Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2008

Repelentes contra mosquitos

O aumento do número de casos e da gravidade da dengue no Rio de Janeiro fez com que as pessoas aumentassem o uso de repelentes, na busca de proteção contra o mosquito.
Quando se fala em repelentes, refere-se não apenas àqueles utilizados na pele, mas a todas as formas de afastar os indesejáveis insetos.

Repelente é toda substância que aplicada sobre a pele, roupas ou outras superfícies, impedindo que os mosquitos pousem ou rastejem naquela superfície.

Repelentes corporais - ingrediente ativo: DEET
Principais marcas: Autan, Off, Repelex e Exposis.

Os repelentes para uso na pele são variados e funcionam contra diferentes tipos de insetos. No ato da compra, é importante ler atentamente o rótulo e observar qual é o seu ingrediente ativo. DEET é abreviação para “dietil-n-toluamida”, substância patenteada pelo exército americano em 1946 e vendida no mercado mundial há mais de 50 anos. Atua interferindo nos aromas da pele humana, confundindo o inseto. É um repelente eficaz, mas pode ter efeitos t…

Por trás da fumaça

A fumaça do cigarro esconde uma história nebulosa, desde seu início, nos idos de 1500 até as primeiras comprovações científicas do mal que causava, já nos anos 50. Muitos anos se passaram sem que esta face oculta fosse mostrada e para preservar a imagem e os lucros da indústria do tabaco.
Campanhas de propaganda dos anos 30 até os anos 50 exaltavam os poderes do cigarro e tinham até médicos fumando, como prova de saúde e bem estar. A mais conhecida é a dos cigarros Camel, que estampava a figura de um simpático senhor vestido de jaleco branco e uma frase que hoje soaria assustadora: “Médicos fumam mais Camel do que outros cigarros”.

Os primeiros relatos de mudança desta atitude datam de 1950, quando alguns autores citaram em trabalhos científicos uma maior incidência de câncer de pulmão nos fumantes, quando comparado aos não fumantes. Estes dados não foram valorizados e, ao contrário, foram escondidos pelos poderosos empresários do tabaco, com a ajuda de Hollywood, onde as melhores cena…

Cuidados para portadores de Asma e Rinite Alérgica

Os ácaros que habitam a poeira de casa são causa principal dos sintomas alérgicos no aparelho respiratório. O uso de vacinas e medicamentos é muito importante no tratamento, mas precisam ser complementados pela redução de exposição ao ácaro.

A participação do paciente e seus familiares é fundamental para o sucesso do tratamento, colaborando para que as seguintes medidas simples e eficazes sejam seguidas:


Controle ambiental da casa



- Limpar a casa diariamente com pano úmido, não varrer, não espanar,
- Usar aspirador potente para redução do pó da casa,
- Abrir as janelas durante o dia para ventilar os cômodos. O sol mata os ácaros e fungos,
- Consertar focos de infiltração, para evitar o mofo,
- Evitar produtos com cheiro ativo,
- Evitar tapetes e carpetes,
- As cortinas devem ser lavadas mensalmente,
- Ventiladores e filtros de ar condicionado devem ser limpos regularmente,
- Evitar animais no quarto de dormir,
- Evitar o excesso de objetos que dificultam a limpeza,
- Forrar colchões e travesseiro…

Espirros, comichão e tosse permanente…

Será que o seu filho sofre de rinite alérgica?


Aquele comichão irritante no nariz. O seu filho de boca aberta porque não consegue respirar. O nariz está constantemente obstruído ou com coriza. Os espirros se repetem em sua casa. Será que o seu filho tem rinite alérgica?
Sintomas devem ser valorizados

Para reconhecer a rinite alérgica, é importante que os pais estejam atentos aos possíveis sintomas. “Crianças que estão constantemente com coriza, nariz molhado e coçando. Estão, muitas vezes, com a boca aberta porque não conseguem respirar e coçam os olhos. A tosse noturna é um quadro permanente. Começa a ser rara a noite em que a criança dorme bem e, de manhã, acorda mais cansada do que quando se deitou. O passo seguinte mais adequado é uma visita ao médico para saber o que se passa com a criança.
A rinite alérgica tem a particularidade de ser o principal fator de risco para o aparecimento da asma brônquica, pois o nariz e os pulmões são órgãos intimamente relacionados no quadro das situaç…

Olimpíadas de Pequim

Haile Gebrselassie, atual recordista mundial de maratona, anunciou nesta segunda-feira que não pretende competir na prova nas Olimpíadas de Pequim. O atleta desistiu por causa da poluição da capital chinesa, que sediará os Jogos. O etíope, que completará 35 anos em abril, é considerado um dos maiores fundistas da história do atletismo, com quatro títulos mundiais nos 10.000m. Gebrselassie conseguiu o recorde mundial da maratona em setembro de 2007, quando terminou a Maratona de Berlim em 2h04m26s. Em janeiro deste ano, em Dubai, nos Emirados Árabe,ele marcou o segundo melhor tempo da história, 2h04m53s. Leia mais em: http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/0


A inglesa Paula Radcliffe, de origem britânica e recordista mundial de maratona na categoria feminina é portadora de asma desde os 14 anos de idade e também expressou sua preocupação com a poluição de Pequim. Anunciou que pretende manter sua participação mas para isso terá um regime especial de tratamento preventivo que permita p…