Pular para o conteúdo principal

Tntura de cabelo que não causa alergia ?

Pesquisadores tentam criar alternativa natural à tintura de cabelo


Uma ótima notícia para mulheres que não querem ou não podem usar a tintura convencional nos fios: pesquisadores da Universidade de Leeds, na Inglaterra, estão desenvolvendo uma tintura natural que pode chegar às prateleiras em cerca de dois anos. Livre de substâncias sintéticas, o produto é feito à base de algas marinhas e, em testes iniciais, cobriu completamente os fios brancos das mulheres.  
Os pesquisadores britânicos esperam desenvolver em breve uma linha de tinturas naturais em tons de castanho, ruivo, preto e louro. O objetivo é retirar das algas os pigmentos que correspondem a essas cores, e conseguir transformá-los em um produto seguro de ser usado em casa ou no cabeleireiro.
Além de fios ressecados e sem vida, muitas tinturas contêm ingredientes danosos para a saúde, que podem causar desde dermatites (alergias cutâneas) e até mesmo aumentar o risco de certos tipos de câncer.


Enquanto a novidade não chega ao mercado, ficam algumas dicas:

- Prefira usar a henna indiana, que é bem tolerada pela maioria das pessoas. 


- Peça orientação ao alergista antes de utilizar a tinta.


- Tonalizantes ou tinturas semi-permanentes podem ser uma opção segura em alguns casos.


- Se for necessário, o alergista realizará um teste de contato antes de escolher a tintura.


Fonte: O Globo Saúde

Comentários

  1. Anônimo6/1/11 11:52

    Tenho alegia de cloreto de calbato e de niquel, como eu sei se tem isso em determinados produtos, porque um nunca vi escrito em nenhum produto cloreto de calbato, e toda tinta tem niquel e cloreto de calbato.

    ResponderExcluir
  2. Cloreto de cobalto é um metal encontrado em jóias fantasia (bijuterias) e objetos de metal. Também é encontrado no concreto, tijolos e secadores de parede. Pode ser encontrado em alguns cosméticos, tatuagens e tinturas de cabelo.Indivíduos alérgicos ao cobalto em geral o são também alérgicos ao níquel e cromato. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  3. Só para deixar claro, nas maquiagens, o cloreto de cobalto aparece com a sigla Cl seguido por números. Eu procuro usar os que tem menor quantidade desse Cl, por também sou alérgica.

    ResponderExcluir
  4. Você está correta: leia com atenção o rótulo dos produtos que deseja utilizar. Caso haja um termo suspeito ou duvidoso da presença do cloreto de cobalto, entre em contato com seu alergista para a obter a informação precisa da presença ou não desta substância no produto, antes de utilizá-lo. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  5. EU FUI PARAR NO PRONTO SOCORRO POR TER PINTADO O CABELO COM UMA TINTA SEM AMONIA, O MEU CABELO É PRETO E TENHO MUITO BRANCO, VAI FICAR HORRIVEL SE NAO PINTAR MAIS, TENHO CABELOS CUMPRIDOS, SERA Q EXIXTE ALGUMA TINTA Q NÃO CAUSE TANTA REAÇÃO?

    ResponderExcluir
  6. A informação que solicita não pode ser emitida através da internet. Para indicar uma alternativa da tintura de cabelo, é essencial examinar pessoalmentre. Aconselho que procure um alergista. Estamos ao dispor caso você more no Rio de Janeiro. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo7/6/13 15:56

    TENHO ALERGIA A PARAFENILENODIAMINA:POSITIVO FORTE(++)encontrada na tinta de cabelo,tem alguma tinta que não tenha.

    ResponderExcluir
  8. A henna indiana é a opção para tintura de cabelo. Mesmo assim, é preciso ler o rótulo com atenção pois alguns tipos de henna negra podem conter parafenilenodiamina. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo5/9/13 18:01

    tenho alergia a produtos cosmeticos. mas nunca consigo identificar na embalagens a substancia de cloreto decobalto.

