29 setembro 2013

Poluição e doenças alérgicas



A poluição do ar é responsável por doenças e por mais de 2milhões de mortes por ano em todo o mundo, segundo documento elaborado em 2006 pela Organização Mundial de Saúde. Em verdade, qualquer ser humano exposto à poluição pode sofrer consequências, maiores ou menores. Mas, uma parcela que engloba crianças, idosos, portadores de doenças que afetam o sistema respiratório, será mais sensível. 

Ressalta-se que as crianças são expostas de forma mais intensa aos contaminantes do ar. 
Crianças bebem mais água, comem mais e respiram mais ar, proporcionalmente ao seu peso corporal. Estando em repouso, respiram cerca de duas vezes o volume de ar de um adulto. Além disso, o metabolismo infantil é imaturo e sua habilidade de reagir é mais limitada. 


Poluição atmosférica 
O ar inalado (mesmo que não seja considerado poluído) contém partículas e gases variados, compostos orgânicos e material particulado. Mas a simples presença de poluentes não significa que o ar esteja contaminado. Além disso, o clima e outros fatores meterológicos influenciarão nos efeitos sobre o ambiente e sobre o agravamento do problema. 

Poluição dentro de casa
A vida moderna faz com que as pessoas permaneçam grande parte do dia em recintos fechados (casa, escola, trabalho, etc.), onde também serão expostos a agressões ambientais danosas ao sistema respiratório. Crianças e idosos, além de terem maior suscetibilidade, tendem a permanecer maior parte do dia em ambientes internos. 

Ressalta-se a importância do cigarro como uma grande fonte de poluição dentro de casa, sendo comprovado o dano tanto para o fumante como para as pessoas que convivem no mesmo ambiente. Estudo realizado em S Paulo (Projeto Latino-Americano para investigação da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica - DPOC) apontou que 12% dos pacientes nunca haviam fumado. No interior do Brasil, ressalta-se o uso de lenha e carvão para aquecimento e para cozinhar, responsável por 22,1% no mesmo estudo. 

Efeitos sobre o sistema respiratório
O nariz e as vias respiratórias superiores protegem os pulmões e as vias inferiores através da limpeza, aquecimento, umedecimento e filtração do ar. O ar frio, seco e poluído é capaz de causar irritação da mucosa respiratória, oque se reflete no agravamento de doenças, incluindo nas vias respiratórias inferiores. 

A prevalência de asma e da rinite aumentou nas últimas décadas e embora muitos fatores estejam envolvidos, evidências apontam para um papel significativo do aumento da poluição ambiental. Doenças alérgicas como rinite e atopia cutânea são mais comuns, mesmo em pessoas sem história familiar relevante. 

O fato é que há 50 anos, as alergias eram bem mais raras. Ainda não há respostas definitivas. Será uma combinação da genética com exposição a poluentes? Efeito da urbanização, industrialização, remédios, hábitos de higiene, moradia e outros fatores da vida moderna? Hoje, cerca de 30% da população mundial tem alergia. Breve, chegaremos à metade da população? Há algo a fazer? 
Pontos para reflexão.  

0 Dê sua opinião:

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...