Pular para o conteúdo principal

Alergia a analgésicos e anti-inflamatórios





Você sempre usou aquele analgésico e nunca teve nada.
Um belo dia toma e... incha tudo! 


É sempre uma surpresa, pois a alergia não surge da primeira vez e sim quando já se tomou aquele remédio por várias vezes.


Quer entender o que se passou?
É um pouquinho complicado, mas vamos lá:



Analgésicos servem para aliviar a dor, mas a maioria também tem ação antitérmica e anti-inflamatória. A aspirina (ácido acetil salicílico ou AAS) foi o primeiro analgésico, inventado em 1800. A partir dela, foram sintetizadas outras substâncias como dipirona e os chamados anti-inflamatórios (diclofenaco, ibuprofeno, etc.). Portanto, todos derivam de uma mesma linha de família, sendo “parentes” e com ações semelhantes.

Para que se entenda porque os analgésicos provocam reações alérgicas, é preciso entender como agem: para combater a dor e a febre, estes medicamentos atuam inibindo uma enzima chamada COX 1 e impedindo a ação das substâncias provocadoras de dor, chamadas prostaglandinas.

O problema é que, ao bloquear estas substancias, alteram o equilíbrio do organismo e indiretamente promovem um aumento de outras, chamadas de leucotrienos. Normalmente, este desequilíbrio passa despercebido, a dor se resolve e nada acontece. Mas, algumas pessoas sensíveis podem apresentar uma reação indesejada, surgindo o que se chama de reação alérgica.

Na realidade, embora os sintomas sejam semelhantes aos da alergia, o mecanismo é farmacológico, ou seja, resulta da ação direta do remédio nas células do organismo, sem participação do anticorpo ou das células de alergia.


Concluindo:


 - Uma pessoa sensível a um tipo de analgésico, será também a todos os outros que tiverem a mesma ação, mesmo que tenham um nome ou fórmula diferente.
- Não é possível fazer testes com analgésicos e anti-inflamatórios já que não há participação do anticorpo de alergia nem de células imunológicas.

- A reação se repetirá se for novamente ingerido o remédio causador. 

- O organismo tende a aceitar um medicamento que atue diferente, como por exemplo, paracetamol (Tylenol). Mas, algumas pessoas podem ter reação também ao paracetamol.

Por isso, é essencial a orientação de um alergista.


E como conviver com esta alergia? 

O primeiro passo é conhecer quais são os remédios que poderão trazer problemas e evitá-los. Além disso, o seu alergista orientará medicações alternativas e seguras para evitar novas reações no futuro.

Principais analgésicos:
Aspirina ou Ácido acetilsalicílico (AAS): usado para baixar febre e combater a dor. É encontrado em um sem número de analgésicos (Aspirina, Melhoral, Cibalena), antigripais (Superhist, Sinutab) e em remédios para digestão (Engov, Sonrisal, Alka Seltzer). É usado também por cardiologistas para prevenção de doença coronariana.
 

Dipirona ou Pirazolona: é o analgésico mais vendido no Brasil, sendo os nomes comerciais mais conhecidos: Novalgina, Neosaldina, Magnopirol. É também muito utilizado em antigripais (Benegripe, Killgrip, Doril, Coristina,), em remédios para cólica (Baralgin, Buscopan composto) anti-inflamatórios e relaxantes musculares (Dorflex)
Principais antinflamatórios: Diclofenaco ( Cataflan, Biofenac, Algi-tanderil), Fenilbutazona ( Mioflex), Ibuprofeno (Advil, Dalsy) Piroxican (Feldene, Inflamene, Piroxene),Cetoprofeno (Profenid)
 

Confira os nomes de analgésicos, antitérmicos e antinflamatórios comercializados no Brasil em: 

 lista com nomes dos remédios
 

Principais reações adversas:

1. Reação leve ou sintomas iniciais: senasação de mal estar, coceira, erupção na pele. Podem surgir também náuseas e vômitos.
2. Reações na pele:
- Urticária
- Angioedema
- Edema na glote
- Fotossensibilização
- Eritema Multiforme minor
3. Reações respiratórias
- Asma
- Rinossinusite
- Pólipos nasais
4. Reações graves
- Sindrome de Stevens Johnson
- Sindrome de Lyell
- Choque anafilático

 
A lista acima deixa claro que as reações causadas pelos analgésicos, antitérmicos e antinflamatórios são muito variadas, desde coceiras e sintomas leves, passaando por inchaços e podendo chegar a situações que ameaçam a vida de uma pessoa.

Mas, mesmo assim, no Brasil estes remédios têm venda livre, sendo oferecidos em inocentes embalagens nos balcões das farmácias e são líderes de venda. Artistas
conhecidos em suas faces sorridentes anunciam na televisão as suas
propriedades de “sumir” com a dor e a febre, estimulando a automedicação.

E, por trás disso tudo, ninguém lembra que estes remédios também são recordistas em efeitos colaterais e como causas de sensibilidade.


Dicas finais:

- Evite a automedicação.

- Não repita o uso da medicação para "fazer um teste": é perigoso pois poderá vir de forma mais grave.

- Se você já teve uma reação, leia cuidadosamente a bula antes de tomar qualquer remédio. Na dúvida, fale antes com seu alergista.

- Procure um Pronto Socorro se logo após tomar um medicamento ocorrer inchaço de olhos, lábios ou se surgir coceira, erupções na pele, falta de ar, tosse, chiados no peito, garganta irritada e/ou sensação de asfixia.

- Se você tem reação a medicamentos, leve consigo um alerta na carteira ou uma plaqueta. Sempre que for a uma consulta, alertar o médico de sua alergia.

- O fato de ter sensibilidade a analgésicos e anti-inflamatórios não significa que o será também a outros remédios (por exemplo, antibióticos) ou mesmo aos anestésicos

Existem remédios alternativos e seguros, mas esta indicação só pode ser
feito após uma análise cuidadosa dos dados clínicos de cada pessoa. Até
mesmo o paracetamol pode dar reação em pessoas mais sensíveis.

O médico alergista é o profissional mais indicado para orientar seu tratamento e para indicar a medicação adequada para o seu caso.



Comentários

  1. oi meu filho tem alergia a remédio gostaria de saber se existe tratamento e aonde posso faze-lo. obrigada

    ResponderExcluir
  2. Simone: o tratamento consiste em identificar quais são estes medicamentos, afastá-los (incluindo aqueles que forem do mesmo grupo químico)e indicar as opções de remédios alternativos. Infelizmente não existem vacinas capazes de modificar este tipo de alergia. Estamos ao dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  3. Minha filha tem 11 anos e tem alergia dipirona e agroa a paracetamol, sofre com dores de cabeça o q devo fazer, existem algum outro analgesico que ela possa tomar. fui ao medico pediatra mas não ao alergista.

    ResponderExcluir
  4. O médico alergista analisará o caso de sua filha e indicará as medicações alternativas mais adequadas para seu caso. Estamos ao dispor na Clínica de Alergia PGRJ.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, finalmente achei informações claras sobre essa alergia que me incomoda tanto...
    Sempre que sentia dores e tomava analgésicos meus olhos inchavam muito e até formava uma bolha dentro deles, parei de tomar, mas sofro aguentando dores de cabeça e cólicas.
    Uma vez, fui picada por uma abelha na mão, avisei sobre a minha alergia ao médico e ele injetou em mim um antiinflamatório, q tbm me fez mal...fiquei desesperada!! Será que eu não poderia tomar nenhum medicamento??
    Agora, sei que posso, vou gastar uns $300 num alergista (q é raridade na minha cidade), mas vou procurar saber quais os medicamentos alternativos p mim!

    O Blog está ótimo! Parabéns!

    Patrícia Alves- Manaus-AM

    ResponderExcluir
  6. É Patrícia: o fato de ser alérgica não significa que precisa sofrer com dores. É possível orientar remédios seguros para você. Obrigado pela visita. Aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

    ResponderExcluir
  7. Larissa - Goiânia22/3/10 22:12

    Adorei o blog !!

    Há mais de 6 anos eu tenho reações como as citadas aqui, por exemplo angioedemas, inchações, coceiras... chegando a edema de glote, inchaços nos olhos e lábios e já passei por 7 médicos diferentes (de alergistas a reumatologistas), mas nunca me diagnosticaram NADA.

    Com o passar do tempo fui associando aos analgésicos que eu tomava...
    Mas fica complicado, porque tenho enxaqueca e somente remédios a base de dipirona ajudam na dor...
    Dai muitas vezes tenho que optar: dor ou inchaços ? =/

    Muito obrigada pelas informações.

    ResponderExcluir
  8. Larissa: existem opções de remédios para que os alérgicos possam controlar a dor sem problemas. Aconselho que procure um alergista. Solicite um especialista à ASBAI (no site www.sbai.org.br ou no telefone da ASBAI GO 62-3225-2911 cujo presidente é o Dr Glauco Baiocchi) Obrigado pela visita e pelo seu incentivo ao nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  9. que tipo de medicamentos minha mae pode tomar ela tem alergia a analgesico

    cristina

    ResponderExcluir
  10. Existem alternativas para uso nas pessoas alérgicas a analgésicos e antinflamatórios, mas esta orientação só pode ser feita após avaliação pessoal. Agradecemos sua visita e nos colocamos ao seu dispor na Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  11. Michelle Dieguez15/5/10 13:26

    foi muito interresante, meu filho é alérgico a vários medicamentos. Dá um trabalho quando fica doente.

    ResponderExcluir
  12. Concordo, Michelle. Mas, o alergista poderá orientá-la sobre as opções alternativas para seu filho. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

    ResponderExcluir
  13. oi,entre no blog para acha uma explicação mesmo inconpleta para a alergia do meu pai a medicamentos vou lar com mas calma o que imprimi para ver se acho alguma explicação nem que seja pequena.mas gostaria da opinião dos senhores,é o seguinta:meu pai tem uma alergia fortissima a medicamentos analgesicos.quando ele toma é questão de minutos para ele fica com os olhos enxados e com falta de ar,os medicos de onde moro ainda não conseguiu ter uma resposta de que se trata essa alergia,se os senhores pode ajuda respodendo estarei agradecida pela atenção.agradeço antecipadamente.May Rynald fortaleza-ce

    ResponderExcluir
  14. May: a alergia aos analgésicos pode se instalar em qualquer idade. O problema é que, uma vez instalada, a alergia surge para vários tipos de remédios (analgésicos e antinfamatórios). O alergista avalisará o caso do seu pai e orientará os medicamentos que pode usar como alternativa e com segurança. Aconselho que entre em contato com a regional da ASBAI em Fortaleza pelo telefone (85) 3226-0586 ou por email: ce@sbai.org.br e peça que indiquem um especialista em sua cidade. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  15. eu que agradecço ao senhores por ter mi respondido,muito obrigada.