    ResponderExcluir
  10. Os produtos são obrigados por lei a colocar no rótulo os nomes das substâncias químicas. As tinturas de cabelo modernas raramente contem o cloreto de cobalto. Aconselho que converse com seu alergista e peça que a oriente Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo9/9/13 22:06

    "eu tenho alergia a tintas de cabelo,com amonia sem amonia,nao posso passar nenhum tipo de tintas ,fica com feridas ,bolas de agua ,da febre ,da dores e da muita coceira...nao sei mais o que fazer"

    ResponderExcluir
  12. Não é possível orientar pela internet sem examinar pessoalmente. Aconselho que procure um alergista para realizar o teste de contato, confirmar o diagnóstico e receber a orientação mais adequada para seu caso. Estamos ao seu dispor na Policlínica Geral RJ. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  13. EU TAMB SOU ALÉRGICA AO TAL CLOTETO DE COBALTO, POIS LEIO SEMPRE Q COU COMPRAR UMA TINTURA MAIS NADA VEJO SABRE ESSE PRODUTO , ASSIM FICA DIFICIOL SABER QUAL A TINTURA Q TEM ESSE PRODUTO, GRATAS.

    ResponderExcluir
  14. A ANVISA exige que os produtos estampem no rótulo todos os seus componentes. Nem toda tintura capilar contem cloreto de cobalto. É sempre importante ler os rótulos antes de usar qualquer produto. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  15. Minha mãe tem sofrido bastante com uma reação alergica a tinta de cabelo, passados uns 2 dias após o uso da tinta, ela sente uma coceira incontrolável e aparecem logo em seguida bolhas dágua em todo o couro cabeludo e atrás das orelhas, e feridas no pescoço, gostaria de saber se tem alguma tinta que não cause estes sintomas e se tem, onde consigo encontrá-las...Obrigaad!!!

    ResponderExcluir
  16. Para orientar sua mãe, é preciso definir qual a substância contida nas tinturas de cabelo que causam a alergia em sua mão. Para issso, ela deve procurar um alergista para realizar o teste de contato, confirmar o diagnóstico e receber a orientação mais adequada para seu caso. Estamos ao dispor na Policlínica Geral RJ. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo7/5/15 10:43

    sou alérgica e gostaria de saber qual e a melhor tinta pra uma pessoas alegica a tinturas de cabelo?

    ResponderExcluir
  18. Não existe uma tintura de cabelo que seja 100% segura para todas as pessoas alérgicas. Cada caso deve ser analisado individualmente para orientar com segurança. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor para atendê-lo(a) no ambulatório da Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seus dados clínicos e prestar esclarecimentos. Gratos pela visita ao Blog da Alergia

    ResponderExcluir
  19. Era Totalmente loira,nunca havia pintado o cabelo antes,pintei de Preto Azulado parei no hospital meu corpo e rosto incharam,meus orgãos internos tambem.
    Quero voltar ser loira existe tinta antialergica?

    ResponderExcluir
  20. Não existe um produto que seja totalmente inócuo a todas as pessoas alérgicas à tintura de cabelo. Nenhuma tintura de cabelo é 100% antialérgica. Aconselho que procure um(a) médico(a) especialista em Alergia para orientá-la com segurança. Gratos pela visira.

    ResponderExcluir
  21. Há três meses estou tendo urticária, comecei a ter uma semana depois de fazer luzes no cabelo, em um salão que nunca tinha ido antes. Será que tem alguma coisa a ver? Estou precisando fazer de novo mas estou com receio. Seria necessário falar com um alergista primeiro? Obrigada.

    ResponderExcluir
  22. O seu relato não deixa claro que a causa da urticária seja o procedimento descrito. Mas, não é possível fazer diagnóstico pela internet. Aconselho que procure um(a) alergista para orientá-la e esclarecer sua dúvida. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  23. GOSTARIA DE SABER SOBRE A TINTA DE ALGAS SE JA ESTA A VENDA

    ResponderExcluir
  24. Desconheço se o produto já foi comercializado. Obrigado por visitar o Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  25. Gostaria de saber se urticária é uma alergia muito forte pois cada vez que pinto o cabelo ela sempre aparece?

    ResponderExcluir
  26. Fábio: é provável que você esteja apresentando alergia a algum componente da tintura utilizada para pintar seu cabelo. Aconselho que procure um(a) alergista para realizar testes. Obrigado pela visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  27. Eu não posso com cloreto de cobalto como eu faço sera que tem alguma tinta sem cobalto?

