13 março 2010

Asma de difícil controle



A asma é uma doença que teve um aumento significativo de sua prevalência nas ultimas décadas. Hoje, cerca de 300 milhões de pessoas são portadoras de asma, em todo o mundo.


Mas, a asma não se manifesta de forma igual em todos: pode variar desde casos leves e esporádicos, até crises graves e ameaçadoras à vida. Felizmente, a maioria dos casos pode ser controlada eficazmente com o tratamento padrão. Contudo, um pequeno grupo de pessoas pode permanecer com os sintomas de asma, apesar da medicação adequada, sendo consideradas de difícil controle.


Mas, não é fácil definir o que é uma asma de difícil controle.

Em primeiro lugar, é preciso diferenciá-la de uma asma mal controlada, ou seja aquela onde o tratamento não está adequado e/ou onde existe associação com outras doenças ou certas condições podem causar ou agravar a asma, dificultando a melhora. Por exemplo, doenças pulmonares crônicas (bronquite e enfisema); sinusites; doença do refluxo; fatores ambientais (ácaros da poeira, mofo, pelo de animais); fumaça de cigarro; certos medicamentos (AAS, beta-bloqueador) e problemas sócio-econômicos podem estar envolvidos no fracasso do controle da asma, devendo ser identificados e afastados.


Por tudo isso, a base para se tratar a asma é educar o paciente. Se o próprio asmático (ou sua família) desconhece a doença, não entenderá os cuidados que deve ter, dificultando sua adesão ao tratamento. É de suma importância que exista diálogo e uma boa relação entre o médico e o paciente para se atingir sucesso. Cada consulta deve ser uma oportunidade para esclarecer dúvidas, mitos e preconceitos.


A primeira dificuldade é convencer uma pessoa que precisa se tratar mesmo quando não está sentindo nada. A tendência é largar os remédios assim que se sente bem.


Uma segunda barreira é o preconceito contra “bombinhas” e com a cortisona: o esclarecimento das dúvidas sobre os remédios certamente resultará na segurança necessária para cumprir o tratamento.


Como toda doença crônica, a asma requer exame clínico regular, monitoramento do uso correto da medicação e avaliação a cada consulta do nível de qualidade de vida. A baixa adesão influencia diretamente no mau controle da asma, explicando porque muitos pacientes abandonam, parcialmente ou totalmente, o tratamento.


Tratamento da asma:


O tratamento da asma engloba duas etapas:
1)Tratar as crises
2)Controlar a doença e prevenir crises


Alguns medicamentos são aliviadores e devem ser usados apenas nas crises. Mas, os mais importantes são os remédios de manutenção, ou seja, aqueles que atuam na infalamação dos brônquios e assim controlam a asma, prevenindo as crises.


Tratar asma não é apenas tomar remédios:

Para se obter o melhor controle possível da asma é preciso, além do uso correto da medicação, manter outros cuidados:


- Combater ácaros da poeira no domicílio
- Pesquisar e combater outros fatores agravadores da doença
- Tratar alergia nasal (rinite, sinusite)
- Combater outras doenças que possam agravar a asma (por exemplo, refluxo gastro esofágico, fatores psicológicos e/ou psiquiátricos, entre outros.
- Combate ao fumo na família, no ambiente de casa e do trabalho.
- Tratar a alergia através da Imunoterapia específica (vacina para alergia)
- Reabilitação respiratória: através da fisioterapia respiratória e pela prática de atividades físicas compatíveis com cada caso.
- Educar pacientes e familiares cobre a asma.


Os casos mais graves, que não responderam ao tratamento tradicional, podem ser indicados para uso do Omalizumabe, uma medicação específica para estes casos. Mas, é uma medicação de alto custo, prescrita apenas para aqueles que preencham os requisitos para sua indicação e de aplicação em ambiente hospitalar. Pesquisas mostraram que o uso de Omalizumabe conseguiu controlar as crises de asma, reduzir o uso de cortisona oral, diminuir o número de internações e melhorar a qualidade de vida da maioria dos pacientes.
Se você não está com sua asma controlada, fale com seu médico e peça uma nova avaliação do seu caso.


O tratamento adequado da asma visa:

- Atingir e manter o controle dos sintomas
- Evitar crises de asma
- Permitir a prática de atividades físicas
- Evitar que as medicações usadas causem efeitos colaterais
- Evitar internações
- Evitar mortalidade por asma

26 Dê sua opinião:

miria disse...

bom dia,
gostaria de obter informações de programas que facilitem a obtenção do medicamento xolair, já que se trata de um medicamento muito caro. desde já agradeço a atenção.miria

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Miria: pedimos a gentileza que escreva para nosso e-mail informando mais detalhes e a cidade onde mora para que possamos orientar seu caso. Gratos pela visita.

