28 janeiro 2010

15 dicas para imunizar sua casa contra alergias

Cerca de 30% da população sofre algum tipo de alergia, de acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (ASBAI). Só a asma, por exemplo, é responsável anualmente por 400 mil internações e 2 mil mortes no Brasil. Portanto, quem sofre com as doenças alérgicas, em especial as respiratórias, deve colocar em prática cuidados simples em casa para evitar crises.

Confira as dicas da ASBAI:

1) Mantenha a casa sempre ventilada e limpa. Guarde roupas e objetos nos armários, tornando a limpeza mais fácil e rápida.

2) Use um pano úmido para tirar o pó antes que se disperse. Utilize máscara e luvas durante o processo.

3) Prefira um aspirador de pó que tenha filtro Hepa (High Efficiency Particulate Arrestance). Reduz os elementos alérgenos transportados pelo ar, prendendo ácaros e outras partículas.

4) Nunca use espanador para retirar o pó, porque apenas o espalha.

5) Remova o carpete. Se não for possível, prefira os baixos em vez dos felpudos, já que acumulam menos pó.

6) Forre travesseiros e colchões com protetores herméticos de plástico ou vinil, que são impermeáveis aos alérgenos, porque contêm material fibroso, ideal para o crescimento dos ácaros.

7) Lave as roupas de cama com água quente semanalmente.

8) Remova velas do quarto, especialmente as de essências, que podem liberar substâncias irritantes ou prejudiciais.

9)Quando for tomar banho, abra uma janela com o intuito de reduzir a umidade. Os ácaros gostam de locais quentes e úmidos.

10) Evite bichos de pelúcia. Se os tiver, lave-os semanalmente e guarde-os, de preferência, longe da cama.

11) Risque da lista estofados, cortinas e cobertores de lã. Edredom é uma boa aposta.

12) Nada de animais de pelos ou penas dentro de casa. Caso isso não seja possível, banhe-os uma vez por semana.

13) Não utilize produtos com cheiro forte, como removedores, lustra-móveis, desinfetantes e inseticidas, assim como perfumes.

14) Não fume e não permita que fumem dentro de casa.

15) Combata a umidade excessiva e focos de mofo.

Visite o site da ASBAI 
Autoria: Patrícia Zwipp - Portal Terra

6 Dê sua opinião:

Anônimo disse...

oi meu filho tem rinite e sinusite de uns tempo pra cá ele vem tendo muita tosse está tomando bombinha mais não está adiandando ele tomo varios remedio alergico melhora por uns dias mais depois volta tudo de novo já não sei o que fazer ..

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato sugere que a medicação não foi suficiente para controlar a alergia do seu filho. Aconselho que retorne ao mepdico e peça que a oriente. Escreva para nosso e-mail: blogdalergia@gmail.com e receba uma cópia em PDF do livro sobre a Rinite alérgica intitulado: “É mais feliz quem respira pelo nariz”. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Olá, o meu nome é Tatiana e o meu filho tem 12 anos, ele esta há um ano em uma crise alergica, ta fazendo tratamento com varios remedios como: oimax, fluir, busonid nasal, montelair, mas ate agora ele nao melhora. Ele ja tomou outros, tenho todo o cuidado com poeira, mas nao sei o que fazer mais, agora ele está fazendo fisioterapia respiratoria. Por favor me ajudem de alguma forma.....

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Tatiana: o seu relato sugere que seu filho seja portador de asma associada à rinite alérgica. O tratamento inclui o uso de medicamentos mas também deve englobar: 1. Equacionamento da alergia nasal, que pode agravar a asma e impedir sua melhora. 2. Pesquisa para detectar outros fatores agravantes de crises (variam em cada pessoa). 3. Educação do alérgico ou de sua família para reconhecer sintomas, conhecer seus medicamentos, saber quais atitudes tomar para reconhecer crises mesmo leves e assim impedir que agravem. 4. Imunoterapia (vacina) para controlar a alergia. 5. Controle ambiental contra ácaros da poeira em sua casa. 6.Reabilitação respiratória através da fisioterapia 7. Atuação harmoniosa com o médico que poderá reconhecer cada pessoa e indicar o tratamento mais adequado.
Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu filho e prestar maiores esclarecimentos. Gratos pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Boa noite meu nome é Roseni meu filho tem 3 anos tem 2semanas que ele não consegue dormir ele tosse muito cerca mais de 3 horas de relógio sem parar me ajude não sei o que fazer ele sofre muito com a tosse ele Toma o medicamento Alegra para alergia mais não está adiantado quando chega a madrugada ele começa tussir sem pparar.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Roseni: compreendo sua preocupação, mas peço sua compreensão: não há como emitir um parecer sobre o caso do seu filho através de um aconselhamento por e-mail, sem uma consulta médica realizada pessoalmente. Contudo, gostaria de fazer algumas considerações:
1) As principais causas de tosse na criança são: alergia, asma (ou bronquite), rinite, sinusite, refluxo, infecções respiratórias, entre outras.
2) Uma tosse crônica, ou seja, de longa duração, pode ter mais de uma causa envolvida.
3) Muitas vezes mesmo após a resolução do que levou a tosse ela pode persistir. Por exemplo, um quadro de tosse causado por infecção viral, pode perdurar por semanas. Neste caso um acompanhamento se faz necessário para excluir outras doenças ou complicações.
4) É importante afastar causas alérgicas para a tosse, como por exemplo, fatores ambientais em sua casa, bem como a exposição a irritantes/poluentes como produtos de limpeza, fumaça de cigarro, tintas etc. Aconselho que leve seu filho a um(a) alergista para que seja tratado de forma adequada e segura. Convido que escreva para nosso e-mail (blogdalergia@gmail.com) e enviaremos para você uma cópia em PDF do livro: “Alergia, doença do século XXI”. Gratos pela visita.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...