Pular para o conteúdo principal

Asma e riso - respondendo ao leitor




Meu namorado não pode rir, porque isso provoca falta de ar, ele está com 34 anos e as crises de asma estão controladas, exceto quando ele ri com vontade. Preciso saber qual o melhor tratamento indicado para este caso. Rir faz bem a saúde, mas para ele é o contrario. É só ele rir e passa mal. Por que?



O riso é inerente ao comportamento humano, surgindo em momentos alegres ou como forma de expressão. Uma boa gargalhada na hora certa é sem sombra de dúvida, um ótimo remédio.
Mas, em algumas pessoas o riso pode provocar uma crise. A asma é uma doença inflamatória que acomete os brônquios, que se tornam muito sensíveis (hiperreativos), reagindo de forma desproporcional a vários estímulos (inócuos para o resto da população), como é o caso do riso.

Ao gargalhar, o aparelho respiratório se altera, surgindo contrações fortes e repetidas dos músculos torácicos, abdome e diafragma, resultando em uma inalação aumentada do ar, ressecando as vias aéreas, em uma expiração aumentada e numa respiração forçada. Tudo acontece de forma natural e normalmente passará despercebido. Mas, em algumas pessoas, este esforço respiratório pode se acompanhar de chiados, tosse, sensação de respiração difícil e falta de ar. O riso, portanto, foi apenas um “gatilho” que fez com que a crise aparecesse e é um sinal de que o controle da asma não está bom.

Um estudo realizado pela Universidade de Nova York entrevistou 235 pessoas que tinham asma e mostrou que 56% referiam que tinham tosse e sensação de aperto no peito e falta de ar quando riam de forma vigorosa. Contudo, estas mesmas pessoas, após tratamento adequado, relatavam que podiam gargalhar normalmente, sem sintomas.

Concluindo, o fato do seu namorado ter crise quando ri é um sinal de que sua asma não está bem controlada e que deve retornar ao seu médico para uma nova consulta e ajustar seu tratamento. Assim, poderá dar boas gargalhadas sem medo da asma.

Comentários

  1. Olá,

    Aqui está um belo blog!

    Parabéns!!

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Tony: obrigado pelo incentivo e volte sempre para nos visitar.

    ResponderExcluir
  3. OLA! eu tenho 15 anos e tenho tambem asma. quando me rio muito ou estou muito tempo a falar tambem fico com falta de ar so que o que me acontece é a que a minha cara começa a tremer muito. Os labios, as palpebras, tudo treme. Sera a mesma coisa mas com consequencias diferentes?
    João

    ResponderExcluir
  4. João: O seu relato não sugere que seja apenas uma reação ao riso. Aconselho que relate ao seu alergista para que possa orientá-lo. agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tenho 16 anos e tenho rinite alergica. Quando eu rio eu sinto muita falta de ar e chego a chorar, o que pode ser? Glaucineth

    ResponderExcluir
  6. Alguns casos de asma quando não estão controlados podem causar tosse e falta de ar durante esforço físico, incluindo gargalhadas.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo4/5/15 20:20

    quando eu rio bastante e sem rir tambem da, tenho a impresao q vo morrer sem ar, e minha pressao sobe tbm qdo fico sem ar

    ResponderExcluir
  8. Sinto muito, mas não poso ajudar pela internet. É preciso examinar para orientar de maneira adequada. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor para atendê-lo(a) no ambulatório da Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar esclarecimentos. Gratos pela visita ao Blog da Alergia

    ResponderExcluir
  9. Boa noite tudo bom. estou com uma falta de ar des de dezembro não posso andar e fazer esforço não é o coração porque já fiz exames o que pode ser ate deitada eu sinto estou preocupada tudo que eu faço eu fico assim não aguento mais por favor poderia me ajudar estou com muito medo de agravar meu caso desde já muito obrigado .

