27 julho 2014

Contraste X Crustáceo: a lenda é desmitificada



O MITO
 “Quem tem alergia a camarão, tem também alergia a iodo”. 
Este mito, bastante difundido entre a população leiga, está presente até mesmo no questionário que os pacientes respondem antes dos exames que utilizam contrastes iodados. 


A VERDADE
 “São duas alergias distintas, sem relação entre si”. 
A reação alérgica que ocorre com contraste é causada pela própria substância e não tem influência dos crustáceos e nem predispõe a alergia a eles. 


Há mais de meio século, os radiocontrastes (RCs) vêm sendo usados na medicina para diagnóstico e tratamento. Mais de 75 milhões de exames são realizados anualmente ao redor do mundo e, apesar de serem quimicamente inertes, são uma das principais causas de reações adversas às drogas. 

Os RCs iônicos são os responsáveis pela maioria das reações. Em cerca de 3,8% a 12,7% dos exames com esses RCs ocorrem reações leves, e em 0,1% a 0,4% reações severas. Já os RCs não iônicos induzem reações leves em 0,7% a 3,1% dos exames e reações severas em 0,02% a 0,04%. 

A principal medida de prevenção das reações adversas aos RCs é a realização de uma anamnese detalhada, com o objetivo de detectar os fatores de risco do paciente. 

A comissão científica da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia) sentiu a necessidade de difundir o conhecimento sobre alergia aos contrastes para que esta “lenda urbana” seja desmascarada. Os médicos que fazem parte do Grupo de Anafilaxia estão coordenando o preparo de uma documentação científica sobre “Alergia a Contrastes” em conjunto com o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) . 

A primeira sugestão é modificar as perguntas feitas para os pacientes antes do exame, excluindo a questão ligada a crustáceos e contemplando os verdadeiros fatores de risco. 
O problema é que a pergunta feita aos pacientes se eles são ou não alérgicos a camarão e/ou frutos do mar pode confundir e até mesmo contribuir para reações de fundo emocional durante o exame, já que os que são ou acham que possam ser alérgicos a esses tipos de alimentos ficam com medo e com ansiedade exacerbada, podendo levar a reações vasovagais. 

O simples relato de alergia a camarão ou a frutos do mar não contra indica o uso de um contraste iodado. Quem tem mais chance a desenvolver reação a este contraste são pessoas que já apresentaram reação anterior à aplicação do contraste, pessoas com histórico pessoal de alergias diversas significativas, maiores de 50 anos, diabéticos, hipertensos e nefropatas. 

A reação alérgica que ocorre com contraste é causada pela própria substância e não tem influência dos crustáceos e nem predispõe a alergia a eles.

Fonte: ASBAI news
O Blog da Alergia já falou sobre este tema. Clique aqui e leia: "Iodo não é causa de alergia a camarão".

3 Dê sua opinião:

Artur disse...

Gostaria de saber se uma pessoa alérgica a iodo pode tomar banho de mar ou se isso pode acarretar numa reação alérgica?
Obg.

Pri Diniz - 4 Cantos Arte disse...

Queria tirar uma dúvida, foi receitado par ao meu filho o Piemonte. Qual a diferença dele para o Singulair/ Montelair?
Eu sei que o piemonte é mastigavel e o singulair é em pó, mas a composição quimica é diferente? Posso substituir um pelo outro?
Abraços

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os dois medicamentos contém o mesmo princípio ativo: montelukaste. Montelair só tem duas apresentações: 4mg (em sachet, para crianças de 6 meses a 4 anos) e 10mg (para adolescentes e adultos). Singulair tem todas as apresentações (baby, 4m, 5mg e 10mg) podendo ser ministrado desde bebês até para dultos. Escreva para nós no e-mail blogdalergia@gmail.com Assim posso te orientar melhor e enviar a cópia em PDF do livro sobre a Alergia. Gratos pela visita.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...