Pular para o conteúdo principal

Alergia a medicamentos


O consumo de medicamentos aumenta progressivamente ano após ano. Criados para resolver doenças, amenizar sofrimentos e contribuir para melhorar a qualidade de vida das pessoas, podem no entanto exercer também ações indesejáveis.
Dados da Organização Mundial de Saúde apresentados no seminário “Diálogo entre Saúde e o Direito” em 2006, apontam para o fato de que cerca de 50% dos pacientes tomam seus medicamentos de forma errada. Soma-se ainda o fato de que remédios são vendidos sem receita em grande parte das vezes, em balcões de acesso livre, sendo comum em nosso país a indicação de um sem número de curiosos, vizinhos, “comadres” e balconistas de farmácias.
Por tudo isso, não é de se estranhar que se tenha também um aumento das reações nocivas dos medicamentos. Nos Estados Unidos a quarta causa de morte nas emergências ocorre por reações adversas medicamentosas. No Brasil não há uma estatística exata, mas calcula-se que ¼ de pacientes hospitalizados sejam relacionados a estas reações.
Isto significa que não devemos usar remédios? Não, em absoluto. Significa sim que os medicamentos devem ser usados com critério e indicação médica a fim de que sejam aproveitados seus benefícios e minimizados os possíveis efeitos nocivos.
Antes de se falar na alergia aos medicamentos, é necessário entender que nem toda reação é alérgica. Por exemplo, alguns antialérgicos podem provocar sonolência, que é um efeito colateral bastante comum. É preferível portanto usar o termo Reação adversa para descrever qualquer reação inesperada que possa ocorrer em resposta ao uso de um medicamento. A alergia é apenas um dos tipos destas reações adversas.
Existem reações a medicamentos que são previstas, ou seja, já esperadas como resultante da ação do produto e que dependem da dose utilizada. Um exemplo clássico é a sonolência que pode surgir após o uso de alguns antialérgicos. Entretanto, existem ainda as reações imprevistas, ou seja, ocorrem apenas em algumas pessoas e não dependem da dose nem do efeito farmacológico da medicação. É neste grupo que se incluem as reações alérgicas.

Reações alérgicas a medicamentos (ou Reações de Hiperssensibilidade)
Ocorrem quando o sistema imunológico responde à medicação ou aos produtos biológicos que resultam de seu metabolismo. Para que a alergia ao medicamento ocorra, é imprescindível que a pessoa tenha tido um contato anterior com aquele medicamento. Por isso, a reação surge para medicamentos que a pessoa já usou uma ou diversas vezes, até mesmo durante anos, sendo impossível prever quem poderá vir a ter uma reação alérgica a medicamentos no decorrer de sua vida.
Ressalta-se que a história de outras pessoas na família que tenham alergia medicamentosa não influi na chance de que a você seja alérgico à mesma substância.

Sintomas mais comuns nas reações alérgicas a medicamentos:
As reações alérgicas podem variar desde sintomas leves e quase não serem percebidos até mesmo reações intensas e graves. As principais queixas são:
- Prurido ou Coceira, erupção na pele;
- Eritema ou vermelhidão da pele, Urticária;
- Edema da glote ou ainda a inchação de outras partes do corpo, como lábios, pálpebras;
- Sintomas respiratórios: falta de ar, chiados no peito;
- Cólicas intestinais;
- Choque anafilático (grau máximo de alergia) – que pode até matar.
As reações alérgicas ocorrem em geral minutos ou horas após a ingestão do medicamento.

Diagnóstico das reações alérgicas a medicamentos
- Nem sempre é simples diagnosticar uma reação medicamentosa, pois seu aspecto pode assemelhar-se e confundir-se com outras doenças. Por exemplo, alguns remédios usados na hipertensão arterial podem provocar tosse ou chiados, sintomas que habitualmente não são reconhecidos como conseqüência do uso de medicamentos.
- Só uma história clínica minuciosa pode identificar o medicamento responsável. Por isso, é importante fornecer-lhe informações completas sobre o uso de medicamentos: quando iniciou o uso? Quanto tempo depois o sintoma iniciou? Fazia uso de outros remédios (mesmo não prescritos por médico)?

Como ajudar na identificação do remédio:
- Relatar ao médico todos os remédios que faça uso, mesmo aqueles corriqueiros, de uso esporádico e aparentemente inocente, como por exemplo:
vitaminas, colírios, supositórios, óvulos ou cremes vaginais, homeopatia, etc.
- Existem poucos testes para os casos de alergia a medicamentos, como por exemplo na alergia a penicilina e anestésicos. C
onfie e siga a orientação do alergista.

