Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Amigdalites e faringites de repetição

Amigdalites e faringites de repetição se manifestam como surtos de dor de garganta em geral acompanhados de febre alta. Em alguns casos, tosse e sintomas nasais podem estar presentes. Não é incomum que rinites e sinusites alérgicas sejam as causas determinantes das faringites

É recomendado realizar testes de inalantes, pois a participação desses é relativamente comum. A avaliação das defesas do organismo deve ser questionada, pois as faringites de repetição podem ocorrer devido a uma possível imunodeficiência.


Em resumo, recomenda-se investigar:
- Rinite alérgica,
- Respiração bucal,
- Gotejamento pós nasal e sinusites,
- Pesquisar imunodeficiências.

Adenóides são amígdalas encontradas nas crianças, localizadas na parte superior da garganta, por trás das narinas, por onde passa o ar respirado proveniente do nariz.
Portanto, não são visíveis pela boca sem instrumentos especiais. De forma errada são popularmente conhecidas como "carnes no nariz".

As adenóides quando estão aumentadas de…

Idosos – quem rotula, anula

O rótulo de “idoso” alberga uma significativa população com mais de 60 anos, sem levar em conta que cada indivíduo é único, em sua história de vida. Em realidade, o indivíduo com mais de 60 anos tem o reconhecimento da sociedade e dos poderes públicos, desfrutando uma série de benefícios, tais como passe livre em ônibus e metrô urbano, meia entrada em cinemas e teatros, preferência em filas, entre outras, sem dúvida, muito justas. Mas, do ponto de vista médico, a rotulagem do idoso pode ser prejudicial e estigmatizar o atendimento com um atendimento estereotipado, relegando a segundo plano a individualidade do paciente, com resultados aquém das expectativas do paciente e do médico.

Grande parte de artigos científicos publicados nas mais renomadas revistas científicas em várias partes do mundo “descobriram” os idosos, o que foi uma formidável fonte de referência teórica para aprimoramento no atendimento aos pacientes mais velhos. Contudo, ao mesmo tempo, pode ser uma fonte de massifica…

Coceira ou prurido

Coceira é o nome popular para definir o que os médicos chamam de prurido
Mas, atenção: nem toda coceira é causada por alergia. Pelo contrário, inúmeras dermatoses são precedidas ou acompanhadas de coceira no corpo. 


O prurido pode ser simples, ou seja, a sensação de coceira não se acompanha de lesões visíveis na pele. Mas também pode se complicar com manifestações secundárias consequentes da repetição do ato de coçar, ocasionando vermelhidão na pele e escoriações. Podem surgir também manchas escuras residuais e a pele se torna espessada, irritada e grossa. Em alguns casos, pode ocorrer infecção secundária destas escoriações, surgindo dor, edema (inchação), secreção e pus. 


O prurido simples alérgico pode se manifestar de forma  generalizada, sem lesão cutânea, podendo ser originado por medicamentos e, esporadicamente, por alimentos, contactantes ou por agentes físicos como frio, calor, suor etc. 


Antes de qualquer coisa, o médico investigará as causas não alérgicas de prurido generaliza…

Asma - agravantes de A a Z

A asma é uma doença controlável, mas mesmo com todos os recursos atualmente disponíveis, ainda pode ser grave e ameaçadora. 
O tratamento da asma inclui remédios usados não só nas crises, aliviando os sintomas, mas também para controlar a doença e prevenir o aparecimento de novas crises. Dentre essas medicações controladoras, as mais eficazes são as que contem corticóides inalados isolados ou em associação com broncodilatadores de ação prolongada.
As medicações usadas em forma de sprays (“bombinhas”) ou de inaladores de pó seco, ao contrário da crendice popular, são extremamente, seguras. O uso inalado tem efeito direto sobre os pulmões, permitindo ação mais rápida, duradoura e com mínima absorção para o resto do organismo, graças a sua formulação especial em doses mínimas (microgramas). Essa ação direta na mucosa dos brônquios controla a inflamação causada pela asma, com raros efeitos colaterais. 
Mas, tratar não é só tomar remédios. 
É sabido que muitos fatores podem “disparar” ou a…

Dessensibilização - nova estratégia contra alergias alimentares

Estudos promissores estão sendo realizados sobre alergias alimentares buscando uma forma de tratamento através do método de dessensibilização. 




O objetivo é criar uma nova estratégia terapêutica que consiga que o alimento possa voltar a ser ingerido sem causar alergia.
Clique aqui e escute a entrevista sobre este tema.

Alergia ao camarão

Cena 1: viagem para Búzios, verão, sol, mar, passeios! Tudo estava programado para ser um fim de semana especial, quando logo após o almoço, um susto: sua pele ficou toda empolada, sendo diagnosticada uma alergia ao camarão.

Cena 2: almoço de aniversário entre amigos, papo gostoso, diversão garantida. Mas, quem diria, a festa acabou no hospital, pele avermelhada, lábios inchados, dificuldade em respirar, sendo apontada como causa uma alergia ao camarão


A primeira vez é sempre uma surpresa: a pessoa está acostumada a comer o camarão, quando de repente, fica toda empolada. O fato é que uma reação alérgica só ocorre após a sensibilização, ou seja, o indivíduo desenvolve anticorpos específicos contra proteínas contidas no alimento. Numa ingestão posterior, os sintomas aparecerão.

Alergia é uma resposta imunológica individual e exagerada a uma substância. Surge de forma imediata, ou seja, minutos ou horas após a ingestão do alimento.

Os sintomas da alergia ao camarão tendem a ser leves ou …