12 dezembro 2009

O que é alergia?

Alergia é uma reação exagerada do organismo a alguns estímulos externos inofensivos à maioria das pessoas, como poeira, ácaro, polens das flores, fungos, pelos de animais, determinados alimentos e medicamentos. Estima-se que no Brasil, 30% da população sofram de algum tipo de alergia.

Ainda não se sabe exatamente porque algumas pessoas são mais alérgicas do que outras, mas, em todos os casos, há a influência da genética. As chances de uma pessoa desenvolver algum tipo de alergia se o pai for alérgico é de 15%. No caso da mãe ser alérgica, esse índice sobe para 50%. Se ambos tiverem algum tipo de alergia, a probabilidade do filho também ser alérgico pode chegar a 80%. E não necessariamente ter o mesmo tipo de alergia. Pais que tenham rinite, por exemplo, podem ter filhos com alergia alimentar ou alguma

As alergias se iniciam com mais frequência na infância, porém, elas podem surgir em qualquer idade. Mas, segundo Fábio Castro, alergista do Hospital das Clínicas de São Paulo, “a pessoa só vai apresentar os sintomas depois de ter entrado em contato com o alérgeno [elemento que dispara a alergia] anteriormente”.

Há o que chamamos de período de sensibilização, que é o tempo entre o primeiro contato da pessoa com aquilo que lhe dá alergia até a apresentação dos sintomas. Ninguém terá reação alérgica ao ser picado por uma abelha pela primeira vez, por exemplo. Pode ser que ela reaja na segunda ou na décima picada, não dá para saber.

Por isso, é comum um adulto, depois de anos comendo todo tipo de alimento, descobrir-se alérgico ao amendoim, ao glúten ou até mesmo ao leite, alguns dos principais ingredientes que causadores de alergia. Assim como ocorre nas dermatites de contato. Alguém que sempre usou bijuteria ou esmalte nas unhas pode apresentar uma reação a esses elementos de um dia para o outro. É como se a alergia estivesse adormecida, esperando o momento certo de aparecer.

A reação alérgica acontece porque o organismo confunde algumas substâncias inofensivas com outras nocivas, fazendo com que o sistema imunológico reaja criando anticorpos para atacar os supostos inimigos.

Conheça os tipos mais comuns de alergia

PhotobucketEntre as manifestações alérgicas, as mais frequentes são as alergias respiratórias (exemplo: Rinite e Asma) e as alergias causadas por alimentos. A rinite se caracteriza pela inflamação das vias aéreas superiores, que provoca espirros intermináveis, coceira no nariz e na garganta, coriza e obstrução nasal. Já a asma é uma inflamação crônica dos brônquios, que estreita a passagem de ar e dificulta a respiração. Os sintomas são tosse seca, chiado no peito, sufocamento e falta de ar.


Dados da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia), mostram que a asma atinge 10% da população brasileira, e a rinite, cerca de 35%. De acordo com um estudo do ISAAC (International Study of Asthma and Allergies), coordenado por Dirceu Sole, presidente da ASBAI, a rinite atinge aproximadamente 26% das crianças e 30% dos adolescentes brasileiros.
pizzaA alergia alimentar pode se manifestar ainda na infância, geralmente relacionada ao leite de vaca, mas não é raro surgir também na idade adulta. Apesar de gerar alguma confusão, alergia é diferente de intolerância alimentar. Fátima Rodrigues Fernandes, alergista do Hospital Sabará, em São Paulo, explica que “a primeira está diretamente relacionada ao sistema imunológico, enquanto a segunda é causada por uma deficiência nas enzimas que causa os sintomas”.


O que tem preocupado os especialistas é o aumento dos casos de alergia no país e no mundo. Este fato pode ser atribuído aos novos hábitos da sociedade.

- Vivemos mais em ambientes fechados, pouco ensolarados, propícios para o acúmulo de ácaros, insetos e outros alérgenos.
- Outro fator, é o elevado nível de poluentes, que facilitam a sensibilização alergênica, além de funcionar como irritantes e desencadeantes dos sintomas.
- A própria evolução contribui para esse aumento dos índices de alergia. Hoje, por exemplo, comemos muito mais alimentos industrializados.
- Somam-se ainda o estresse e os males da vida moderna.