Tratamento
- O tratamento ideal é afastar a causa, ou seja, suspender o uso do medicamento causador da reação. Em alguns casos pode-se substituir por outra medicação que possua eficiência equivalente mas com fórmula química diferente.
- Se os sintomas são discretos, não serão necessárias outras medidas terapêuticas. Entretanto, se os sintomas forem moderados ou graves, será necessário o uso de antialérgicos, corticóides etc. dependendo de cada caso.
- Ainda não estão disponíveis vacinas para tratar reações alérgicas medicamentosas.

Se você tem alergia de algum remédio:
- Procure um médico especialista em alergia.
- Informe-se sobre o nome do grupo químico ao qual pertence o remédio que provocou sua alergia. Muitas vezes o nome comercial é diferente mas o princípio ativo é o mesmo.
- Use um cartão de advertência ou tenha por escrito o nome dos remédios causadores de sua alergia.
Informe na escola, local de trabalho ou caso seja atendido em outras clínicas, hospitais ou serviços de emergência.

Não use nenhum medicamento sem orientação médica!

Comentários

  1. Após usar o diclofenaco de sódio e o paracetamol, apresentei reações alérgicas, urticária vermelhidão e inchaço pelo corpo. Minha médica afirmou q tenho alergia a antiflamatórios e analgésicos e que precisava fazer um teste de provocação de paracetamol, mas me disse q era arriscado. Devo mesmo fazer esse teste, qual o risco? Qual a melhor forma de confirmar uma alergia. Grata Ana

    ResponderExcluir
  2. Anônimo5/4/08 11:22

    Infelizmente não há teste para medicamentos. Sua médica está correta: o teste de provocação com o próprio medicamento suspeito também incorre em riscos. Uma vez que tenha alergia a um determinado medicamento, é importante evitar o uso deste medicamento, de fármacos da mesma classe e de fármacos de classes similares com potencial de reação cruzada. Existem várias medicações alternativas ao uso de analgésicos e antinflamatórios. Converse com a alergista sobre o caso.

    ResponderExcluir
  3. Semana passada tomei alguns remédios para gripe, como resfedryl, resfenol e gripeol. Hoje estou com vários eritema fixo bolhoso nos pés e nas mãos. As bolhas tem um diâmetro de 4 a 5 cm. E queimam muito. Já é a quarta vez q manifesta em meu corpo e cada vez a alergia vem se alastrando e mais agressiva. Já estou medicamentada, mas as bolhas continuam aparecendo. A médica pediu para continuar a anotar todos os remedios que precisarei tomar daqui para frente, pois posso ter alergia também a outras drogas. Não estou acreditando... Isto é verdade mesmo? Pensei que estaria livre a partir de hoje, já que a alergia foi causada pela droga PARACETAMOL e mesmo prometendo para mim q nunca mais tomarei esta droga.

    ResponderExcluir
  4. O tratamento das reações adversas medicamentosas se baseia no diagnóstico preciso. Infelizmente, até hoje, não existe teste ou vacina específica. Por isso, a análise do especialista é fundamental para sua orientação. A nossa equipe médica está ao dispor na Clínica de Alergia PGRJ. Caso more fora do Rio, consulte a lista de especialistas em Alergia e imunologia no site da ASBAI: www.sbai.org.br Obrigado pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pelo retorno breve. Consultei a lista de especialistas em Alergia e imunologia no site da SBAI e consta o nome do alergista que fui no terceiro episódio. Este alergista me encaminhou para dermatologista, pelo estado avançado da alergia. Fui medicada pela a dermatologista e pelo exame de biopsia constatou alergia medicamentosa. Isto foi em Abril. Retornando neste ultimo episódio na mesma dermatolgista e já medicada com a receita q ela já tnha me passado se aparecesse novamente as bolhas ela disse que não precisaria fazer novamente a biópsia, já que os sintomas foram os mesmos anteriores, e que era para continuar tomando o remedio nos horarios corretos e me deu 7 dias de atestado. Portanto já fizeram 3 dias completos que já venho tomando 2 capsulas de predinisona de 20mg após o café da manhã, meia capsula de hidroxine 25mg de 12 em 12 horas, 1 capsula de amoxilina + clavulanato de potassio de 500mg + 125mg de 8 em 8 horas e aplico garamicina duas vezes ao dia nas partes lesionadas e não estou sentindo melhoras ou alívio. Gostaria de saber a partir de qual dia que sentirei melhoras, pois estou chorosa com as dores que estou sentindo. Estou tendo o tratamento correto ou hoje já posso ligar para a dermatoligista e informar do estado do tratamento?

