12 junho 2011

Os ácaros e o inverno

Ácaros são invisíveis a olho nu, mas podem provocar grandes danos à saúde como asma, sinusite, rinite, conjutivite alérgica, entre outros. O risco aumenta ainda mais no outono e no inverno, quando se proliferam com maior facilidade.


Chamados de ácaros, os aracnídeos são primos distantes das aranhas e parentes mais próximos de outros artrópodes como carrapatos e parasitas da pele que causam a sarna.


Mas exterminar esse ser não é uma tarefa fácil. Segundo o médico Raul Emrich Melo, especialista em alergia-imunologia, palestrante e pesquisador da UNFESP (Universidade Federal de São Paulo), é impossível eliminar os "inimigos" totalmente.


Para se ter uma ideia, mais de 2 milhões de ácaros podem ser encontrados em um colchão com algum tempo de uso.


Curiosidades sobre os ácaros:


1. Se quatro ou cinco ácaros estiverem colados um ao outro é possível sua visualização a olho nu, ou seja, eles estão no limite de nossa capacidade de visão para coisas pequenas;


2. Um ácaro da altura de um ser humano, por exemplo, veria uma bactéria estafilocócica (que causa infecção de pele) passar ao lado com o tamanho de uma unha. Suas fezes seriam como bolas de golfe levíssimas, com capacidade de flutuar por muitos minutos;


3. As bolotas fecais dos ácaros são as grandes vilãs no desencadeamento de doenças alérgicas;


4. O tempo de vida de um ácaro é de alguns meses, com capacidade de ter dezenas de pequenos filhotes a cada mês;


5. Mais de 2 milhões de ácaros podem ser encontrados em um colchão com algum tempo de uso, com elevação de mais de 10% de seu peso.


Leia a reportagem completa e assista um vídeo mostrando um ácaro por meio de microscópio: conheça os ácaros causadores de doenças alérgicas


Fonte: Tatiane Moreno

entretenimento@eband.com.br

6 Dê sua opinião:

Dimitri disse...

O título não foi feito para esta reportagem...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dimitri: agradecemos o envio de sua opinião ao nosso Blog.

Sah disse...

Não entendi, gostaria de saber como combater os ácaros no inverno.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Estratégias para vencer o ácaro:
- Controle de reservatórios de ácaros: camas, carpetes, móveis e roupas
- Controle de possíveis fontes de novos ácaros
(exemplo: animais de estimação)
- Controle direto de poeira e das condições de temperatura e umidade da casa

Medidas práticas:
1-Areje sua casa: abra as janelas e deixe o sol entrar. Vento não faz mal! Àcaros não apreciam ambientes ensolarados e arejados.
2-Retire tapetes e carpetes e substitua por pisos lisos e sem frestas. Prefira sofás e estofados revestidos em vinil ou couro.
3- Evite brinquedos de pelúcia. Opção: lavagem em água a 60° ou congelamento.
4- Limpeza diária, com pano úmido, na ausência do alérgico. A boa fórmula da limpeza inclui velhos ingredientes: água e sabão! Evite produtos com cheiro ativo: desinfetantes, ceras, lustra-móveis, derivados de amoníaco, etc. Para limpar banheiros e cozinhas, use pastas ou sabões em pó. O álcool é um bom produto para limpeza da casa e dos móveis pois proporciona bom resultado, desinfeta e é volátil, ou seja, seu odor desaparece rapidamente.
5- Use travesseiros e colchões encapados com plástico tipo napa ou material impermeável adquiridos em lojas especializadas. Se possível troque periodicamente o travesseiro.
6- Lave roupas de cama, mantas, capas de almofadas e edredons com água quente a 60%. Redes também devem ser lavadas periodicamente.
7- Vassouras ou espanadores não adiantam pois levantam o pó, que volta a se depositar logo após. Aspiradores são úteis, em especial os modelos dotados de filtros de alta potência HEPA. Aspire periodicamente também os colchões e estrados. Acaricidas podem ser usados.
8- Combata focos de mofos e de umidade.
9- Se não houver outro jeito e a limpeza precisar ser feita pelo alérgico, pode-se lançar mão de máscara apropriada com filtro durante o trabalho.
11- Periodicamente, programe uma faxina mais cuidadosa.Lembre-se de limpar os locais mais escondidos onde o pó se acumula como rodapés de paredes e estrados de camas
Obrigado pela visita ao Blog da Alergia

Alessandra disse...

Duvidas.... o acaro pica?...o que dá alergia; acaro ou fezes e larvas do acaro? Como limpar um colchao novo infestado de acaros? Meu bebe é autista e transpira muito qndo dorme e acredito q isso fez aumentar a população de acaros (usamos capas impermeavel)... mas eles sobem na cama ou vem pelo lençol (mesmo lavando com agua quente. Nao sei mais o que fazer. Pior que tanto meu sofa qnto cama sao novos e o sofa de veludo...aff

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Ácaros são microscópicos, ou seja, não podem ser vistos sem auxílio de microscópio. A poeira de uma casa pode conter 1000 ácaros por grama de poeira. Medem entre 200 e 500 micrômetros - um micrômetro equivale a milionésimo de metro. Só podem ser vistos ao microscópio.
É possível conviver em relativa harmonia com os ácaros em quantidade normal no ambiente. No entanto, pessoas alérgicas têm uma maior sensibilidade. Os ácaros eliminam nas fezes uma proteína que, quando inalada, provoca a alergia nas pessoas sensíveis. Os excrementos dos ácaros e os ácaros mortos dispersam-se em poeira fina, sendo inalados e podendo provocar alergias. Quanto maior a quantidade de ácaros, maior será a possibilidade de provocar alergia. Convido que escreva para nosso e-mail (blogdalergia@gmail.com) e enviaremos para você uma cópia em PDF do livro: “Alergia, doença do século XXI”. Gratos pela sua visita ao Blog da Alergia.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...