    ResponderExcluir
  10. Finha Nascimento Boa tarde. Falta de ar pode ser causada por fatores variados. Para tratar é essencial definir a causa do problema e para isso, é preciso examinar pessoalmente. Avaliar pela internet pode gerar erro. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor para atendê-lo no ambulatório da Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar esclarecimentos. Gratos pela visita ao Blog da Alergia

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde! Minha filha tem 18 anos e desde setembro do ano passado, ele teve umas crises de falta de ar e desmaios relacionadas ao excesso de riso. Toda vez que ela riu muito (gargalhadas Constantes) ela passou mal. Sintomas de falta de ar, fraqueza, travamento na garganta, desmaio e dor no peito quando acorda... Levamos ela em dois cardiologistas, fez eletrocardiograma e eco, e os mesmos falaram que ela tem OSTEOCONDRITE, ela tomou anti-inflamatórios, melhorou das dores e fala que não tem mais... Minha dúvida é, se tenho que procurar outra especialidade médica, para a execução de exames mais completos ou se estamos exagerando em ir mais afundo...
    Agradecemos a sua ajuda desde já!
    Ewerton!

    ResponderExcluir
  12. Ewerton. Boa noite. Se o diagnóstico foi estabelecido por dois cardiologistas, é pouco provável a hipótese de erro. Sugiro que mantenha o tratamento conforme orientado pelos médicos que atenderam sua filha. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  13. Olá,tenho renite alérgica desde pequena trato com polaramine drageas quando ataca. Na última vez espirrei bastante e minha garganta ficou arranhada,no dia seguinte fiquei com muito chiado no peito tão alto que não conseguia dormir e falta de ar leve, sem outro sintoma, fiz nebulização de manhã e de noite por uns dias e melhorei. Queria saber se renite pode se transformar em asma?

    ResponderExcluir
  14. opa pensei que era só eu que acontecia isso rir e sentir falta de ar com o peito cheio

    ResponderExcluir
  15. Fran: a rinite é uma doença que parece simples e sem importância, mas pode provocar muitas complicações, como sinusite, amigdalite, otite, tosse e asma, entre outras. O caminho mais adequado é procurar um alergista para avaliar seu caso, fazer o diagnóstico correto e indicar o tratamento. Avaliar pela internet pode gerar erro. Agradecemos sua participação no Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  16. Ileana: boa tarde. Converse com seu médico. O controle adequado da asma impede a piora com o riso. Gratos por sua visita ao log da Alergia.

    ResponderExcluir
  17. Olá. Tenho 22 anos. Tinha "cansaço" quando era criança. Não tenho mais crises. Nunca fiz um tratamento específico para asma, apenas nebulização com Berotec e Atrovent na vigência da crise. Hoje em dia, apenas duas coisas me causam falta de ar e sibilos expiratórios: rir muito e algumas vezes quando insiro fumaça de cigarro. Mas realizar exercícios físicos vigorosos não causa isso. Vc disse que rir e gerar esse quadro está associado à asmas mal controlada. Isso se aplica ao meu caso?

    ResponderExcluir
  18. Marcos: Bom dia. A asma pode ser uma doença bem leve, fazendo pensar que foi embora. Mas, a sensação de falta de ar e chiados ao riso e com a fumaça de cigarro pode significar uma forma leve e intermitente. É comum que este sintomas seja associado à sintomas nasais (rinite) que são pouco valorizados pelo paciente. Aconselho que procure atendimento médico especializado para que possa ser orientado de forma adequada. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde! Eu tenho 39anos nunca tive nenhum problema de saúde, seja respiratório ou alérgico. Porém, a cerca de uns 15 dias comecei a tossir principalmente ao sorrir ou qdo tomo algum líquido. Fui em um médico pneumologista e, com todo respeito, ele nem me colocou a mão, com os sintomas que descrevi me diagnosticou com sinusite. Nesta noite me preocupei muito, nunca havia enfrentado uma situação assim, acordei tossindo e não conseguia respirar qdo consegui já estava apavorado com a situação.Agora percebi que comecei a engasgar tendo dificuldade de engolir qdo tusso. Será mesmo sinusite? ou acha que devo procurar um outro médico e se, qual especialidade procurar? Desde já grato. Edson (Uberaba)

    ResponderExcluir
  20. Edson Bom dia. Recomendo uma consulta com alergista para que seja possível avaliar o seu caso, conduzir a investigação diagnóstica e indicar o tratamento adequado para você. Para localizar os médicos portadores de título de especialista em Alergia em sua cidade, sugiro que acesse o site da ASBAI: www.sbai.org.br Procure a aba onde está escrito: "Público" e depois clique em “Localize um especialista”. Abrirá um campo para preencher os dados: clique no Estado desejado (UF) e depois escolha a cidade. Ao final, clique em "Enviar" e abrirá uma lista com os nomes de especialistas na localidade desejada. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia,

    Meu marido é asmático, e tem tido crises quase sempre.
    No primeiro trimestre deste ano ele teve uma tossiu e caiu perdeu sentidos e este mês voltou a ter o mesmo problema.
    Oque será? Pois eu já não vivo segura porque das vezes que isso aconteceu eu estava com ele e fui agitando ele para lhe reanimar e graças a Deus consegui.