    ResponderExcluir
  6. Medicamentos para gripe podem provocar reações cutâneas graves, de resolução lenta e difícil. É importante que comunique ao seu médico a resposta ao tratamento ou se surgiram novas lesões pois a resposta ao tratamento é muito individual. O seu médico é a pessoa mais indicada para orientá-la pois está acompanhando sua evolução, examinou a lesão na pele e conhece seus dados clínicos. Abraços e votos de melhoras.

    ResponderExcluir
  7. Tenho 30 anos e passei a apresentar reação alergica a certas medicações desde os 18 anos de idade. As reações são as mais severas possíveis. Falta de ar, aumento da pressão arterial, desmaios, desconforto toracico e outras mazelas... Já falei com vários médicos e nunca tive um esclarecimento claro sobre o teste alérgico medicamentoso. Sofro muito pois aprendi a suportar dor.
    Não faço uso de medicação nenhuma. Quando insisto em tomar alguma coisa, apresento a reação e se não achar um atendimento rápido pode ser fatal.
    O que qu leio sobre o teste nunca me dá confiança para fazer e obter um resultado seguro.

    ResponderExcluir
  8. Dany: infelizmente não existe um teste preciso que sirva para a alergia a todos os medicamentos. O alergista irá definir e orientar uma medicação alternativa baseado nos dados clínicos que você fornece ao contar sua história e no exame físico que realiza. Mas, uma orientação adequada pode evitar as reações medicamentosas. A nossa equipe está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  9. Olá tenho 35 anos e apresento reação alérgica a todos os medicamentos que tento usar antes dos meus 20 anos era raro quando ocorria hj com um simples luftal incolor eu tenho alergia tudo que uso é junto com anti histaminico,existe cura que doença é essa? Li

    ResponderExcluir
  10. Amigo: o primeiro passo é definir se a reação que têm aos medicamentos é de origem alérgica ou não. Infelizmente não há cura para reações medicamentosas, mas há como orientar o uso de medicações alternativas. Aconselho que procure um alergista para orientá-lo. A nossa equipe está ao dispor na Clínica de Alergia PGRJ. Caso more fora do Rio, consulte o site da ASBAI (www.sbai.org.br) que disponibiliza uma lista de alergistas em várias cidades do Brasil.

    ResponderExcluir
  11. Sou alergica avarios medicamentos nao sei mais o que fazer...
    Minha primeira alergia foi aos 16 anos,com o medicamento Feldene depois veio bezetaci,tapazol.propiltiracil.cefalexina da rosa,tamaril,cha de sene ja estou perdendo a esperança de ser normal hj tenho 38 anos e luto sem sucesso...Agota meu medico prdiu uns testes para me dar vacina mas nao to acreditando muito que vai resolver.
    Hoje mesmo to com dor de garganta mas tenho medo de ir ao medico....Minha ultima crise alergica me deixou tao feia que tinha medo de olhar no espelho,incha a boca e os olhos fico igual um monstro...Gostaria que tivesse um tratamento pra isso sofro muito com isso.
    Obrigado pela oportunidade.

    ResponderExcluir
  12. Eleni
    Infelizmente não é possível emitir o parecer que deseja através deste aconselhamento por e-mail.Mas, gostaria de fazer algumas considerações.
    1- A reação aos remédios nem sempre é alérgica.
    2- As reações alérgicas são imprevisíveis e dependem de uma tendência da pessoa.
    3- Existem reações muito semelhantes à alergia, nas sem mecanismo alérgico envolvido ( sem participação de anticorpos ou de células imunes).
    Aconselho que procure um Serrviço especializado no atendimento de alergias para que se possa investigar seu caso e indicar uma orientação adequada

    Obrigado pela visita ao Blog da Alergia

    ResponderExcluir
  13. boa tarde !!!
    meu esposo tem alergia ha varios medicamentos , o unico medicamento q pode tomar e o tilenol , qualquer outro q venha tomar ele incha os olhos por exemplo , outro dia andou tomando umas e chegou em casa bebado , dia seguinte estava com dores fortes cabeça e olhos inchados , gostaria de saber se a bebida , cerveja entre outros e prejudicial no casao dele ??
    dese já agradeço ..