    ResponderExcluir
  16. Oi,eu sou alergica a fórmula piroxican,gostaria de saber qual o melhor tratamento para aliviar os sintomas que são:coceira,vermelhidão,muitas bolhinhas que se juntão,dor, entre outros.Desde já muito obrigada!.Sou Maria Das Graças e sou do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  17. Maria: não tenho condições para indicar um tratamento sem examinar pessoalmente para confirmar o diagnóstico. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para examinar seu caso e prestar maiores esclarecimentos. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  18. eliakim,
    tenho alergia a Dipirona, paracetamol, hiboprofeno, diclofenaco, ingove, amoxilina. aqui em casas todos já pegaram dengue, na hipotese de eu contrair dengue o que eu faço!

    ResponderExcluir
  19. Eliakim: existem analgésicos e antinflamatórios seguros para alérgicos. Mas. é preciso que você seja avaliado por um alergista para que ele possa indicar aqueles mais adequados para seu caso. Por isso, antes de mais nada, agende uma consulta com um médico especialista em Alergia. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  20. Kelen Andrade17/8/10 16:23

    Sou alérgica a Dipirona e o meu alergista me de uma lista com os medicamentos q posso tomar. Fui ao dermatologista por causa de uma inflamação na unha e mesmo vendo a lista q o alergista passou, receitou Cataflan q não estava na lista, portanto não tomei. Preciso saber dos anti-inflamatórios q o alergista listou, qual substitui o Cataflan. São eles: Benflogin, Parenzyme, Corticosteróides, Arcoxia, Coltrax, Tromasin. Qual desses posso tomar no lugar do Cataflan?

    ResponderExcluir
  21. Kelen: a indicação de um medicamento para substituir o cataflan em uma pessoa alérgica aos antinflamatórios não pode ser feita através de um aconselhamento por e-mail. É preciso conhecer seus dados clínicos de forma minuciosa.
    Aconseho que peça esta orientação ao seu alergista, para sua segurança. Conto com a sua compreensão. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  22. existe algum anti inflamatorio seguro pra pessoas q tem alergia a todos analgesicos e reaçao cruzada com cataflan? meu alergologista receitou o celebra200 pois disse q ele age de uma forma diferente dos anti inflamatorios demais, porem um outro medico me disse q nao nao recomendaria o celebra pois os pacientes dele tinham reação cruzada com ele tbm, nao sei o q faço pois preciso tirar um siso e consequentemente preciso de um anti inflamatorio!

    noto q é impossivel pra uma pessoa com alergia medicamentosa ter uma vida normal e isso me entristece pois a industria farmaceutica nao se empenha a ponto de visar as pessoas com essa "caracteristica"..

    ResponderExcluir
  23. Jade: existem medicamentos seguros para os alérgicos a analgésicos, mas cada pessoa deve ser analisada para esta orientação medicamentosa. Aconselho que retorne ao seu alergista e exponha sua preocupação, e peça um esclarecimento. Obrigado pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  24. Gostaria de saber qto tempo 'dura" a reação alergica na pele de um medicamento??Pois tomei um remédio para RENITE, que fiquei com a pele toda vermelha!! estou apavorada, ja suspendi o medicamento, o médico me receitou outro antialérgico agora estou com medo de tomar!Será q a minha pele volta ao normal??

    ResponderExcluir
  25. Compreendo sua preocupação, mas peço sua compreensão. Não posso atender sua solicitação através de um aconselhamento por e-mail. Seria leviano de minha parte emitir um parecer sem examiná-la pessoalmente e sem saber o tipo de remédio, dosagem tempo de uso, etc...Só fazendo o diagnóstico será possível orientar a forma de resolver o problema. Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  26. Tenho alergia a remédios e gostaria de saber qual antialergico ddevo ter sempre em casa em caso de emergencia até chegar ao hospital pelo menos.

    ResponderExcluir
  27. Eu acho que tenho alergia ao ibuprofeno,pois comprei o Buscofem, na primeira vez que tomei foi ótimo minha cólica passou rapidamente.. e não senti nehum efeito colateral.
    Mas no mês seguinte quando tomei me deu asia uma queimação e minha garganta começou a doer.. não conseguia comer nada.. parecia que tinha machucado o esorfago.. fiquei o dia todo assim me sentindo mal.. Mas não acreditei que era alergia achava que quando tinha alergia da primeira vez que tomasse ja ia ter a reção.. então no outro dia tomei novamente.. e passei mal de novo! Mas como o Ibuprofeno é o único que diminuiu a as minhas cólicas.. no outro mês comprei Advil em gel tbm.. e passei mal.... achei que era por causa do gel.. enntão comprei o Alivium em gotas.. minha garganta começou a pinicar e a coçar horrivel a senssação.. por último comprei alivium comprimido.. tbm me da asia mas ainda da para tolerar.
    Deve então parar de tomar tudo q tenha ibuprofeno?
    pode ser pior?

    ResponderExcluir
  28. Adriana: seu relato não sugere que seja alergia mas sim um feito adverso causado pelo antinflamatório. Aconselho que entre em contato com sua ginecologista e peça uma orientação para tratar suas cólicas menstruais de forma adequada e segura. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  29. Danielle: não há um remédio que sirva para qualquer pessoa alérgica a medicamentos. Aconselho que procure um alergista para que ele analise seu caso e indique a melhor conduta a ser seguida.O site da ASBAI (www.sbai.org.br) tem uma lista de nomes de médicos portadores de título de especialista em Alergia e Imunologia no país. Agradecemos sua visita. Volte sempre.

    ResponderExcluir
  30. Olá, tive uma infecção dentária e tomei amoxicilina de 500 e de 780 juntamente com nimesulida. Depois de um Mês que terminei de tomá-los senti um formigamento no rosto e dormencia e dificuldade enorme de respirar parecia que a língua inchava dentro da boca e a garganta fechava.Posso ter tido uma reação alérgica mesmo que tardia aos medicamento que tomei em menos de um mês? Obrigada pro me ajudar.

    ResponderExcluir
  31. O seu relato não é suficiente para definir se a reação que descreve foi causada por alergia. Estamos ao dispor na Clínica de Alergia para analisar seus dados e fazer uma orientação adequada. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  32. Oi! Sou alérgica ao acido acetilsalicilico, dipirona, paracetamol e amoxilina. Estou apavorada! No caso de dor, febre ou infecção existe algum outro medicamento que eu possa usar? Estou com depressão de tanto pensar nesse problema, tenho fobia, não sei o que fazer. Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  33. Fique tranquila: existem medicamentos alternativos para uso seguro nas pessoas alérgicas a analgésicos e antinflamatórios. Aconselho que procure um alergista para orientá-la. A nossa equipe está ao seu dispor na Policlínica RJ. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  34. olá! eu não sei se o que vou dizer está relacionado com alergia, mas devido a dores de dentes que não passam (fui tirar um dente_) já há varios dias que junto com o antibiotico receitado eu tomo também spidifen400. até que ponto é que isso é perigoso. tenho receio de estar a abusar na dose,mas estes dores não passam.
    Agradecia qualquer ajuda. obrigado.
    Nuno

    ResponderExcluir
  35. Nuno: o seu relato não é compatível com alergia. O uso do antinflamatorio (ibuprofeno) deve ser mantido no tempo e na dose prescrita. Aconselho que peça uma orientação ao seu médico. Gratos pela visita

    ResponderExcluir
  36. Olá!Sou alérgica a AAS...Precisei fazer uma cirurgia da retirada das adenoídes aos 8 anos,mas a médica na éoca disse q não faria pois este componente iria na anestesia e poderia ser fatal.
    Passou-se muito tempo hj tenho 21 anos.Porém penso e se for necessário fazer uma cirugia,e precisasse tomar anetesia,como saber se teria alergia?

    ResponderExcluir
  37. O caminho mais indicado é procurar um médico especialista em Alergia para analisar seus dados clínicos e avaliar se tem mesmo alergia a anestésicos. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  38. Tenho alergia a dipirona e hoje fui no pronto socorro e relatei da alergia a médica, então ela me receitou paracetamol em gotas e voltaren injetável, quando cheguei em casa apresentei alergia com inchaço nos olhos, e agora, como saberei qual dos dois me deu alergia???

    ResponderExcluir
  39. Não tenho condições para emitir um parecer sem avaliar pessoalmente. É provável que a reação tenha sido consequência do Voltaren (diclofenaco sódico). Mas para afirmar, é essencial uma consulta médica para avaliar seus dados clínicos de forma criteriosa. Aconselho que procure um alergista. A nossa equipe está ao seu dispor na Policlínica RJ.

    ResponderExcluir
  40. oie, meu nome e nubia, comprei um buscofem e usei dois dias seguidos e nos dois dias eu fiquei toda vermelha, com a pele cheia de caroço além de uma coçeira terrivel, seria alergia??eu posso continuar tomando??

    ResponderExcluir
  41. Nubia: o seu relato sugere que seja uma alergia, mas para confirmar é essencial examinar pessoalmente.Caso more no Rio de Janeiro, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para examiná-la e prestar maiores esclarecimentos. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  42. Anônimo3/2/11 17:29

    Ola, Me chamo sandra,tive uma infecção dentária e tomei amoxicilina de 500 e diclonefaco. Depois de cinco dias da medicação senti uma dor muito forte na parte superir do estômago, quase proximo ao peito, e febre, para piorar fui no médico para entender o que estava ocorrendo comigo, relatei toda a situação e ele me receitou Dipirona e outro antiflamatorio direto na veia, nossa deu uma reação muito forte, minha pressão caiu, a visão ficou embassada, e não conseguia nem falar, após 24 horas minha pele ficou cheia de bolinhas vermelhas pelo corpo todo e febre ainda continua.Posso ter tido uma reação alérgica aos medicamentos? Obrigada por me ajudar.

    ResponderExcluir
  43. Sandra: os dados que envia sugerem que possa ter apresentado uma reação adversa medicamentosa, mas é preciso uma consulta médica para que seu histórico clínico seja analisado minuciosamente e seja avaliados em conjunto com os dados obtidos no exame físico. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para examinar o caso e prestar maiores esclarecimentos

    ResponderExcluir
  44. oiii, muito bom o blog!!
    tenho alegia antiflamatórios e analgesicos, estou grávida e tenho muiiiiito medo de parto cesário, pq tenho medo de precisar tomar algum antiflamatório na minha recuperação pos-parto
    tem algum outro medicamento que possa substituir
    esses componentes?

    agradeço o contato

    ResponderExcluir
  45. Graziele: existem medicações alternativas, mas é preciso avaliar cada caso para poder orientar. Aconselho que procure um especialista para orientá-la. Caso more no Rio de Janeiro, estamos ao seu dispor. Abraços.

