15 janeiro 2013

Fast food - maior risco de asma, rinite e eczema em crianças e adolescentes

Comer fast food com frequência expõe as crianças a uma série de riscos à saúde, seja aumentando o risco de obesidade ou de serem afetadas por doenças associadas ao excesso de peso. Agora, um novo estudo apontou outros prejuízos do hábito: jovens que consomem fast food ao menos três vezes por semana têm maior risco de ter quadros graves de asma alérgica, eczema (irritação ou inflamação da pele) e rinite. A pesquisa foi publicada nesta semana no periódico Thorax, do grupo British Medical Journal (BMJ).
Segundo os resultados, consumir fast food ao menos três vezes por semana, em comparação com não consumir nunca, aumentou em 39% o risco de os adolescentes apresentarem a forma grave de um desses três problemas. Entre as crianças, essa chance foi 27% maior. 

Por outro lado, os autores demonstraram que as frutas parecem ter um efeito protetor contra essas doenças. Segundo os resultados, comer três ou mais porções desses alimentos por semana já reduz em 11% e 14% a gravidade dos sintomas em adolescentes e crianças, respectivamente. 

Parece que essa relação se deve ao fato de que esse tipo de alimentação, por ser rico em gorduras saturadas, prejudica o sistema imunológico — efeito contrário do provocado pelas frutas, que o protegem.

Fonte: revista Veja
Já publicamos um texto sobre Fast food e asma em 2009: Leia aqui

Visite o link da matéria e assista também os vídeos sobre estes temas:

2 Dê sua opinião:

Patricia disse...

Oi boa noite .. eu tenho um bebê de nove meses ele tem uma tosse alérgica vai fazer dois meses já já levei ao medico fiz todas nebulizações e perindisolona conforme o médico receitou só que ele já teve refluxo e isso o médico nao olhou já nem sei mas se oque dou a ele e pra ajudar ele tbm tem a renite alérgica não sei nem mais oque fazer pra essa tosse passar e ele tá bem cansadinho tbm..

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Bom dia. A expressão “tosse alérgica” é empregada quando o sintoma surge em consequência de uma doença alérgica. Por exemplo, a rinite alérgica pode ocasionar a chamada secreção pós nasal, ou seja, gotejamento de catarro da parte posterior do nariz em direção à garganta e ocasionar tosse. Refluxo gastro esofágico também pode causar tosse nas crianças pequenas. Ou seja, "tosse alérgica" não é um diagnóstico É essencial diagnosticar a causa da tosse. Sugiro que leve seu bebê a um(a) alergista. Gratos por sua visita

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".