PhotobucketUm problema sério mas nem sempre lembrado é a alergia causada pela automedicação, principalmente de analgésicos e antiinflamatórios. Os sintomas mais comuns são urticária e angio-edema - inchaço súbito que pode afetar olhos, lábios, orelhas, pés, mãos e até a região genital. O maior perigo é quando esse inchaço atinge a garganta, o que pode causar sufocamento por edema de glote e levar à morte se não tratado a tempo.

Como diagnosticar e evitar as alergias

O diagnóstico da alergia é feito por um alergista, que vai investigar o histórico do paciente, o tipo de sintomas e a associação com a exposição aos elementos que podem dar alergia. Além disso, ele vai pedir exames de sangue e testes realizados na pele do paciente que permitem a identificação de determinadas alergias.
O método mais usado para diagnosticar as alergias é o teste cutâneo, no qual os extratos dos alérgenos suspeitos são colocados na pele do paciente para que o médico observe a reação desenvolvida no local.

O segundo método são os exames laboratoriais realizados com o soro do paciente. Eles vão procurar a presença do anticorpo da alergia (IgE) específico para determinada substância.

Como prevenir?

 
Por ser genética, não há como evitar o surgimento da alergia. A alternativa é evitar as crises. Para tentar diminuir as sensibilizações, é importante:
 

- Estimular o aleitamento materno,
-smile natação Ter hábitos de vida saudáveis,
- Diminuir o contato com fatores desencadeantes de crises, como os ácaros, poeira, fumaça de cigarro e mofo.
- Evitar os alimentos causadores de reações alérgicas.

Fontes: ASBAI  

AVOL

22 Dê sua opinião:

sonia disse...

foi muito aproveitoso esti saite tenho uma irmam q tem alergia medicamentosa e nao decubri um jeito de faser com q ela evite pos nao sei qual er o medicamento causador deti tipor de alergia ela fica toda edemasiada obrigado e espero resposta.?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sonia:é importante que sua irmã procure um alergista para que possa detectar qual o medicamento que causa sua alergia. Infelizmente não existe vacina para tratar o edema causado por medicamentos. Por isso a consulta médica é importante para se estabelecer o diagnóstico exato e assim evitar que ela sofra com novas crises. Obrigado pela visita.

Cris disse...

Boa tarde
Minha filha tem dermatite de contato e dermografismo, dito pelo médico(não sei se são a mesma coisa), de 3 em e dias, aproximadamente, tem que tomar o remédio Ebastel, pois começa a ter coceira pelo corpo e onde arranha fica vermelho.
1- Não existe tratamento para isso? Terá sempre que tomar este medicamento?
2- Ela tem que tomar a vacina H1N1, pois está na faixa etária de 20 a 29 anos, fico preocupada, devido a esse problema, ela pode tomar essa vacina?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Cris: a dermatite de contato resulta do contato com determinada substância: por exemplo, uma bijuteria, um perfume, etc. Dermografismo é uma forma de urticária que surge a partir de um estímulo físico na pele. O tratamento da dermatite de contato se baseia no afastamento da causa. No dermografismo, utiliza-se um antialérgico como forma de controle, mas não cura a doença. A indicação da vacina h1n1 deve ser feita pelo alergista de sua filha que conhece seus dados clínicos. O simples fato de ser alérgica não impede a vacinação. Agradecemos sua visita.

ENIO disse...

Bom dia,
minha filha tem 01 ano e 08 meses, pela primeira vez ela de uma hora para outra ficou toda avermelhada e cheio de caroço no corpo inteiro, corremos para o hospital municipal e lá havia um clinico geral onde o mesmo aplicou uma injeção FERNEGAN e passou um remédio POLAREM 2mg/5ml e apos consulta os caroço foram sumindo e ja tem tres dias e um pezinho dela, esta inchado e no corpo algumas bolhinhas de agua, o que pode ser isso do pé inchado e essas bolhinhas no corpo?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Enio: a sua solicitação não pode ser atendida através de um aconselhamento na internet. Para afirmar a causa da alergia apresentada por sua filha é essencial axaminar pessoalmente. Aconselho que a leve ao seu pediatra (o ideal é evitar o atendimento apenas m setores de emergência) e peça que oriente. Caso seja necessário, ele encaminhará a um especialista em Alergia. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

KEL disse...

boa tarde sou raquel rodrigues minha filha apresentou bolhas como se fosse picadas de insetos
mas não é porque essas bolhas vermelhas saem até mesmo com ela em nosso colo ela tem apenas 1ano e 3 meses .
passamos ela no medico pediatra e ele pediu um hemograma ,pelo o hemograma me disse que ela é alérgica ão leite .
gostaria de saber se apenas pelo hemograma é possível saber se ela é alérgica a lactose.
porem paramos de dar o leite ninho de caixinha da nestle e os sintomas pararão de apresentar.
estamos preocupados e não sabemos o que fazer porem pedimos ajuda

