01 dezembro 2007

Esporte e Asma




Quem disse que pessoas asmáticas não podem praticar esportes?
- É, mas durante anos se acreditou nisso e muitas crianças ficaram privadas de uma vida normal. Adultos que tiveram asma na infância lembram ainda hoje de muitas proibições, como: - criança com asma não pode tomar gelado! - Não pode andar descalço ou ficar sem camisa! - Não pode correr!
A origem do preconceito com as atividades físicas para asmáticos reside num fato verdadeiro: algumas pessoas portadoras de asma podem ter crises ao realizar alguns tipos de esforços ou de atividades esportivas. Por isso, para falar das atividades esportivas e asma, abordaremos 3 tópicos importantes:
1. A asma induzida pelo exercício
2. O esporte e o asmático
3. A natação
Asma induzida pelo exercício (AIE)
Chama-se de asma induzida pelo exercício (AIE) ao aparecimento súbito de sintomas de asma durante ou logo após um exercício físico vigoroso. Pode ocorrer em qualquer idade, sendo mais comum em crianças.
Os sintomas resultam do aumento de resistência e estreitamento das vias respiratórias variando desde tosse (que pode ser o único sintoma), até crises de falta de ar, cansaço, chiados no peito e, às vezes, acompanhados de dor no tórax.
Existem vários fatores que podem determinar a gravidade da AIE:
- intensidade e tipo de exercício,
- condições climáticas (piora em dias frios e secos)
- estado de hiperreatividade das vias respiratórias.
Nem sempre é fácil reconhecer a AIE, pois os sintomas podem ser confundidos com falta de preparo físico. Além disso, a piora dos sintomas ao fazer exercício pode não ser AIE mas sim o sinal de que a asma não está controlada. É importante lembrar também que uma obstrução de vias respiratórias após exercício pode ocorrer em outras doenças.
Citam-se ainda casos de pessoas que não sabiam que tinham asma e detectaram o problema ao ter sintomas após se exercitar vigorosamente.
A asma induzida por exercício pode ser controlada e não impede a prática esportiva. Se você tem sintomas ao praticar atividades físicas, consulte um médico especialista a fim de reconhecer e tratar o problema.

O esporte e o asmático
Por causa da limitação imposta pela doença, o asmático tende a desistir de praticar esporte, pois se sente inferior. Mas tecnicamente a asma não impede a prática esportiva, desde que esteja controlada.
É importante também respeitar a vontade da pessoa, seja criança ou adulto. Esportes aeróbicos são os mais recomendados aos portadores de asma: futebol, vôlei, natação, dança, ciclismo, etc. Crianças devem ser estimuladas a brincar livremente, correr, pular, andar de bicicleta, etc.
Cada um deve escolher o esporte que mais lhe agrada e a modalidade mais adequada à sua idade, capacidade física e ao grau de apresentação e controle de sua doença. A caminhada, por exemplo, é uma atividade simples, barata e de fácil execução, indicada quase sem restrições e que pode beneficiar muitas pessoas. A corrida, ao contrário, estimula a respiração pela boca, fazendo com que a pessoa inale um ar seco e frio, podendo induzir crises. O importante é que a pessoa faça uma avaliação com o médico especialista antes de iniciar a prática esportiva.
O tratamento da asma através de medicamentos e medidas adequadas, permite o controle da doença e uma vida normal ao seu portador. O esporte e a prática de atividades físicas regulares são partes integrantes do tratamento, além de contribuírem para a saúde física e mental tanto nas crianças como nos adultos.
Uma pessoa que esteja com bom condicionamento físico e respiratório, tenderá a ter uma melhor evolução e a lidar melhor com a asma.

A natação
Durante muitos anos a natação foi considerada como “esporte obrigatório” para quem tinha asma: muitos nadadores famosos iniciaram a prática do esporte porque eram asmáticos na infância.
É importante esclarecer que a natação é um exercício que traz benefícios incontestáveis para o asmático, como por exemplo o fortalecimento dos músculos respiratórios. Por isso, é indicada por muitos médicos às pessoas que têm asma.
Entretanto, é importante analisar cada pessoa antes de iniciar a prática da natação, pois em alguns casos, pode não ser benéfica ou até contribuir para a piora da doença.
A fisioterapeuta Tânia Nen aponta para este aspecto: por causa da deficiência pulmonar, o portador de asma tende a respirar de forma errada e forçada, contraindo em demasia os músculos da parte superior do tórax. O resultado dessa respiração incorreta, com o passar do tempo, é o aparecimento de deformações no tórax ou na coluna vertebral. Com isso, algumas pessoas podem evoluir com aparecimento de corcunda, desvios na coluna, aumento da curvatura na região lombar, ombros caídos, peito de pombo, peito escavado, depressão submamária, entre outros problemas. O ideal é que estas pessoas que já apresentam alguma deformidade, sejam avaliadas para que seja feita a correção postural antes de iniciar a natação. Após a correção do desequilíbrio muscular, a natação contribuirá sobremaneira porque que irá trabalhar a respiração e o alongamento.
Algumas pessoas acreditam que a natação tem o poder de curar a doença. Isto é falso: a asma é uma doença que pode se manifestar de formas que variam desde crises leves e quase imperceptíveis, até formas graves e ameaçadoras. Em algumas pessoas, a asma pode se manifestar na infância e depois reiniciar na idade adulta. Esta é uma das bases para esta crendice: algumas pessoas praticam natação, ficam sem crises e passam a relacionar o esporte como único responsável pelo desaparecimento da doença.
Outro ponto importante relacionado à natação é a capacidade de irritação do cloro usado nas piscinas nas vias respiratórias altas, o que pode ocasionar piora de sintomas de rinite e da alergia ocular com a prática da natação. Mesmo assim, a natação ainda é tida como um esporte adequado: auxilia no desenvolvimento da caixa torácica, da musculatura respiratória, da capacidade respiratória, contribuindo sobremaneira para o alcance do controle adequado da asma.

