28 janeiro 2007

Dermografismo



A bolsa pesada marca o seu braço?
A roupa apertada, a alça do soutien, o elástico da roupa faz você coçar e empolar?
Atenção: pode ser dermografismo!


Dermografismo é uma doença da pele que afeta cerca de 5% da população e que se caracteriza pelo aparecimento de coceira intensa em locais de pressão. Após o ato de coçar surgem “lanhos” vermelhos nas pele. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas – veja post sobre o tema neste mesmo Blog. No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien.

O dermografismo faz parte de um grupo de urticárias denominado de Urticárias Físicas, ou seja, desencadeadas por estímulos físicos, como por exemplo: calor, frio, pressão, colinérgica, etc. e constitui a manifestação mais comum deste grupo. É mais comum em mulheres e o fator emocional é uma das principais causas. Entretanto, recomenda-se que outros processos e doenças orgânicas devem ser investigadas, da mesma maneira que na urticária.

A palavra dermografismo deriva do grego e significa “escrever na pele”, já que é possível com uma ponta romba que se vejam as letras escritas na pele em função da reação eritematopapulosa que se forma.


Em grande parte das vezes o dermografismo costuma ser brando, passando desapercebido. Entretanto, em alguns casos pode assumir formas mais intensas e bastante incômodas.

Para confirmar, basta fazer um pequeno teste: risque a pele utilizando um clips de papel. Nos casos positivos, um vergão surge em minutos no local. Procure um médico alergista para confirmar o diagnóstico e orientar seu tratamento.

O tratamento é feito com medicamentos antihistamínicos (antialérgicos) para controle da coceira, impedindo o aparecimento dos vergões na pele.


Cuidados com a pele no dermografismo



Diminua o atrito em sua pele: evite roupas justas ao corpo. Prefira tecidos de algodão e evite os tecidos sintéticos como a lycra.
Tome um banho por dia, evitando banhos demorados e quentes. O calor tende a piorar a coceira e a ressecar a sua pele. Não use buchas ou esponjas e prefira sabonetes suaves, para pele seca. Enxugue-se com toalha felpuda e macia, sem esfregá-la com força em seu corpo. Acostume-se a usar hidratante logo após o banho, ainda com a pele umedecida.
Alimente-se saudavelmente, procurando ingerir bastante água e outros líquidos no decorrer do dia.
Combata o stress: organize seus compromissos a fim de que sobre tempo para o lazer. Caminhe, relaxe e procure manter a calma nos momentos de tensão.



494 Dê sua opinião:

«Mais antigas   ‹Antigas   1 – 200 de 494   Recentes›   Mais recentes»
zoiodegato disse...

Olá! Desculpe, comentei no tópico errado. Bem, ano passado tive uma crise alérgica muito grave devido a uma interação medicamentosa (estava tomando Ziban). Precisei ir ao hospital por causa de uma dor qualquer e o médico prescreveu Tramadol (intravenoso), a interação do Tramadol com o Ziban desencadeou essa reação alérgica. Quase tive um choque anaflático por conta disso, fiquei internada uma semana no hospital. Mas, a minha dúvida é: depois que tive essa reação alérgica meu corpo nunca mais foi o mesmo. Acho que não tenho mais uma vida normal. As minhas pernas sempre estão inchadas com cacifos positivos, sempre estão doloridas. Qualquer coisa me dá coceiras. Agora estou fazendo tratamento para TB e os antibióticos estão me matando, as coceiras aumentaram muito (elas vão e voltam do nada). Comecei a ter freqüentes dores de cabeça, mesmo antes de ter sido diagnosticado a TB. E semana passada descobri que tenho dermografismo (coisa que nunca tive na minha vida). Nunca tive nenhum tipo de alergia, nada mesmo. Tudo aconteceu depois dessa interação medicamentosa (junho/2007). Ontem mesmo no banho escrevi o meu nome na perna e braço e dá para ler perfeitamente, e ainda permaneu por uns 10 minutos. E por falar em banho, as coceiras aumentam muito mais quando tomo banho e olha que não tomo o banho muito quente não. O que posso fazer para ter a minha vida de volta??? Será que é possível isso??? Obrigada!

Equipe PGRJ disse...

É muito difícil emitir um parecer sem examiná-la pessoalmente, mas o dermografismo pode ser tratado e controlado na maior parte dos casos. Entretanto, é preciso analisar os fatores envolvidos em cada caso. O fator emocional gerado no episódio agudo que sofreu poderia também ser um fator agravador do seu dermografismo. Estamos ao seu inteiro dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

Olá!
Acho que tenho dermografismo. Sempre que acordo de manhã pouco tempo depois eu fico com as pernas toda impolada e coça muito. Se entro no piscina ou passeio por lugares onde há brisa da natureza, acontece a mesma situação.
Será sintomas de dermografismo?

Equipe PGRJ disse...

Peço sua compreensão, mas não é possível fazer o diagnóstico do dermografismo sem examinar pessoalmente. Entretanto, você relata que fica "empolada" e coça. No dermografismo, é a coceira que surge em primeiro lugar e só depois de coçar é que surgem as pápulas. Aconselho que procure um alergista para orientar seu caso.

Anônimo disse...

Olá...estou há três meses com urticaria, e a alergista não soube precisar o que esta provocando, disse-me somente que era dermografismo e provavelmente seria de ordem emocional. Estou sob medicamentos todo esse tempo e gostaria de saber o que devo fazer para melhorar ou amenizar essa situação. Se é emocional, devo procurar um psicólogo??

Equipe PGRJ disse...

O dermografismo pode ser causado por fatores emocionais e em alguns casos a psicoterapia pode auxiliar na reuperação do paciente. Converse com seu alergista à respeito desta possibilidade. Obrigado pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Boa tarde pessoal,

Tenho todos os sintomas da urticária dermográfica. Passei no alergista e ele me disse que não tem cura e nem como prever quanto tempo isso vai permancer no meu corpo. Fiz uns exames, mas ainda não saiu o resultado. Minha primeira crise foi durante uma semana muito turbulenta no trabalho e na faculdade + a TPM (Período de profunda depressão inesplicável), e não me recordo de ter tomado nenhum medicamento (apenas o anticoncepcional)e nem comi nada de diferente.
Agora estou tomando um antihistamínico que evita a coceira, porém as manchas repentinas permanecem. Então minhas perguntas são: O que devo fazer para eliminar este efeito estético horrível?
E se a minha urticária é do tipo dermografica ela não deveria já ter acabado? Como eu percebo que ela está acabando? Aguardo uma explicação e agradeço...

Se alguém souber de algum milagre por favor, entre em contato comigo lia.lima@universia.com.br

Anônimo disse...

Boa tarde,
Tenho urticária e muitas vezes isso me abala tanto emocionalmente que choro muito na frente de qualquer pessoa. Sabe me dizer se posso entrar com um pedido de afastamento no meu trabalho para me cuidar, principalmente se for o ambiente de trabalho que está causando isso em mim?

Equipe PGRJ disse...

Não há como emitir um parecer sobre a participação opcupacional como causa de sua urticária sem uma consulta pessoal. Estamos ao seu dispor na Clínica de alergia PGRJ.

Vanessa disse...

A "doença" está muito bem explicada! Tenho dermografismo desde criança, não me incomoda mais, pois já me acostumei. Acontece que sempre quis fazer tatuagem, mas sempre tive medo por causa do dermografismo, gostaria de saber se, possui algum risco na realização de tatuagem em uma pele com dermografismo? Posso tomar antialérgico durante o processo de realização/cicatrização para auxiliá-lo? A tatuagem ficará em alto relevo?
Se puderem respondam-me por e-mail, aguardo ansiosamente o contato de vocês. Obrigada! [nessa_verthein@hotmail.com]

Anônimo disse...

Ola, descobri que tenho dermografismo a pouco tempo fiquei um pouco desesperada quando o médico disse que não tem cura, vivo tomando remédios de alergia , mas quando o tempo esquenta aparece de mais, agora a médica mandou eu tomar durante trinta dias esse remédio,mas quando paro de toma-lo aparece tudo de novo e não aguento mais ter que tomar remédios , o que eu faço???? obrigada!!!

Equipe PGRJ disse...

o tratamento deve ser feito por tempo prolongado. Ao mesmo tempo, é importante fazer uma avaliação clínica do paciente para avaliar possíveis fatores agravadores envolvidos.O fator emocional participa em uma parcela significativa de casos. Converse com sua médica.

Equipe PGRJ disse...

Vanessa: a pele portadora de dermografismo é uma pele sensível, irritadiça e não há como prever como será a reação. Pode ocorrer distorção do desenho ou mesmo reações locais. Aconselho que converse antes com o médico especialista que acompanha seu tratamento. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog

Anônimo disse...

Olá! Descobri em 2005 que tenho dermografimo, e nessa época fiz vários exames que não apontaram a causa, porém fiquei boa após tomar o Hixine e o Tarlec. Após vários estresses que passei ao longo de 2007 em meu antigo trabalho, no ínicío desse ano, todos os sintomas apareceram novamente. Fiz exames de sangue que não acusaram nada e o médico me disse que não havia mais exames para me pedir, porém solicitou que eu deixasse de tomar certos tipos de medicamentos como Dorflex, Eparema etc e que eu evitasse comer alimentos a base de sulfitos. Fui em outro profissional que me disse que não há cura, e que eu tomasse o Hixine quando sentisse coçar. Consigo ficar dois dias sem coçeiras, porém no dia seguinte já começa tudo de novo.Gostaria de saber se vocês podem me indicar um médico, pelo amor de Deus! Ficar com o corpo riscado, o que chega a queimar, nem mais coçar me deixa muito triste.Não aguento mais! Gostaria saber também de saber se depois desses diagnósticos que não me deram melhoras alguma, se o dermografismo é de fato incurável. (alinejesusdesouza@yahoo.com.br)

Equipe PGRJ disse...

O dermografismo é uma forma de urticária que pode ocorrer por causas diversas. O ideal é que se identifique a causa para que se possa proceder o tratamento. Contudo, existem formas idiopáticas, ou seja, onde a causa não é identificada. A nossa equipe está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Informe-se pelo telefone (21) 2517 4206. Caso você more fora do Rio, consulte a lista de especialistas em Alergia no site da ASBAI (www.sbai.orb.br). Obrigado pela visita ao nosso blog.

Juliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana disse...

Olá,descobri recentimente que sou portadora de dermografismo,minha medica disse que pode ser fator emocional !Gostaria de saber se algum profissional na area de psicologia pode me ajudar no que fazer para descobrir se realmente é emocional ? e se eu realmete tenho que tomar o anti-depressivo que ela receitou para mim ?

Equipe PGRJ disse...