    ResponderExcluir
  22. Olá Julieta Bom dia O desmaio não é um sintoma da crise de asma. Para afirmar a causa seria necessário avaliar seu esposo de forma criteriosa e pessoalmente. Avaliar pela internet pode gerar erro. Aconselho que peça orientação ao alergista que trata da asma do seu esposo pois conhece seus dados clínicos, sendo a pessoa mais indicada para orientar de forma adequada e segura. Obrigado por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  23. Olá tenho 16anos quando eu tou muitas gargalhadas eu fico com falta de ar e minha garganta fecha de uma forma que fico sem ar aí peço meus amigos para quando eu tiver essa crise alguém bate nas minhas Costa pra eu volta ao normal o que devo fazer ????

    ResponderExcluir
  24. Josy Boa tarde. Os dados que envia não são suficientes para qyue eu possa emitir um parecer. Recomendo uma consulta com alergista para que seja examinada e estabelecido um diagnóstico. A nossa equipe está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Gratos por sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  25. Olá tenho 14 anos e tenho bronquite. Quando rio muito ou após fazer exercicios , fico sem ar, minha garganta fecha, não consigo falar, minha respiração fica curta e começo a chiar e tocir.
    o que pode ser ?
    e como posso controlar essas crises ?
    Kamyla

    ResponderExcluir
  26. Kamyla Boa tarde A tosse acompanhada de chiados ao correr ou rir muito pode ser um sinal de que sua bronquite (ou asma) não esta bem controlada e que há necessidade de modificar seu tratamento. Convido que escreva para nosso e-mail (blogdalergia@gmail.com) e enviaremos para você uma cópia em PDF do livro: “Alergia, doença do século XXI”. Gratos pela sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  27. Boa noite, tudo bem? Meu nome é Enia, tenho 34 anos e quando faço atividade física como musculação ou mesmo quando começo a rir muito tenho falta de ar como se o ar passasse por apenas em um cantinho.. fiz arame cardiológicos e não sei nada, o cardiologista pediu para que eu fizesse endoscopia é tive o resultado da agapilore que foi tratada, melhorou um pouco a falta de ar mais mesmo assim acho que não é esse o problema ainda para melhorar por completo.
    Pois gostaria muito de rir e fazer a atividade física normalmente sem essa falta de ar que chega ao extremo quando ocorrer não consigo nem dormir direito.
    O que posso fazer para diagnosticar o problema e tratar de vez essa crise?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  28. Enia Boa noite. Para opinar sobre a sensação de falta de ar que você apresenta ao fazer esporte ou ao riso, é essencial examinas r pessoalmente. Por isso, recomendo uma consulta com alergista para que possa avaliar o seu caso, conduzir a investigação diagnóstica e indicar o tratamento adequado. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  29. Olá.Tenho 34 anos e quando dou uma gargalhada fico com pieira e tosse na expiração. Aos poucos passa ou tomo um anti histaminico.Nunca fui diagnosticada com asma mas poderá ser?É relativamente recente

    ResponderExcluir
  30. Marisa: os sintomas que descreve indicam que seus brônquios estão mais sensíveis (hiper-reativos). Para afirmar a causa ou para diagnosticar a asma, é essencial examinar você pessoalmente. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  31. Gostei muito meu filho tem passado por isso

    ResponderExcluir
  32. Ana Boa tarde. Obrigado. Aproveito a oportunidade para convidar você a assinar nosso blog e receber gratuitamente nossos textos diretamente em seu e-mail.

