Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Outono - prevenindo a alergia respiratória

As mudanças climáticas que ocorrem no outono facilitam a proliferação dos ácaros que são potentes desencadeadores de alergias. Além dos ácaros, os fungos, os pelos de animais e restos de baratas são os principais desencadeadores das alergias respiratórias. A queda da temperatura, maior permanência em ambientes fechados e a piora da qualidade do ar podem agravar as crises de asma e de rinite.

Alergias da pele

O tempo seco tende a irritar e provocar ressecamento da pele.


Dermatite atópica
É uma doença alérgica que afeta a pele, de origem genética (hereditária). Pode ocorrer isoladamente ou associada com alergias respiratórias - asma (ou bronquite alérgica) e a rinite, numa mesma pessoa, seja ao mesmo tempo, seja em épocas diferentes da vida.  O aspecto da lesão varia em cada caso, sendo mais comum o aparecimento de um eczema acompanhado de coceira. Em crianças pequenas, as lesões tendem a aparecer na face (bochechas), pescoço e, eventualmente, no couro cabeludo, dorso e membros (braços …

Gripe - conheça a doença e as vacinas disponíveis

Influenza, ou Gripe Ocorre todos os anos e está entre as viroses mais frequentes em todo o mundo. Estima-se que todos os anos a gripe causada pelo vírus influenza atinja de 5%-10% dos adultos e de 20%-30% das crianças em todo o mundo.

Sintomas
A gripe tem início súbito. Sintomas como febre, calafrios, tremores, dor de cabeça, dores no corpo, perda de apetite, tosse (em geral seca), dor de garganta e coriza duram cerca de uma semana.
Complicações
A gripe costuma causar complicações principalmente em crianças pequenas, idosos, gestantes e pessoas com comprometimento da saúde (portadores de doença respiratória ou cardíaca, obesidade, diabetes, deficiência da imunidade, entre outras).
A complicação mais frequente e também a principal causa de morte em decorrência da gripe é a pneumonia, na maior parte das vezes causada pela bactéria pneumococo.
A infecção pode acarretar hospitalização e morte, principalmente entre os grupos de maior risco (os muito jovens, idosos ou doentes crônicos). Acredi…

Onde comprar adrenalina autoinjetável

A adrenalina é o medicamento mais importante nas crises de anafilaxia e faz toda a diferença entre viver e morrer durante crises alérgicas graves.


Quando dada precocemente evita evolução para quadros mais graves e há consenso mundial sobre seu uso em doses corretas (0,01mg/kg até máximo 0,30 mg para crianças e entre 0,3 a 0,5 mg para adultos), por via intramuscular em todos pacientes com sinais e sintomas sugestivos de anafilaxia, mesmo em cardiopatas, idosos, grávidas e bebês. Se necessário, a dose pode ser repetida após 5-10 minutos.


A forma autoinjetável é de longe a mais adequada para pessoas que não tem familiaridade com agulhas e injeções. Preparar uma dose de adrenalina numa situação de estresse, numa emergência médica como é uma crise de anafilaxia, não é tarefa fácil, mesmo porque a janela terapêutica da adrenalina (diferença entre dose terapêutica e dose tóxica) é muito pequena. Então, dispositivos autoinjetores evitam dose excessiva, já que possuem quantidade fixa do medicam…

Palestra hoje na Policlínica Geral do Rio de Janeiro

4

0% da população mundial têm algum tipo de alergia Com o tema “Poluição, Mudanças Ambientais e Pólen: Impacto nas Doenças Alérgicas", a Semana Mundial de Alergia - que acontece entre os dias 4 e 10 de abril, organizada pela World Allergy Organization (WAO) e difundida no Brasil pela Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) - vai debater o assunto por meio de atividades que reunirão especialistas e a população.

Hoje, dia 4 de abril, quarta feira a Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro apresentará uma palestra interativa com a plateia com o tema da Semana Mundial da Alergia, às 11 horas.

As Alergias
Cerca de 40% da população mundial têm algum tipo de alergia, segundo dados da WAO. A asma e a rinite, por exemplo, podem ser agravadas pela alergia aos pólens de flores e gramíneas que, aliadas às mudanças climáticas, influenciam as estações do ano e mudam a forma como as plantas se desenvolvem e reproduzem. Assim, o que era previsível, tornou-se aleató…

Semana Mundial da Alergia 2016 no Rio de Janeiro

A abertura da Semana da Alergia no Parque dos Patins na Lagoa Rodrigo de Freitas foi um sucesso. Os eventos continuarão durante toda a semana em diversos hospitais do Rio de Janeiro.

Programação de Eventos no Rio de Janeiro 

Segunda feira dia 4 de abril 

Policlínica Antônio Ribeiro Netto
- Dia 04 de abril - Palestra e sessão de debates sobre o tema “Poluição e doenças alérgicas "  às 10h no ambulatório de asma. 
Endereço: Avenida 13 de maio nº 23 - 14º andar - no Polo de asma. 
Coordenação: Dra. Melanie Hurel e Dr. Júlio Zanela Moura 

Hospital da Lagoa 
- Dia 4 de abril, às 11 horas, no Anfiteatro B, a equipe médica organizará uma sessão “Esclarecendo mitos sobre alergia respiratória” - Aberta aos pacientes e ao público. Coordenação: Dra. Patrícia Miranda e Dr. Simonides Carriço 
Endereço: R Jardim Botânico, 501 

Hospital Municipal Jesus 
- Dias 04, 05 e 06 de abril às 11 h Apresentação de palestras – Poluição e Alergia. Asma. Imunodeficiência. Como prevenir. Atividades junto a população…