21 junho 2008

WAO - Organização Mundial de Alergia lança relatório


 
Organização Mundial de Alergia destaca o impacto global da doença

 
Primeiro relatório mundial de alergia pede a colaboração mundial urgente para o combate ao aumento da alergia e doenças alérgicas em todo o mundo.


A World Allergy Organization (WAO - Organização Mundial de Alergia) publica seu primeiro Relatório sobre a extensão da alergia e doenças respiratórias crônicas em todo o mundo e pede a colaboração imediata para enfrentar a escalada atual dos casos de alergia.


Nos últimos 20-30 anos, a prevalência das doenças alérgicas aumentou substancialmente - uma tendência sem nenhum indicador de fraqueza. Estima-se que 400 milhões de pessoas em todo o mundo tenham rinite alérgica e 300 milhões de pessoas em todo o mundo tenham asma(1), com um custo econômico estimado maior do que o da tuberculose e o do HIV/AIDS juntos.(2) Um dos resultados mais alarmantes do relatório é que enquanto a incidência da alergia e doenças afins tem aumentado substancialmente, o número de profissionais de saúde treinados no diagnóstico e tratamento de alergias diminuiu, deixando muitos pacientes sem diagnóstico e sem tratamento.


O Relatório: Estado da Alergia no Mundo (State of World Allergy Report) é o primeiro passo para a abordagem desta situação. O Professor G. Walter Canonica, Presidente da WAO, comenta sobre o resultado do Relatório: "Este primeiro Relatório do Estado da Alergia no Mundo apresenta um retrato preocupante do aumento da prevalência de todos os tipos de doenças alérgicas, como asma, alergia alimentar, anafilaxia e rinoconjuntivite.


No entanto, os recursos de saúde não estão aumentando proporcionalmente; existe uma necessidade premente de melhoria do acesso aos medicamentos aprovados de alergia em todo o mundo. A WAO está na dianteira da análise, abordagem e resposta a estes desafios".
Alergia é o maior problema do século XXI - e deve piorar com o decorrer do século.


Devido à mudança climática mundial, ao maior padrão de higiene e à industrialização das nações em desenvolvimento, a alergia está se tornando mais prevalente, mais complexa e mais agressiva, com pacientes sofrendo de várias desordens alérgicas que não estão mais limitadas às estações climáticas ou localizações específicas que possam ser causadas por uma ampla gama de substancias naturais e sintéticas que não existiam no nosso meio ambiente há 20 anos atrás.


As mudanças do meio ambiente afetam substancialmente a qualidade da vida e a produtividade no trabalho. Doenças alérgicas são uma das mais freqüentes razões de procura de cuidados médicos.
O professor Canonica destaca o papel da WAO na abordagem da situação da alergia: "A WAO está determinada em fornecer a base de trabalho para a colaboração de médicos e cientistas na abordagem da alergia em todo o mundo, concentrada principalmente nos assuntos de caráter médico, econômico e social".


Leia mais no site da WAO

Clique aqui

3 Dê sua opinião:

Anônimo disse...

Boa tarde,
a alergia não deve ser tratada de forma endêmica?
A tentativa de generalização de diversos tipos de alergias em diversas localidades não é uma aproximação infantil do problema? Os fatores locais e até mesmo genéticos não são mais importantes do que a média mundial?
Afinal de contas, existem poucas semelhanças entre diversos países com diversos climas, talvez só a alimentação industrializada seja igual, mas esta é uma questão já descartada, seja por motivos nobres ou por "royalties".

Anônimo disse...

sim de uns tempos para ca tenho tido reaçoes alergicas, coisas estas que eu nao tinha, principalmente camarao e carne de porco. amendoim tem me controlado para evitar exeços,mas nao e facil viver sofrendo com este tipo de reaçoes, mas a grande verdade e que tem almentando em muito estes tipos de alergias

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O aumento das alergias é um fato cada vez mais comprovado e que merece atenção para as formas de prevenção Agradeço a visita e aproveito a oportunidade para convidar a assinar nosso blog e passar a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...