    ResponderExcluir
  46. Fernanda9/3/11 22:43

    Minha filha tem alergia a amoxilina, e ela ficou com inflamaçao na garganta e o dr receitou azitromicina e dipirona p/ febre. Apos 4 dias a febre nao baixou e ela comecou com uma coceira nas maos e nos pés e ficou com o corpo inteiro vermelho. Serå alergia ou reaçao adversa??

    ResponderExcluir
  47. Fernanda: os dados que envia não são suficientes para que se faça um diagnóstico. É provável que sua filha tenha apresentado uma reação alérgica à dipirona. Aconselho que a leve a um alergista para esclarecer o seu caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  48. Fernando Lima16/3/11 19:08

    Olá, muito obrigado pelo blog...

    depois de passar pelo os médicos onde me informaram que não tinha nada a fazer a respeito da minha alergia a analgesicos,acreditei que iria ficar sofrendo com dores, pois tomei AS, Dipirona e Tylenon, onde todos me provocaram as alergias, vou fazer uma cirurgia de pectus terei que tomar anestisia, analgesicos e antiinflamatorio, minha medica pediu para que me dessem corticoides, sera que e suficiente para evitar as dores das cirurgias agressivas??

    ResponderExcluir
  49. Fernando: corticóides são antinflamatórios potentes. Mas, quanto à indicação para seu caso, aconselho que converse com sua médica alergista: ela conhece seu histórico clínico e poderá esclarecer suas dúvidas de forma adequada. Os dados que envia não são suficientes para que possamos emitir um parecer sobre seu caso. Contamos com a sua compreensão. Agradecemos suas palavras de estímulo ao nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  50. minha filha passou a ser alergica a nimesulida, e gostaria de saber se ela pode tomar outros antiinflamatório ou são todos iguais?

    ResponderExcluir
  51. Márcia: não recomendo que dê uma medicação sem uma orientação do alergista. Existem remédios alternativos, mas é essencial conhecer sueus dados clínicos para poder orientar com segurança. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  52. oi minha filha tem 6 meses e estava c a garganta vermelha!!dai o farmaceutico receitou ibuprofeno 50 mg!! depois de um tempo ele ficou c os olhinhos inchados e ficou com o corpo cheio de pintinhas!!ai eu dei um antialergico,jah faz 20 horas q eu dei o remedio ibuprofeno pela ultima vez, sera q e normal demorar assim pra melhorar?devo procurar um medico jah, ou esperar q saia pois jah suspendi o uso e dei o antialergico!?

    ResponderExcluir
  53. É preciso investigar cada caso para confirmar se é mesmo uma alergia. Aconselho que leve sua filha a um alergista. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  54. olá...meu nome é Elis, meu filho tem 09 anos e estava com a garganta infeccionada, o médico receitou amoxilina e desde o dia que ele começou a tomar apareceram manchinhas vermelhas que coçam no corpo dele, mais naregião do pescoço,só que , das outras vezes que houve infecção ele já tomou amoxilina e nunca fez nada, pode ser uma reação alergica mesmo que antes ele tomava e nunca fez nada? é bom lembrar também que há uns dois anos aparecia umas manchas vermelhas no corpo dele mais não coçavam e pelos exames que fizemos seria uma alergia a acaro, fizemos o tratamento e ficou tudo bem, não apareceu mais será que pode ter alguma coisa haver? obrigada pela atenção

    ResponderExcluir
  55. Elis: o seu relato sugere que possa ser uma alergia, mas não há como afirmar baseado apenas nos dados enviados e sem examinar seu filho pessoalmente. O fato de ter tomado a medicação anteriormente não afasta a possibilidade, já que a alergia não surge da primeira vez,mas sim com o passar do uso. Aconselho que o leve a um especialista em Alergia. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  56. Minha filha é alérgica a AAs e Dipirona, para dor só toma Tilenol e amanhã(16/05/2011) fará uma cesária. Como deve ser a anestesia? E o remédio a ser dado após a cesária?

    ResponderExcluir
  57. O parecer que solicita é complexo e não pode ser feito através de um aconselhamento por e-mail, baseado apemas no seu breve relato. O alergista que trata de sua filha é a pessoa mais indicada para orientá-la. Conto com a sua compreensão. Gratos pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  58. Boa noite, sou alérgica a dipirona,aas e a todos os anti inflamatórios citados a cima, descoberto da pior maneira: fazendo reação. Faço edema nos olhos começando pela coceira q se estende por toda mucosa da garganta e pele( no caso mais grave que tive q ir p/ o p.s.).Não faço nenhum tratamento, ja tentei homeopatia mas desisti. Manteho-me longe dos medicamentos mas tenho muita preocupação se um dia precisar usar por algum motivo, tipo uma cirurgia. O q vcs me aconselham? A policlinica faz este tratamento? Como devo proceder? Moro em Cabo Frio vcs recomendam alguem? Desde já obrigada.

    ResponderExcluir
  59. Eliane: não há um tratamento que reverta a alergia.O alergista poderá orientar medicamentos alternativos que não causem a mesma alergia. O site da ASBAI RJ (www.asbairj.org.br) disponibiliza uma lista de todos os alergistas no Estado do Rio de janeiro. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  60. viviane: estou na 14º semana de gestação, e tomei um medicamento que me deu fobia, agunia, creio eu que foi dipirona tenho quase certeza,pois no outro dia acordei e minha barriga estava com alguns caroçinhos vermelhos e nas aquiçilas só que não estava conçando muito, depois voltei ao medico GO onde ele me passou um antialergico no musculo, hoje estou com coçeira nas mãos e ainda a barriga um pouco vermehla. Gostaria de saberse pode ser algo relacionado a isso e aquem procurar. Desde já Obrigada..

    ResponderExcluir
  61. Viviane: peço sua compreensão, mas não é possível afirmar se foi uma reação alérgica à dipirona baseado apenas em seu breve relato e sem examinar pessoalmente: aconselho que procure um alergista para avaliar seu caso. Gratos por sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  62. Sempre tomei diclofenaco agora por tres vezes tive edema de clotea cada vez os sintomas foram mais forte.Um medico me aconselhou ter sempre em casa fenergam ingetavel ate eu poder chegar a um socorro. Sera Que nao posso mais tomar nenhum anti inflamatorio?Obrigado.

    ResponderExcluir
  63. Existem alternativas de tratamento para as pessoas alérgicas a antinflamatórios e a analgésicos: o alergista orientará cada caso. Estamos ao dispor na Policlínica RJ para avaliar e orientar uma alternativa segura para você. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  64. Oi,Meu nome 'e Mariana, desde meus 12 anos que tenho alergia, mas fui descobrindo aos poucos,
    Cheguei a ir em um alergista,ele me me passou uma lista de componentes que tenho alergia e do que ainda posso ter ao longo do tempo.
    Mas continuo sem saber o que tomar para me ajudar,nessas horas de dor de cabeça,gripe...
    Na gripe so tomo vitamina C e antialergico: alegra D para me ajudar na rinite alérgica.
    Seu texto foi ótimo pra mim, sou alérgica a todos medicamentos analgésicos e antiinflamatórios; dipirona,AAS, ate Paracetamol. Acabei de descobrir que sou também a Ibuprofeno,porque fui na farmácia,pedir algo pra minha gripe que nao tivesse nenhum desses 3 componentes e ele acabou me passando Advil! Que também nao deu certo,tive que ir no hospital tomar injeção mais uma vez.
    Queria saber qual injeção a medica me passou, nao to lembrada, nao foi nem polaramine,nem fetamina(nao sei se 'e esse o nome).... foi algo com Desoni... nao sei dizer! nao lembro o nome, você pode me ajudar a lembrar?

    ResponderExcluir
  65. Mariana: não sei qual é a injeção que refere. Quanto à sua alergia é fundamental que tenha com você e obedeça a lista de remédios orientada pelo alergista pois é a forma de evitar novos episódios de alergia. Aconselho que retorne e peça uma nova orientção. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  66. jorge mendes
    ainda tenho dúvidas. Quando tomo qualquer analgésico, saem umas bolhas nos pés e mãos, incham e inflamam. será alergia?

    ResponderExcluir
  67. Jorge: o seu relato sugere que possa ser uma alergia, mas não há como afirmar através da internet, sem examinar pessoalmente. Estamos ao dispor na Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  68. sou alergica a analgesico, e so poderia tomar ormigreem mais não esta fabricando mais tenho muita dor de cabeça, qual outro medicamento possue a mesma formula?

    ResponderExcluir
  69. Rose: existem medicamentos alternativos mas não têm a fórmula idêntica: aconselho que solicite esta oorientação ao seu alergista. A indicação através de um aconselhamento na internet está sujeita a riscos, já que desconheço o seu histórico clínico. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  70. Que bom ter alguém que responde sobre as dúvidas de quem tem alergia medicamentosa. Eu sou alérgica a analgésicos, anti-inflamatório e anti-bióticos e preciso realizar um cirurgia, isso está mim deixando apavorada, pois, já passei por isso antes e é a coisa mais difícil, pois, fiz uma histerectomia e o médico não passou nada elem da anestesia, só de mim lembrar da dor que passei eu fico em pânico.

    ResponderExcluir
  71. É possível substituir os analgésicos aos quais é alérgica com segurança. Mas para isso, é essencial avaliar seus dados clínicos de forma criteriosa. Aconselho que procure um alergista antes de sua cirurgia. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica RJ. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  72. Oi, sou alérgico a praticamente todos os analgésicos, agora eu não sei o que fazer para aliviar minhas dores de cabeça e febre. Já tomei diferentes tipos de analgésicos como por exemplo os que já foram citados aqui no site.
    Vou procurar um alergista mas queria saber se existe alguma solução para este problema.
    Se alguém puder responder ficaria muito grato.
    Abraços..