    ResponderExcluir
  14. Peço sua compreensão, mas para responder sua pergunta é essencial conhecer mais detalhes clinicos sobre seu esposo. Lembro que medicamentos do tipo "Engov" , "Sonrisal", etc usados para combater a ressaca também possuem analgésicos, podendo complicar o caso. Sugiro que leve seu esposo a um alergista. Estamos ao seu dispor na PGRJ.

    ResponderExcluir
  15. Como poderemos saber se uma reação a um medicamento é um caso de alergia ou não ?

    ResponderExcluir
  16. Marli: o médico avalia cada caso e orienta seu paciente, em acordo com sua história clínica e exame físico.Não há um teste ou exame que seja definitivo para diagnóstico da alergia aos medicamentos. Obrigado por sua visita.

    ResponderExcluir
  17. Estou tomando tapazol e propanolol e estou apresentando pequenas erupcoes na parte inferior da perna tipo picada de inseto e nos ombros tambem. Pode ser uma reacao alergica.

    ResponderExcluir
  18. Regiane: infelizmente não é possível responder sua dúvida sem examinar pessoalmente. Lesões na pele têm que ser examinadas e analisadas em conjunto com os dados clínicos do paciente. Aconselho que procure um alergista. Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  19. Olá, apresentei reação alergicaa amoxilina durante umainfecção de garganta. apesarde diser ao médico q j´pa havia tido sintomas na infancia ´por causa do aontibiótico o mesmo mereceito amoxilina e tive urticarias e mta coceira.

    Ele me medicou com corticorten, edisse q eu devo tomar três comprimidos ao dia. Gostariade sabersenão será muito dosagem ou se não posso estar tendo reação ao proprio corticorten.
    grato

    ResponderExcluir
  20. Gostaria de poder ajudar, mas infelizmente não há como responder seu questionamento baseado apenas no seu breve relato e sem examinar pessoalmente. Para afirmar se a dose está correta seria necessário saber a dose de cada comprimido, por quantos dias foram prescritos, além de examinar sua pele para julgar a intensidade de sua urticária. Aconselho que retorne ao seu médico ou peça uma segunda opinião. Obrigado pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  21. ola, estou tomando Prednisona,para alergia, porem no meio do tratamento tomei comipramina para ejaculaçao precose, como isso, quero saber se essa pratica prejudica no meu tratamneto da alergia será que provocará reaçoes adversas ?grato

    ResponderExcluir
  22. A medicação citada (cloridrato de clomipramina) pode ser usada também para tratamento da depressão. Nestes casos, o uso associado da prednisona pode interferir no controle da doença. No seu caso, onde a indicação é o tratamento da ejaculação precoce, não há relato de interferência significativa.Obrigado ela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  23. ESTAVA UTILIZANDO UMA MEDICAÇÃO PARA PERDER PESO DESOBESE-M APOS ALGUMAS SEMANAS SAIU MANCHAS VERMELHAS QUE COSAVAM ,QUEIMAVAM E DESPELAVA FIU A DERMATOLOGISTA ELA FALOU QUER ERA ERITEMA PIGIMENTAR FIXO POIS AS MANCHAS FFICARAM ESCURAS E NÃO SARIRAM DA PELE O MEDICO TROCOU A MEDICAÇÃO POR SUBITAMINA APOS ALGUNS DIA DO TRATAMENTO SAIU UNS CAROS QUE COSAVAM MUITO E SUSPEDI E PAREI O REMEDIO OS CAROCOS VIROU MANCHINAS ESCURAS TAMBEM COMO FAÇA PARA TIRAR ESSAS MANCHAS DO CORPO ? SERA MESMO QUE E ALERGIA A MEDICAMENTOS
    loi.matos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  24. Peço sua compreensão, mas não é possível atender sua solicitação através de aconselhamento por e-mail. Para orientar um tratamento para suas manchas na pele e para confirmar um diagnóstico de alergia a medicamentos, é necessário examinar pessoalmente.Aconselho que retorne à consulta com sua dermatologista e peça uma nova orientação. Converse com ela sobre a necessidade de encaminhar seu caso para o parecer de um alergista.

    ResponderExcluir
  25. ontei a noite por volta das 18;10 tomei um comprimido para tirar ador de dente ,diclo p.quase morri fui salvo pelos paramedicos da rodovia 381.tive os labios,olhos,rosto deformado e glote fechou,tive sorte do socorro.o que me aliviou foi o oxigenio e a enjesão de fernegan.tenho asma,rinite e sabia que era alergico apenicilina.

