13 novembro 2011

Alérgicos famosos


O número de pessoas alérgicas na população mundial aumenta a cada ano – este é um dado de fácil constatação. Não é de se estranhar que as notícias sobre alergias estejam em evidência na mídia. E, na semana passada, pipocaram notícias de alérgicos famosos: 

- Sandy, ao gravar seu novo DVD, declarou: “Sou muito alérgica, vivo com rinite. Quase sempre, sinto que minha voz não está boa, mas quando entro no palco, ela sai, não sei como”, conta. 
- O mesmo problema é relatado por Norah Jones, que atribui à alergia as mudanças de timbre de sua voz. 
- João Gilberto cancelou uma série de shows por estar com sinusite. 
- O “bruxo” Harry Potter, ou melhor, o ator Daniel Radcliffe teve alergia aos famosos óculos usados por seu personagem: “Marcas brancas e brotoejas começaram a aparecer ao redor dos meus olhos. Levamos semanas para perceber que eram os óculos", contou.
- Eva Langoria (da série Desperate housewives) em 2010 lançou um perfume, na busca de encontrar um produto que não provocasse alergia para ela. 


E, o que é ser alérgico? 


Alergia é uma alteração da capacidade de um organismo reagir a determinadas substâncias, normalmente inofensivas para outras pessoas. 
É uma condição genética (hereditária). O que caracteriza a alergia é a capacidade de uma pessoa se sensibilizar, ou seja, tornar-se alérgico a uma substância. Esta sensibilização não é imediata. Uma alergia nunca ocorre da primeira vez. Por isso, uma pessoa pode comer um determinado alimento, ou tomar um medicamento durante anos, até que um dia surja a alergia. Durante este tempo, ela foi sensibilizando, criando anticorpos específicos contra a substância (alimento, medicamento, etc.) para então deflagrar a reação alérgica. 


Assim, o sistema imunológico da pessoa passa a reagir diferente, de maneira inadequada a uma substância que pareça ser prejudicial (mesmo que em princípio não o seja). 


Atopia é a característica hereditária da pessoa que faz com que ela seja predisposta a desenvolver um distúrbio alérgico. O sistema imunológico tem a função de combater agressores ao corpo humano, como por exemplo, as bactérias e vírus causadores de doenças. Os anticorpos têm o poder de combater e de estimular outras células e componentes imunológicos para destruir os agressores do organismo. 


Numa pessoa atópica, o sistema reage perfeitamente bem contra estes verdadeiros agressores. Entretanto, também reage contra substâncias que seriam inofensivas e as considera como inimigas. E assim com o passar do tempo, à medida a sensibilização se instala, aquela substância passa a ser considerada atacante (“alérgeno”). O resultado final é um combate que resulta na inflamação que acompanha as reações alérgicas. Os sintomas variarão de acordo com o tipo da alergia.

0 Dê sua opinião:

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...