Juliana: infelizmente não há como julgar se o seu caso tem indicação de tratamento especializado ou se poderá responder com uso de medicamentos antidepressivos, pois para isso seria necessário uma análise mais profunda dos seus dados clínicos. Algumas pessoas podem se beneficiar de um trabalho integrado entre o alergista e o apoio psicoterápico. Aconselho que exponha sua dúvida à sua médica para que se possa chegar a um bom resultado final. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

dinha disse...

Meu filho esta apresentando o quadro de dermografismo, e pelos comentarios não tem cura??? seria isso mesmo??a medica nao chegou a dizer isso, que não tem cura...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dinha: O tratamento do dermografismo pode controlar a doença e permitir uma vida saudável ao seu portador. A possibilidade de cura total dependerá de cada caso, das caractarísticas individuais, da causa detectada, etc.

Karen disse...

descobri que tenho dermografismo a um ano, começou com uma coceira no corpo que percorria por tudo, levantando horríveis vergões, desde então já procurei vários especialistas (dermatologista, alergologista, imunologista,) fiz uma série de exames para achar a causa desta alergia, mas sem sucesso, tenho tomado antialérgico diariamente, ganhei 5 kilos, e resolvi procurar tratamento ortomolecular, onde percebi que além das coceiras aumentaem comecei a ter crises de asma também, voltei ao médico alergologista que me pediu pra procurar meu ginecologista e pedir exames de taxa hormonal, pois faço uso do DIU Mirena à 4 anos, estou muito desesperada e preocupada, gostaria de saber se a taxa hormonal alterada pode provocar o dermografismo e se o uso contínuo e prolongado de antialérgicos pode prejudicar minha saúde. Grata

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Karen: antihistamínicos não provocam mal à saúde, podendo ser usados sem problemas,mesmo por longo prazo. Os produtos mais modernos, conhecidos como "de nova geração" não provocam sonolência e nem aumento do apetite e do peso corporal. Quanto ao dermografismo, infelizmente não há um teste ou exame que dê a resposta ao alergista. A análise dos dados clínicos é essencial para o diagnóstico epara o tratamento. Aconselho que exponha os seus temores ao seu médico e estabeleça com ele um diálogo saudável, essncial para sua tranquilidade e para o sucesso do tratamento. A ansiedade e o desespero contribuem para a piora do dermografismo, prejudicando sua melhora. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Marcela disse...

pelo que tenho lido, o dermografismo pode ser por consequencias de algumas doenças, estado emocional, por medicamentos ou alimentação... gostaria de saber quais doenças podem provocar o dermografismno, pois meu cunhado e minha irmã estão com isto.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Marcela: o dermografismo faz parte de um grupo de urticárias denominadas de urticárias físicas. A causa mais comum do dernmografismo é mesmo o fator emocional, verificado em um grande número de portadores da doença. Trata-se em geral de uma doença benigna, embora muito incômoda ao paciente. Mais raramente, pode ser causada por doenças como infestações, infecções, doenças da tireóide, reumáticas, etc. O melhor caminho é procurar um especialista para orientá-los, pois a análise médica de cada pessoa é individual. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

Tânia disse...

já tomei diversos antialérgicos, ultimamente tenho tomado tanto de (clemastina) e (fexonadina) pra não citar o nome do remédio...
gostaria de saber qual o mais indicado e com menor efeito colateral.
obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Tânia: a escolha de um medicamento não depende apenas do tipo de doença ou das características do fármaco mas também da aceitação individual de cada paciente. Por isso, não há como apontar qual o mais indicado. Os antihistamínicos (antialérgicos) com menores efeitos colaterais são os chamados de segunda geração. Sugiro que converse com seu médico para esclarecer suas dúvidas. Obeigado pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se o "Zyxem" está dentro dos antialérgicos denominados de "segunda geração", pois tenho feito uso contínuo dele.

Elisa disse...

Minha filha de 3 anos esta com esta alergia. Dos relatos que li pude perceber que os vergoes sempre aparecem após um coceira e minha filha nao apresenta coceira. Os vergoes aparecem e somem repentinamente. Ja faz algum tempo que ela toma anti alergico diariamente tenho medo que o organismo dela crie resistencia. Isso pode acontecer? Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sim. Zyxem (levocetirizina) faz parte dos antihistamínicos de nova geração. obrigado pela visita ao nosso blog.

Sheila disse...

Olá, tenho tido crises de coceiras que deixam vergões em alto relevo e vermelhos, na ocasião tomei Hixiane por conta, achando ser alguma intoxicação alimentar, as coceiras melhoraram, mas uam semana depois de cessar o medicamento elas voltaram, fui ao médico q receitou Celestamini, novamente melhoraram e 1 semana depois voltaram, as crises duram 15 a 20 minutos e os vergões ficam na pele por + ou - este tempo tbém. Li aqui sobre sintomas como o meu (dermografismo, tem ou não cura? QUal o tratamente indicado? Tem alguma ligação emocional? Lembrei-me q dia 19/12 passei por uma situação de grande estress, e + ou - 8 dias depois essa coceira chata começou. São crises, não duram o dia inteiro, são periodos do dia, de manhã e a noite são fatais.
Obrigada Sheila

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Elisa: para confirmar o diagnóstico, seria necessário examinar sua filha pessoalmente. Em crianças, a coceira pode passar desapercebida. Quanto à pouca melhora com a medicação, pode se dever ao fato de que a causa do problema ainda não tenha sido identificada e afastada, pois esta nem sempre é uma taefa fácil. Converse com o alergista: ele poderá esclarecer melhor suas dúvidas.Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sheila: é comprovado que o dermografismo tem causa emocional em grande parte das vezes. Mesmo assim, causas orgânicas devem ser investigadas pelo médico. O tratamento vai depender da causa. A cura também dependerá de cada caso. O tratamento é capaz de controlar o problema. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Anônimo disse...

Boa Tarde!
Sei que eu tenho dermografismo, ja fiz ate tratamento e ele somente diminuiu os sintomas e na época que eu fazia o tratamento eu tb estava c/ algumas bolinhas na planta do pé , nos dedos do pé e da mão. Ja li em alguns site e esta parecendo que é Disidrose.Na época o medico me falou q era do dermografismo, mas hoje as bolinhas estão de volta e cada vez que volta almenta mais um pouco...
Tem relação com o dermografismo realmente?
Ass.:lu

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Lu: para afirmar se as lesões tem relação com o dermografismo,é essencial examinar pessoalmente. Uma mesma lesão (ou seja, com o mesmo aspecto) pode surgir em doenças diferentes. Aconselho que retorne ao seu alergista para uma nova avaliação. Obrigado pela visita ao nosso blog.

Ruth disse...

gostaria de saber se dermografismo tem relação com qualquer fundo seja ele emocional ou mesmo outro tipo de inflamação,como posso ter esse diagnostico. essa policlina no rio aceita plano de saude UNIMED. por favor me ajude. ruth

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dermografismo é uma doença muito relacionada aos fatores emocionais. O diagnóstico é feito baseado na observação clínica e exame físico do paciente. Para maiores informações sobre o Serviço de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro, ligue para (21) 2210 2810 ou 2517 4206. obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

Diego oliveira disse...

Olá amigos me chamo Diego Oliveira e sofro de dermografismo,que diabo de doença é essa???Me dá uma coceirama no corpo fico como se tivesse levado chibatadas..Meu médico disse que vai levar cerca de dois anos para me curar,que preciso usar muito creme hidratante!!!De onde vem isso ,por ocorreu comigo????Abraços!!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Diego: concordo com você: embora não seja grave, o dermografismo é uma doença muito desagradável e incômoda. Mantenha os cuidados orientados elo seu médico e lembre se:tratar não se resume ao uso de remédios. Cuide de sua pele, use hidratante diariamente. Fatores emoconais são muito ligados ao dermografismo: procure se distrair, ter uma atividade física e se necessário, busque uma psicoteapia. Obrigado pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Boa tarde! Fui diagnosticada com dermografismo recentemente, apesar dos sintomas já me acompanharem há alguns anos.
A médica que me atende prescreveu o prurizin para ser administrado 1 vez ao dia por um período prolongado. (Segundo ela cerca de 6 meses).
Perguntei a ela se poderia seguir com vida normal apesar do tratamento, ela disse que sim, mas ao ler eu mesma a bula do medicamento percebi que ele age diretamente no sistema nervoso central. Quero saber se ele faz parte dessa nova geração de medicamentos? É mesmo necessário o uso de medicamento tão forte? E quanto ao ganho de peso, este tipo de medicamento aumenta o apetite?
Como podem ver minhas dúvidas são muitas. Gostaria de esclarecer pelo menos algumas delas. Obrigada! Cristina.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Cristina: Prurizin contém hidroxizina, um anti-histamínico (antialérgico). Não é um remédio "forte", mas pode provocar efeitos colaterais como por exemplo a sonolencia. Deve-se ter cuidado no uso deste medicamento em pessoas que tenham atividades que necessitem atenção ou que dirijam veículos. É possível utilizar outros antialérgicos no tratamento do dermografismo. Aconselho que converse com sua médica. Lembro sempre que a confiança e o diálogo entre o paciente e seu médico são fundamentais para o sucesso de qualquer tratamento. Não tenha receio em expor suas dúvidas e suas preocupações com seu tratamento.Obrigado pela visita ao nosso blog.

Jussara disse...

Pela primeira vez estou buscando informações sobre dermografismo, pois há alguns dias uma amiga insiste que tenho isso. Sempre fico com marca das costuras das roupas, sutiã, calcinha, tudo marca. Se sentar em um sofá com costuras, saio com o desenho do mesmo marcado no corpo. Mas não chega a coçar. Lendo as perguntas aqui, lembrei q minha tatuagem as vezes coça, e dpois de coçar, levantam várias bolotas, até formar o desenho da mesma. E em dias muito quentes, sinto coceiras nos braços, ombros e pescoço, após coçar fico com os vergões desenhados. Realmente meu estado emocional interfere muito na minha saúde, já tive vários problemas por causa disso. E quando fico nervosa, o primeiro sinal são manchas vermelhas pelo pesoço e as vezes no rosto, é horrível pq todo mundo percebe!! Será q são indícios de dermografismo?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Jussara: o seu relato é sugestivo de dermografismo e para confirmar, sugiro que procure um alergista.Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Anônimo disse...

Boa Tarde,
eu gostaria de saber se existe relação do dermografismo com a alteração do paladar e do olfato. Desde que descobri o desmografismo, notei que tenho mais dificuldade de sentir o sabor dos alimentos, e como causa ou consequencia (não sei) também tenho notado dificuldade em sentir os "cheiros".

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A alteração de paladar e olfato não acompanha o dermografismo. Aconselho que procure um especialista para analisar seu caso e indicar a conduta adequada de tratamento. Obigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Anônimo disse...

