11 novembro 2014

Maioria das pessoas que pensa ser alérgica à penicilina não é

Testes efetuados a pessoas que acreditavam ser alérgicas à penicilina deram negativo em 95% dos casos
Dois estudos levados a cabo nos Estados Unidos sobre a prevalência de falsas alergias à penicilina concluiram que a maioria dos que se crêem alérgicos ao antibiótico, afinal, não são.
 
Numa das investigações, 384 pessoas que acreditaram ser alérgicas foram testadas - 94% não reveleram qualquer alergia ao medicamento. "Podem ter tido uma reação desfavorável à penicilina no passado, como urticária ou inchaço, mas não demonstram atualmente qualquer prova de alergia à penicilina", confirmou o responsável pelo estudo, Thanai Pongdee, da Mayo Clinic de Jacksonville, Florida.

Num segundo estudo, outras 38 pessoas que acreditavam ser alérgicas à penicilina foram submetidas a um teste cutâneo e, neste caso, todas com resultado negativo.

Os médicos alertam que muitas vezes um efeito colateral secundário previsto é confundido com alergia, limitando as prescrições no futuro. A verdadeira alergia à penicilina pode resultar em sintomas moderados mas também pode desencadear reações graves e potencialmente fatais.
Os resultados destes dois estudos foram apresentados na reunião anual do American College of Allergy, Asthma and Immunology.

Fonte

0 Dê sua opinião:

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...