    ResponderExcluir
  26. A alergia a medicamentos costuma chegar de surpresa, pois não surge da primeira vez em que utiliza um determinado remédio. Aconselho que procure seu alergista para uma nova orientação e conduta. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  27. Oi outro dia tomei dipirona inchou o meu olho passado alguns dias tomei novamente e nao inchou sera que tenho alergia . coristina d e voltarem tambem

    ResponderExcluir
  28. Infelizmente não é possível ajudá-lo via internet. Somente através de uma consulta médica será possível estabelecer o diagnóstico de sua provável alergia a medicamentos. Você deve realizar uma consulta médica com um alergista.

    ResponderExcluir
  29. Tenho alergia a medicamentos como: dipirona,derivados de ina, analgésicos e antiflamatórios. Eu queria saber se isso tem cura. E qual o tratamento adequado?

    ResponderExcluir
  30. Anônimo2/4/10 20:07

    Sou alergico a medicamentos do tipo: derivados de ina, analgésicos. antiflamatórios, dipirona tec.
    Qual o tipo
    Já fiz teste e foi detectado alergia a este medicamentos citados acima. Isto tem cura e qual o tratamento devo fazer?

    ResponderExcluir
  31. Gerson e amigo anônimo: a alergia a medicamentos não tem cura. Mas, existem remédios alternativos seguros para uso. O alergista analisará os dados clínicos e fará a orientação de acordo com cada caso. A nossa equipe médica está ao dispor na Policlínica Geral do rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  32. Anônimo2/4/10 22:21

    oi gostaria de saber o nome do teste que faz para quem tem alergia a medicamentos.

    ResponderExcluir
  33. A alergia a medicamentos é diagnosticada clínicamente pelo médico especialista. Testes são limitados para determinados tipos, como por exemplo, penicilina, alguns anestésicos, entre outros. Não há um teste que sirva para qualquer tipo de medicamento. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  34. Tomei Tandrilax e tive reação alérgica, coceira nas mãos e pés, a 15 anos atrás, tomei diclofenaco de sódio e tive o mesmo sintoma, tenho 34 anos, sexo feminino, minha pergunta é, qual relaxante posso subistituir, pois tenho dores nas costas, Grata.

    ResponderExcluir
  35. É possível substituir a medicação, mas para isso é essencial fazer uma consulta médica pessoalmente. Estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  36. Minha filha tomou cefalexina de uso oral, para combater infecção de feridas na cabeça por causa de piolho, só que no final do tratamento de 7 dias ela está cheia de bolinhas no corpo e reclamando de enjoôos, o que devo fazer ?, esses sintomas podem desaparecer sozinhos ou devo levá-la ao médico

    ResponderExcluir
  37. Aconselho que leve sua filha para atendimento médico a fim de que seja feito o diagnóstico e assim possa indicar tratamento adequado. Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  38. Sou alergico a medicamentos como: dipirona,derivados de profenid,antiflamatórios.
    estou com o joelho inchado,o ortopedista enfaixou e recomendou repouso.
    para tirar o inchaço meu madico recomendou colocar gelo, pois não sabia indicar um antiflamatório,vocês poderiam dizer algum para que eu possa falar ao meu medico.
    desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  39. Compreendo sua preocupação e gostaria de poder ajudar,mas infelizmente não há como atender sua solicitação através de aconselhamento por e-mail, sem analisar seus dados clínicos de forma minuciosa. Não existe um medicamento que sirva para todos os alérgicos. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar o caso e prestar maiores esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  40. tenho reações alergica a medicamentos para gripe, resfriados,analgesicos, acido acetil salicilico,paracetamol e tb., mofo e bolor...tem sido mto dificil, como tenho endometriose todos os meses minha vida se transformou num inferno de dores, pois sempre preciso optar entre as fortes colicas ou os caroços na cabeça,pescoço e orelhas devido a ingestão de medicamentos para dor... o que eu faço? qual medicamento posso tomar? me ajudem!

    ResponderExcluir
  41. Andrea: é possível controlar a dor com remédios que não provocarão alergia. Mas, para prescrever é essencial avaliar pessoalmente. Cada pessoa é única e não existe uma medicação padrão que sirva para todos. Por isso, aconselho que procure um alergista. A nossa equipe médica está ao seu inteiro dispor. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  42. ESTOU TOMANDO PREDNISOLONA,NO MOMENTO,MAS ESTOU COM DOR DE CABEÇA,EU POSSO TOMAR PARACETAMOL?