Ola, eu tenho dermografismo e o medico pediu para eu evitar sol e produtos artificiais porque segundo ele isso pode piorar ainda mais. A minha pele fica identica aos exemplos acima.

Anônimo disse...

BOa Noite, descoberi que tenho dermagrafismo a muito tempo, as vezes esta mais forte e as vezes nem me lembro que tenho.... lendo os comentarios n~çao vi nenhum parecido com que a medica me disse a alguns anos atra... ela me disse que dermografismo poderia ser excesso do liquido que temos na pele que nos protege contra mordidas de insetos... mais lendo algumas reportagens não vi em lugar nenhum esta informação... voces pode me informar se isto é verdadeiro.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os cuidados com a pele são importantes no tratamento do demografismo. É importante evitar fatores que atritem sua pele, usar hidratante diario. Quando se expuser ao sol, usar protetor solar e escolher os horários mais adequados.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A informação de que o dermografismo teria relação com líquidos na pele ou com picadas de inseto não procede. Obrigado pela visita ao blog da Alergia.

Anônimo disse...

POSSO TER DEMOGRAFISMO, RINITE ALÉRGICA E URTICÁRIA AO MESMO TEMPO?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dermografismo é uma doença que faz parte do grupo das urticárias físicas. Uma pessoa pode ser portadora de rinite e de dermografismo simultaneamente. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Anônimo disse...

Tenho Dermografismo há cerca de 04 anos, não apresento mais os sintomas pois, estou utilizando remédio a base de cetirizina com 10mg. Sei o que causou a doença foi o fator emocional e pressão no trabalho e consigo conviver. Porém o que me preocupa é que no primeiro ano de utilização da Cetirizina, engordei cerca de 10 quilos, consegui controlar o peso mais não consegui reduzi-lo.
É normal o ganho de peso ao utilizar antialergico?

Anônimo disse...

olá. gostaria de saber se essa doença também pode afetar a boca, os olhos, as mãos e os pés. obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os antihistamínicos de segunda geração raramente provocam aumento de peso. Contudo a reação a um remédio varia de pessoa para pessoa. Para julgar a causa do seu aumento de peso seria necessário analisar seus dados clínicos de forma minuciosa. Obrigado pela visita e volte sempre.

Anônimo disse...

Tenho Dermografismo desde que me conheço por gente. Fui em uma dermatologista, ela me falou que não tinha cura, porém não pediu nenhum exame, a mesma coisa no alergista, mas ela me passou um remédio, hixizine, no começo teve um pequena melhora, quase nada, depois de 1 ano tomando este remédio, parei de tomar pois não tive resultado e ficou pior, além de ficar marcado por qualquer coisa, ficou coçando muito.
É possivel algum exame indicar um tratamento?
(Esta muito forte, por qualquer batida a mais insignificante fica com vergão)

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A necessidade de solicitar exames para casos de dermografismo não é igual para todos os portadores da doença: varia de acodo com a história clínica (anamnese) e com os dados obtidos no exame físico feito pelo médico. Por isso, não há como indicar um exame específico para seu caso sem avaliar pessoalmente. A nossa equipe está ao seu dispor na Clínica de Alergia. Obrogado pela visita e volte sempre.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O dermografismo é um tipo de urticária e as lesões surgem predominantes em locais de pressão na pele (alça de soutien, elásticos, ao carregar um peso, etc). As leões portanto tem localização variável. Obrigado por visitar nosso blog.

Anônimo disse...

Descobrir que tenho dermografismo há 2 semanas,depois de uma crise alérgica ainda n identificada e venho sofrendo com queimores constantes e horríevis principalmente em minhas orelhas,não há possibilidade de que esse queimor passe? Estou tomando 2 tipos de remédio a coçeira já passou,porém as manchas diminuiram a intensidade da vermelhidão,não há nada a fazer qnto as manchas,tem sido vergonhoso vestir uma camiseta pois onde toque fico marcada parecendo q apanhei.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A sensação de queimação e as manchas na pele diminuirão à medida que o tratamento for atuando. O tempo de duas semanas é curto para total restabelecimento do dermografismo. Sugiro que converse com seu médico, exponha suas dúvidas e preocupações: lembro sempre que o diálogo e a confiança que se estabelece entre o médico e o paciente são a base para o sucesso do tratamento. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

Anônimo disse...

Boa noite! Apareceu essa doença em mim também, foi logo após uma semana altamente estressante! gostaria de sabe se com o antialérgico somem inclusive as manchas vermelhas, tenho tomado o remédio há uns 3 meses porém a vermilhidão não some, só o relevo na pele. É normal? Ou deveria sumir o vermelho e o relevo? Não sei se estou tomando o antihistamínico ideal para o meu caso. Obrigada!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente não é possível emitir o parecer que deseja sem conhecer seus dados de forma minuciosa: idade, sexo, peso, tipo de antialérgico, dose utilizada, grau do dermografismo,causas envolvidas, etc. Obrigado por visitar nosso blog

Gleice disse...

Oi Boa noite
Em 2006 descobri que tenho dermografia fiz um tratamento com antialérgicos e aparentemente melhorei.As erupções sumiram,só tenho vermilhidão,mas agora toda vez que tenho algum tipo de emoção mais forte,eu começo a espirrar,tossir,mais ou menos igual rinite.
Isso faz parte da dermografia ou estou desencadeando uma rinite alérgica?
Desde já muito obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato é sugestivo de rinite,mas a confirmação necessita de uma avaliação pessoal. Sugiro que retorne ao seu alergista. Obrigado por visitar nosso blog.

Anônimo disse...

eu li alguns comentários relatando como:descobri a alguns dias ou o stress desencadeou dermografismo em mim e agora tenho crise de urticária...mas isso não é dermografismo! Eu tenho dermografismo desde que nasci,não posso coçar,nem arranhar,nem esfregar,nem pensar em expor demais minha pele porque ela "infla" facilmente na hora,não é uma crise,um vai e vem,uma simples cocerinha,uma simples alergia,é um problema real,constante e constrangedor por isso chega a me irritar ver pessoas descrevendo e falando sobre cocerinhas, prevenções tolas,remédios maravilhosos quem tem essa doença de verdade sabe que isso não funciona de verdade e fora os efeitos colaterias deprimentes que os remédios causam,e quanto a não se coçar em público,não tomar banho quente,não esfegar,não isso,não aquilo...façamos o seguinte não se mecha nunca mais e não saia mais de casa.
Eu acho que seria muito melhor conscientizar as pessoas de que não é contagioso,de que a situação é delicado para o portador.
Certa vez vi na TV aquele escroto do João Gordo,hostilizando um garoto com dermografismo ao vivo num programa da MTV,todos os goiabas foram na onda,por isso digo que a coscientização é o melhor remédio.
Obrigado

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Concordo apenas em parte com seu comentário, em especial quando chama a tenção para a necessidade de educar sobre o dermografismo e orientar que não é contagioso, evitando constrangimento aos portadores da doença. Mas, cada caso é um caso e cada pessoa manifesta o dermografismo de maneira muito própria. Eu particulamente tenho a doença e encontro-me bastante controlada (mas de vez em quando ainda tenho crises qe aorendi a tratar). Desde que cursamos a faculdade de medicina, nós médicos aprendemos que devemos estudar as doenças, mas ao atender cada paciente, devemos olhar o doente como pessoa. Sendo assim, a doença não é padronizada, não tem obrigatoriamente os mesmos sintomas e ainda mais, cada pessoa responde de maneira individual aos medicamentos. Muito obrigada pela sua contribuição que usarei como tema de um próximo "post".

Rafaela disse...

Eu queria primeiro parabenizar a equipe que publicou este tema no blog. Tenho dermografismo há uns 10 anos, mas nao necessariamente sem pausas. Já tiveram uns meses que nao percebi nenhuma "crise", mas de uns 3 anos para cá, se tornou bem mais frequente. Hoje em dia, fazer uma caminhada (ou andar na esteira) por mais de 10 min é quase impensável... Estranhamente ou nao, se uso uma calça folgada demais, é até pior, porque fica batendo mais na pele. Inclusive acontece muito quando uso uma mochila ou bolsa-carteiro. Chego às vezes a ficar desperada quando isso acontece no meio da rua, detesto essa sensacao e isso ocorre sobretudo nas pernas, embora às vezes também na barriga e maos. Sei que existem casos bem piores de pessoas que nao conseguem nem dormir direito, menos mal que esse nao é o meu caso. Tenho uma impressao de que no inverno é bem pior, talvez pelo frio e a umidade mais baixa do ar. Nunca tomei nenhum remédio, decidi aprender a conviver com isso (exceto nos minutos de crise que sempre penso em quando chegar em casa a primeira coisa a fazer é marcar uma consulta pra pedir remédios ou irei enlouquecer, mas quando me acalmo, mudo de idéia). De qualquer forma, acho que depois de ler esse post, vou sim marcar um alergologista para ver se é possível chegar a conclusao sobre possíveis causas...

Anônimo disse...

Boa noite!
Passei por 2 semanas de grande estresse emocional e a partir da segunda semana começaram a aparecer algumas pequenas manchas vermelhas no meu braço e depois que eu tomava banho e me enxugava meus braços e minhas pernas ficavam bem vermelhos e com uma sensação de queimação. Esses sinais podem indicar dermografismo? O que posso fazer para ter um alívio?
Obrigada pela atenção!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Rafaela: dermografismo não é grave, mas pode incomodar muito. o melhor caminho é buscar a causa e tratar para controlar a doença. Obrigado pela sua visita e volte sempre.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os sintomas que relata sugerem dermografismo, mas para confirmar é preciso examinar pessoalmente. Aconselho que procure um alergista para confirmar o diagnóstico e indicar tratamento.

priscila disse...

Olá
Desde agosto do ano passado (2008) venho sofrendo com esse problema de dermografismo.
Gostaria de confirmar se tem realmente a ver com problemas pessoais, angústias...
OBS: Passei em um concurso público , fiz exames médicos e não tomei posse! Obrigada desde já!
Priscila

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Priscila: É importante que cada paciente seja pesquisado com relação às causas de dermografismo, mas muitas vezes observamos que os fatores emocionais são agravadores do problema. Obrigado por visitar nosso blog.

Ana Paula disse...