    ResponderExcluir
  28. Gostaría de saber se todas tintas contém o conservante PRONOPOL

    ResponderExcluir
  29. Maria Lucia: Bronopol é um conservante antimicrobiano utilizado em cosméticos e medicamentos, com amplo espectro antibacteriano e menos ativo para fungos e leveduras. Recomendo que leia o rótulo antes de usar. Outros nomes similares ao bronopol que podem constar nos rótulos: 2-bromo-2-nitropropano-1,3-diol ou bromonitropropanodiol.
    Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  30. No sábado dia 30 de julho fui a um salão de uma cabeleireira que por sinal é professora que forma estes profissionais no Instituto Embeleze da Taquara, Jacarepaguá. Fiz com ela uma escova progressiva Portier Cacau. No momento não senti nada, mas no domingo percebi um inchaço na testa (edema) que foi aumentando e descendo para os olhos. Na segunda-feira de manhã fui na emergência de um hospital e lá tomei uma injeção de fernagan e estou tomando hixizine 9POR 3 DIAS DE 12 EM 12H) e predsim (5 DIAS 1X AO DIA), mas o inchaço no rosto continua intenso em volta das pálpebras. Gostaria de saber em quantos dias meu rosto vai ficar normal. Desde já agradeço a informação.

    ResponderExcluir
  31. Daniela: se não houver melhora ao final dos 5 dias de uso da medicação, e indicado que você retorne ao médico para nova avaliação. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  32. Olá,bom dia!Gostaria de saber qual tintura de cabelo usar no caso de sensibilidade a timerosal?

    ResponderExcluir
  33. Eduardo Boa noite. Thimerosal é um anti-séptico usado em medicamentos e alguns tipos de cosméticos. Algumas vezes a concentração do produto é baixa e o contato por curtos períodos pode não provocar alergia. No entanto, o uso contínuo pode ocasionar coceira e lesões na pele. São raras as tinturas de cabelo contém timerosal. Recomendo que

    ResponderExcluir
  34. Tive alergia a tinta de cabelo
    Qual medicamento seria adequado?

    ResponderExcluir
  35. Boa tarde. O tratamento da alergia a tintura de cabelo varia de acordo com o tipo e com a gravidade da reação apresentada, que varia em cada pessoa. Além disso, é importante afastar o uso do produto que provocou a reação alérgica. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  36. Sempre pintei meu cabelo antes de engravidar, depois que rive minha filha ela ja estava cok seus seis meses resolvi colorir com tonalizante,e ai veio a superpresa uma alergia,nao sei de onde veio,mas veio. Enfim,achei que fosse a marca,comprei uma a base de água, mas tbm me deu alergia,eu semrpre uso relaxante no cabelo fazia progressiva e nunca tive alergia, amas agora a tinta me dá alergia, nao sei a qual componente sou alérgica, mas so sei que nao é amônia. Queria saber se existe possibilidade de eu fazer luzes no cabelo?

    ResponderExcluir
  37. A alergia é assim. Não surge da primeira vez mas sim com o passar do tempo e com a repetição do uso. Para dizer se pode ou não fazer as luzes, é essencial que seja feita uma avaliação criteriosa e pessoalmente. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  38. Queria saber o seguinte, sempre usei o pó descolore e colore vermelho com o matizador pra finalizar, porém engravidei e parei de usar.Depois que minha filha nasceu agora com 1 ano e 8 meses eu resolvi voltar no meu Red, só que me deu uma alergia que fiquei com o rosto, mãos inchados,vermelhidão e coceira no corpo todo e coração acelerado, ateh então não havia começado a fechar a garganta ateh ligamos rapidamente na farmácia pra tomar uma injeção anti alérgica.
    Retiramos o produto e passamos o matizador td com água oxigenada de 20, comecei a passar mal de novo e querer fechar a gargata tiramos logo o produto e fui parar no hospital.
    Porém estou sem saber oque realmente me deu alergia se já usava tds produtos antes.
    podem me ajudar?
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  39. Daiane Bom dia A alergia não surge da primeira vez. É imprevisível e pode surgir mesmo que já tenha entrado em contato com a substância em outras ocasiões. Recomendo que procure um(a) alergista para definir a substância causadora da reação e para que possa se prevenir no futuro. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  40. Oi.Minha mãe tem rinite alérgica e sempre q pinta o cabelo fica com falta d ar e as vezes tossindo, eu gostaria de saber uma tintura q n fosse tão forte, minha mãe n se da bem com água oxigenada ou harmonia.