    ResponderExcluir
  43. O parecer que solicita não pode ser emitido através de aconselhamento por e-mail. Não podemos prescrever através da internet: sugiro que faça contato com seu médico. Contamos com sua compreensão. Gratos pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  44. Ola meu nome e beatriz tomei a vacina da rubéola dois dias depois comecei a ter uma urticária terrível uma erupção na pele fui ao medico do SUS não souberam me dizer o que eu tinha falaram q não tinha cura etc..esse ano conversando com um amigo fiquei sabendo q o filho dele teve a mesma coisa mas tomou 3 injeções e hj esta curado gostaria de saber se posso ficar boa tbm...e como posso entrar em contato com vcs

    ResponderExcluir
  45. Beatriz: peço sua compreensão, mas não há como emitir um parecer sobre seu caso sem examiná-la pessoalmente. A Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro atende sem hora marcada, em ordem de chegada. Funcionamos de segunda a sexta feira, pela manhã de 8 às 10:30 e à tarde de 13 às 16 horas. Por favor, ligue para (21) 2517 4206 ou 2210 2810, fale com a nossa secretária Vanessa e informe-se sobre mais detalhes. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog

    ResponderExcluir
  46. Quando uso dipirona sádica, diclofenaco de sódio ou potássio, meus olhos incham ao ponto de não ver nada e isso demora uns 03 ou 04 dias para passar após tomar antialérgico. Qual a formula que não posso ingerir? não tomo nenhum remédio com medo até mesmo receitados pelo médico pois eles parecem não acreditar no que falo.

    ResponderExcluir
  47. De modo geral, o portador de alergia com dipirona e diclofenaco não deve ingerir derivados de pirazolona, ácido acetil salicílico e antinfalatórios não hormonais. Aconselho que procure um alergista para que possa ser orientado das opções de tratamento alternativo para seu caso. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  48. Boa tarde,
    tenho alergia a quase todos os medicamentos, exceto o allegra e predisin. Preciso fazer um canal e estava muito preocupada, então resolvi ir numa alergologista e ela disse que para meu caso não tem solução. Contei todo o meu histórico, mas ela me deixou muito triste ao dizer que não havia nem testes, nem exames. Entretanto, inconformada estou fazendo pesquisas sobre o assunto, não sabia que se tratava de algo tão sério. Ainda não acredito que não tenha algum medicamento que possa curar um dor no meu caso. Estou enviando esta mensagem para que vocês me dêem uma notícia boa! Muito obrigada! Juliana

    ResponderExcluir
  49. Juliana: é possível orientar uma forma de controle bem cimi indicar medicamentos alternativos para sua alergia medicamentosa. Contudo, a informação dada pela alergista é verdadeira: não há um teste ou exame específico para diagnosticar a alergia a medicamentos. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.
    Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  50. Oi gostaria de saber se vocês podem me ajudar.
    De uns tempos pra cá na pálpebra inferior do meu olho esquerdo aparece uma bolinha tipo picada de mosquito. E ela vai aumentando , como se estivesse espalhando e fica um pouco inchado. É sempre no mesmo lugar e depois desaparece. Coça um pouco tb. To suspeitando de alergia a comida ou remário.Mas já aconteceu umas 8 vezes e não encontrei um padrão , algo especifico que como ou tomo e que possa ser o causador. Será que pode ser alergia mesmo?

    ResponderExcluir
  51. Camila: os dados que relata não são suficientes para uma conclusão: aconselho que busque um alergista. A nossa equipe está ao seu dispor na Policlínica do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  52. Parabéns pelo blog, sou super alérgica a aas, dipirona,paracetamol, analgésicos e antiflamatórios, antibióticos, tenho inchaço instantâneo nos olhos, lábios, e garganta, quase morro,já consultei alergista ela disse que eu tenho que tatuar rrrssss,andar sempre com um papel no bolso de aviso ATENÇÃO SOU ALÉRGICA A MEDICAMENTOS.

    ResponderExcluir
  53. Obrigado por seu depoimento, Angela. Caso precise, estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  54. Wellington Souza4/3/11 11:45

    Olá, bom dia.
    Desde minha adolescência, percebi que sempre que prescrito diclofenaco de sódio por alguma situação que preciso tomar, meus olhos incham. Isso ocorreu das três vezes que médicos prescreveram pra mim num espaço de dez anos.
    Isso seria um caso para verificar se tenho alergia ao medicamento ou já é um indicio que comprova que tenho a alergia?