Minha filhinha é especial, hj ela tem 12 anos, ela tem paralisia cerebral e toma 2 tipos de remédios pra controle de convulsões. Em 2006 eu e o pai dela nos separamos, ela nesse tempo me viu mto triste, ms ñ demonstrava nenhuma tristeza em seu comportamento, ms +ou- 1mês e meio depois ela começou a ter crises de asma e inchaços na pele como se fossem picadas de inseto e as duas reações só foram aumentando, o pediatra dela ficou meio que desesperado, pq ela tinha crises de falta de ar mto fortes e nenhum antialérgico conseguiam controlar as crises e nem as marcas na pele, ela tomou umas 2 injeções de diprospan, tomou hixizine e alguns outros medicamentos citados nos depoimentos anteriores, até q ele começou a achar q era reação alérgica dos anticonvulsivantes, começamos então nossa jornada atrás de neurologistas p/ sabermos,pois o nosso maior medo era dar edema de glote por conta das reações, o pediatra temia q o mesmo inchaço q ela tinha na pele poderia ter por dentro, nos órgãos internos, resumindo, ñ tinha o q fazer, pq outros anticonvulsivantes similares ao q ela tomava, ela já havia tomado no passado e ñ controlovam as convulsões. Até chegar à um neuro q falou q a reação da pele era dermografismo e mesmo assim depois de no meio da consulta consultar à internet,rsrsrs. Pois é, bom o único medicamento q melhorou o dermografismo foi o PRURIZIN, a pele ñ incha mais qdo há o contato, ms ainda fica avermelhada e minha tristeza é q ela é escrava desse remédio desde 2006, pq qdo o remédio acaba voltam todas as reações na hora. E qto a asma ele a encaminhou para alergologista, ela chegou até fazer uso de SERETIDE, ms hj ñ está precisando mais, ela está controlada só com o uso de SINGULAIR, ms ela toma este também desde 2006. Sei que a causa foi puramente emocional, tanto pra uma reação, qto pra outra, ñ sei se o dermografismo tem ligação com sintoma de asma, ms minha maior dúvida é se ela vai ter q tomar esses medicamentos pra sempre. É uma angústia pra mim, pq são 4 tipos de medicamentos que ela toma por dia.

Clínica de Alergia PGRJ disse...

Infelizmente, não há condições para responder a todas as suas dúvidas, pois não é possível opinar sem uma consulta médica formal.Contudo, gostaria de fazer algumas considerações:1) a asma necessita de uma base genética para surgir. O fator emocional pode ter sido apenas um "gatilho" para que a asma aparecesse. 2) O uso da medicação contínua é importante, da mesma maneira que ela necessita de medicação contínua para controle do seu quadro neurológico. 3) O tempo de uso é imprevisível,pois varia de pessoa para pessoa. 4) Seria interessante avaliar seu quedro alérgico e se existem outros agravantes que estejam influenciando na sua alergia. Obrigado por sua visita.

Alessandra disse...

Bom dia!! Descobri a duas semanas que tenho dermografismo, comecei com coceiras principalmente nas pernas, braços e muita coceira na nuca era horrível para dormir a noite, procurei um dermatologista e ele fez um teste com a ponta da caneta, meu braço ficou todo riscado aonde ele tinha precionado a caneta. Mas o interessante é q nunca tinha notado esses riscos quando me coçava só ficava vermelho. Estou tomando Zixen e estou me sentindo bem não li nada na bula que diga que engorda. Antialérgico pode engordar?? E é possível ter dermografismo e a pele não ficar riscada só vermelha? Agradeço desde já os esclarecimentos.....

Manu disse...

Olá, sofro de dermografismo há uns cinco anos. Essas marcas começaram a aparecer na minha pele após uma crise alérgica muito forte. Passei dois meses tossindo, fui a diversos médicos. Logo que a tosse foi embora, começou o dermografismo. A partir daí comecei a tomar hidroxine. Tomo o remédio até hoje. Sinto uma melhora muito grande quando o tomo, mas gostaria de descobrir uma medicação que controle mais essa doença. O hidroxizine só tem efeito temporário - de três a quetro dias. Já tentei um tratamento homeopático, mas não deu resultado. Vocês me aconselhariam algum outro?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Alessandra: zyxem é um antialérgico de nova geração e por isso não provoca sono nem aumento de apetite. Quanto ao dermografismo, pode se manifestar de formas variadas, desde formas leves e quase imperceptíveis, até lesões extensas na pele. Por isso, o aspecto pode se modificar.
Obrigada pela visita e volte sempre ao nosso blog

Anônimo disse...

Boa Noite!!
Sou portadora de dermografismo há 8 anos,peguei essa doença através de um medicamento q contem piroxican.Fui internada pq tive vários tipos de
coceiras,pelotes,calombos e inchaços por todo corpo principalmente na cabeça.
Fui a um dermatologista que me encaminhou para um alergologista,que me diagnosticou como sendo dermografismo e que realmente não tem cura.
E me falou que o que eu precisava fazer era tomar Hidróxizini 25mg(1comp á noite) mais Loratadina (1 comp de manhã).Fiz esse tratamento durante 1 ano,depois no próximo ano Tirei a loratadina e diminui o hidróxizini para 15 mg durante 6 meses e nos próximos 6 meses tomei 1 comp á cada 2ou3 dias.E também deveria tirar todo tipo de corantes da minha alimentação(gelatinas,sucos,fanta etc...
Garanto que não tive mais nada.......
Mas para minha decepção precisei fazer uma cirurgia dia 25 de março e precisei tomar uns medicamentos e a 3 dias atrás tive uma crise horrível de coceira pelo corpo todo e o dermografismo tinha voltado depois de 4 anos e meio sem medicamento.Comprei os remédios e vou fazer tudo de novo para que eu possa me livrar disso pelo menos por um período de 4 anos.Porque eu sei que se fizer tudo direito podemos ficar curados por um longo tempo.
Espero com o meu depoimento poder ajudar alguém...

Lucimara......Amparo s.p.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Lucimara: desejamos sucesso em seu tratamento e agradecemos sua visita ao nosso Blog.

Anônimo disse...

Boa noite!

Tenho dermografismo há 14 anos. Os sintomas como inchaço e vermelhidão apareceram depois de vários fatores emocinais. O problema é que não posso tossir em hipótese nenhuma, pois após qualquer tosse começo a ficar com falta de ar,sinto minha glote fechar e só depois de 20 ou 30 minutos é que a falta de ar vai melhorando, ou seja, porque os inchaços do dermografismo estão sumindo. Essa falta de ar pode ser devido ao dermografismo que incha a minha garganta obstruindo a passagem de ar? Fui a um pneumologista pensando ser problemas respiratórios e ele me disse que eu não tenho nada nos pulmões.Qual especilista na opinião de vocês tenho que procurar? Um alergista ou dermatologista?
Um grande abraço.

Lilian

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Lilian: infelizmente não há como afirmar a causa da dispnéia sem examiná-la pessoalmente, mas seu relato não sugere que seja causada pelo seu dermografismo. Aconselho que procure um alergista para orientá-la. Obrigado por visitar nosso Blog da Alergia.

Concursos disse...

Boa Noite,

Tenho dermografismo diagnosticado pelo dermatologista, porém já faço tratamento há 5 meses sem sucesso, já tomei Histamim, Polaramim, Hidroxine e agora estou tamando Celergin. Não tenho ideia do que possa está provocando. Tenho dúvidas quanto ao banho sempre minha vida toda tomei banho muito quente isso poderia ser um fator? No verão fiquei muito tempo no sol, porém sou negro, mas nesse periodo que a reação começou seria também um possível fator?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O banho quente piora o dermografismo pois tende a ressecar a pele. Banhos não devem ser demorados nem quentes, sem buchas ou esponjas e com sabonete suave, apropriado para pele seca, seguido de aplicação de hidratante. Obrigado por visitar nosso blog.

lucianna disse...

Ola eu tenho exatamento o que se diz como dermografismo e tenho crises quando fico nervosa, sabe até quando beijo meu namorad meus labios incham isso é normal?
gostaria de uma resposta - luciannadracena@hotmail.com

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Lucianna: os lábios incham pela pressão exercida pelo beijo. Da mesma forma, se seu namorado estiver com a barba por fazer, sua pele ficará avermelhada no local do beijo. O tratamento controla seu dermografismo e permite que tenha uma vida normal. Hoje existem antialérgicos que não provocam sono nem aumento de apetite e podem ser usados a longo prazo, sendo muito uteis no tratamento do dermografismo. Obrigado por participar do nosso blog.

Anônimo disse...

Olá, já fazem dois anos que eu descobri que tenho dermografismo e as crises só melhorarm depois que eu tomo o Hixizine 25 de 25 mg. Apenas a metade do comprimido já é suficiente para que a coceira passe.
Mas, quero engravidar e gostaria de saber qual é a conduta para pacientes de dermografismo durante a gestação.
Na bula existe a ressalva de que mulhereres grávida snão devem tomar esse medicamento.
Mas, não consigo me imaginar 9 meses sem a ajuda de um medicamento. Em contra partida não quero que nada afete o meu bebê.
Desde já agradeço os esclarecimentos.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Existem antialérgicos (antihistamínicos) autorizados para uso na gestação. Aconselho que procure um alergista para orientá-la e assim engravidar de forma saudável.

Anônimo disse...

ola
chamo me vera e gostava de saber qual o nome da alergia que aparece na pele quando esta fica completamente aos papos, empolada que eu pareço um bicho, aparece e se nao coçar vai desaparecendo lentamente. e ja agora o que pode provocar isso. esta alergia que eu sinto nao permanece por muito tempo, o que pode ser?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Vera: o seu relato sugere uma urticária, mas é essencial examinar sua pele para confirmar seu diagnóstico Sugiro que procure um alergista.
Estamos ao seu dispor n Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

Flávio disse...

Qual o medicamento de primeira escolha para dermografismo? Tenho o diagnóstico fechado por uma alergista, eu costumo tomar hidroxine, mas o mesmo não faz mais efeito. Existe um medicamento alternativo ao hixizine?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Flávio: o medicamento de primeira escolha para tratamento de dermografismo é o antihistamínico, de preferência pertencente ao grupo denominado de nova geração. Converse com seu alergista a respeito. Obrigado pela visita em nosso blog.

Anônimo disse...

Prurizin e hidroxine tem a mesma formula?
São similares?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sim. A hidroxizina é comercializada no Brasil com os seguintes nomes comerciais: Prurizin e Hixzine.
Agradecemos sua participação em nosso blog.

Anônimo disse...

olá
minha mae tem coçeiras apos
tomaar banho
mais ela nao tem nada na pele,
a pele fica normal so que da muita coçeira
gostaria de saber o que pode ser isso?

Alessandra disse...