    ResponderExcluir
  73. Diogo: não há um tratamento ou vacina para alergia medicamentosa. A base é a orientação feita pelo alergista para uso de medicamentos eficazes e seguros como alternativa. Mas, infelizmente não há um medicamento que sirva para todos os casos. Por isso, é esencial avaliar pessoalmente. Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  74. eclesio antonio11/8/11 14:05

    ola, boa tarde!!!!!!
    bem, foi me receitado o benflogin mas tive reacao alergica, gostaria de saber se existe outro medicamento antialergico que me possibilite o mesmo efeito no tratamento

    ResponderExcluir
  75. Eclesio: não existe um remédio que sirva para todas as pessoas alérgicas. A escolha da medicação só pode ser feita após análise criteriosa dos seus dados clínicos. Por isso, não posso atender sua solicitação através de um aconselhamento na internet. Recomendo que procure um alergista. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  76. Boa noite. Em meados do ano passado, tive dores fortíssimas no sacro (bacia) e lombalgia. Fiz tratamento com remédio manipulados para dores/inflamção. Logo em seguida laçaram o advil. Nas crises ele foi fantástico, mas infelizmente não posso de forma alguma tomá-lo que sinto calafrios no couro cabeludo e os olhos incham como fosse picada por abelha. Percebi que dorflex também causa inchaço. O que devo fazer? Aguardo reposta.
    Grata
    Rose

    ResponderExcluir
  77. Rose: infelizmente não é possível fazer o diagnóstico sem avaliá-la pessoalmente. O caminho mais adequado é procurar um alergista para avaliar seu caso, confirmar o diagnóstico e assim poder orientar seu tratamento. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  78. Boa noite. Há um tempo atrás, desenvolvi uma alergia à Dipirona. Sempre que eu tomava algum medicamento com essa substância, meu olho esquerdo inchava e uma bolsa enorme se formava sobre ele. Porém, há poucos dias, tomei um engov e aconteceu a mesma coisa. Descobri pela internet um rapaz com o mesmo problema, e segundo ele, a alergia é ao ácido acetil salicílico, substância presente em ambos os remédios. Esse tipo de alergia é normal? Ela pode vir a se desenvolver de uma maneira mais agressiva ao meu organismo?
    Tenho medo de ter essa mesma reação ou outra mais grave se tomar um outro remedio.

    Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
  79. talita: pessoas alérgicas à dipirona terão alergia a todos os produtos que sejam quimicamente semelhantes: este é o caso do Engov pois contém aspirina (acido acetil salicílico). Você poderá ter também alergia aos antinflamatórios não hormonais e a reação se repetirá. Por isso, o caminho mais adequado é procurar um médico especialista em Alergia que a oriente no uso de susbstâncias seguras para seu caso. Caso more no Rio, estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Gratos poer sua visita.

    ResponderExcluir
  80. Anônimo9/9/11 13:12

    Tenho alergia a AAS e a Dipirona, gostaria de saber quais antiinflamatórios eu poderia tomar.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  81. Existem alternativas seguras para substituir AAS e dipirona, mas não há como afirmar sem avaliar seus dados clínicos de forma criteriosa. cada caso é um caso e a orientação não é padronizada para todas as pessoas. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica RJ.

    ResponderExcluir
  82. Ola a algum tempo ando tendo problemas com tudo que há cafeina, principalmente paracetamol, pois já tive aceleramento no coração, vomitos, queda de pressão, mal estar, e sinto frio algumas vezes, o que devo fazer? seria uma alergia?
    Desde já agradeço, obrigada!

    ResponderExcluir
  83. O seu relato não sugere que seja alergia. Mas, não há como afirmar sem avaliar seu caso de forma criteriosa e pessoalmente. Aconselho que procure atendimento médico para receber a orientação adequada. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  84. Boa noite! Tenho artrose e não posso mais tomar diclofenaco, ja tive edema de glote. Gostaria de saber se tomar ibuprofeno posso ter reação alergica igual ou pior? tambem se ha algum antialergico para tomar junto.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  85. Bom dia!O médico passou para minha filha de 04 anos 20 gts de nisulida e 7 ml de clavulim, mais ao ler as bulas vi que a dosagem é alta para a idade e peso que ela tem, e nisulide é contra indicado para menores de 14 anos, agora ela ta com o olho bem inchado será que pode ser uma alergia?

    ResponderExcluir
  86. Não recomendo. Ibuprofeno pode fazer reação cruzada com diclofenaco e provocar a alergia. Aconselho que procure o alergista para uma orientação segura da medicação para seu caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  87. O seu relato sugere que possa ser angioedema, mas para afirmar se se trata de uma alergia, é essencial examinar sua filha. Aconselho que a leve a um alergista. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  88. Muito interessante seu artigo! Enfim alguém que explicasse de forma tão clara como acontece esse tipo alergia!

    Eu sou do grupo de pessoas que não eram alérgicas a AAS, quando eu era pequena tomava muito aquele infantil que é azedinho. Passei um tempão sem tomar e numa virada de ano, comi muito e minha mãe comprou um Sonrisal numa Select pois era o único lugar aberto. Inchei tanto que parecia os Simpsons com olhão! Fui pro P.S. e assim foi meu Revellion =x

    Ainda caí na besteira de tomar alguns remédios sem ler a bula, remédio estes que eu estava acostumada a tomar, como o Benegrip que contém AAS na capinha colorida do comprimido!

    Hoje, apesar de eu falar para os médicos que sou alérgica, eles ainda receitam [sem saber] remédio com essa substancia, como por ex. o Nimesulida [pra garganta inflamada], mas já aprendi a não acreditar mais neles e SEMPRE leio a bula antes de tomar!

    Como a maioria dos alérgicos a AAS são tbm alérgicos a Dipirona Sódica, nem me atrevo a tomá-lo tbm!!! Mas como vc disse, tenho que buscar um alergista pra me dar uma lista de remédios substitutos!

    Muuuuuito obrigada pelo artigo!!!

    ResponderExcluir
  89. Mércia:suas palavras são um grande incentivo ao nosso trabalho voluntário neste blog. Muito obrigada pelo depoimento!

    ResponderExcluir
  90. Marcelo Beratsi12/10/11 13:16

    Aos médicos responsávies por esse blog. boa tarde,


    Apesar do descrito já no Blog, peço por favor, atenção ao caso abaixo para esclarecimentos definitivos.

    Tenho um filho de 13 anos que há uns dois meses atrás quando levei-o ao um pronto socorro por causa de uma dor na barriga, o médico do pronto atendimento receitou que ele tomasse Buscopan composto na veia - ainda no hospital- após coloca-lo na maca para tomar o medicamento, uns cinco minutos depois ele teve reações alérgicas inacreditáveis -ficou um monstro rapidamente- e praticamente um choque anafilático, removeram-no para uma espécie de UTI a fim de reanima-lo, pois a pressão dele caiu muito e ela estava todo empipocado e vermelho, então deram cortisona e aplicaram no braço dozes de adrenalina. Graças a Deus foi só um grande susto, e saímos de lá umas duas horas depois com receita de antialérgico mas ele já estava praticamente bom. Fiquei muito surpreso com tudo isso pois ele nunca havia tomado buscopam composto, mas já tomou várias vezes dipirona em minha casa e nunca teve nada.

    Depois tudo de disso marquei consulto com um colega seu Alergologista e ele pediu vários exames onde apontou que ele tem um pouco de alergia a pó, e talvez a Glúten -isso ainda a investigar com o Gastro- mas então perguntei se os exames haviam acusado alergia a Dipirona e ele me respondeu que não há como diagnosticar isso, ou seja não tem teste que mostre isso e categoricamente ele afirmou que o menino é alérgico a Dipirona e nunca mais ia poder tomar esse grupo de remédios -dipirona- aas – Anti-inflamatórios do grupo I- Falou que vou ter que fazer uma carteirinha para ele carregar junto da identidade e uma pulseira descartável para quando ele for sair sozinho ou viajar colocar para não correr o risco de em um acidente quando do pronto atendimento alguém aplicar alguns desses medicamentos nele a ele poder vir a ter outro choque até pior.
    Tudo isso eu aceitaria, se não fosse pelo fato de primeiramente o menino já ter tomado dipirona várias vezes e não ter dado nenhuma reação alérgica anteriormente, ou seja será que ele á alérgico mesmo a essa substância ou somente à alguma substancia que contem o buscopan composto ???
    Outra dúvida minha é com tanta tecnologia que existe hoje com a medicina avançada, não existe mesmo um teste eficaz para detectar efetivamente se ele é alérgico especificamente a Dipirona e ou ao AAS - etc.

    Isso mudaria totalmente o quadro e não colocaria ele a exposição -com pulseiras etc- ou que é pior se isso não for uma verdade, ele estaria limitado a tomar somente alguns medicamentos quando da real necessidade.

    Peço por favor, sua orientação para o caso.

    Fico no aguardo de seu mais breve retorno, e desde já agradeço muito,

    Marcelo Bertasi

    ResponderExcluir
  91. Marcelo: peço sua compreensão, mas não tenho condições para emitir um parecer sobre o caso específico do seu filho baseado apenas nas informações enviadas e sem uma avaliação pessoal. Contudo gostaria de fazer algumas considerações. 1) a alergia aos medicamentos não ocorre da primeira vez, mas sim com o passar do uso, pois há necessidade de que ocorra sensibilização ao produto. 2) O tempo necessário para ocorrer a sensibilização é imprevisível e varia em cada pessoa. 3) A informação está correta: não há um teste específico para dipirona até a presente data. 4) É comum que as pessoas que têm reação com dipirona desenvolvam também para drogas correlatas quimicamente, como por exemplo o acido acetil salicílico e os antinflamatórios não hormonais (ibuprofeno, diclofenaco, etc) Agradecemos sua visita ao nosso Blog.

    ResponderExcluir
  92. Olá, sofro muito com alergia, sou muito sensível, queria saber se o paracetamol é do mesmo grupo químico que ibuprofeno, pois o ibuprofeno me deu alergia no começo do ano, quase morri.
    e eu estou sofrendo muito com dor de dente, e preciso tomar algum remédio, porque a dentista não poderá mecher nele até ele desenflamar, o que faço?

    ResponderExcluir
  93. Olinda: paracetamol em geral é bem tolerado pelos alérgicos aos analgésicos e antinflamatórios Mas, não há como afirmar se é o seu caso, através da internet e sem avaliá-la pessoalmente. Estamos ao dispor na Policlínica RJ. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  94. Tive várias reações alergicas nos ultimos meses a medicamentos que antes tomava comumente.
    A primeira vez tive alergia a neosaldina, que já tomava antes para dor de cabeça.
    Tive também a buscofem, uma medicação pra cólicas menstruais.
    E a ultima vez tive quando tomei um Engov.
    A cada uma delas, passei a evitar o composto do medicamento, dipirona, ibuprofeno e acido acetilsalicilico. Em todas as reações tive edema palpepral, coriza e nodulos na garganta e fui medicada no hospital com antialergicos e os sintomas passaram algumas horas depois. Porém nesta ultima (AAs), tive o edema palpebral demasiado, obstruindo parte da minha visão, uma reação muito forte na garganta e nariz, dificuldade para respirar, fui parar no hospital as pressas e precisei tomar hidrocortizona na veia, no dia seguinte, os sintomas respiratorios passaram, mas o edema durou 2 dias para sair, tive que voltar no hospital, tomar outra dose de hidrocortizona e seguir com os antialergicos por 5 dias.
    Isto é um sintoma de que minha sensibilidade está ficando maior a essas reações?
    Já procurei um alergista, fiz exames de alergia no braço e um de contato nas costas, mas ela me disse que não tem exame pra reação a medicamento.
    Ultimamente tenho evitado remedios, só quando tenho muita dor de cabeça tomo um paracetamol DC, será q posso desenvolver alergia a ele tb?
    Tenho rinite alergica também.

