes cidades também contribui para este fato, pois em virtude do medo, fica-se mais tempo dentro de casa ou de ambientes fechados, diminuindo a vida ao a …

Asma e corticóides

Corticóides são remédios surgidos na década de 30 e que se mostraram preciosos para salvar pessoas portadoras de doenças alérgicas e asma. Comprovadamente eficazes, mas também temidos, em virtude dos possíveis efeitos colaterais, com o tempo, o ganho positivo se mostrou muito maior, com abreviação da duração das crises, redução do número de mortes e pela eficiência no controle preventivo da asma.

Corticóides são conhecidos também como esteróides, corticoesteróides ou popularmente como cortisona. Derivam do cortisol, hormônio produzido pela glândula supra-renal.

Na asma, os corticóides atuam reduzindo a inflamação dos brônquios, o edema e a grande quantidade de secreção produzida nas vias respiratórias. Podem ser usados de 3 maneiras:
- Por via oral – em comprimidos, xaropes, solução oral ou gotas, para aliviar crises moderadas ou demoradas de asma, com pouca resposta aos broncodilatadores.
- Inalada – sob forma de bombinhas, nebulizadores, ou por inaladores de pó seco, para prevenir a asm…

Rinite alérgica na gravidez: quem responde é o especialista

A rinite é uma doença freqüente na grávida?

A rinite alérgica é uma doença muito vista em gestantes.
Os sintomas principais são: espirros repetidos, coriza líquida, coceira em narinas, olhos, ouvidos, céu da boca, ouvidos e congestão nasal. Surge também gotejamento de secreção que escorre pela parte posterior do nariz, provocando pigarro ou tosse. Em alguns casos, pode se acompanhar também de conjuntivite: olhos avermelhados, irritados, lacrimejando e coçando. Por isso, pode ser confundida com gripes e resfriados.

A rinite alérgica piora na gravidez?

Toda gestante, mesmo que não seja alérgica, apresenta uma tendência para ter obstrução (entupimento) nasal, como conseqüência do efeito dos hormônios aumentados durante a gravidez. Seria de se esperar, portanto, que a mulher portadora de uma rinite alérgica antes de engravidar, tivesse mais propensão à piora na gestação. Entretanto, estudos científicos mostram que este padrão não ocorre: enquanto algumas pioram, outras melhoram ou não modif…