Olá,tenho dermografismo desde 2007. descobri que tenho essa doença depois de uma crise que surgiu do nada.fiquei muito mal e precisei ir ao dermatolista. desde então eu tomei alguns remédios e hj tomo Hixizine de 25ml
que infelizmente so servi pra diminuir as coceiras,aparecimento de marcas e etc. pq eu achava que tomando remedio iria ficar boa de vez, é o meu sonho ter a minha vida de volta, livre dessa doença. infelizmente pelo que andei lendo aqui, me parece que pode não ser possivel.
Eu gostaria de saber se posso ter algum tipo de consequência se eu continuar tomando esse remédio?já que sem o mesmo não consigo ficar em paz, pq coça demais,incha...
Como tinha dito antes, to com dermografismo desde 2007 e em 2008 comecei a ter problema de garganta que me encomoda muito e a pouco tempo estive no médico e tbm estou com cmomeço de sinusite. gostaria de saber se os surgimento desses novos problemas tem haver com a defesa do meu organismo por ta tomando remedios á esse tempo todo.
Diante desses problemas fico muito triste, isso piora o estado do dermografimo?
Me ajudem. tire minhas duvidas. pois não aguento mais, tenho apenas 20 anos e ja não tenho uma vida normal! :(
des de já, agradeço.

Nivalda de magalhães Elói disse...

Estou lendo estes depoimentos e, estou dentro desses perfis infelismente. Já faz alguns anos que venho com todos esses inconvinientes e, atualmete apreceram umas placas avermelhadas nas minhas pernas. Isto está me deixando nervosa. Os médicos não resolvem e isto me angustia bastante. Não sei como resolver. Gostaria de ter uma orientação.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Gostaria de poder ajudar, mas infelizmente não há como afirmar a causa da coceira apresentada por sua mãe sem examinar pessoalmente. Aconselho que a leve a um alergista ou dermatologista. Obrigado por visitar nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Alessandra: Hixzine é um antihistamínico (antialérgico) e tem a função de aliviar a coceira causada pelo dermografismo, podendo ser usado com segurança por tempo prolongado. Contudo, tratar não se resume ao uso de remédios, O ideal é manter visitas periódicas ao seu alergista para que possa pesquisar fatores agravantes e corrigi-los. A presença de rinite e sinusite não foi agravada pelo uso do Hixzine. Aconselho que retorne ao seu alergista. Agradeço sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

olá boa noite !!!
A anos as vezes me da uma coceira ai quando me coço sobe vergões e fica avermelhada a pele,até mesmo quando bebo agua de garrafinha,sobe o vergão no local onde ficou a boquinha da garrafa,se eu pego qualquer objeto e escrevo em minha pele,sobe o que eu escrevi e nem preciso forçar só de leve ja sobe,oque fazer? e oque é isso?ja testei escrever no braço de varias pessoas e isso não acontece então porque acontece comigo?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato sugere que seja um dermografismo, mas para confirmar é preciso examinar pessoalmente. Aconselho que procure um alergista: ele poderá pesquisar os fatores envolvidos e detectar a causa dos seu sintomas. Obrigado pela visita em nosso blog.

Anônimo disse...

A alguns dias apareceu um vergao em forma de traço na minha virilha,coça muito e costuma ficar vermelho,queria saber se é prejudicial á minha saúde? o que devo fazer antes de consultar um médico?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não use remédios por conta própria até que o médico oriente. Utilize sabonete glicerinado e seque bem o local após o banho. Use roupas íntimas de cor clara e tecido de algodão, sem elásticos apertados. Evite roupas de lycra, sinteticas ou jeans apertado. Procure um médico para orientar seu caso. Obrigado pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Alimentos que não devem ser comsumidos por quem tem dermografismo.quais são?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Recomenda-se uma alimentação saudável, com o mínimo de produtos artificializados e industrializados. A indicação de dieta varia em cada caso. Obrigado pela sua participação em nosso blog.

Anônimo disse...

Ola,sou portadora de dermografismo a mais de 30 anos, a pele apresenta o desenho do objeto ou pressao exercida sobre ela. Mas nunca ocorre com coceira, somente por outros contatos. Acho que nao tenho coceira porque sou um tanto insensivel a dor, levando em conta que tive 3 partos normais sem anestesia e senti apenas uma dor breve e leve. Mas sou um tanto alergica a alimentos como kiwi e espinafre e perfume.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dermografismo é ua doença de evolução variável e prolongada, alternando períodos de piora com outros de acalmia. O alergista rientará o tratamento adequado para controlar seu dermografismo. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Anônimo disse...

Que tipo de influencia rpoupas íntimas de cor clara têem sobre os vegões na minha virilha?Existe alguma pomada q ajuda a amenizar a coceira e que acabe de vez com os vergões vermelhos?Obrigada pela atenção!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Recomenda-se que as roupas íntimas sejam de tecido de algodão, evitando materiais sintéticos e que não sejam apertadas ou com elásticos ou rendas, que pressionem e irritem a pele. Quanto à medicação, peço sua compreensão, mas não prescrevemos ou indicamos nomes de remédios. Obrigado por sua visita.

Anônimo disse...

oi, queria saber sobre tatuagem

tenho dermografismo e sempre quis fazer uma tatuagem


posso fazer?
ficara em alto relevo?

outra coisa, descobri que quando passo gelo no local onde ouve pressao, a regiao nao fica em alto relevo. Seria esse o modo de fazer uma tatuagem?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não recomendo: a pele sensível do dermografismo pode se inflamar com facilidade e deformar o local da tatuagem.

Anônimo disse...

Olá. Eu tenho dermografismo e sempre aparece a minha alergia quando eu vou fazer ginástica. O que posso fazer para melhorar essa situação. Fico toda vermelha: rosto, peito, braços e pernas; e depois começa a crescer bolinhas (iguais a picadas de pernilongo) e coçam mto. Depois de meia hora de exercício elas começam a sumir mas é uma situação mto desconfortável.

Obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O melhor caminho e procurar um alergista que avalie seu dermografismo, pesquise a causa para então indicar o tratamento mais adequado.

Renata disse...

Boa tarde! Tenho dermografismo desde 2005, estou tomando hidroxine, pois sob o efeito dele minha pele não sobe calombo apenas fica vermelha.Já se for um apertão muito forte não tem jeito sobe o calombo mesmo.
Gostaria de saber se o fato deu ter dermografismo pode acarretar outro tipo de urticaria?
E pra vc qual o pior tipo de urticária?

Sofia disse...

achei muito bem explicada o Dermografismo. Tenho Dermografismo acredito que desde sempre, tenho 23 anos e acredito que aprendi a viver com isso. Hidratar a pele, uso hidratante para o rosto e corpo logo apos o banho, evito elasticos, e penso eu que algumas irritações vao acontecer mesmo, nao vou morrer por estar com um vermelhao coçando em meu pescoço, meu rosto, depois que faço ginastica. Penso eu, é incomodo, coça, fica aparente o vermelho, mas sei lá, aprendi a nao me encabular quando pessoas veem.
Calça jeans, pernas dobradas, sapatos apertados...tenho uma tatuagem que fiz a 8 anos atras qdo nao sabia que os inchaços eram dermografismo, ficou em alto relevo, depois normalizou. Mas agora que sei que tenho isso, fico com receio de fazer outra.
Sim, parecem picadas de pernilongo, mas a verdadeira picada do inseto, fica muito maior e mais doloroso.
Meu alergista me indicou pomada pra levar na bolsa para qdo estou em lugares públicos ou algo assim, e acredito mesmo que quem comentou aqui e que tem,deve procurar um alergista, pra saber sobre o assunto, e nao tomar ou passar medicamentos sem orientação médica.
Bom, espero que tenha sido util para algumas pessoas, e que nao tenha escrito bobagem.

Anônimo disse...

Boa noite!
Meu filho que completará 8 anos no próximo mês e está com dermografismo desde o mês passado vem sofrendo do desagradável efeito das coceiras que ele traz consigo.
Hoje mesmo chegou a atrasar-se na aula pois não conseguia parar de se coçar.
A pediatra receitou Hixizine (5ml de 8/8hs por 3 a 5 dias) mas temos notado pouca ou nada de melhora. Passo Creme Fenergan que alivia e suaviza os vergões e coceira.
Minha dúvida é que suas roupas não apertam ou ficam roçando e acho difícil que fatores emocionais nesta idade, em uma família bem estruturada possam desencadear estes fatores.
O hidratante tb já foi receitado pois ele tem uma pele altamente seca e a mesma já está com aspecto melhor.Obrigada pela dica de evitar banhos muito quentes, tomaremos este cuidado.
Há mais alguma dica ou comentário por ter ele apenas 7 anos?
Grata pela atenção, Leandra.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Leandro: crianças também têm dermografismo. O tratamento deve englobar não apenas uso de remédios, mas principalmente a pesquisa de causas. Por exemplo: verminoses podem ser causa de dermografismo, em especial na infancia. Aconselho que leve seu filho a um alergista para que faça um tratamento apropriado. Obrigado por visitar nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sofia: seu depoimento é muito importante pois transmite segurança e calma, importantes para o tratamento de qualquer doença, mas em especial no dermografismo, onde o fator emocional contribui sobremaneira. Obrigado por sua participação em nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Renata: dermografismo é por si só, uma forma de urticária, chamada de urticária física. Abraços.

Anônimo disse...

Boa tarde, há pouco tempo meu filho descobriu que tem dermografismo.Esses sintomas começaram a acontecer após um tratamento para gastrite(bacteria no estomago).Essa doença pode ter relação com o tratamento?Obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Existem relatos em alguns estudos científicos sobre a associação da bactéria H Pilory com alguns tipos de urticária crônica. Contudo, para avaliar o caso do seu filho, é essencial examinar pessoalmente e analisar com cuidado os dados de sua história clínica. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

Gabi disse...

pelos fatos que li acho que tenho esse mesmo problema..

quando uso roupas apertadas fico toda empolada nas costas,depois na pernas e até no pescoço..parece picada de mosquito... e é um monte..
(estava tomando anti alérgico mas está me deixando muito gorda..e parei)

às vezes incham até os lábios..(principalmente quando como chocolate)

de que alergia serão realmente esses sintomas??

seria chocolate?? (por incrível que pareça o branco não me afeta)..,
estesse ou outro fator??

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Gabi: não há como afirmar a causa do dermografismo sem conhecer seu caso e sem examiná-la pessoalmente. Existem antialérgicos modernos (de nova geração) que não provocam aumento do peso. Mas, chocolates podem aumentar seu peso. Caso seu alergista informe que não são a causa do seu dermografismo, sugiro que coma os chocolates com moderação. Obrigado por sua visita.

Wilson Arruda disse...

Descobri que padeço desse mau chamado DERMOGRAFISMO HÁ 03 SEMANAS, isso levou ao término
do meu casamento, uma vez a minha mulher acredita que fui arranhado num relacionamento extra-conjugal. Ela não aceita o argumento de que sou portador desse mau. Trabalho no HUGG, e fui consultado pelo Professor Fernando Sion, Imunologista e Alergista, o qual me receitou o anti-alergico ZETALERG 10mg, e proibiu qualquet medicamento que contenha Dipirona. O que mais devo fazer.