Carla disse...

Boa noite!
A asma pode ser tratada através da homeopatia? Esse tipo de tratamento é recomendado?
Carla - Aracaju/SE

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Carla: consensos e diretrizes médicas para tratamento da asma (nacionais e internacionais) não citam a homeopatia como tratamento baseado em evidências científicas. Gratos por sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Preciso que me ajudem
Tenho asma ha 7 anos e tenho 22 anos
não aguento mais ficar internada e no 24 hrs
uso o alenia dosagem máxima e ainda sim acabo com minha bombinha de berotec em uma semana
Meu médico disse que não existem medicações melhores que essa e que não tem o que fazer
E além disso tenho sempre que tomar diprospan para conseguir sair das crises

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Compreendo sua dificuldade, mas para ajudá-la necessitaria maiores informações sobre seu caso. Peço que escreva para nosso e-mail. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

tenho asma de difícil controle e não aguento mais sofrer com as crises e internamentos. Uso seretide 50/500(12/12h), miflonide 400(12/12h), pantoprazol 40(12/12h)e motilum(antes das refeições),busonid nasal 50(12/12h- 02 jatos), fora os medicamentos de pressão(natrilix,coozar 50 e metildopa 500 12/12h)e fluoxetina 30/dia.
Ano de 2010 foram 3 internamentos, 2011 2 internamentos. A cada mes tenho crise de asma e bronquite/infecção respiratoria e preciso de internamento. Tenho nódulo em pulmão de +/- 1cm, subpleural e justacisssural em parte antero-superior do lóbulo direito. Meu IGE total deu 0,56. Gostaria de saber mais informações, uma ajuda se possível, tenho 2 filhas pequenas, uma família/casa e 2 empregos. Como posso dar conta de tudo com tanta crise de asma. Me sinto muito cansada.
Obrigado.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Este setor de comentários não permite uma resposta pessoal. Para que possamos ajudá-la, peço que envie um e-mail informando mais detalhes que permitam um contato direto com você. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor.

kleber disse...

Estou com uma duvida cruel, a muito tempo nao tenho uma crise tao forte, e desta vez houve um fator que me deixou muito preocupado, estou tendo alguns taquicardias durante o dia, na verdade eu sinto como se o meu coracao fosse sair pela boca, existe alguma associacao quanto a taquicardia e minha falta de ar, ou isto deva ser ocasionado por outra doenca?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

kleber:os dados que envia não são suficientes para definir um diagnóstico. A taquicardia pode ser uma consequência do uso inadequado de medicamentos, em especial os broncodilatadores, mas também pode expressar outras doenças. Aconselho que procure um alergista para orientar seu tratamento.Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

gostei do site de vcs .... tem bastante informação util.. mas cuidado, no link para sites recomendados, clickei no criancices - blog de enfermagem pediatrica, e entrou em site de adutos para não dizer a palavra correta.. isto é lamentavel....

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Peço desculpas pelo ocorrido. É possível que tenha sido uma ação de hackers Já providenciei a retirada do link. Agradeço seu pronto aviso quanto à ocorrncia.

bebel disse...

boa noite, confesso que estou cansada de ver minha filhinha sofrer,ela tem crises o ano todo, o pulmao cheio o ano inteiro, faço tratamento com vacina,noex spray nasal, e clenil spray oral, há mais de 6 meses e nada, pedi ao medico dela receitar alenia, a filha de uma amiga esta otima, mas ele não quer, ela tem 5 anos, to tao desesperada que acho que vou comprar mesmo assim...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Bebel: nem sempre uma criança de 5 anos tem condições motoras suficientes para inalar a medicação de forma adequada. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

maria f disse...