    ResponderExcluir
  95. Pessoas alérgicas à dipirona com frequencia reagem também ao acido acetil salicílico e aos antinflamatórios não hormonais. Embora não exista um teste nem vacinas para este tipo de alergia, é possível orientar com segurança as opções de tratamento para cada pessoa. Mas é uma orientação personalizada, que o médico faz depois que analisa os dados clínicos do paciente. Caso more no Rio, estamos ao seu dispor. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  96. Há 1 ano desenvolvi alergia aos analgésicos (dipirona e AAS)e antinflamatórios. Após a ingestão do medicamento os olhos inchavam, tinha uma crise de rinite forte e não conseguia respirar bem. Consultei minha alergologista, pois tenho rinite alérgica e ela me recomendou uma lista de remédios que eu poderia usar para dor e febre, dentre eles tylenol (paracetamol 500) e dorilax (350 de paracetamol). No início pude tomá-los, mas agora até o dorilax provoca os sintomas já descritos. Mudei de palno de saúde e esta médica não atende por ele, consultei outro profissional que disse que meu caso era de difícil solução e não me recomendou qualquer medicamento para dor ou febre, mas me pediu um teste de contato na clínica onde ele atendia que eu não fiz. Moro em Salvador-Ba, Vocês têm como me ajudar?

    ResponderExcluir
  97. Aconselho que procure um outro alergista para orientar seu caso. O site da Asbai (www.sbai.org.br) possui um setor: "Localize um especialista" onde poderá encontrar os nomes de todos os médicos portadores de título de especialista em Alergia em sua cidade. Em geral, os analgésicos de ação central costumam ser bem tolerados, mas trata-se de uma orientação individual e que só pode ser efetuada com segurança após análise criteriosa de seu histórico imunoalérgico. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  98. Parabéns pelo blog, ma ajudou muito pois, meu filho de 11 meses está cheio de manchas vermelhas e na semana passada ele teve dor de ouvido e estava tomando alivium, novalgina e pingango o otosynalar no ouvido, começou no sábado a tomar a novalgina que ele nunca tinha tomado e ontem quarta feira começou apresentar essas manchinhas na pele, levei ele ao médico na emergência e o médico ao invés de falar que poderia ser o remédio, disse para parar com os remédios, pois o ouvido dele já tinha sarado e que não era pra eu meu preocupar com a urticária pois era comum por causa da doença, só que ao invés de melhorar piorou estava só no pescoço e atrás da orelhinha hoje está no corpo todo, lendo alguns site percebi que pode ser o ibuprofeno, então vou esperar para ver se até amanhã melhora caso isso não ocorra vou levar ele novamente ao médico.

    ResponderExcluir
  99. ReLuA: agradecemos seu depoimento e nos colocamos ao dispor na Policlínica RJ. Melhoras para seu bebê!

    ResponderExcluir
  100. Olá, muito legal o site, bastante esclarecedor, já salvei nos meus favoritos. Bem, sou alérgica a dipirona desde criança e ao ácido acetil salicílico, que fiquei aos 30, quando tive uma brava reação alérgica, hoje tenho 51. Além de pimentão, a mais recente, há 3 anos. Então, paracetamol me salva quando preciso de analgésico, raramente, graças! Gostaria de saber, por favor, o nome de um anti-inflamatório, se é que existe, que eu pudesse tomar sem susto. Obrigada.

    Helena

    ResponderExcluir
  101. Helena: a indicação que solicita não pode ser atendida através da internet. É possível indicar um antinflamatório seguro, mas para isso é essencial conhecer melhor seus dados clínicos. Aconselho que procure um alergista.Caso more no Rio, nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  102. ola,gostaria de saber se para fazer teste imunoalergivo ,hemograma com contagem de plaquetas,IGE e IGA precisa estar em jejum e se sim de qtas horas.Obrigada

    ResponderExcluir
  103. A maior parte dos laboratórios solicita jejum de 8 horas para realização dos exames de sangue. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  104. Olá..tenho alergia a dipirona e quero saber se o diclofenaco tem a mesma fómula?Desde já obrigado :D

    ResponderExcluir
  105. Não é que tenham a mesma fórmula. Pessoas alérgicas à dipirona têm grandes chances de desenvolver alergia ao diclofenaco devido à similaridade química e farmacológica. Aconselho que procure um alergista antes de tomar analgésicos e antinflamatórios. Estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Estamos ao seu dispor.

    ResponderExcluir
  106. Olá, tenho 30 anos e por volta dos 12 anos descobri uma alergia a dipirona, nao fiz nenhum teste especifico, apenas nao tomei mais, agora estou gravida e gostaria de saber se posso fazer o teste de alergia pra verificar se realmente tenho a alergia, abraços. Alessandra

    ResponderExcluir
  107. Alessandra: não existe um teste específico para alergia à dipirona. Aconselho que procure um alergista para orientar as alternativas seguras para combate à dor, em seu caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  108. parabéns a toda equipe pelo Blog. gostaria de saber se Predsin pode ser usado na dosagem d e5mg diário, pois sofro de rinite alérgica e as vezes tenho sangramento nasal, quando tomo corticóide melhoro, pois tenho fragilidade nos vasos do nariz.Tomo as vezes diclofenaco Colestiramina melhoro, das dores de cabeça mas observo qu eo sangramente aparece. que faço?mE ORIENTEM POR FAVOR!

    ResponderExcluir
  109. O uso de Predsim sem orientação médica é perigoso pois pode interferir na função da glândula adrenal e gerar efeitos colaterais indesejáveis. O tratamento da rinite pode ser feito com segurança e sem a necessidade da repetição do uso do corticóide. Aconselho que procure um alergista. Estamos ao seu dispor na Policlínica Geral do Rio de Janeiro. caso queira receber uma cópia em PDF do nosso livro sobre a rinite, escreva para nosso e-mail: blogdalergia@gmail.com. Agradecemos seu incentivo ao nosso trabalho voluntário e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

    ResponderExcluir
  110. a +ou - 2meses em torno de 12:00hs tomei um remedio chamado spidofem "acho q é isso"...quaze morri meus olhos incharam muito ,meu corpo se encheu de saliencias vermelhas corri para a clinica,onde me aplicaram uma injeçao que só fez piorar ainda mais me levaram de ambulancia urgente para o hospital falando até de aplicar adrenalina ,onde fiquei em observação o dia todo.só foi melhorar no final do dia.o medico me receitou alegra 180gms,não tomo todos os dias,porem desde então tenho alergia quase toda semana,existe algum outro medicamento que proporcione o desaparecimento da alergia por um periodo maior ? e assim melhore minha qualidade de vida! agradeço desde já, meu nome é Ney da cidade de Londrina ... Obrigado .

    ResponderExcluir
  111. Ney: Spidufen é um antinflamatório (ibuprofeno) e pode causar alergia. Contudo, para afirmar a causa da manutenção dos sintomas é necessário analisar seus dados clínicos de forma criteriosa. Para localizar um especialista, aconselho que visite o site da ASBAI (www.asbai.org.br) e procure o setor “Localize um especialista”.Basta digitar o estado e depois a cidade em que reside. Depois clique em OK: abrirá uma lista com os nomes de todos os médicos portadores de título de especialista em Alergia no local escolhido. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

    ResponderExcluir
  112. minha irmã tem alergia a dipirona ela pode tomar buscofem ela senti muitas dores de coluna quanto as regras dela chegam o que devo fazer que remedio eu posso dar pra ela
    ela tem 16 anos

    ResponderExcluir
  113. Não recomendo que dê a medicação para sua irmã sem antes consultar um alergista. Existem medicações seguras para dor, mas não é padronizado: o alergista analisará seus dados clínicos para poder orientar a opção mais adequada para ela. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  114. Olá meu nome é Daniela, e estou com um problema de fotossensibilidade, tive essa reação depois que tomei buscopan e nimesulida, só que ja fazem 3 meses e mesmo tomando antialergicos e corticoides, não melhoro. Gostaria de saber se é normal demorar tanto para curar a fotossensibilidade. Obrigada.

    ResponderExcluir
  115. Daniela: não tenho condições para emitir um parecer sobre seu caso sem avaliar seus dados clínicos de forma minuciosa. A fotossensibilidade provocada por medicamentos costuma regredir em cerca de duas semanas após a interrupção do tratamento. Aconselho que retorne ao seu alergista para nova avliação e conduta. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  116. Em pleno Natal tomei dois ass infantil e fiquei com os olhos e boca inchada.Não sei o que fazer.Não posso tomar nenhum analgésico.Existe testes para saber quais medicamentos posso usar.

    ResponderExcluir
  117. Não há necessidade de testes para a alergia aos analgésicos. Procure um alergista. Ele investigará sua história clínica e orientará as alternativas de medicamentos seguros para seu caso. Estamos ao seu dispor, caso more no Rio. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  118. Sou alérgico a anti-inflamatórios e analgésicos, posso tomar apenas paracetamol e benflogin, no caso dos antibióticos sei que amoxilicina também me causa reações alérgicas, por isso tomo apenas azitromicina. Estou com tosse e gostaria de saber se o benflogin ajuda a aliviar a tosse, e também se existe algum risco em tomar xarope.

    ResponderExcluir
  119. Benflogin é um antinflamatório e não está indicado no tratamento da tosse. Lembro que é importante saber a causa da tosse. Xaropes não resolverão o problema se a causa não for detectada e controlada. Aconselho que entre em contato com seu alergista e peça orientação. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  120. Olá, meu nome é Adriana, tenho 25 anos e venho sofrendo a quase 1 mês com repentinos inchaços nos lábios... não sei mais o q fazer, pelo menos uma vez por semana isso acontece e eu vou parar no pronto socorro e acabo tomando injeção de Fernegan e Hidrocortizona, não aguaento mais isso, fico muito preocupada pq alegia é coisa séria e eu realmente tomo muita dipirona, pq sinto dores de cabeça fortíssimas ! Preciso de uma luz!!!

    ResponderExcluir
  121. eu tenho alergia ao acido acetilico e agora eu posso tomar anestesia raquiana???

    ResponderExcluir
  122. Adriana: o seu relato sugere que a dipirona possa ser a causado angioedema labial que apresenta. Aconselho que procure um alergista para que seja orientada de forma apropriada.Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  123. O fato de ser alérgico à analgésicos (ácido acetil salicílico e deribvados) não significa que terá também alergia a anestésicos. Aconselho que procure um alergista para orientar seu caso.

    ResponderExcluir
  124. Ola. Extrai os sisos a 4 dias e estava tomando ibuprofeno e dipirona. Ontem minha pele ficou embolotada e hoje meu rosto amanheceu todo embolotado tambem. Costumo tomar dipirona. Posso ter alergia ao ibuprofeno?