Obrigado,

Wilson Arruda

Gabi disse...

o aumento do peso é consequência certa do corticóide contido no medicamento.
não exagero nos chocolates e basta comer um pedaço que já fico toda empolada.
não como mais chocolates de jeito algum por medo das reações.
estou procurando analisar outras causas desses sintomas.

obrigada pela atenção!

jose disse...

Boa noite !
Tenho dermografismo a mais de 5 ( cinco ) anos, e gostaria de saber quais os alimentos que devo evitar...
obs: já faço uso de loratadina 10 mg.
desde já agradeço a vossa ajuda!!!

jose.

Anônimo disse...

Olá. Por quanto tempo é aconselhável (seguro, sem efeitos colaterais)o uso contínuo da levocetirizina (zyxem) no tratamento de urticária? Já tomo a um ano e tenho obtido bons resultados.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Wilson: mantenha os cuidados orientados pelo seu médico e cuide de sua pele. Alguns cuidados básicos podem ajudar: Reduza o número de banhos: um por dia é o ideal. Caso tome mais de um, prefira banhos rápidos (chuveiradas), sem sabonete. Os banho não devem ser demorados ou quentes, sem buchas ou esponjas. Use sabonetes suaves, para pele seca. Ao secar, utilizar toalha macia, enxugando sem esfregar ou friccionar a pele. Aplique diariamente, logo após o banho, em todo o corpo. Prefira alimentos naturais produtos artificializados.
Procure atividades de lazer, relaxe, combata o stress em sua vida. Uma receita de vovó para diminuir a coceira e acalmar a pele: faça “banhos de maizena”, usando uma mistura de maizena com água, como se fosse um mingau ralo (consistência de shampoo). Jogue e deixe um pouco essa "papa" sobre o corpo. depois, enxague com água, seque suavemente e use seu hidratante. Obrigado por sua participação e volte sempre ao nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

José: em princípio não há indicação de dieta para qualquer caso de dermografismo: cada pessoa deve ser analisada de forma individual e personalizada. Contudo, de uma maneira geral recomenda-se uma dieta natural e saudável, evitando produtos industrializados e artificializados em seu dia a dia. Aconselho que exponha sua dúvida ao seu alergista. Agradecemos sua participação e convidamos a voltar sempre em nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Gabi: como foi colocado na sua resposta anterior, apenas chamamos a atenção da possibilidade do aumento do seu peso corporal ter outros fatores envolvidos. Contudo, o parecer cabe ao seu alergista, que conhece os detalhes clínicos do seu caso. Agradecemos sua participação e convidamos a voltar sempre em nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O uso do Zyxem (levocetirizina) é seguro a longo prazo. O alergista fará também a pesquisa etiológica para que seja possível equilibrar seu dermografismo e não mais necessitar da medicação. Obrigado pela visita ao nosso blog.

adriane disse...

Adriane:Eu tenho dermografismo gostaria de saber se eu fizer uma tatuagem tem possibilidade de ter queloide ou alguma irritação pior?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Adriane: não há como prever, mas existe a chance de uma reação exagerada em virtude da sensibilidade aumentada em sua pele, influenciada pelo dermografismo. Sugiro que converse com seu alergista antes de se decidir pela tatuagem Agradecemos sua participação em nosso blog

Anônimo disse...

Olá descobri no inicio do ano que tenho dermografismo estou fazendo tratamento com ant alegico controlar a doença, senti uma melhora seignificativa mas gostaria de saber se tem cura

blogdaleilahh disse...

E sobre o caso que está na mídia hoje?
Veja no link e me dizem.
http://blogdaleilahh.blogspot.com/2009/10/trechos-do-alcorao-aparece-no-corpo-de.html

Obrigada.

Anônimo disse...

descobrir a 7 meses que minha filha de 4 anos tem dermografismo e a pediatra dela passou um antialergico(Fumarato de Cetotifeno)mandou que ela usasse durante 6 meses.ela ja estar a 4 meses usando este medicamento só que se ela ficar um dia sem tomar fica com os vergões.nao satisfeita levei ela a uma alergista e ela mandou que suspendesse o uso da medicação.mas piorou e eu voltei a dar o medicamento.gostaria de saber se o fato de ela ter nascido de 7 meses tem algum fator relacionado?a alergista mim disse que nao tem cura.e que suspendesse banhos quentes.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Leiah:é realmente uma notícia impressionante. A verdade, só o tempo mostrará. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dermografismo na criança pequena não é igual ao adulto. Em geral, há uma grande melhora com o tratamento: a criança tende a permanecer com uma pele mais sensível mas a doença desaparece. Agradecemos sua visita e convidamos que assine nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail

Anônimo disse...

Oi, me chamo Felipe.
Então, descobri que tenho dermografismo no início do ano. Até a referida data eu ja apresentava os sintomas fazia 2 anos. Dermografismo nunca me incomodou não sabe. Assim, fora as marcas e pouca coceira.
Quando fui ao médico e descobri que tinha, ele me passou o Hizine 25 mg (uma caixa, metade de um comprimido ao dia). Tomei os comprimidos. Me senti aliviado, nem tinha mais aquelas marcas.
Só que as coisas começaram a piorar. Quando acabou o medicamento eu senti muita coceira, muita mesmo. E não aguentei, voltei a tomar o medicamento.
Fui ao médico novamente e expliquei que não tinha aguentado ficar sem tomar o medicamento. Ele disse q eu ia tomar o resto da vida. Eu disse p ele a ia parar de tomar.
Desde então eu venho tomando metade de um comprimido a cada 4/5 dias.
Queria saber se tem como deixar de tomar o medicamento, até pq antes eu nem precisava dele, e, além de dar sono, não sou muito fã de tomar medicamentos regularmente.
Agradeço desde já a atenção.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Felipe: o uso do antialérgico no dermografismo deve ser feito por tempo prolongado mas não significa obrigatóriamente a vida toda. Contudo, para emitir um parecer, é essencial examinar pessoalmente. Aconselho que converse com seu alergista e exponha sua preocupação: ele conhece bem seu caso e poderá orientar de forma mais adequada.Estamos ao seu dispor na PGRJ.

Anônimo disse...

Muito obrigado pela atenção.
Marcarei uma consulta assim que puder para resolver a questão.
Parabéns pelo blog, tem sido de grande ajuda para nos mantermos informados.

Felipe

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado, felipe. Aproveitamos para convidá-lo a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Bom dia... eu jah fui ao alergista e estou com dermografia. Ele me passou um remédio manipulado e disse q eu deveria tomar durante um ano, mas o remédio custa 250 reais e tem q comprá-lo a cada dois meses e não tenho condições de comprar. Um dermatologista antes do alergista me passou o fexodane 180 e ele alivia a coceira, eu gostaria de saber se tem algum remedio parar curar a doença e que seja mais barato, ou eu vou ter q tomar o fexodane o resto da minha vida?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O tratamento do dermografismo exige persistência e disciplina pois é preciso manter o uso do antialérgico a longo prazo. Não existe nenhum remédio que cure definitivamente o dermografismo até o momento. Obrigado pela visita e volte sempre para nos visitar.

Diego Oliveira disse...

Olá!!
Tenho dermografismo e gostaria de saber se usar algum tipo de remédio para limpar o sangue ajudaria a parar ou reduzir com esta doença? Sinto que é algo no sangue,fora claro o lado emocional. Fazer um tipo de "desintoxicação" ajudaria??
Grato!

Anônimo disse...

Olá!!
Meu médico diz que existe uma vacina(em gotas)que pode resolver o meu problema do dermografismo. Ele comentou que esta vacina aumentaria meu sistema imunológico e que,pelo mesmo estar baixo,eu teria "adquirido" esta doença.Porém,esta vacina me custaria o valor de R$ 400,00. Resolvi perguntar a vocês antes de tomar uma decisão que me afetará e muito nas finanças. Esta vacina resolveria mesmo? Existe outro medicamento que poderia aumentar meu sistema imunológico?
Grato desde já e certo de uma resposta
Marcelo Noms.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Marcelo: Desconheço a existência de uma vacina específica para dermografismo. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Diego: não há um remédio com este objetivo. O tratamento do dermografismo é feito com antihistamínicos (antialérgicos) a longo prazo e com o atendimento clínico integral ao paciente equacionando os fatores agravantes envolvidos em cada pessoa. Obrigado pela visita. Assine nosso blog e volte sempre para nos visitar.

andre disse...

quem tem urticaria fisica pode fazer tatuagem?
No caso a minha é mais comum nas costas, qando coso surge um vergao, mais algun minutos depois ele some.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

André: não recomendo que faça uma tatuagem sem antes consultar seu alergista: ele conhece bem seu caso, sendo a pessoa mais indicada para orientá-lo.Agradecemos sua visita e convidamos que assine nosso blog e receba os textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

boa noite meu nome e joao tenho 38 anos e a 6 anos comecei sentir muita coceira nas pernas costa rosto pelo corpo todo era insupotavel parecia que ia morrer com corpo pegando fogo eu coçava e as marcas das unhas levantava vergonhos que parecia umas listras pelo meu corpo procurei um medico que mim passou pra tomar anti alergico durante um mes tudo bem achei que tinha ficado bom mais quando parei com o remdio começou tudo outra vez voltei ao medico ele mandou que eu tomasse hixezine quando sentisse que ia coçar mas sem mim da muita explicaçao falou que podia ser stres realmento levo minha vida muito stressado com trabalho vivo escravo desse remedio passo no minimo 4 dias e tenho que tomar se nao eu nao aguento qualquer coisa que toca minha pele fica a marca acho que o que tenho e dermografismo mim ajude o que eu faço

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O tratamento do dermografismo é demorado e exige disciplina e persistência. O uso do antialérgico deve ser feito por tempo prolongado. Ao mesmo tempo, faz-se a pesquisa das causas envolvidas. Aconselho que mantenha seu tratamento e exponha sua preocupação ao seu alergista: ele o conhece bem e poderá orientar de forma mais adequada. Obrigado por visitar nosso blog.

Eliane disse...

olá... achei o blog através de uma pesquisa e adorei é bastante informativo. Gostaria de tirar uma dúvida. Minha filha tem 10 anos e quando chora, desde bebê, o rosto dela, principalmente em volta dos olhos e nariz ficam bastante irritados, avermelhados e inchados. Este é um tipo de dermografismo? Se não for, o que pode ser? Já houve médicos que disseram que sim.
Obrigada pela ajuda...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato não sugere que seja dermografismo. Para emitir um parecer é essencial examinar pessoalmente.Estamos ao dispor na PGRJ. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Margarete disse...

