19 julho 2007

A doença crônica nas crianças e jovens



Doença crônica é toda doença que pode resultar de estados patológicos devido a causas múltiplas, que tanto podem ter origem física como psicológica.

Podem apresentar-se com um breve início (por exemplo, a asma e as alergias), com sintomas diversos, com evolução longa, sem tempo determinado e obviamente com repercussões psicológicas, familiares, econômicas e sociais.

Uma doença crônica pode, de imediato, não apresentar sintomas, e ser negligenciada pelos pais ou pelo paciente, no caso de um jovem. O tratamento geralmente só é feito quando se percebe que com determinada criança ou jovem algo não está bem. É o caso da asma, que pode piorar após uma infecção de vias aéreas superiores. A crise assusta e a família então corre ao médico.
A doença crônica atinge o contexto familiar e provoca um impacto inigualável, compreensível pelos profissionais de saúde. Os pais têm que contar com uma equipe de saúde multidisciplinar e interdisciplinar que englobe médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, educadores, etc., para poderem gerir a doença da melhor maneira possível.
Essa equipe tem de trabalhar no sentido de que a família não se torne desestruturada, percebendo que a rotina da família muda completamente em função da doença.A família se vê às voltas com constantes visitas ao médico, administração de terapêutica, reincidências e hospitalizações, ao longo do desenvolvimento e crescimento da criança ou jovem, além de lidar com crises e agravamentos do quadro clínico. Além disso, muitos pais, pelo vínculo afetivo que possuem com os filhos também ficam tensos. Os enfermeiros como prestadores de cuidados diretos devem ter a sensibilidade adequada para lidar com estas situações.


Os pais, perante uma criança ou jovem com doença crônica, têm que se confrontar com três situações, a saber:

1- gerir a doença e apoiar a criança ou jovem na sua doença;
2- ajudar e apoiar a criança ou jovem a lidar com as realidades da doença
(o que muitas vezes, não é fácil, no caso da asma, por exemplo).

3- encorajá-lo a viver uma vida o mais normal possível.



Este texto é de autoria de Rosa Silvestre,

enfermeira especialista em saúde pediátrica,

responsável pelo excelente

Blog “Criancices”


Visitem e conheçam seu trabalho.
.

25 Dê sua opinião:

Rosa Silvestre disse...

Obrigada pelos gentis elogios.
Na minha opinião, na verdade toda a equipa do blog da alergia está de parabéns pelo excelente blog que trata da patalogia asmática!
Estou a tratar de um post onde irei abordar o vosso excelente blog!
Até breve!
Um grande abraço além atlântico para toda a equipa!

Anônimo disse...

QUAL O TEMPO MAXIMO DE USO DE MEDICAMENTOS ANTI HISTAMINICOS EM CASOS DE URTICARIA .

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não existe um tempo máximo estipulado para tratar uma urticária. Depende do tipo e grau da doença. Aconselho que procure um alergista para orientar seu caso.

Anônimo disse...

Nessa campanha de vacinação da gripe h1n1 as alergias entram como doenças cronicas?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sim. O seu alergista poderá dar uma declaração médica para que possa aplicar a vacina nos postos de saúde. Obrigado pela visita.

r.cristinapink disse...

Roberta

faz dois dias que fui ao hospital por conta de uma reação alérgica que tive a uma toscana que comi,lá me medicaram com duas injeções na veia,Fernegam e Omeprazol,na hora tive muita tontura,fiquei muito gelada,tremendo e meia confusa,mais a DRa. me falou que era normal do medicamento,porém faz dois dias e continuo tendo de vez enquando mais ou menos(sempre depois que me alimento) essas tonturas,mão geladas..é normal esas reações durarem mais de um dia?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Roberta: não é habitual uma reação prolongada. Aconselho que retorne ao seu médico para uma nova consulta e nova orientação. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

qual animal pode ter quem tem alergia cronica?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O convívio com animais deve ser orientado de acordo com cada caso. Peixinhos e tartarugas são opções. Convido que leia nosso texto sobre o convívio com os cães: http://blogdalergia.blogspot.com/2010/10/alergicos-e-caes-uma-parceria-ser.html
Converse com seu alergista e peça uma orientação para seu caso. Gratos por sua visita ao nosso blog.

Fabiana Andrade disse...

Olá, estou grávida de 36 semanas e há 3 meses comecei a ter urticária nas pernas que aparece diariamente quando durmo ou deito por mais de 2 horas e desaparece quando levanto.
Nunca tive alergia, já evitei vários alimentos conforme recomendação médica, mas a urticária continua aparecendo toda noite em pontos diferentes da perna. Só parou por 1 semana quando tomei corticóide para prevenir problemas de prematuridade no bebê. Meu parto será semana que vem e estou com medo da urticária aparecer mais forte ou eu ter uma alergia séria na hora do parto, devido à anestesia. Existe este risco? Tem precaução? Qual pode ser a causa desta urticária?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Fabiana: compreendo sua preocupação, mas não há como esclarecer suas dúvidas através de um aconselhamento na internet. Para isso, seria necessário conhecer seus dados clínicos e confirmar seu diagnóstico. A pele da gestante apresenta alterações próprias da gestação e pode apresentar lesões de origem hormonal e nem sempre alérgicas. O caminho mais adequado é entrar em contatop com o seu alergista e pedir que seu alergista a orioente para o período do parto que se aproxima. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