    ResponderExcluir
  125. Dipirona e ibuprofeno são medicamentos que fazem reação cruzada, ou seja, a alergia ocorre tanto para um como para o outro. Aconselho que procure um alergista para uma orientação adequada. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  126. ana paula5/2/12 01:09

    Que bom saber que não sou a unica que passa por esses problemas!!
    tenho alergia a aas e dipirona, todo anti-inflamatorio que os medicos me receitam (mesmo sabendo da minha alergia) são contra indicados para o meu caso, qual anti inflamatorio não é contra indicado para pessoas com esse tipo de alergia?
    por favor me ajudem, pois nao sei mais onde procurar, na minha cidade não tem alergologista.

    ResponderExcluir
  127. Ana Paula: o maior problema é que não há uma medicação padronizada que sirva para todas as pessoas alérgicas a analgésicos e antinflamatórios. Por isso, não tenho condições para indicar através da internet uma medicação para você. Estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. O site da ASBAi (www.sbai.org.br) tem um setor "Localize um especialista" onde poderá encontrar um alergista o mais próximo possível de sua cidade. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  128. Oi, meu nome é Gustavo e eu gostaria de saber um nome de algum anti inflamatório não esteriodal (pode ser qualquer um - como exemplo) para quem tem alergia ao AAS. Isto é, se é que existe, pois eu andei procurando e todos são contra indicados para quem é alérgico ao ASS. Gostaria de saber se existe ao menos um, obrigado.

    ResponderExcluir
  129. Gustavo: é verdade que em bula todos são contraindicados. Mas, algumas pessoas podem tolerar determinados tipos de antinflamatórios e analgésicos. Contudo, esta orientação não é padronizada, para todos os alérgicos. Por isso, não é possível indicar uma medicação para você através da internet sem conhecer seu histórico clínico de forma criteriosa. Aconselho que procure um alergista para orientá-lo. Ezstamos ao dispor na Policlínica RJ. Gratos por sua visita,

    ResponderExcluir
  130. oi ,estou apavorada pois vou fazer uma cirurgia dentaria e vou precisar de anestesico a dentista disse que vai usar um sem vaso constritor ja tomei outr4as vezes mas ja faz tempo por volta de 2 anos é possivel quem ja tomou anestesia ter reação alergica a mesma . sou mãe de dois filhos ja tomei raque e peli dural e nunca tive problemas por favor tire a minha duvida

    ResponderExcluir
  131. O seu relato não sugere que você seja alérgica a anestésicos, mas não há como afirmar sem avaliar seu caso pessoalmente de forma criteriosa. Para que se tranquilize, aconselho que procure um alergista. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  132. Anônimo6/3/12 19:55

    oi sofro de coluna e sou alergica a alguns medicamentos como amxilina e outos mais uma vez tomei 2 comprimidos de biofenac para dor de dentes pensei que fosse morrer minhas pernas parecia soltar do corpo meu estómago parecia estar todo aberto oque tomar?

    ResponderExcluir
  133. Não existe uma medicação padronizada, que seja segura para todos os alérgicos. Por isso, só posso indicar uma medicação para você conhecendo seu histórico clínico de forma criteriosa. Aconselho que procure um alergista para orientá-lo. Estamos ao seu inteiro dispor na Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Contamos com a sua compreensão. Obrigado pela visita ao nosso blog

    ResponderExcluir
  134. Anônimo7/3/12 10:21

    olá também tenho alergia a dipirona e outros analgesicos e guando tomo fico toda vermelha igual a feruada de abelha e falta de ar e na minha cidade não tem alergista por favor me ajude me endicando outros medicamentos, sofro com isso a 6 anos

    ResponderExcluir
  135. Compreendo sua dificuldade, mas infelizmente não há como orientar com segurança sem conhecer seu histórico clínico de forma criteriosa. Estamos ao seu inteiro dispor na Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Contamos com a sua compreensão. Obrigado pela visita ao nosso blog

    ResponderExcluir
  136. oi meu nome é claudio minha mulher tomou ibuprofeno i foi deitar horas depois acordou com a boca e os olhos inchados,ela já é alérgica a dipirona seria tanbem a ibuprofeno.ok fazer pra para os inchaços.brigado

    ResponderExcluir
  137. Claudio: pessoas alérgicas à dipirona também têm reação com outros analgésicos e antinflamatórios, devido à similaridade em sua ação química. Aconselho que ela procure um alergista Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  138. Oi, tenho umas bolinhas vermelhas parecidas com picadas de mosquitos, que surgem no meu corpo que duram uns 4 dias geralmente e coçam muito,acho que pode ser alergia de alguma coisa, mas não sei ainda do que, me falaram que POLARAMINE seria bom e poderia me ajudar, o que vc acha? Obrigado!

    ResponderExcluir
  139. Quais são os principais "Remédios" que causa o inchaço nos olhos?
    Desde de já agradeço.A CLINICA DE ALEGRIA!

    ResponderExcluir
  140. O "inchaço" das palpebras, chamado de angioedema palpebral pode ser causado por medicamentos, em especial os analgésicos (aspirina, acido acetil salicílico, dipirona e pirazolonas) e antinflamatórios não hormonais. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  141. Olá, Bom dia. Sou alérgica a dipirona e tudo que é antiinflamatório não hormonal, gostaria de saber quais são exatamente esse tipo de antiinflamatório. Existe algum tipo de exame que possa identificar se sou alérgica a outras substâncias, pq esses eu descobri quando tomei, sempre será assim, se eu for alérgica a outra substância só irei descobrir se tomar e sentir a reação. Tenho muito medo, pois a última vez que senti foi horrível, pensei que iria morrer. Estou pensando em engravidar e fico com mais medo ainda. POR FAVOR ME AJUDEM. Desde já obrigada.
    Sinara Souza

    ResponderExcluir
  142. Sinara: não existem testes para a alergia a analgésicos e antinflamatórios, mas é possível orientar e indicar medicações seguras para substituí-los. Mas, para isso, é essencial avaliar seu caso de forma criteriosa e pessoalmente. O fato de ter esta alergia não impede uma gravidez saudável. Aconselho que procure um alergista. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  143. Estou nesse exato momento com angioedema palpebral depois de tomar um Benegripe hoje a tarde. Resolvi procurar uma explicação na Internet e encontrei esse blog. Ocorreu a mesma coisa semanas atrás que tomei Aspirira. Fiquei chocada porque isso começou do nada. Tem algum medicamento para combater os sintomas da gripe que não contenham essas fórmulas?

    Marcia

    ResponderExcluir
  144. Marcia: Benegripe contém dipirona. Pessoas alérgicas à aspirina (acido acetil salicílico) não devem tomar também os derivados da dipirona, pirazolona e nem os antinflamatórios não hormonais. Em geral todos os antigripais contém também analgésicos. Algumas pessoas podem tolerar o uso de outros derivados que não pertencem a este grupo citado acima. Contudo, para indicar uma medicação alternativa é essencial avaliar seus dados clínicos de forma criteriosa e pessoalmente. Aconselho que peça esta orientação ao seu alergista. Gratos pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  145. Boa Tarde... Tenho alergia a diclofenaco e ácido acetil salicílico. Passei na farmacia e comprei um medicamento chamado BI-PROFENID. QUE FOI INDICADO POR UM AMIGO. E MESMO ASSIM COMEÇOU A ME INCHAR... ESSE BI-PROFENID TEM ALGUMA COISA A VER COM OS PRINCIPIOS ATIVOS LOGO ACIMA CITADO?d

    ResponderExcluir
  146. Rodrigo: pessoas alérgicas à diclofenaco e à aspirina (acido acetil salicílico) não devem tomar também os derivados da dipirona, pirazolona e nem os antinflamatórios não hormonais, como é o caso do Biprofenid (cetoprofeno). Não é recomendável que tome nenhum analgésico ou antinflamatório sem a orientação do seu alergista. Peça que o oriente as alternativas seguras que possa usar em caso de necessidade. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  147. SOU ALÉRGICA HÁ ALGUNS MEDICAMENTOS, COMO DIPIRONA E TODOS OS QUE CONTÉM ÁCIDO.. TOMEI ONTEM IBUPROFENO E ME DEU INCHAÇO NOS OLHOS.. ESTOU MORRENDO DE DOR DE DENTEM GOSTARIA DE SABER SE POSSO TOMAR AMOXILINA ??

    ResponderExcluir
  148. Pessoas que têm alergia a dipirona, têm também alergia à aspirina (acido acetil salicílico), pirazolonicos e aos antinflamatorios (diclofenaco, ibuprofeno, cetoprofeno, etc) Não posso opinar se deve ou não usar amoxacilina através deste aconselhamento na internet, sem avaliar seu caso pessoalmente.Não recomendo que tome nenhuma medicação sem antes consultar seu alergista. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  149. TENHO UMA FILHA DE DOIS ANOS E ALGUNS DIAS,ELA É ALÉRGICA A AMOXILINA.QUERO SABER SE ELA PODERA TOMAR IBUPROFENO.ELA TOMA ANTIBIOTICOS COM MUITA FREQUENCIA DA INFECÇAO DE URINA,DE OUVIDO NA GARAGANTA.NÃO SEI MAIS O QUE FAZER.AHA UM MES ATRAS ELA ESTEVE INTERNADA TOMOU ANTIBIOTICO.NA SEMANA QUE ELA SAIU ELA TOMOU OUTRO PRA GARGANTA,LOGO EM SEGUIDA TOMOU OUTRO PARA OUVIDO...E AGORA VOLTOU A DAR FEBRE DE NOVO. ME AJUDEM POTR FAVOR NAO AGUENTO M AKIS VER MINHA FILHA SOFRER TANTO. OBRIGADA.
    ANA PAULA

    ResponderExcluir
  150. Ana Paula: os dados que envia não são suficientes para fazer um diagnóstico. Contudo gostaria de fazer algumas considerações: 1) o fato de sua filha ser alérgica a amoxacilina não implica que terá também alergia a ibuprofeno. 2) as infecções repetidas podem estar relacionadas com uma rinite alérgica 3) é preciso investigar também a possibilidade de imunodeficiências infantis. Aconselho que a leve a um alergista. Estamos ao dispor, caso more no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  151. Eu tenho alergia a Dipirona e todos os remédios similares (como Ibuprofeno e AAS).
    O único analgésico que tomo é o paracetamol e ele faz pouco efeito em mim.
    Como descobrir que anti-inflamatórios e que outros analgésicos eu posso tomar sem ter uma surpresa desagradável?
    Meu médico disse que não há como descobrir a não ser testando. É verdade? Uma vez tive que tomar adrenalina e anti-alérgico emergencial na veia por causa de medicação que me foi dada no hospital que me causou alergia.
    O problema é que minha reação é a edema de glote...

    Me ajude, por favor.

    ResponderExcluir
  152. Davi: não há teste para analgésicos e antinflamatórios. O alergista analisa a história de cada paciente para poder indicar alternativas seguras em cada pessoa. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para prestar maiores esclarecimentos sobre seu caso.

