Pular para o conteúdo principal

Dentes limpos - Alergia OK, Saúde OK









Não se pode falar em saúde integral sem que se fale de saúde bucal. A prevenção e os cuidados da higiene devem ser estimulados de forma permanente desde a infância.




Por que discutir este tema num blog dedicado à Alergia?


A rinite alérgica é uma doença de alta prevalência na população brasileira, acometendo crianças e adultos e se acompanhando se sintomas nasais como: espirros, coriza e congestão nasal. Portadores de rinite que apresentem obstrução nasal persistente, gradativamente alteram seu padrão respiratório, favorecendo a respiração com a boca aberta ou semi-aberta. Como este é um processo crônico, de duração arrastada, com o passar do tempo, as estruturas bucais sofrerão conseqüências.

Respirar pelo nariz é um processo reflexo, natural e necessário para a manutenção do padrão respiratório fisiológico. As narinas são estruturas que possuem capacidade de filtração e limpeza, essenciais para o funcionamento normal da respiração.
Ao respirar pela boca, este padrão se altera. A cavidade bucal não é preparada para limpar e filtrar o ar e progressivamente sofrerá o impacto das impurezas trazidas através do ar inspirado. As conseqüências deste desequilíbrio são variadas, surgindo com o tempo. Leia mais no texto:
http://blogdalergia.blogspot.com/2007/08/em-boca-fechadano-entra-mosca.html.

Quando se fala em respiração bucal, pensa-se logo em crianças, mas muitos adultos padecem deste mal. Alguns dormem habitualmente com a boca aberta, sem ao menos perceberem do problema.

A boca sendo mantida semi-aberta por tempo prolongado dificulta que a saliva circule de forma homogênea e harmoniosa na cavidade bucal, prejudicando sua função protetora contra cáries e contra bactérias. As conseqüências mais comuns são: -maior tendência para aparecimento de cáries; -inflamação das gengivas (gengivite); - inflamação do tecido ósseo subjacente (periodontite).

Embora não seja uma imagem agradável, é importante lembrar que a boca humana normalmente é colonizada por inúmeros microorganismos. Apenas na língua foram encontradas 92 espécies. Leia sobre os micróbios da boca em: http://drauziovarella.ig.com.br/artigos/microbiosboca.asp

Assim, portadores de doenças gengivais crônicas terão uma carga aumentada de microorganismos, estando mais sujeitos a outras doenças. Alguns estudos apontam também para a possibilidade de que, em virtude da proximidade, possa ocorrer contaminação da mucosa do nariz , agravando a rinite e a sinusite.

Recomenda-se portanto aos portadores de obstrução nasal crônica e de respiração bucal o acompanhamento com o alergista para controle da doença e consultas periódicas ao dentista. Dentes e gengivas saudáveis constituem base para alcançar uma vida saudável.

Como prevenir?
1. Escovar diariamente os dentes, pela manhã, ao deitar e após refeições.
2. Usar escova macia de cabeça pequena com cerdas da mesma altura.
3. Escovar dente a dente, usando a técnica: inclinar a escova (cerca de 45º em direção à gengiva) encaixando as cerdas no espaço entre esta e o dente, fazendo movimentos como se estivesse “varrendo” em direção à ponta do dente. Repetir o movimento escovando a parte externa, interna e a área de mastigação de cada dente.
4.Use o fio dental todos os dias, em especial antes de dormir.
5. Lembre-se de escovar a língua de modo a "varrer" para fora bactérias e restos de alimentos que nela ficam alojados.



Agradecemos a colaboração: 
Dra Cristina Mendes Marques
Dra Branca Esch Vieira

Comentários

  1. Puxa, nunca tinha pensado nisso, mas o que observo é que os meus filhos que tem problemas com a respiração, também tem problemas vez ou outra com gengivite.
    Foi um excelente alerta.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Anônimo4/3/08 23:53

    olá Aninha: essa foi a intenção, chamar a atenção para situações onde raramente se suspeita que sejam relacionadas. Obrigada pela visita e volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom...."a saúde começando pela boca"
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O corpo humano constitui um todo, onde órgãos e sistemas desempenham um papel harmonioso na conquista da saúde.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Postagens mais visitadas deste blog

Alergias e reações na pele causadas por plantas

A natureza nos presenteia diariamente com plantas e flores proporcionando uma festa não apenas para os olhos mas para todos os sentidos. A sua utilidade prática é indiscutível e múltipla, seja purificando o ar, seja servindo como alimento ou como base para construção de habitações, na manufatura de mobiliário, utensílios, cosméticos, medicamentos, entre tantas outras aplicações. Se apenas tivessem o papel de embelezar, já seriam fundamentais, aliviando a dureza do cotidiano e transmitindo paz numa convivência harmoniosa de longa data com o ser humano. Mas, em algumas situações, a pele pode desenvolver reações quando entra em contato com plantas e daí pode coçar, se tornar vermelha, apresentar uma erupção cutânea e até inflamar. Estas reações surgem pelo contato com a pele, algumas puramente por irritação direta e outras, por mecanismo alérgico. Até mesmo árvores podem produzir um eczema de contato alérgico, sendo o exemplo mais conhecido a Aroeira, uma árvore de madei

Dermografismo

A bolsa pesada marca o seu braço? A roupa apertada, a alça do soutien, o elástico da roupa faz você coçar e empolar? Atenção: pode ser dermografismo! Dermografismo é uma doença da pele que afeta cerca de 5% da população e que se caracteriza pelo aparecimento de coceira intensa em locais de pressão. Após o ato de coçar surgem “lanhos” vermelhos nas pele. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas – veja post sobre o tema neste mesmo Blog. No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien. O dermografismo faz parte de um grupo de urticárias deno

Pitiríase rósea

É uma doença conhecida desde 1860, quando foi descrita por Camille M. Gibert, sendo conhecida também como Pitiríase rósea de Gibert. Não se conhece exatamente a causa, mas parece que a hipótese mais viável é que seja ocasionada por vírus, como por exemplo, o vírus do herpes. Mas, é possível que dependa de uma tendência genética do indivíduo, o que seria um facilitador do aparecimento da doença. Questiona-se também outros mecanismos, envolvendo alguns tipos de medicamentos, autoimune, associação com outras doenças, etc. Fatores psicológicos ou estresse podem facilitar o aparecimento da doença, assim como alterações da imunidade e gravidez. Não é contagiosa. É mais comum em adultos, acometendo mulheres e homens, sendo rara em crianças pequenas e em idosos, ocorrendo preferencialmente na primavera e no outono. O maior problema é que sua evolução pode ser prolongada e durar de semanas a meses, assustando o doente. Em alguns casos pode recidivar, mas não é comum que aconteça Quadro c