Olá, boa tarde!
Estou tendo uma crise moderada de asma, não consigo me movimentar por muito tempo que sinto muita falta de ar e uma pressão enorme no peito, nas costas e na cabeça, a qual fico com os ouvidos meio tapados. Bem, essa crise começou de ontem pra hoje e ontem estava muito frio e percebo que as modificações de temperatura me afeta muito. Estou fazendo uso do meu inalador com 5 gotas de berotec e 10 de atrovent, mas não vejo melhora, só um pouco de alivio na hora, mas depois de um esforço ou até uma tosse ou espirro eu já pioro e tenho que voltar a fazer inalação. Antes da inalação eu estava usando minha bombinha de Aerolin, mas estou sentindo uma sensação ruim quando a uso, como se estivesse me arrancando o ar, não sei explicar. Fui na medica a cerca de um mês e meio e ela me receitou Alenia, eu usei por uns dias e vi melhora, mas parei pq acabou e não tivemos como comprar outra caixa naquele momento. Nesse tempo até aqui tive uma crise bem forte e cheguei desacordada na emergência. Lá me disseram que eu estava com pneumonia além da asma. Fui tratada com antibióticos, fiquei melhor e tive alta, mas continuei com antibióticos. Mas estou com essa crise hoje, e fiz as inalações, várias vezes mas não melhoro. Vou comprar uma caixa do Alenia, mas estou com uma dúvida..se ele não aliviar a crise eu posso continuar fazendo as inalações?

Obrigada pela atençao!

karina disse...

Oi boa noite!tenho asma grave de dificil controle,tomo miflasona,nasonex,aerolin,fostair,montelair,predinisona,doperidona,omeprazol,tenho nodulos pulmonares.faco tratamento a 5 anos e n melhora nada.sendo socorrida indo ate para uti.fiz uma cirurgia de sinusite cronica e desvio de septo,mas sem sucesso.agora a medica que fazer o novo tratamento com xolair.gostaria de me informar mais

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

É fundamental que você se dirija a um centro médico para realização de atendimento especializado. Não realize automedicação.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O Xolair é uma medicação muito eficaz e indicada para tratamento de asma grave. Converse melhor com seu médico.
Obrigado pela visita

Anônimo disse...

Gostaria de saber se a asma grave e a asma de difícil controle são a mesma coisa. Eu recebi o diagnóstico de asma grave de difícil controle mais ainda tenho está duvida. Estou em uso de seretide, spiriva, montelair, budesonida spray nasal, pantoprazol, domperidona, azitromicina ( uso contínuo 3x por semana), prednisona e indicação do xolair.grata desde já.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Bom dia. Existem diferenças entre a Asma Grave e Asma de difícil controle. A Asma grave é uma patologia que exerce uma forte influencia sobre sua qualidade de vida, atrapalha muito a qualidade de sono, apresenta exacerbações frequentes, e atrapalha as suas atividades diárias. A Asma de Difícil controle é a apresentação da doença em que, mesmo com o uso de todo o arsenal terapêutico disponível, não se consegue manter a estabilidade sobre os sintomas da doença, não sendo possível prever, ou identificar, o início de uma crise. Por exemplo, mesmo que a intensidade dos sintomas sejam classificados como Asma Moderada, e não se consegue controle da doença, ela pode se tornar uma Asma de Difícil controle. O Xolair é uma mais uma medicação disponível para controle da Asma, e possui resultados interessantes. Continue fazendo acompanhamento com seu(sua) médico(a). Obrigado por visitar o Blog da Alergia.

Anônimo disse...

Boa noite eu, tomo seretide a mais de 4 anos, ouvi falar de uma vacina chamada Royal dizem que é otima, pra bronquite, asma, sinusite e renite, e que nao da taquicardia e que nao tem efeito colateral, bom se voces sabem de algo desta vacina, por favor me falem. Obrigada!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Desconheço o tratamento referido. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Tenho asma desde 15 anos de idade hj tenho 41. As crises tornaram-se constantes , então procurei um pneumologista .Nunca havia procurado um.Ele fez um teste para testar meu fôlego ,então disse que o meu pulmão está funcionando 65% sem o uso da bombinha e com o uso 71% ,receitou Alenia 12/400 por um ano e depois voltar lá.Existe outro tratamento ? O que faço ?Preciso tirar algum raio X.?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Alenia é uma medicação segura e eficaz no tratamento da asma. Contudo, é importante ressaltar que tratar não se resume ao uso de remédios e inclui várias etapas:
a) Controle da poeira, dos ácaros e de outros fatores desencadeantes:
b) Controle do mecanismo alérgico, através da imunoterapia (vacinas)
c) Fisioterapia respiratória
d) Educação da família (manejo familiar orientado da asma)
Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

Unknown disse...

Bom dia, minha pneumologista me receitou alenia, só que não faz efeito pra mim. Posso fazer uso so fostair junto com alenia?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não recomendo o uso associado dos dois medicamentos citados, devido ao risco aumentado de efeitos colaterais indesejáveis. Aconselho que retorne à sua médica e peça que a oriente. Gratos por sua visita.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...