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Raquel: 1)Alergia ao leite pode ser detectada através da dosagem no sangue de IgE específica às proteínas do leite. 2) Intolerância à lactose não é alergia. 3) Os dados que envia não são suficientes para definir o diagnóstico para sua filha: é essencial examinar pessoalmente. Aconselho que a leve a um alergista. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar o caso e prestar maiores esclarecimentos. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Adorei o tema meu filho é alejico ele tem rinite. e eu sou de medicamento.nota dez pra todos vocês boa noite

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado: suas palavras são um incentivo ao nosso trabalho voluntário. Aproveito a oportunidade para convidar a assinar nosso blog e passar a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Kalila Pinto disse...

Meu neto apresentou inflamação na garganta, pequenos caroços que pareciam de calor mas se desenvolveram pelo corpo, afta e febre. Levamos a dois pediatras. O último passou amoxilina. Ministramos a primeira dose. Por curiosidade, diante da quantidade de sintomas em uma criança de 1 ano e 6 meses, acabei conhecendo o site. Parabéns, é muito bom! Divulguei no facebook para que mais pessoas conheçam esse trabalho.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

kalila: agradeço em nome da equipe o seu apoio ao nosso trabalho voluntário. Aproveito a oportunidade para convidá-la a assinar nosso blog e passar a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Olá...passei um produto no cabelo de uma amiga para alisar... não usei luvas, minhas mãos ficaram por uns três dias bem ressecadas e enrugadas. Hoje estou com uma alergia insuportável onde coça e fica avermelhado... o tempo todo.. fui no alergologista e vou fazer um teste... esse produto que passei nela pode ser o causador da minha alergia...??

Rodrigo Martins disse...

Estou com o corpo cheio de caroços vermelhos em todo o corpo e estou tomando um remedio chamado hixizine receitado pelo clinico geral que me examinou e fiz tambem exame de sangue e urina e os exames estao normais, mais ja estou tomando o remedio a 5 dias e nao tive nenhuma melhora, por favor o que devo fazer

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

É possível que o produto alisante tenha causado a reação que descreve em suas mãos.Mas para orientar é essencial examinar pessoalmente. O seu alergista poderá orientar dee forma mais adequada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Rodrigo: peço sua compreensão, mas o parecer que solicita não pode ser emitido pela internet Para orientar a conduta que deve tomar é preciso examinar para fazer o diagnóstico da alergia que apresenta. Estamos ao seu dispor na Policlínica Geral RJ Gratos pela visita.

Marcelo Brhge (facebook) disse...

1- Alergia de contato é o mesmo que dermatite?
2- A urticária aparece nas axilas?
3- Como se trata a urticária? Ela tem cura, uma vez identificada a causa?
4- Alguém que tenha CORTADO OS PELOS DAS AXILAS COM TESOURA e, no dia seguinte, elas ficaram inflamadas, com uma grande área avermelhada e com muita coceira, está com sintoma de qual das três: urticária, alergia de contato ou dermatite?
5- Hixine serve exatamente pra que?
6- E Prednisona? Serve exatamente pra que?
7- Esses dois remédios acima são indicados para urticária?
8- Urticária se pega através de giletes ou tesouras, quando usadas nas axilas?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

As urticárias são multifatoriais, e podem surgir em qualquer parte do corpo. Seu tratamento baseia-se em afastar o agente causal e no uso das medicações adequadas para cada tipo de urticária.
A patologia urticária não é contagiosa
Obrigado pela visita.

Anônimo disse...

Queria saber se coceiras no corpo podem ser pelo fato de ter tragado um cigarro, e se sim, se houver um tipo de "alergia", se é grave!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato não sugere que seja uma alergia. Coceiras no corpo podem ter causas variadas. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Boa noite!!!minha mãe já teve uma alergia muito forte onde seu corpo ficou em carne viva,mas passou sendo que depois de nove anos está voltando o corpo dela ficá muito encarousado e cossando muito

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A sua mãe precisa ser examinada. Nem todas as lesões na pele são causadas por alergia. Recomendo uma consulta com alergista para que possa avaliar o seu caso, conduzir a investigação diagnóstica e indicar o tratamento adequado. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...