03 fevereiro 2010

Melhor impossível


Alguém assistiu ao filme “ Melhor impossível”?

Para quem não se lembra, este filme recebeu o Oscar nas categorias de melhor ator (Jack Nicholson) e melhor Atriz (Helen Hunt) em 1997.

A história gira em torno de um escritor (Melvin) sarcástico, cheio de manias e rituais para tudo: para fechar a porta, para lavar as mãos, para andar nas ruas, etc. Frequenta um único restaurante, para onde leva seus próprios talheres descartáveis e exige ser atendido pela mesma garçonete (Carol).

E, quando a garçonete falta ao trabalho, não se conforma . Investiga e descobre que suas faltas são devidas ao seu filho que tem asma e que está em crise. Sentindo-se atraído por ela, providencia então que um médico especialista vá até sua casa para cuidar do menino.

Bem, não vou contar o filme.

Mas vamos ao que nos interessa. 
Já no final, Melvin viaja com Carol. Ela telefona para casa, para saber notícias do filho. Ele atende o telefone ofegante. Ela se assusta e pergunta se ele está em crise de asma, se está passando mal. Ao que ele responde: Não, mãe, estava jogando futebol e marquei um gol!

Esta não é a história principal e na verdade passa despercebida pela maioria das pessoas. Mas, para nós que lidamos com a asma, fica bem claro. Enquanto a asma foi tratada apenas nas crises, a doença não controlou e interferiu na vivência do menino e da família. A partir do momento em que o enfoque do tratamento se modificou, a asma passou a ser vista não apenas como uma doença de crises, a resposta ao tratamento não tardou, permitindo que a criança passasse a ter uma vida normal, superando a doença.

Quer saber o resto do filme? Assista, pois vale a pena.
Se já assistiu, aproveite para ver de novo. 
E, fica a mensagem. A asma não é uma doença fácil, mas pode ser controlada, permitindo uma vida normal. 



6 Dê sua opinião:

Déia. disse...

Esse filme é excelente!! Sempre que posso revejo. As pessoas tem uma ideia muito errada da asma. Ela só tras problemas quando não medicadas de maneira correta.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Concordo, Déia. Por isso é tão importante que um filme premiado e visto por milhões de pessoas enfoque (ainda que de forma secundária)esta mensagem. Obrigado pela sua visita.

Samuel Marcena disse...

Boa noite meu nome samuel

Mim ajudem estou com uma duvida??

O decadron de 4mg causa crises de solucos? E isso corre algum risco ao passiente??5

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Samuel: Decadron é um corticóide (cortisona) e pode causar soluços como efeito colateral. Sugiro que entre em contato com seu médico para confirmar se é esse o seu caso e como proceder. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se tomar de 10 a 11 duo decadron por ano faz mal e de quanto tempo ele passa o efeito

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Duodecadron é um produto injetável contendo corticoide (cortisona) em doses altas. Além disso, o medicamento é eliminado lentamente do organismo. Por isso, o uso repetido aumenta sobremaneira a possibilidade de efeitos indesejáveis. O uso continuado sem supervisão médica pode levar a uma série de efeitos colaterais graves. Este medicamento não deve ser usado por conta própria. Aconselho que procure um(a) alergista para orientar o tratamento de sua alergia. Gratos por sua visita.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...