Boa noite, tenho dermografismo e estou usando cetirizina, por enquanto uma vez ao dia. É que gostaria de iniciar um tratamento para o rosto com ácido retinóico e fiquei preocupada. Será que posso usar esse tipo de coisa na pele? Tem algum risco de ficar marcado? Grata pela atenção.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Margarete: aconselho que antes de iniciar o uso do acido retinóico, consulte seu alergista, pois trata-se de uma substância que pode irritar a pele com facilidade, em especial sendo portadora de dermografismo. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Jaquie disse...

Olà boa tarde,
Tenho dermografismo a 20 anos e não sabia que isso era uma doença!!
Isso pode ser transmitido?

Obrigada!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não Jaquie: fique tranquila, dermografismo não é contagioso. Agradecemos sua visita e convidamos que assine o nosso blog.

Camila disse...

Desde setembro, minha pele costuma ficar bastante vermelha e quente, as vezes aparecem umas manchas vermelhas que nao chegam a ser vergoes, mas manchas como um mapa, sabe? venho tomando hixizine há quase um mês como a médica receitou... tem dias que estou bem e outros q é terrível, eu acordo marcada do lençol, bem vermelha, durante o dia minha pele fica vermelha e quente e aparecem os tais 'mapas', principalmente no joelho, na dobra do braço e as vezes no dorso da mão. é bastante incomodo mesmo. antes de tomar hixizine, tomei ebastel e me dei melhor, vcs recomendam voltar para ele? devo fazer algum exame? Ah...esqueci de dizer, os sintomas pioram logo antes e durante a menstruação. Pode ter alguma relação com as taxas hormonais? Espero resposta.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Camila: o tratamento do dermografismo inclui o uso de um antihistamínico (antialérgico) a longo prazo. A escolha do medicamento deve ser individual, de acordo com as necessidades de cada pessoa. Converse com sua médica se o Ebastel pode substituir o Hixizine no seu caso. Ao mesmo tempo, é importante detectar a causa do problema, o que pode necessitar a realização de exames. Na realidade, os fatores agravadores não são iguais para todos. Por isso, o tratamento deve ser feito sob medida baseado nos dados clínicos de cada paciente. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Marcelo Loebens disse...

Olá. meu nome é Marcelo e moro em Manaus - AM.
Há algum tempo venho apresentando esses sintomas, mas em todos os medicos que fui ninguem conseguiu me dizer ao que tenho alergia.
Acho, olhando essas fotos , que tenho esse tipo de alergia, dermografismo, apesar de nenhum alergista ter conseguido me dizer isso. Qualquer pressão na minha pele causa esses vergões e coçeira.
Eu tomo Hixizine, que melhora a coçeira. Mas, o que eu gostaria realmente era que não aparecessem os vergões. O remedio apenas melhora a coçeira, as marcas na pele aparecem do mesmo jeito. Alguma dica?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Marcelo:o seu relato sugere mesmo que seja um dermografismo, mas para emitir um parecer é essencial examinar essoalmente e conhecer seus dados clínicos de forma minuciosa. O ideal é detectar e controlar a causa, já que a medicação utilizada no tratamento tem função aliviadora mas não combate a causa da doença. Aconselho que entre em contato com a ASBAI através do site (www.sbai.org.br) ou pelo telefone (11-55756888) e se informe quais são os médicos portadores de título de especialista em Alergia em sua cidade. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

sandy disse...

E eu que achei que só eu sofria deste problema. Se eu for tirar cravos do meu rosto, tenho que ficar a manha em casa pois fica muito vermelho e alto,já sabia que tinha algo diferente desde criança pois conseguia escrever o meu nome no braço e ficar alto e ficava mostrando para as minhas amigas que não conseguiam fazer o mesmo, mas o nome mesmo só descobri a uns 3 ou 4 anos, pois queria fazer exame de alergia e fui ao alergologista, mas ela explicou que por eu ter dermografia não poderia fazer este tipo de exame pois iria ser infiel a realidade já que iria ficar todos os pontos vermelho e que era preciso primeiro amenizar a dermografia. Bom,eu queria fazer este exame para descobrir porque de vez em quando eu tenho umas crises alérgicas no corpo todo como se muitas formigas ou pulgas tivessem me picando e eu me coço toda do cabelo ao pé. E descobri que não posso descobrir a que substâncias sou alérgica. Não consegui continuar no tratamento pois o remédio dava muito sono e hoje tento conviver com a doença como fiz por toda a vida sem saber o que era. E vou continuar a não saber a que substâncias sou alérgica, ou teria uma forma melhor de descobrir sem precisar tomar estes remédios que causam muito sono? Obrigada pelas informações.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sandy: Dermografismo é uma doença bastante comum: muitas pessoas sofrem deste mal. O tratamento é demorado poi engloba 1) alívio do sintoma 2) pesquisa de causas e 3) afastamento de fatores agravantes.O uso do antialérgico (antihistamínico) a longo prazo é muito importante e hoje existem produtos de nova geração que não produzem sonolência nem aumento do apetite. Aconselho que procure um alergista em quem confie e mantenha um acompanhamento periódico. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Agradecemos sua participação. Convido que assine nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Boa noite, gostaria muito de uma orientação. Faz anos que sinto uma coceira na pele sempre que tenho contato com o calor. Especificamente, quando estou em um ambiente quente, ou quando corro, quando tomo banho quente, ou seja, tudo que me faz sentir calor, me faz sentir uma coceira horrivel, parece que eu estou sufocando, tenho que correr para o ar condicionado, ou tamar um banho frio urgente... Deus do céu é horrível, parece um monte de agulhas no corpo inteiro.
- Já fui em um dermatologista, alergista, e eles me disseram que é uma urticária física. O tratamento que me foi passado foi a utlização de Hixizine, mas o remedio nao resolve o problema. Já use sabonete, um monte de coisas e nada resolve.

- Não consigo mais praticar atividades físicas, não consigo sair no calor, esta um inferno !!! Preciso sair com uma cartela de Polaramine no bolço para sair na rua, principalmente agora no verão.

- Por favor alguém me dá uma luz, não acho informações suficientes sobre a doença e principalmente, como resolve-la para voltar a ter um vida normal, tenho saudade de fazer atividade fisica enão consigo mais por causa dos sintomes...

Alguem por favor, me diz o que fazer, qual remedio certo a tomar para voltar a ter uma vida normal...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente não posso atender sua solicitação pois não é possível indicar um remédio através de email , sem conhecer seus dados clínicos de forma minuciosa e sem examinar pessoalmente. A urticária física é de evolução demorada e o tratamento é feito a longo prazo. É preciso ter persist6emcia e disciplina. Náo desista! Sugiro que procure um alergista com o qual possa ter confiança e estabelecer um diálogo, para que se obtenha sucesso no tratamento. Infelizmente não existe um remédio que seja eficaz em todas as pessoas. Cada um tem sua maneira de manifestar a doença e de responder ao tratamento. Obrigado por sua participação. Convidamos que assine nosso blog e receba nossos textos diretamente em seu e-mail.

Fernanda disse...

Olá!descobri que tenho dermografismo há 2 meses e minha irmã gemea tambem sofre com essa doença.Mas tenho uma duvida.Minha pele é muito branca e sensível,costumava tomar sol de manhã e usava protetor solar, minha pele era sensivel mas não sofria coceira e não ficava vermelha e nem aparecia vergoes e papulas.Desde que fui morar nos EUA nao tomo sol com a mesma frequencia e minha pele ainda esta mais fina e tenho coceiras ,todo dia surge papulas.Gostaria de saber se o sol faz mal ou bem pra quem tem dermografismo? o sol deixa a pele mais resistente???

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Fernanda: para emitir um parecer sobre seu caso seria necessário conhecer mais detalhes e examinar sua pele. Contudo, gostaria de fazer algumas considerações: 1) A pele ortadora de dermografismo fica mais sensível e pode reagir quando exposta ao sol. 2) Vários fatores podem influir na evolução do dermografismo, incluindo fatores emocionais. 3) O fato de morar num país estrangeiro implica em situações novas e muitas vezes conflitantes, que podem influir em sua saúde. Aconselho que procure um especialista para orientá-la. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

tenho dermografismo há um ano e percebi que os sintomas do dermografismo apareceram em mim alguns meses depois que minha menstruação começou a vir regularmente. tomo antihistamínicos diariamente, e funcionam certinho, mas quando minha menstruação está perto de vir, alguns sintomas reaparecem, mas não muito intensamente. gostaria de saber se pode ter algo a ver com TPM ou algo do tipo.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dermografismo é uma forma de urticária, conhecida como "Urticária Física". Existem muitos fatores envolvidos com o dermografismo, da mesma maneira que nas urticárias. Acredita-se que os fatores hormonais possam influenciar no processo, mas de forma individual (ou seja, variam em cada pessoa). Aconselho que procure um alergista para que possa aprofundar uma avaliação do seu caso. Obrigado pela visita e partcipação em nosso blog. Volte sempre.

Patty disse...

Boa noite tenho dermografismo e gostaria de saber se a tatuagem esta contra indicada. Moro fora do Brasil a 15 anos e tenho muita vontade de fazer uma, mas como no consultório do meu alergologista no Brasil, ele escreveu no meu braço e logo após apareceram as letras e ficaram por muito tempo , também quando eu bebia alguma bebida por menor que fosse o teor alcoólico logo após me saia uma mancha primeiro no rosto esquentava muito dava uma sensação de queimação na pele e depois ia baixando para o peito e fazia como uma espécie de mapa. a roupa nunca apertada jamais.... A pergunta é: Posso ou nao fazer a tatoo? Ou Devo ou Nao?
Obrigada desde já.Um abraço
Patricia Arrieche
Albertville/France

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Patrícia: não aconselho que faça uma tatuagem sem orientação do seu alergista. A pele da pessoa portadora de dermografismo é sensível a traumas, fazendo que que seja alta a probabilidade de complicações. Obrigado por sua visita.

Marina disse...

Olá tenho dermografismo a um ano e gostaria de saber duas coisas:
Qualquer pessoa pode vir a ter essa doença??
E posso usar autobronzeadores?
Obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Marina: sim, qualquer pessoa pode ter dermografsmo. Quanto aos autobronzeadores, aconselho que procure um dermatologista. O uso de um autobronzeador é seguro, mas as recomendações de uso indicam que sua aplicação deve ser precedida por uma esfoliação da pele , o que pode causar irritação e piorar seu dermografismo. O médico especialista em dermatologia avaliará seu caso e orientará a forma mais adequada.Obrigado pela visita. Volte sempre.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

ATENÇÃO: CASO QUEIRA ENVIAR PERGUNTAS OU ESCLARECER DÚVIDAS SOBRE DERMOGRAFISMO, ENVIE UM EMAIL. ESTE POST ATINGIU O NÚMERO LIMITE DE COMENTÁRIOS. ENVIE EMAIL PARA: blogdalergia@gmail.com
CONTAMOS COM SUA COMPREENSÃO.

lya disse...

parabens pelo blog

Anônimo disse...