    ResponderExcluir
  41. Jhessy: existem tinturas de cabelo que podem ser usadas, mas esta não é uma orientação padronizada Por isso, não é possível orientar pela internet. É preciso examinar sua mãe, realizar testes de contato, para que se possa indicar a tintura mais segura para seu caso. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia

    ResponderExcluir
  42. PINTEI MEUS CABELOS A VIDA TODA A DOIS ANOS TIVE UMA ALERGIA MEU COURO CABELUDO FICOU VERMELHO CORSANDO E CAINDO MINHA CABEÇA TA TODA BRANCA MAIS PINTAVA MUITO TOU COM 58 ANOS MAIS SOU BEM CONSERVADA AQUI NO TRABALHO TODOS COLEGAS FALARAM QUE COMBINEI COM OS CABELOS BRANCOS SOU BRANQUINHA MAIS NÃO ME ACOSTUMO ATE HOJE CAI E CORSA MAIS MENOS

    ResponderExcluir
  43. Boa tarde. Chamou-me a atenção de que a alergia ocorreu há dois anos e a queda de cabelo persiste. É provável que existam outros problemas associados. Recomendo uma nova avaliação médica para fechar o diagnóstico e orientar de forma adequada. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  44. Tenho alergia a thimerosal,prometazina,e sulfato de niquel. Mas quando vou ler os rótulos nao consigo indentifica -los. Como posso saber se vou ter reação alergicas

    ResponderExcluir
  45. Jaqueline Bezerra11/10/17 23:10

    Oi ! Tenho alergia a sulfato de níquel (++), cloreto de cobalto , trietanolina , amerchol101! E agora ,não posso usar mais nada de comum q exista no mercado ?? E tenho luzes no cabelos a 15 anos , não sei mais ser morena !!!! Dicas por favor !!

    ResponderExcluir
  46. Boa tarde. Prometazina é um produto utilizado em alguns tipos de cremes e pomadas. Níquel é o alérgeno mais comum das bijuterias. A maioria dos produtos com thimerosal é usado em áreas úmidas, como olhos, ouvidos, nariz e genitais. Soluções para lente de contato podem conter thimerosal. A lei obriga que os fabricantes citem no rótulo a presença destes produtos. Agradecemos sua visita ao blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  47. Jaqueline: níquel e cobalto são produtos relacionados a metais Por isso, pessoas alérgicos ao cobalto também podem ser ao níquel. O Amerchol L-101 é um marcador de dermatite de contato pela lanolina e seus derivados. Trietanolamina é uma base orgânica constituinte principal da Trolamina. Todos são componentes de cosméticos. Mas, grande parte dos produtos hipoalergênicos já não possuem estas substancias em sua formulações. Leia com atenção o rótulo do produto que deseja utilizar. Caso haja um termo suspeito ou duvidoso, entre em contato com seu alergista para obter a informação precisa da presença ou não desta substância, antes de utilizá-lo. Agradecemos sua participação no Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  48. Eu tenho alergia a tintura. Fiz testes e só deu alergia a níquel...fui no médico no auge da alergia, depois q pintei o cabelo e ele só me passou umas pomadas...disse para eu procurar tintas importadas....mas todas dão alergia. Não sei mais o que fazer.

    ResponderExcluir
  49. Melissa: a reação de alergia de contato à tinturas capilares pode ocorrer com intensidade e lesões características, de acordo com cada pessoa. O tratamento, portanto, varia de acordo com o tipo e intensidade das lesões. Existem opções de tintas hipoalergênicas no mercado brasileiro. Mas, pacientes muito sensíveis poderão reagir até mesmo a estas. Por isso, cada pessoa deve ser avaliada baseada na história clínica, analise das lesões no exame físico e no resultado do teste de contato, para que receba uma orientação personalizada e eficiente. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  50. Oi tenho alergia ao timerosal (ethyl,mercury)e não consigo encontrar uma tintura sem este componente, gostaria de uma sugestão

    ResponderExcluir
  51. As tinturas hipoalergênicas estão disponíveis no Brasil e não possuem timerosal. Aconselho que entre em contato com seu alergista e peça que a oriente. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  52. Quem tem dermatite pode colorir o cabelo com cloração sem amônia?

    ResponderExcluir
  53. Kelma: a resposta não é tão simples. Para afirmar, é preciso saber qual o tipo de dermatite que você apresenta. E, havendo indicação, realizar o teste de contato antes de utilizar a tintura capilar. Recomendo que procure um(a) alergista para avaliação do seu caso pessoalmente. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  54. Já fui a um Alergista e no teste deu alergia a cobalto e níquel,mas tenho também um desconforto respiratório com amonia então tenho muita dificuldade de achar uma tintura no mercado sem essas coisas e que seje permanente.se souberem de alguma me oriente por favor.