    ResponderExcluir
  153. Oi! Minha mãe tem uma alergia cronica possui desdo 12 anos de idade é tudo como diz os sintomas do blog ela tem a crise mais ou menos de ano em ano as vezes fica uns dois tres anos sem dar e volta, em dezembro de 2011 ela teve uma crise super forte ela tomou 17 injeções em 8 dias e nada adiantava os plantonistas dos hospitais chegaram a dizer que não havia mais remedios e nem injeções que adiantassem tanto de hospitais publicos e particulares o problema não fica apenas nas coceiras incontrolaveis mas tambem no fechamento das vias respitatorias, fomos um alergista ele disse que era sobre os remedios antiflamatorio e antitermicos ela eliminou todos e agora 5 meses depois, hoje dia 14/05/12 ela acordou novamente com os sistomas e agora o que agente pode fazer se tirar os remedios não adiantou? Se puder ajudar. Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
  154. O seu relato não envia dados para que possamos tirar conslucões específicas sobre o caso de sua mãe. O maior problema das reações alérgicas aos medicamentos, em especial analgésicos e antinflamatórios é a ingestão acidental. Em primeiro lugar, porque existem em venda livre nas farmácias um grande número de remédios contendo estas substâncias sem que tenha uma advertência no rótulo. Em segundo lugar, porque existe a chamada "reação cruzada", ou seja, uma substância aparentemente diferente daquela à qual a pessoa é alérgica mas que pode provocar os mesmos problemas. Por isso, o melhor caminho é voltar ao alergista de sua mãe e pedir uma nova avaliação para que identifique o problema e indique a conduta mais adequada Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  155. Uma dúvida... quem tem alergia ao AAS não pode tomar nenhum antiinflamatório por conta da possibilidade de reação cruzada?

    ResponderExcluir
  156. Existem analgésicos seguros para uso nas pessoas portadoras de alergia ao AAS, mas esta escolha não é padronizada: deve ser feita de forma individual para cada caso. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  157. Por favor, me tirem uma dúvida. Minha mãe teve há 20 dias atrás uma paralisia facial periférica. O médico do pronto-atendimento receitou apenas Predsin e posteriormente, o otorrino mandou continuar o Predsin e tomar também o antibiótico Factive. No último dia do ATB, começaram a surgir bolinhas vermelhas pelo corpo, palmas das mãos e solas dos pés, além de coceira e inchaço na região anal-vaginal. Teve também uma irritação nos olhos, como se fosse uma conjuntivite. Hoje ela voltou ao médico, que lhe falou que ela tem síndrome de Stevens-Jhonsons. Receitou novamente o corticoide Predsin, 2 x ao dia. Procurando saber mais sobre essa síndrome, fiquei apavorada com sua gravidade, principalmente porque alguns sites dizem que o uso de corticoides é controverso. É possível que ela tenha desenvolvido essa síndrome pelo uso do Predsin? Por favor, me dê uma explicação, estou muito preocupada. Obrigada,
    Adelaide

    ResponderExcluir
  158. oi, tudo bem, parabéns por este blog!minha filha tem 6 anos é alergica a dipirona e imbuprofeno gostaria de saber se o paracetamol tem a mesma
    substancia,poi eu fico apavorado quando ela precisa tomar algum medicamento quando está com febre ou dor fui ao alergista e ele receitou codeim,p/dor e predsim p/ febre, eu fiquei preocupado com estes medicamentos ao mim informar sobre eles, aí fui ao pediatra e ele indicou 20 gotas de nimesulida e 5 gotas de zyxem e este medicamento realmente resolve pois lendo a bula dis que é contra indicado p criaças menores que 12 anos

    ResponderExcluir
  159. Boa noite meu nome é Amanda. Minha mãe tem esse tipo de alergia a remedios do tipo de dipirona e derivados. Postei ate uma pergunta obrigada pela resposta, ela consultou em um medico agora quando teve uma crise da alergia e um medico clinico geral informou sobre um tratamento chamado Imunoterapia Ativada deu o nome e disse para pesquisar na internet lemos tudo mas não ficamos convencidas. Queria saber se vocês tem alguma opinião sobre esse tratamente se ele é bom e resolve alguma coisa. Obrigada.

    ResponderExcluir
  160. Adelaide: o seu relato não deixa claro se foi mesmo uma reação de Stevens Johnson e nem sobre a causa da alergia apresentada por sua mãe. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliá-la e prestar maiores esclarecimentos. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  161. Limas: muitas pessoas alérgicas à dipirona e antinflamatórios toleram bem o paracetamol. Mas, para responder suas perguntas e orientar sobre sua fiha, seria necessário analisar seus dados clínicos de forma criteriosa e pessoalmente. Não há uma medicação que sirva para todos os alergicos. Estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Zyxem pode ser usado em forma de gotas a partir de 2 anos. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  162. Amanda: não tenho informações sobre o tipo de imunoterapia que cita. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  163. É razoável a prescrição de tramal, para alguém que levou um tapa no rosto? O que sei afirmar é que a pessoa é alérgica a AAS, dipirona, ibuprofeno, indometacona (não sei se é essse o termo), pirolicam, diclofenaco e fenilbutazona. Indago por que tive uma amiga que usava tramal depois de ter feito uma cirurgia para retirada de um tumor e sentia dores fortes.
    Obrigada,
    Márcia.

    ResponderExcluir
  164. Márcia: não tenho condições para afirmar se está indicado uso de Tramal baseado apenas nos dados enviados, sem conhecer o histórico clínico e a necessidade atual do paciente. É melhor entrar em contato com o alergista que trata dessa pessoa para uma indicação precisa. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  165. Olá! adorei este blog! achei as informações de fácil entendimento e bem esclarecedoras! tenho alergia a AAS e dipirona há 20 anos, e sempre sofri com preocupações sobre o que tomar. Sou bioquimica e com certeza vou indicar este blog para meus pacientes do laboratório.

    Abraços, Denise Ferraz Tezza

    ResponderExcluir
  166. Obrigado,Denise. Suas palavras são um incentivo ao nosso trabalho voluntario.Aproveito a oportunidade para convidá-la a assinar nosso blog e passar a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

    ResponderExcluir
  167. Olá
    Tomei um comprimido de 500mg de dipirona a alguma horas. Uma hora depois começou a surgir manchas vermelhas que coçam muito, e agora estou com tontura, enjoo, vontade de vomitar e suando frio.
    Parece que estou tendo uma reação alérgia ao remédio. Não devo mais tomar dipirona? Quais outros remedios eu devo evitar?

    Parabens pelo blog e pela presteza com que responde às duvidas de todos.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  168. Helton: o seu relato sugere que tenha sido uma alergia à dipirona. Contudo, não tenho condições para orientar a medicação alternativa sem conhecer seus dados clínicos. Esta não é uma orientação padronizada. Cada pessoa tem respostas próprias que devem ser analisadas. Aconselho que procure um alergista para orientá-lo. Agradeço o seu incentivo ao nosso trabalho voluntário neste blog.

    ResponderExcluir
  169. Boa noite.
    Eu descobri recentemente que tenho alergia à dipirona e antiinflamtórios. Tenho crises de urticária quando consumo estes medicamentos, ou mesmo quando passo spray para dor muscular. Gostaria de saber aproximadamente quanto tempo o medicamento continua a agir no meu organismo, pois mesmo que a urticária desapareça em cerca de 12 horas novas lesões voltam a surgir em dias que não tomei nenhuma medicação. Também gostaria de saber se alergia a estes medicamentos costuma estar associada a alergias a corantes ou conservantes.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  170. Gislei:1)o tempo de eliminação de um medicamento no organismo varia de acordo com a substância química contida no remédio. 2) E, em algumas situações pode ser que hajam outras substâncias envolvidas na urticária. 3) nem toda reação medicamentosa está relacionada com corantes ou conservantes. Gratos por sua visita.Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  171. Gostei muito do blog. Parabéns. Porém, tenho somente uma duvida. Este fim de semana meu bebê apresentou sintoma alérgico, não sei se da dipirona ou da amoxilina, que foram os remédios utilizados por receita médica. Novamente ao hospital, foi medicado com um antialergico. Ainda não saíram de sua pele as bolinhas e erupção vermelha; vou levá-lo ao alérgica, mas, lá o médico tem condições de descobrir a causa alérgica mesmo depois das erupções desaparecerem? Obrigada.

    ResponderExcluir
  172. Vanessa: O alergista analisará a história d alergia do seu filho e analisará o seu caso para fazer o diangnótico mesmo que os sintomas já trenham sido controlados Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  173. Olá! Sou do interior de São Paulo, tenho 35 anos e nunca fui uma pessoa alérgica. Ao final do ano passado, ao comer uma salada com camorões, tive uma reação imediata, com fortes coceiras, vermelhidão, queda de pressão, diarréia, inchaço e garganta fechando. Estava em outra cidade, em um hotel a trabalho. Fiquei desesperada, corri em uma farmácia, tomei polaramine e melhorei aos poucos. Demorei uns dois dias para melhorar. Detalhe: adoro camarão e comi minha vida inteira. Pois bem. No começo de junho tive um aborto retido depois de um longo tratamento para engravidar e precisei fazer uma curetagem. Internei, recebi uma medicação para forçar a dilatação e fui para o centro cirurgico. Até aí tudo bem. Tomei uma raqui, foi tudo tranquilo. Voltei para o quarto a noite e comecei a receber medicação na veia do soro. Dipirona, antibiótico, essas coisas. Também tomei a vacina Anti D, pois meu RH é negativo. Pela manhã, na terceira aplicação, empipoquei inteira. O médico mandou suspender tudo e aplicar antialergico na veia. Fui embora. Comecei a piorar. Voltei ao hospital depois de 2 dias e tomei outra injeção de antialérgico. Suspendi os remédios em casa, e comecei a tomar histamix. Acabou a caixa e nada de melhorar. Comecei com polaramine... tomei a caixa tb, usei 4 tubos de Fenergan creme e só agora, 15 dias depois, começou a melhorar... Só consegui marcar um alergista somente para 22 de agosto, com muito sacrifício. Ainda sinto coçar em alguns pontos e formigamento nas mãos. Fiz um exame de sangue hoje e os Eosinófilos deram mais que dobrados, indicando portanto que a alergia persiste. Gostaria de saber se é normal tanto tempo com o corpo todo empolado. Sofri mais com a alergia do que com a curetagem em si. Não sabemos se foi a raqui, a dipirona, o antibiotico, a vacina de RH... super complicado!

    ResponderExcluir
  174. boa noite, meu esposo tomou coristina e mais tarde queixou-se de dor no estomago. Pode existir uma relação entre a dor e o remédio ? Obrigada.