alison:eu ja tive urticaria cinco vezes com essa que eu estou agora,ja vai fazer dois meses que eu estou com urticaria,eu queria saber se é cronica?os medicamentos que eu estou tomando são:hidroxizine,loratadine e amitriptilina,as crises que eu tive antigamente duravam no maximo quarenta dias,por que que essa ta durando tanto?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Alison: uma urticária é chamada de crônica quendo aparece várias vezes na semana, em um período não inferior a seis semanas. A base para o tratamento é identificar sua causa, o que nem sempre é uma tarefa fácil. Peço sua compreensão, mas não tenho condições para avaliar o seu caso ou julgar o motivo da demora na melhora de sua urticária através deste aconselhamento na internet, sem examiná-lo pessoalmente. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

por favor Hixizina e cemetidina..altera o peso estou td inchada..estou tomando esse medicamento ja não aguento mais..eu tenho urticatia..mas não o pq.ja fiz varios exames não descobriram..grata Erica...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Érica: Hixzine é um antihistamínico (antialérgico) usado no tratamento de vários tipos de alergia, em especial nos quadros cutâneos. Em algumas pessoas pode provocar aumento de apetite em grau variável e consequente ganho de peso. peça ao seu alergista que a oriente. Agradecemos sua visita

Anônimo disse...

Minha sobrinha tem 5 anos e ja tem alergia cronica, devemos nos preocupa mais porq a dela e por dentro? como devemos fazer?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O primeiro passo é levar sua sobrinha a um alergista para que seja feito o diagnóstico do tipo de sua alergia e se indique o tratamento mais adequado. Gratos pela visita,

Anônimo disse...

Minha filha nasceu dia 15/02/15,quando ela tava con 1 mes e 20 dias ela ficou internada e diagnosticaram ela com pneumobia e bronquiolite ela fez 3 dias de ceftriaxone,7 dias de ampiciliba mas guitanicina,5 dias de prednisolona teve alta dia 15 de abril e disseram que ela ja nao tinha mas pneumonia e passou pra fazer durante 5 dias 1 gota de berotec de 8 em8 horas,quando foi dia 5 de maio ela ficou internada de novo porque ela tava muito cansada e diagnosticaram pneumonia e broquiolite de novo,ela fez 3 dias em oxigenioterapia e seguiu em uso de predim de 12 em 12 horas,Nbz cim berotec de 6 em 6 horas e azitromicina8 em 8 horas durante 5dias e ela teve alta dia 8 de maio e foi ao pediatra dia 12 de maio ele passou clenil hfo 50 mcg de 12 em 12 horas e aerolin sulfato de sabultmol de 6 em 6 horas os 2 sao bombinhas e uso com espaçador mas o clenil e direto e o aerolin foi durante 5 dias a medica que internou ela disse que ela tem que fazer tratamento com pneumo pediatrico so que aonde eu moro nao tem eu moro na baixada em nova iguaçu e e muito dificil conseguir pelo sus ela ta começando a entrar em crise e eu to com medo dela ficar internada de novo e ela vai fazer 4 meses dia 15 de junho eu queria uma soluçao pra eka nai ficsr em crise novamente ela ta começando agora me ajudem por favor ela e muito pequenina

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

No Rio de Janeiro, existem diversos hospitais da rede pública que oferecem atendimento em Pneumo Pediatria: Hospital Universitário da UFRJ (IPPMG), Hosital Jesus (Vila Isabel), Hospital dos Servidires (Praça Mauá) Hospital Fernandes Figueira (Flamengo). Desejo melhoras ao seu bebê. Convido que escreva para nosso e-mail (blogdalergia@gmail.com) e enviaremos para você uma cópia em PDF do livro: “Alergia, doença do século XXI”. Gratos pela visita.

Unknown disse...

meu filho vai fazer 5 anos este ano e um dermatologista pediu para que fizesse um exame para saber se ele era alérgico pois estava com a pele empolada a mais de 4 meses e não sabíamos o que era com o resultado em mãos ele disse que meu filho é extremamente alérgico pois os resultados deveriam ter sido entre 0,5 e 2 mais deu 2000 minha duvida é se isto pode ser cronico e se ele pode entrar neste quadro de vacinação apos os cinco anos.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Aconselho que leve seu filho a um(a) alergista para que sejam realizadas outras avaliações e que se faça o diagnóstico do seu problema. Só assim será possível instituir tratamento adequado. A vacina para alergia (imunoterapia específica com alérgenos) pode ser feita até mesmo antes dos 5 anos de idade. Convido que escreva para nosso e-mail (blogdalergia@gmail.com) e enviaremos para você uma cópia em PDF do livro: “Alergia, doença do século XXI”. Gratos pela sua visita ao Blog da Alergia.

Juliene Rocha disse...

Bom dia! Sou portadora de urticaria crónica, muitas vezes vou dormir normal e acordo cheia de placas pelo corpo corpo. Bom, gostaria de saber que tipo de hidratante eu posso usar, pois minha pele é muito sensível. Sabonetes eu uso pompom, mas hidratante ainda nao sei, gostria de uma opiniao sobre que tipo de hidratante usar para amenizar as coceiras.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Juliene: existem hidratantes próprios para peles sensíveis, como por exemplo: Cetaphil, Fisiogel, Umidita, Neutrogena, Lipikar, entre outros. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

Unknown disse...

Eu tive uma reação alérgica de um produto da renew tem 10 dias q estou se coçando pinicano n sei oq Faso !

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os produtos cosméticos podem causar dois tipos de reações: 1) Dermatite de contato irritativa e 2) Dermatite de contato alérgica. Recomendo uma consulta com alergista para que possa avaliar o seu caso, conduzir a investigação diagnóstica e indicar o tratamento adequado. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...