    ResponderExcluir
  55. Tatiana: a questão é exatamente essa: não há uma tintura de cabelo que seja adequada para todas as pessoas. É preciso conhecre cada caso, para poder indicar com segurança. Caso você more no Rio, a nossa equipe está ao dispor para analisar seu caso e orientar de forma personalizada. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  56. Boa tarde
    Minha alergista me passou blog
    Fiz teste de contato
    E apresentou sensibilidade a sulfato de níquel e a thimerosal
    Qual a marca de tinta que eu posso usar.
    Aguardo retorno!!
    Obrigada

    ResponderExcluir
  57. Boa tarde. A maioria das tinturas de cabelo, em especial as hipoalergênicas já não possuem níquel e timerosal em suas formulações. Aconselho que leia atentamente o rótulo antes de usar o produto. Se tiver dúvida, fale com sua alergista antes de usar a tintura. sugiro que procure em sites que oferecem produtos hipoalergênicos como: Alergohouse(alergohouse.com.br) Alergoshop(alergoshop.com.br, entre outros. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  58. Por favor preciso muito encontrar um alergista em São Paulo que entenda bem de níquel e cloreto de cobalto, pois já fui em tres, mas so me passaram antialérgicos e eu tenho muito alergia especialmente aos alimentos, consegui informações na net, mas infelizmente aqui não tem tudo e também preciso vigiar no quesito nutrição. Se tivesse condição iria até aí, mas infelizmente viajar para mim é impossível por enquanto. Me indiquem alguém por favor? Obrigada!

    ResponderExcluir
  59. Dalva Bom dia. Para localizar os médicos portadores de título de especialista em Alergia em São Paulo, sugiro que acesse o site da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI): www.asbai.org.br Procure a aba onde está escrito: "Público" e depois clique em “Localize seu especialista”. Abrirá um campo para preencher os dados: clique no Estado desejado (UF) e depois escolha a cidade. Ao final, clique em "Enviar" e abrirá uma lista com os nomes de especialistas na localidade desejada. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  60. Fiz o patch test q acusou positivo +(fraco) alergia a acetato de butila e resina tonsilamina... N consigo pintar as unhas até esmaltes 7free causam reação...Tenho alergia tbm a aines, acaros e epitelios de animais. Sempre fiz luzes e gostaria de saber se essas substancias estão presentes nos produtos para cabelo. Estou com medo, mas preciso colorir os cabelos. É seguro? Podem me orientar? Obrigada!

    ResponderExcluir
  61. Para orientar com segurança, é essencial conhecer seus dados clínicos de forma mais profunda Além disso, é preciso também ter acesso à rotulagem do produto que pretende usar. Orientar pela internet pode gerar erro. Recomendo que entre em contato com o(a) alergista que realizou o teste e peça que a orienta Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  62. Eu tenho Urticaria cronica espontanea, gostaria de saber se posso usar tintura, ou Alisa , fazer relaxamento no cabelo se vai aparacer mais urticaria se eu fizer uma dessas opção no cabelo ?? ??

    ResponderExcluir
  63. Márcia: Boa noite. O fato de ter urticaria crônica espontânea não implica que terá alergia a produtos capilares. É necessário uma avaliação pessoal. Recomendo uma consulta com alergista para que este possa avaliar o seu caso, conduzir a investigação diagnóstica e orientar de forma adequada. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  64. Ola eu tenho alergia a lauril sulfato de sodio (+ ++), a Bálsamo do Peru (+), Carba mix (+ +), colofonia (+ +) hidroquinona (+ ++) e tenho também rinite vasomotora
    Eu Pinto meu cabelo a mais de 10 anos e nunca tive reação alérgica a tinta porém na penúltima vez que pintei depois de um dia fez umas feridinhas porém, ontem pintei novamente e em menos de 10 minutos com a tinta na cabeça fez bolhas de água na nuca, próximo as orelhas e na testa corri rapidamente e tirei, tive dor de cabeça tomei um antialérgico na mesma hora, porém fiquei na dúvida se foi por causa do lauril ou se desenvolvi alergia a outras fórmulas, gostaria de saber o que fazer pois não estou achando tinta sem o lauril nem mesmo cor escura....
    Acredito que seja o lauril que deu alergia porque me descuidei usando produtos de higiene normais ex: shampoo e sabonete ja estava tendo mais coceira no olho nariz e no corpo e minha mão começou escamar acho que é por causa dos produtos de limpeza..