    Obrigado e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  55. Wellington: é provável que você seja portador de alergia ao medicamento. Aconselho que procure um alergista pois este tipo de alergia costuma se acompanhar de reação a outros analgésicos e antinflamatórios. O alergista orientará medicamentos alternativos e seguros para substituí-los. Agradecemos sua visita e seu incentivo ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  56. Anônimo8/4/11 12:57

    Bom dia,
    Bom, eu percebi que toda vez que tomo dipirona, anador,AAs, e outros os meus olhos incham muito, tudo começa com umas bolinhas na parte inferior das pálpebras, e vai aumentando até não poder quase não abrir os olhos, só que de uns tempo pra cá alguns medicamentos que eu constumava tomar tbm causa esse tipo de reação como por exemplo (ponstan,diclofenaco sódico...), e eu não sei qual é em especifico a formula que tenho alergia? gostaria de saber sua opinião a respeito,

    Desde já agradeço .

    - Parabens pelo Blog!

    ResponderExcluir
  57. O alergista poderá orientar medicações para uso seguro, mas esta orientação não é padronizada. Cada pessoa receberá uma orientação específica:procure um alergista. Caso more no Rio, estamos ao dispor.

    ResponderExcluir
  58. Boa Noite,
    Gostaria d um esclarecimento,a dois meses tive uma reação alergica q os medicos disseram q forá por da carbamazepina(Farmacodermia).Estou me tratando com predinisona + sempre q paro o tratamento nascem bolhas em meus pés e mãos e o meu corpo coça.Quando tive a farmacodermia fiquei internado estou indo a um dermato + ainda não fui a um alergista.GOSTARIA DE SABER SE O TRATAMENTO É DEMORADO ASSIM MESMO,POIS ESTOU FICANDO COM MEDO,TENHO DEPRESSAO E O MEDO TEM ME PARALIZADO.
    Obrigado
    Nell Lemos

    ResponderExcluir
  59. Nell: gostaria de poder ajudar, mas não há como afirmar como evoluirá seu tratamento sem ter um diagnóstico preciso sobre seu caso. Aconselho que converse com seu médico, exponha sua preocupação e seus temores para que ele possa orientá-lo. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  60. Senti dor na coluna, procurei o hospital onde o médico receitou diclofenaco, e em seguida tive grandes reações tais como: coceiras, fiquei toda dormente, minha língua parecia crescer e engrossar onde não conseguia falar, tive dores terríveis de estômago e cólicas e tive que ir para o balão de oxigênio. Qual o porque de tudo isso?

    ResponderExcluir
  61. É provável que tenha sido uma reação alérgica ao diclofenaco. A reação ao diclofenaco costuma se acompanhar também de reação a outros antinflamatórios e analgésicos. Aconselho que procure um alergista para orientar a melhor conduta e evitar assim novos quadros semelhantes a esse no futuro.Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica RJ. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  62. Anônimo5/5/11 10:43

    oi tenhho 18 anos e depois de ter enalado o que nao erra pra ter inalado um quimico pelo naris foi um lolo que enalei depois de ter feito isso minha boca começou a inchar i inchou muito eu fiquei orivel e depois disso quando eu tomo remedio o diclofenac a dipirona ou ate mesmo quendo eu bebo eu fico toda inchada e nao erra assim prq eu bebia e tomava esses tipos de remedios e nunca tinha acontecido isso mais depois que eu fis essa burada minha vd acabou pois passei pelo medico a alguns dias atras ele mim encomendou um remedio o zina i agora nao consigo parar de tomar pois só consigo ficar um dia sem tomalo e quando eu nao tomo eu fico toda inchada e fico já pra enlouqueser de tanto mim cosar as vesses ate já mim ferir de tanto mim cosar quando isso acontece eu so volto ao normal depois de passar horas e horas na fila de um hospital pra tomar fernegam e ela doi muito e im deixa lesada e com muito sono ...alguem mim ajuda porfavor eu juro que nao usso mais besteira só mim ajude a solucionar esse problema na minha vd pois só assim poderei viver em paz

    ResponderExcluir
  63. É possível tratar sua alergia e orientar alternativas seguras de alagésicos. Mas, para isso é preciso uma consulta médica tradicional. Aconselho que procure um alergista. Se você mora no Rio de Janeiro, poderá nos procurar na Clínica de Alergia da Policlínica. Gratos por sua visita ao nosso blog