    ResponderExcluir
  175. Fernanda: não há como afirmar a causa exata da sua alergia através deste aconselhamento na internet sem uma avaliação pessoal e criteriosa dos seus dados clínicos. O médico alergista poderá indicar a conduta mais adequada. caso more no Rio, a nossa clínica atende sem hora marcada, se segunda à sexta feira. Obrigado por sua visita.

    ResponderExcluir
  176. Coristina contém ácido acetil salicílico, uma substância que pode provocar efeitos adversos gástricos e dor. Não é uma medicação recomendada. Aconselho que procure atendimento médico.

    ResponderExcluir
  177. Peço que me ajudem porque já não sei mais o que fazer,todos os dias eu tenho a minha parte íntima irritada,vermelha mas não tenho coceira nem nada demais,só que essa irritação eu não entendo e me incomoda demais,eu já não sei o que fazer não posso usar calça,que já acontece, existe algum remédio para esse mal? Penso que deve ser alérgico,muito obrigado.

    ResponderExcluir
  178. Ana: infelizmente não posso ajudá-la através deste aconselhamento na internet. Para medicar, é essencial examiná-la e fazer o diagnóstico da causa do seu problema. O seu relato não deixa claro que seja uma alergia. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  179. Anônimo5/7/12 15:07

    Preciso de uma informação. Meu filho, de 28 anos de idade, foi ao pronto socorro ontem, haja vista que estava com uma forte dor no ombro. Foi receitado soro com Profenid. Ele me relatou que tão logo foi colocado o medicamento em sua veia ele começou a ter mal-estar. Pediu ajuda à aux. de enfermagem, mas ela respondeu que era reação do remédio e que era normal. Enfim, ele desacordou, não sabe me dizer por quanto tempo, urinou na roupa e teve o medicamento retirado. Quando eu cheguei no hospital me disseram que ele convulsionou devido a reação alergica ao medicamento. Estou desesperada. Devo procurar um médico especialista? Convulsão ou desmaio? Porque urinaou na roupa? Por favor me ajude. Maria Sueli

    ResponderExcluir
  180. Maria Sueli: o seu relato não deixa claro que a reação tenha sido causada por alergia ao medicamento. Aconselho que procure um alergista para orientar seu filho. Gratos pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  181. Tenho alergia a dipirona e quando tenho dores de cabeça não tenho o que fazer, pois quase todos la remédios indicados para tal contém dipirona em sua fórmula.
    Gostaria de saber se tem algum indicado e se, ao tomar, remédios que contenham ibuprofeno posso ter a mesma
    Reação alérgica. Obrigada!

    ResponderExcluir
  182. Letícia: pessoas que têm reação com dipirona tendem a ter também com acido acetil salicílico e com antinflamatórios, como por exemplo, ibuprofeno. Existem medicações substitutas.Mas, esta não é uma orientação padronizada: é preciso analisar cada caso para apontar a alternativa mais segura. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  183. Boa noite. Adorei o blog, acabei de ter uma reaçao com ibuprofeno e gostaria de saber se tem essa indicaçao de alergista em SP. Obrigada
    Larissa, Santo Andre _ SP

    ResponderExcluir
  184. Para localizar os médicos portadores de título de especialista em Alergia em Santo André, procure no site da ASBAI: www.sbai.org.br no setor: Localize um especialista. Basta digitar o Estado, a cidade e abrirá uma lista com os nomes de especialistas em sua cidade. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  185. Boa noite!
    Na sexta-feira, dia 06, tomei, por orientação médica, o anti-inflamatório Meloxicam. Após umas duas horas da ingestão, senti um formigamento na garganta. Quase que uma coceira. Mais tarde, senti todo o lado direito do rosto, inclusive língua, dormentes. Entrei em contato com o meu médico na segunda-feira, dia 09. O mesmo pediu para que eu suspendesse e que observássemos (havendo relato de dormência até uma semana após a suspensão do medicamento). Hoje é sábado, 14, e sinto um mínimo alívio na dormência. Vocês, como profissionais desta área, já observaram reações de dormência no rosto na administração de anti-inflamatórios? Também não reajo bem ao ibuprofeno. Agradeço desde já. Excelente blog! Rachel.

    ResponderExcluir
  186. Raquel: o seu relato sugere que você possa ter apresentado uma reação de intolerância com uso do Meloxicam. Contudo, não há como afirmar sem examinar. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos. Agradecemos suas palavras de incentivo ao nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia. Volte sempre!

    ResponderExcluir
  187. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  188. Mariana: o parecer que solicita não pode ser emitido através deste aconselhamento na internet. A escolha da medicação segura para os alérgicos a medicamentos não é padronizada. É preciso conhecer seus dados clínicos de forma criteriosa para poder orientar com segurança. Aconselho que entre em contato com seu alergista. Conto com a sua compreensão e agradeço sua visita.

    ResponderExcluir
  189. Eu tenho alergia a alguns medicamentos, por isso sempre tenho que ter cuidado com isso.
    Meu doutor agora me receitou valtrex e posso tomá-lo sem problemas.

    ResponderExcluir
  190. Mariana: o parecer que solicita não pode ser emitido através deste aconselhamento na internet. Não existe uma medicação padronizada e segura para tosos os alérgicos a medicamentos - cada pessoa tem uma forma individual de manifestar a alergia medicamentosa. É preciso conhecer seus dados clínicos de forma criteriosa para poder opinar. Aconselho que peça esta orientação ao seu alergista pois a conhece bem, sendo a pessoa mais adequada para orientar de forma adequada e individualizada. Conto com a sua compreensão. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  191. Ola, sempre tomei analgesicos devido a fortes dores de cabeça, mas de um tempo para ca não posso tomar nehum tipo de remedio que sinto dores no peito e sinto uma sensação de que meu esofago se fecha a ponto que não consigo engolir sequer a propria saliva, acredito que esses sintomas começaram pois tomava muitas doses de neosaldina, agora qualquer medicamento me faz muito mal que as vezes penso que vou ter algum problema mais grave, gostaria de saber se é comum esse sintoma e se tem tratamento. Obrigado

    ResponderExcluir
  192. O seu relato não deixa claro se é mesmo uma reação alérgica ao medicamento. Aconselho que procure um alergista para orientar seu tratamento. Caso more no Rio, estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  193. ola,bom dia me tire uma duvida,tive um torsão estou tomando bi-profenid apareceu uma infeção no meu dente estou tomando amoxicilina e nimesulida da algum problem toma todos juntos,grato desde ja pela resposta !

    ResponderExcluir
  194. Anônimo2/8/12 20:53

    Olá, meu filho de 08 anos é alérgico a todos os antitérmicos, fiquei um pouco aliviada pois estou vendo uma luz no fim do túnel, gostaria que me indicassem algum profissional aqui em Salvador-Bahia.

    ResponderExcluir
  195. Paulo: É possível associar medicamentos mas é sabido que aumentam as chances de efeitos colaterais, em espacial gástricos. Biprofenid e Nimesulida são antinflamatórios semelhantes: converse com seu médico e pergunte se poderá manter o uso apenas de um destes medicamentos. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  196. Você pode localizar os alergistas em Salvador no site da ASBAI: www.sbai.org.br no setor: Localize um especialista. Basta digitar o Estado, a cidade e abrirá uma lista com os nomes de especialistas em sua cidade. Aproveito a oportunidade para convidar a assinar nosso blog e passar a receber nossos textos diretamente em seu e-mail. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  197. Boa tarde...
    Primeiramente parabenizo o blog pelos esclarecimentos.
    Gostaria de saber, uma vez que tenho angioedema, qual o tipo de anestesia posso tomar, seja para fins médicos ou odontológicos. Penso em ter filhos no futuro, mas não sei se será viável devido o angioedema. Aguardo retorno e muito obrigada.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Postagens mais visitadas deste blog

Antialérgicos ou Anti-histamínicos

Histamina é o nome da substância química mais famosa envolvida nas reações alérgicas. Quando a histamina é liberada, provoca dilatação e inchação dos vasos, bem como aumento secretivo e coceira. No caso da rinite, a presença da histamina ocasiona coceira, espirros, coriza e bloqueio nasal. Na urticária provoca placas avermelhadas com muita coceira na pele. Na alergia ocular, resulta em coceira, avermelhamento e irritação da conjuntiva dos olhos. Na dermatite atópica pode ajudar no controle da coceira, que é intensa e prejudica a pele, agravando a doença.
Desde a década de 30 observou-se que era possível aliviar os sintomas da alergia usando remédios que antagonizassem com a histamina. Mas, só na década de 40 foi lançado o 1º remédio anti-histamínico. Desde então, o conhecimento só fez crescer e hoje dispomos de muitos remédios com esta finalidade.
É importante lembrar que a histamina não é exclusiva da alergia pois participa também de outras doenças. Por isso, hoje existem anti-histamín…

Alergias e reações na pele causadas por plantas

A natureza nos presenteia diariamente com plantas e flores proporcionando uma festa não apenas para os olhos mas para todos os sentidos. A sua utilidade prática é indiscutível e múltipla, seja purificando o ar, seja servindo como alimento ou como base para construção de habitações, na manufatura de mobiliário, utensílios, cosméticos, medicamentos, entre tantas outras aplicações. Se apenas tivessem o papel de embelezar, já seriam fundamentais, aliviando a dureza do cotidiano e transmitindo paz numa convivência harmoniosa de longa data com o ser humano.
Mas, em algumas situações, a pele pode desenvolver reações quando entra em contato com plantas e daí pode coçar, se tornar vermelha, apresentar uma erupção cutânea e até inflamar. Estas reações surgem pelo contato com a pele, algumas puramente por irritação direta e outras, por mecanismo alérgico.
Até mesmo árvores podem produzir um eczema de contato alérgico, sendo o exemplo mais conhecido a Aroeira, uma árvore de madeira de alta resist…

Pitiríase rósea

É uma doença conhecida desde 1860, quando foi descrita por Camille M. Gibert, sendo conhecida também como Pitiríase rósea de Gibert.
Não se conhece exatamente a causa, mas parece que a hipótese mais viável é que seja ocasionada por vírus, como por exemplo, o vírus do herpes. Mas, é possível que dependa de uma tendência genética do indivíduo, o que seria um facilitador do aparecimento da doença. Questiona-se também outros mecanismos, envolvendo alguns tipos de medicamentos, autoimune, associação com outras doenças, etc. Fatores psicológicos ou estresse podem facilitar o aparecimento da doença, assim como alterações da imunidade e gravidez. Não é contagiosa.
É mais comum em adultos, acometendo mulheres e homens, sendo rara em crianças pequenas e em idosos, ocorrendo preferencialmente na primavera e no outono. O maior problema é que sua evolução pode ser prolongada e durar de semanas a meses, assustando o doente. Em alguns casos pode recidivar, mas não é comum que aconteça


Quadro clínico.