    ResponderExcluir
  65. Aline Bom dia A substância que causa alergia a tinturas de cabelo mais comumente é o corante chamado parafenilenodiamina (e seus derivados). Você não referiu quando seu teste de contato foi realizado e seria interessante repetir o teste, uma vez que nós podemos sensibilizar a novas substâncias com o passar do tempo. Por isso, é possível uma alergia surgir de um produto que a pessoa já usa há longo tempo. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  66. Boa noite! Passei aqui pq sou uma nova alérgica e agora em quarentena estamos todos doidos pra fazer alguma loucura em casa, porém consciente rsss Dei positivo pra Bronopol e Cobalto no primeiro teste, 6 meses depois deu negativo porém agora fico na eterna dúvida pois tomo a Citoneurin e minha reação foi a alergia à B12, agora estou espaçando mais as injeções e talvez por isso tenha dado esse negativo no segundo teste, mas meu medo é que eu nunca fui alérgica a NADA, nadinha, a médica não soube me explicar e pediu pra eu pesquisar por conta (irresponsável?) porque o que eu tenho mais é urticária, mas tintura de cabelo, por exemplo, tem bronopol ou cobalto? Não faço a mínima ideia!!! Os brancos já estão aparecendo, eu não pinto meu cabelo a muito tempo então não sei mesmo!! Obrigada ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Joyce. Bronopol é um conservante antimicrobiano largamente utilizado em cosméticos e medicamentos. Não é habitualmente usado em tinturas de cabelo. Cloreto de cobalto é uma impureza do níquel, podendo ser encontrado em alguns tipos de tinturas de cabelo.
      Como não existe uma tinta que seja 100% segura para todas as pessoas, é importante que leia os rótulos atentamente antes do uso e que siga a orientação do(a) médico(a) alergista que acompanha seu tratamento, pois conhece seus dados clínicos e poderá orientar de forma segura. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

      Excluir

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Postagens mais visitadas deste blog

Alergias e reações na pele causadas por plantas

A natureza nos presenteia diariamente com plantas e flores proporcionando uma festa não apenas para os olhos mas para todos os sentidos. A sua utilidade prática é indiscutível e múltipla, seja purificando o ar, seja servindo como alimento ou como base para construção de habitações, na manufatura de mobiliário, utensílios, cosméticos, medicamentos, entre tantas outras aplicações. Se apenas tivessem o papel de embelezar, já seriam fundamentais, aliviando a dureza do cotidiano e transmitindo paz numa convivência harmoniosa de longa data com o ser humano. Mas, em algumas situações, a pele pode desenvolver reações quando entra em contato com plantas e daí pode coçar, se tornar vermelha, apresentar uma erupção cutânea e até inflamar. Estas reações surgem pelo contato com a pele, algumas puramente por irritação direta e outras, por mecanismo alérgico. Até mesmo árvores podem produzir um eczema de contato alérgico, sendo o exemplo mais conhecido a Aroeira, uma árvore de madei

Pitiríase rósea

É uma doença conhecida desde 1860, quando foi descrita por Camille M. Gibert, sendo conhecida também como Pitiríase rósea de Gibert. Não se conhece exatamente a causa, mas parece que a hipótese mais viável é que seja ocasionada por vírus, como por exemplo, o vírus do herpes. Mas, é possível que dependa de uma tendência genética do indivíduo, o que seria um facilitador do aparecimento da doença. Questiona-se também outros mecanismos, envolvendo alguns tipos de medicamentos, autoimune, associação com outras doenças, etc. Fatores psicológicos ou estresse podem facilitar o aparecimento da doença, assim como alterações da imunidade e gravidez. Não é contagiosa. É mais comum em adultos, acometendo mulheres e homens, sendo rara em crianças pequenas e em idosos, ocorrendo preferencialmente na primavera e no outono. O maior problema é que sua evolução pode ser prolongada e durar de semanas a meses, assustando o doente. Em alguns casos pode recidivar, mas não é comum que aconteça Quadro c

Dermografismo

A bolsa pesada marca o seu braço? A roupa apertada, a alça do soutien, o elástico da roupa faz você coçar e empolar? Atenção: pode ser dermografismo! Dermografismo é uma doença da pele que afeta cerca de 5% da população e que se caracteriza pelo aparecimento de coceira intensa em locais de pressão. Após o ato de coçar surgem “lanhos” vermelhos nas pele. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas – veja post sobre o tema neste mesmo Blog. No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien. O dermografismo faz parte de um grupo de urticárias deno