    ResponderExcluir
  33. Bacana! Tenho asma desde criança e nos últimos meses com qualquer risada eu acabo tendo uma crise de asma forte e muita tosse,sem contar q a garganta fica irritada o dia inteiro. Ahcie bem esclarecedor. Parece q meu problema só piora, nunca termina e.e

    ResponderExcluir
  34. Michele Boa noite os sintomas da asma que surgem ao riso indicam que sua asma não está controlada. É importante uma reavaliação buscando possíveis fatores que possa impedir sua melhora, bem como julgar e modificar sua medicação de controle. Convido que escreva para nosso e-mail (blogdalergia@gmail.com) e enviaremos para você uma cópia em PDF do livro: “Viver bem com asma”. Obrigado por sua participação no Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  35. Olá. Tenho renite alérgica...sinusite...tem varias crises..nunca fui diagnosticada com asma...mas tenho muita corriça...catarro nas narinas sem poder sair..tenho algumas tosses e quando dou risada tenho crises de tosse...tbm tenho falta de ar... Li algumas msgs acima e fiquei pensando?! Será que tenho uma asma escondida...?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá, como ficou o seu caso? você foi em alguma consulta saber sobre?
      eu também sempre quando dou risada começo a tossir e gostaria de saber o que é isso.
      agradeço!

      Excluir
    2. Stéfany A risada que provoca tosse é um sinal de reatividade aumentada dos brônquios e pode indicar uma asma "escondida", isto é, não diagnosticada. Para saber, é aconselhável que procure um(a) alergista para orientá-la de forma adequada e segura. obrigada pela participação em nosso blog Abraço!

      Excluir
  36. Ângela Guimarães: Bom dia Os dados enviados em seu relato sugerem que você possa estar apresentando sintomas iniciais de asma. Aconselho que procure seu alergista para que seja examinada e orientada de forma adequada. Agradecemos sua participação no Blog da alergia.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Postagens mais visitadas deste blog

Alergias e reações na pele causadas por plantas

A natureza nos presenteia diariamente com plantas e flores proporcionando uma festa não apenas para os olhos mas para todos os sentidos. A sua utilidade prática é indiscutível e múltipla, seja purificando o ar, seja servindo como alimento ou como base para construção de habitações, na manufatura de mobiliário, utensílios, cosméticos, medicamentos, entre tantas outras aplicações. Se apenas tivessem o papel de embelezar, já seriam fundamentais, aliviando a dureza do cotidiano e transmitindo paz numa convivência harmoniosa de longa data com o ser humano. Mas, em algumas situações, a pele pode desenvolver reações quando entra em contato com plantas e daí pode coçar, se tornar vermelha, apresentar uma erupção cutânea e até inflamar. Estas reações surgem pelo contato com a pele, algumas puramente por irritação direta e outras, por mecanismo alérgico. Até mesmo árvores podem produzir um eczema de contato alérgico, sendo o exemplo mais conhecido a Aroeira, uma árvore de madei

Pitiríase rósea

É uma doença conhecida desde 1860, quando foi descrita por Camille M. Gibert, sendo conhecida também como Pitiríase rósea de Gibert. Não se conhece exatamente a causa, mas parece que a hipótese mais viável é que seja ocasionada por vírus, como por exemplo, o vírus do herpes. Mas, é possível que dependa de uma tendência genética do indivíduo, o que seria um facilitador do aparecimento da doença. Questiona-se também outros mecanismos, envolvendo alguns tipos de medicamentos, autoimune, associação com outras doenças, etc. Fatores psicológicos ou estresse podem facilitar o aparecimento da doença, assim como alterações da imunidade e gravidez. Não é contagiosa. É mais comum em adultos, acometendo mulheres e homens, sendo rara em crianças pequenas e em idosos, ocorrendo preferencialmente na primavera e no outono. O maior problema é que sua evolução pode ser prolongada e durar de semanas a meses, assustando o doente. Em alguns casos pode recidivar, mas não é comum que aconteça Quadro c

Dermografismo

A bolsa pesada marca o seu braço? A roupa apertada, a alça do soutien, o elástico da roupa faz você coçar e empolar? Atenção: pode ser dermografismo! Dermografismo é uma doença da pele que afeta cerca de 5% da população e que se caracteriza pelo aparecimento de coceira intensa em locais de pressão. Após o ato de coçar surgem “lanhos” vermelhos nas pele. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas – veja post sobre o tema neste mesmo Blog. No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien. O dermografismo faz parte de um grupo de urticárias deno