20 junho 2010

Dia Nacional de Combate à Asma











21 de junho é o dia em que se comemora o Dia Nacional de Combate à Asma. A data foi criada em 1999, por médicos e autoridades de saúde, com finalidade de enfatizar a importância da doença em nosso país.


A asma, também conhecida como bronquite asmática ou como bronquite alérgica afeta cerca de 10% da população brasileira, ou seja, algo em torno de 19 milhões de brasileiros, entre adultos e crianças.


Os recursos de tratamento cresceram nas ultimas décadas, mas a asma ainda é uma das maiores causas de internações hospitalares, depois do parto natural, pneumonia, cesariana e insuficiência cardíaca. É uma doença frequente, afetando adultos e crianças, podendo causar sofrimento e até ser fatal.


É muito importante difundir conhecimentos sobre a doença, formas de tratamento e prevenção, a fim de que seja possível o pronto reconhecimento e tratamento precoce, evitando assim as formas mais graves.


A ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia) possui filiadas em quase todos os Estados brasileiros e luta para divulgar conhecimentos e na busca de uma melhor qualidade de vida ao paciente.


2010, ano do Pulmão, é também o ano da chegada da Iniciativa Global contra a Asma ao nosso país. Encontra-se em atividade o GINA Brasil, congregando uma legião excepcional de voluntários, de vários estados brasileiros, que compõem um conselho, comitês, grupos de trabalho e um grupo dos experts. Entre seus objetivos, está a implementação de pesquisas e a divulgação do reconhecimento, prevenção, diagnóstico e controle da asma em nosso imenso país.


Convidamos a todos para Atividade educativa, cuja programação será a seguinte:
11:00: Asma, Bronquite, Rinite e Sinusite: como vencer as doenças do inverno
11:20: Tosse: como se livrar desta visitante incômoda?
11:40: Respiração e saúde: um elo poderoso
12:00: Prevenção para superar a asma e as alergias respiratórias.
Debates com a platéia e sorteio de brindes


Data: 21 de junho de 2010
Horário: 11 horas
Local: Auditório do Saens Pena Medical Center
Rua Conde de Bonfim, 255 – Tijuca, Rio de Janeiro. A entrada é franca

6 Dê sua opinião:

Dr. Andre disse...

Pessoal,

Acabei de publicar seu post como se fosse uma blogagem coletiva, no meu blog.

Adoro o site de vocês, e gosto de divulgá-los. Mas da próxima vez, divulguem antes, para eu poder fazer o mesmo.

Um abraço, seu seguidor!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado, caro amigo. Infelizmente ficou mesmo em cima da hora.Mas, de qualquer modo, valeu a força. Abraços!

JULIANA disse...

Olá, descobri este blog por outro (minhapeleemelhorqueasua). Estou gostando mito, parabéns.

Bom, tenho uma duvida sobre a asma. Durante a gravidez comecei a ter crises intensas de tosse e falta de ar. Depois de muito penar fui diagnosticada com asma e iniciei o uso de um inalador, que melhorou bastante as crises. O médico explicou que com o fim da gravidez a asma tb passaria e foi o que aconteceu. Mas hoje, após 7 meses comecei a ter umas crises de tosse bem parecidas. Não estou gravida!
Eu posso ter asma sem estar associada a gravidez?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Juliana: a asma é uma doença que resulta de uma tendência genética (hereditária) e que se acompanha de inflamação persistente nos brônquios, (mesmo quando a pessoa está sem sintomas). As crises podem se iniciar em qualquer idade e provavelmente a gestação foi um fator desencadeante. Mas, a asma também pode ser desencadeada por outros fatores, ou seja, independente da gestação. Por isso, é muito importante que procure um especialista para avaliar seu caso e indicar um tratamento adequado para seu caso. Agradecemos sua visita e seu carinhoso incentivo ao nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia.Volte sempre.

Renata Policiquio Andrade disse...

Olá. Bom dia,
Minha filha de 7 anos e 6 meses tem ASMA descobrimos o problema qdo ela tinha 2 anos e meio,
Gostaria de saber porque qdo ela de agita brincando e pulando ela tem crises de tosse e em seguida fica com peito chiado e acaba tendo que aplicar bombinha,
Hoje por exemplo passamos toda a madrugada intercalando inalações com BEROTEC e ATROVENT para aliviar a crise. Gostaria de ajuda para aliviar os sintomas agora que vai chegar o inverno.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Renata: o seu relato sugere que sua filha esteja com a sua asma sem controle adequado. Infelizmente não tenho condições para avaliá-la sem um exame criterioso e realizado pessoalmente. Lembro que a "bombinha" em geral contém apenas uma medicação de alívio. Da mesma forma, como as nebulizações com berotec e atrovent são também apenas aliviadoras dos sintomas nas crises. Mas, não tratam a asma. É importante levá-la a um alergista para um tratamento de controle, ou seja, com medicamentos e medidas práticas que possam controlar a asma, evitar novas crises e permitir que ela leve uma vida normal. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos. Gratos pela visita.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...