28 dezembro 2009

ALERGIA A DINHEIRO?

dolar        Falar em alergia a dinheiro parece brincadeira, mas não é. Pessoas que manipulam notas ou moedas podem ter sensibilidade aos produtos contidos e desenvolver alergia.

As cédulas de papel, segundo informações da Casa da Moeda, têm várias etapas em sua fabricação: impressão offset, impressão calcográfica e acabamento automatizado, que engloba a impressão tipográfica, o corte e o acabamento. Ou seja, este fabrico envolve o uso de matérias-primas é garantido por fornecedores nacionais, que produzem tintas, papéis e outros insumos, observando rigorosas especificações.

Já a fabricação de moedas envolve várias etapas, como: preparação dos ferramentais de cunhagem, cunhagem das moedas propriamente ditas, e finalmente, a contagem/embalagem das mesmas. As moedas que circulam no Brasil podem ser de aço inoxidável, aço revestido de bronze ou conter ligas de níquel.

As alergias que podem surgir da manipulação das notas e moedas podem ser: respiratórias ou cutâneas.

Dermatite de contato ao níquel das moedas e às tintas usadas no fabrico de cédulas.

O níquel é um dos principais provocadores de alergia de contato quando em contato com a pele, auxiliado pela sudorese.A ação do suor é importante pois dissolve o níquel metálico, transformando-o em sais solúveis e facilitando o aparecimento da alergia.

As reações alérgicas ao níquel encontrado nas moedas provocam vários tipos de lesões, em especial nas mãos e unhas, em especial nas pessoas que trabalham como caixas, trocadores, trabalhadores no fabrico de moedas, entre outras funções.

As reações alérgicas provocadas pela manipulação de cédulas são mais difíceis de serem investigadas, já que, por uma questão de sigilo, a Casa da Moeda não revela que tipo de tinta utiliza na impressão das cédulas. É bem complicado: o papel é especial e as técnicas de impressão são sofisticadas. Segundo informações da casa da Moeda, cada nota de real recebe a aplicação de dezessete tintas, superpostas, divididas em três grupos,além de vernizes, corantes e aditivos.

A alergia respiratória pode ser agravada com a manipulação de grandes quantidades de cédulas velhas, em função de microorganismos que se desenvolvem, como por exmplo fungos e ácaros.

Para finalizar, também vale a pena lembrar: lave as mãos sempre que manipular moedas ou cédulas, pois com o tempo se tornam foco de microorganismos.

Um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisas Biomédicas da Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro, mostrou que uma cédula de R$ 1,00 pode conter 30,4 microorganismos por centímetro quadrado. A troca das notas por moedas atenua este risco, já que os metais tem atividade antimicrobiana.


moeda

0 Dê sua opinião:

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".