Oi eu descobri que tenho dermografismo a pouco tempo, depois de uma consulta com o dermatologista, iniciei o tratamento e to esperando o resultado. Mais ja tou sofrendo desse mau a uns dois anos, sofro muito pois alem de coçar,fica marcas horriveis no meu corpo, pinica queima como fogo, sofro bastante, nao sei como iniciou, percebo que guando comu carne de porco e tomo tereré, fico inda mais com a pele irritada. Me ajude a minimizar meu sofrimento.

Anônimo disse...

A exatamente 20 anos que sofro com os sintonas
dessa alergia, em monento algum foi diagnoticado
o Dermografismo. Ao pesquisa esse site tive as informações tão necessaria para melhoria da minha vida. Hoje meu alergista me orienta a toma
ZYXEM, e me agradece por essa busca tão preciosa,
e por alerta-lo em relação a essa alergia. Pois cheguei no consultorio com um extensa pesquisa.Obrigadaaaaaaaaaaaaaaa

Anônimo disse...

descobri que tenho essa doenca esse ano, bem qndo completei 18 anos, isso ta acabando comigo, fiquei depressivo, eu fico loco qndo comeca a ficar vermelho e cocar, nem sei mais oq pensar, pow VTNC sem logico nenhuma apareceu isso, fiquei com uma garota, minha boca e em volta da boca fico vermelhao, so passa raiva e vergonha, e nao tem cura, na boa da nao ..

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não é bem assim: não há cura total, mas o tratamento é capaz de controlar seu dermografismo e permitir uma vida normal e saudável. Mas tratar não é só tomar um remédio. É preciso manter um acompanhamento periódico e buscar quais são os fatores envolvidos no seu caso. A nossa equipe médica está ao seu inteiro dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Obrigado pela visita e volte sempre.

Anônimo disse...

Descobri que tenho dermografismo há 1 mês +/-, porem já deve ter uns 5 meses que tenho os sintomas. Porem, além de todos os sintomas, principalmente nos dias que não tomo anti-alérgico, pude perceber que ocasionalmente meu pescoço e peito ficam com manchas vermelhas mesmo sem me coçar.
Gostaria de saber se as manchas vermelhas tem a ver com a doença.
Obrigada !

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Pode ser, mas para ter condições para emitir um parecer, é necessário examinar pessoalmente. Aconselho que peça esta orientação ao seu alergista. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

Olá! há 5 anos q sofro de alergias na zona do peito e pescoço e só agora na alergologista foi-me diagnosticado dermografismo. também sinto comichão e a minha pele fica com manchas vermelhas, mas também ganho umas bolhinhas pequeninas. como n ouço ninguém a falar nas bolhinhas... dermografismo tb causa bolhinhas na pele?
Obrigado

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Em geral, dermografismo provoca vergões avermelhados na pele. Não é comum a ocorrência de lesões pequeninas como descreve. Aconselho que converse com seu alergista e exponha sua dúvida: ele o examinou e poderá esclarecer de forma mais adequada. obrigado pela visita.

Anônimo disse...

Olá boa noite sou portador deste problema de pele a mais de 3 anos só que gostaria de saber acerca do meu caso que está me incomodando muito pois gostaria de saber se isso faz parte do dermografismo, pois as palmas das mãos, e sola dos pés e dedos também ardem muito com a presão das pedras ao estar mesmo claçado e do bater de mãos também,e a poucos meses percebi que meu pênis em toda a sua região interna,glande,corpo cavernoso etc... também tem essa horrível sensação de queimor ao pressiona-lo devido creio eu dermografismo, como ja li relatos anteriores citados de pessoas que sente esse queimor em outras partes do corpo e sou virgem caso tiverem alguma dulvida para a avaliação do meu caso.
Fico Grato pela resposta!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato sugere que a sensação de ardência em palma de mãos e planta de pés possa ser uma consequência do dermografismo, mas não há como afirmar sem examinar pessoalmente. Aconselho que procure um alergista.A nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos

Marcos Moraes disse...

Possuo urticaria a 3 anos. fui ao dermatologista no qual diagnosticou que era urticaria dermografica fiz o tratamento com desalex por 40 dias aliviou os sintomas de coceiera mais os vergões na pele não sumiram. Quando parei com a medicação voltei a sentir coceira. Voltei ao médico e ele me receitou hixizine mas tem efeito colateral de sonolencia.
Fiz todos os exames solicitados no qual no apareceu nenhuma alteração. E ai médico me solicitou o exame para investigar se tenho a bacteria hpilory. Realmente esta bactéria pode causar urticaria dermografica?
Não sei a verdadeira causa pois até então os exames solicitados não deram alteração. Quando comecei a sentir urticária estava passando por problemas emocionais, no entanto já foram superados, o que pode ser então?
obrigado

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Marcos: seria o ideal que existisse um exame ou teste que pudesse diagnosticar o dermografismo e indicar sua causa. Mas, na realidade é preciso analisar de forma minuciosa todas as possibilidades em cada caso. Fatores emocionais são as causas mais frequentes de dermografismo. Infelizmente não há como emitir um parecer sobre seu caso baseado apenas em seu breve relato: é essencial avaliá-lo pesssoalmente. Estamos ao dispor na Policlínica RJ. Obrigado pela visita.

ANA PAULA disse...

EU TIVE DERMOGRAFISMO SUPER AGRESSIVO, INCHAVA O CORPO TODO INCLUSIVE O ROSTO. PORÉM DO MESMO JEITO QUE APARECEU, SUMIU. SERÁ QUE ALGUM DIA POSSA OCORRER DE NOVO?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Ana Paula: é imprevisível. Não posso afirmar se seu dermografismo poderá ou não retornar no futuro. obrigado ela visita.

Anônimo disse...

Olá recebi o diagnostico de dermografismo ontem e resolvi fazer um pesquisa na internet sobre o assunto. Tive acesso a esse blog por um site de busca, fiquei muito satisfeita com a ajuda que esse blog me proporcionou, tive muitos esclarecimentos sobre o assunto e queria parabenizá-los pelo trabalho.
Obrigada.
Renata

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado, Renata. O seu incentivo é muito importante para nós. Volte sempre.

Solange aparecida disse...

Olá
Descobri que tenho dermografismo há 5 meses e este blog me ajudou a descobrir que não estou sozinha nesta luta! Tomara que novas pesquisas nsta área consigam descobrir uma cura para esta doença que me causa constrangimento, porque mesmo com medicamentos, as coceiras passam, mas os vergões na pele permanecem e as pessoas notam, comentam... Parabéns ao Blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigada, Solange. O seu incentivo é muito importante para nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia. Volte sempre.

Anônimo disse...

dernografismo tem cura

Anônimo disse...

Boa tarde.
Tenho estado a ler este blog com bastante interesse,uma vez que me foi diagnosticado dermografismo há cerca de um ano e meio atrás. Há dois anos atrás apareceram-me borbulhas no corpo todo, pequenas, e o meu dermatologista disse que eram ácaros. Tomei uma série de remédios, mas só com o terceiro tratamento é que finalmente houve reacção positiva por parte do meu corpo. No entanto, passados uns meses, comecei a ter comichão em certas partes do corpo. O dermatologista disse que era dermografismo. Já tomei vários antihistamínicos: zyrtec, atarax, xyzal, rosilan. Agora estou a fazer um tratamento com ciclosporina. Tive um primeiro tratamento de 3 semanas, em que o tomava diariamente duas vezes por dia. Logo que o acabei, voltaram as borbulhas e a comichão. Tive outro período de tratamento de 2 meses, em que o tomava dia sim dia não. Acabei-o há 2 semanas atrás e já me voltaram as borbulhas. Gostaria só de saber se o tratamento com este imunossupressor não poderá ter efeitos negativos, porque não o vi referenciado em nenhum comentário.

Obrigada desde já pela atenção,

Inês
Portugal

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Ines: no Brasil, o uso da ciclosporina é restrito apenas aos casos mais graves sendo raramento indicado no tratamento do dermografismo. Obrigado pela visita.

Anônimo disse...

Ola, no ano passado acordei com minha boca completamente inchada (angioedema), procurei um medico e ele me falou que eh dermografismo que ocasionou, me prescreveu antihistaminico (zyxen), passou. Mas agora estou tendo coceira direto...vou ter que conviver com essa medicaçao sempre? e o angioedema eh comum no dermografismo?!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Dermografismo é uma doença cônica, ou seja, de longa duração. A evolução varia em cada pessoa e depende das causas envolvidas. Obrigado pela visita.

Janaine disse...

Só para constar aqui, que descobri hj, por meio deste blog, a doença que tenho a aprox 12 anos, embora ela se manifeste com mais intensidade em alguns períodos...mas com certeza é Dermagrofismo, sem dúvido. Sempre tomo Istamin para aliviar os sintomas, descobri aqui q talvez não seja o mais indicado (engordei 10 kg, mas quero ressaltar as bolinhas pequenas, tipo espinhas...a coceira começa com elas, mas os verdugos são constantes. Estou muito feliz em saber o que tenho, e que não é grave, mas muito triste em saber que não tem cura, pois encomoda muito. Parabéns aos autores deste blog e por favor, não nos abandonem os "Dermografismenses"...se descobrirem algo próximo a cura nos comuniquem, seremos eternamente gratos. Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Janaine: é verdade que dermografismo não tem cura, mas tem controle. É possível tratar, equacionar as causas envolvidas e recuperar sua vida normal. Não desista. Procure um alergista que possa orientá-la. Existem muitas pessoas "dermografismenses" e que hoje tem sua qualidade de vida resgatada. Abraços e obrigada pelo carinhoso incentivo ao nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia.

andre disse...

oi meu nome é andre, e eu fico um pouco abalado, pois tenho vontade de praticar esportes radicais como qualquer outra pessoa, mas sempre que temto praticar esportes meu corpo esquenta e começa a coçar muito , qualquer compreção sobre a pele já fica empolado, é variavel tem dias que quase não surje, mas tem dias que é insuportavel, eu sou uma pessoa que me preucupo muito com meu corpo,nem malhar eu posso, pois na academia ficava todo empolado quando começava a malhar,qualquer compreção na pele ficava empolado,ainda não consultei o dermatologista, mas oque voçes disem tenho suspeita de dermografismo?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

André: o seu relato sugere que possa ser um caso de dermografismo, mas para afirmar é essencial examinar pessoalmente. Aconselho que procure um especialista em Alergia ou em Dermatologia para orientá-lo. É possível controlar a doença e permitir que pratique normalmente as atividades esportivas. Gratos por sua visita.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 494   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...