22 Dê sua opinião:

Denise disse...

Acho que todo asmático deve jogar futebol americano...

Equipe PGRJ disse...

Concordamos com você: todo asmático deve ser estimulado a praticar esportes. O importante é escolher o que gosta. Parabéns: você já encontrou sua preferência.

Evandro - Natal - RN disse...

Muito esclarecedor. Obrigado.

Clínica de Alergia PGRJ disse...

Evandro: Agradeço em nome da equipe da Clínica. Volte sempre.
Fatima Emerson

Aninha Pontes disse...

Muito esclarecedora a matéria.
Sempre aprendo mais, quando venho até aqui.
Estamos providenciando algum esporte para o Érickinho, ele está bastante forte, depois que veio respirar o ar do litoral. Ajudou bastante.
Agora quero um esporte prá ele.
Um beijo a todos vocês.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Olá Aninha: obrigado pela visita. Muita saúde para o Erick!

Anônimo disse...

Eu achava que futebol não podia,mas agora vi que pode.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Que bom: controle sua asma e bata sua bolinha tranquilamente! Obrigado por participar do nosso blog.

Anônimo disse...

Meu filho teve bronqueolite com 2meses 1/2, sempres resfriado com bronquite e hoje com 16 anos tem, renite, laringite e aspira FLUIR e OXIMAX todos os devido a uma tosse constnate e omnaris dois jatos pela manhã. Treina futebol de segunda a sexta no time de Resende, essa tosse é mais quando muda o tempo.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A asma é uma doença que pode se manifestar de formas variadas. Em alguns casos, a tosse é o único sintoma. A avaliação do especialista apontará o diagnóstico e a forma mais adequada de tratamento. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

Meu filho foi diagnosticado como asmático, pois sempre que apresenta tosse alergica, sendo sempre o único sintoma, começando simples e em cerca de 4 horas evolui para uma tosse seca que impede que ele consiga falar sem tossir, tenho que recorer a antialergicos (corticoides); ouvi dizer esse tipo de medicação é muito ofensiva para o organismo gostaria que alguém me esclarecesse se com esses sintomas é ou não é asma?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O parecer que solicita não pode ser emitido baseado apenas em seu breve relato, sem examinar seu filho pessoalmente. Mas, gostaria de fazer algumas considerações: 1) a tosse pode ser o únido sintoma da asma, sem chiados ou falta de ar aparente 2) o tratamento, da mesma maneira que na asma, não deve se limitar às crises. É importante manter um tratamento contínuo, a fim de poder controlar a doença e evitar crises.3) as medicações inaladas não são ofensivas ao organismo e permitem o controle da doença. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio de Janeiro, estaremos ao seu dispor na Policlínica.

Anônimo disse...

Me manda a bibliografia do site...urgente por favor !!
=D

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Este texto foi escrito baseado no nosso livro para médicos: Alergia Clínica Diagnóstico e Tratamento J B Magalháes Rios e equipe Segunda Edição. Editora Revinter,2007.

Anônimo disse...

Meu filho de 4 anos entrou em crise asmática a dois dias. Como se trata da primeira crise, não sei se hoje ele pode praticar futebol, dado o fato tão recente.
Gostaria de um esclarecimento a respeito.
Muito obrigada!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Se o seu filho ainda está com sintomas, não deve ir ao futebol. Assim que a crise for controlada, retornará às suas atividades, de acordo com a orientação do seu alergista. Gratos por sua visita.

Pedro Costa disse...

Por que tecnicamente a asma nao impede a pratica esportiva? E por que tambem TECNICAMENTE, as atividades aeróbias sao mais recomendadas aos asmaticos?
Muito boa materia, Parabens!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Pedro:1) para praticar esportes é preciso que a pessoa tenha sua asma controlada com o tratamento adequado. 2)Atividades físicas aeróbicas tem menor potencial de provocar sintomas de asma. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Eu tenho 12 anos minha asma e moderada e controlada sempre fui medicado com remedios muito eficientes e que vinham me ajudando muito , voce acha que devo continuar praticando futebol?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A asma moderada e bem controlada com o tratamento adequado não impede a prática do futebol. Peça ao seu alergista que oriente para que possa continuar jogando, sem problemas. Obrigado pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Quero sabe que tipo de esporte posso pra pratica,pois tenho asma e já uso o alieno ,mas gostaria de pratica algum exercício físico além da caminhada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A asma bem controlada não impede a prática de esportes. Mas a escolha do esporte varia em cada pessoa, de acordo com a idade, tipo de asma, grau de controle da doença, etc. Por isso, não é possível atender sua solicitação pela internet. O seu médico alergista é a pessoa mais indicada para indicar com segurança as opções de atividades físicas para seu caso. Gratos pela visita

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...