    ResponderExcluir
  64. OI, BOA NOITE TENHO 26 ANOS, UNS 2 MESES ATRAS TINHA TOMADO ATROVERAN E DEPOIS DE UMA SEMANA EU FIQUEI TODA ENPOLADA PARECENDO BROTOEJA, FIQUEI ASSIM MAIS OU MENOS DUAS 2 SEMANAS,SAROU,MAS AGORA COMECEI APRESENTAR UMAS COCEIRA QUE CHEGA ME DA COLOMBO NO CORPO, EU ACHO QUE POSSO TA COM ALERGIA A SODIO, FIQUEI ASSIM DEPOIS QUE COMECEI A COMER MUITO MUITO O BISCOITO CLUBE SOCIAL, O QUE VCS ACHAM?

    ResponderExcluir
  65. Os dados que envia não são suficientes para que se possa afirmar a causa de sua alergia. É pouco provável que a causa única seja o biscoito. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica RJ.

    ResponderExcluir
  66. olá tenho alergia a diclofenaco de potássio, as vezes faço uso do diclofenaco de sódio.

    ResponderExcluir
  67. Pessoas alérgicas não toleram nem quantidades mínimas do medicamento causador da alergia. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia.

    ResponderExcluir
  68. Boa noite!
    Eu tomei um antiinflamatório, que já havia tomado anteriormente, mas nunca tive reações alérgicas. E dessa vez eu tomei entre 8 a 9 dias, 2 comprimidos por dia e comecei a ter muita coceira, foi aumentando. Eu suspendi o uso do remédio antes de ontem, mas a coceira continua. É possível que seja alergia mesmo? eu parei de usar o remédio e a coceira continua, isso é normal? Eu li que o estresse pode até ajudar a ter reações alérgicas, mesmo que não tivesse apresentado antes, isso é verdade? Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  69. Os dados que envia não são suficientes para se fazer um diagnóstico. É provável que tenha sido uma reação de alergia medicamentosa, mas é essencial avaliar seu caso pessoalmente. Fatores emocionais podem agravar sintomas de uma alergia, mas não são a causa da doença. Aconselho que procure um alergista. Agradecemos sua visita e colocamos nossa equipe ao seu dispor na Policlínica RJ.

    ResponderExcluir
  70. Anônimo2/6/11 01:33

    jones.me encontro com um grave problema de alergia
    a alguns medicamentos;dipirona,acido acetil salici
    lico,paracetamol,etc.fiz um teste anti-alegico.
    valor cinquenta reais.não foi bom,p/fiquei sabendo
    quais os medicantos que não posso tomar.............
    jaão pessoa/pb
    que o Senhor Jesus nos abençoe.

    ResponderExcluir
  71. Você tem toda razão, Jones: é muito importante que o próprio paciente saiba os cuidados a tomar e os remédios que deve evitar já que não há como curar a alergia aos analgésicos e antinflamatórios. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  72. Anônimo2/6/11 11:18

    Sou uma pessoa não muito a favor de ingerir remédios, prefiro os caseiros, porem quando é necessário em alguns casos tomei um ATROVERAN (pírula) e me deu uma grande alergia. Meu corpo ficou muito vermelho com coceiras fortes e algumas bolhas pequenas, a dor só foi passar depois de 2 horas, isso também ocorreu com o medicamento NOVALGINA (pírula). Gostaria de saber se o fato de ser pírula foi o que causou a alergia pois estou com trauma com medo de tomar remédios. Andrea Sampaio-São Paulo

    ResponderExcluir
  73. Andrea: analgésicos e antinflamatórios podem ter características químicas semelhantes fazendo com que uma pessoa alérgica tenha reação com vários tipos de medicamentos. Aconselho que procure um alergista para orientá-la. Aconselho que visite o site da ASBAI (www.asbai.org.br) e localize um especialista em S Paulo para orientar seu caso.Obrigado pela visita.

    ResponderExcluir
  74. Ola amigos me ajudem.Meu bebê de 1anoe 5 meses estava tomando SINOT CLAV para curar uma gripe forte com muita secreção e teve uma reação alérgica a medicação.Foi levado para a emergência e lá ele tomou FERNEGAN injetável e o médico receitou HIXIZINE para tomar só no outro dia .Liguei para a pediatra dele e ela disse que ele tinha de tomar o PREDSIN também Agir certo? Fiz o que ela me mandou.Grata desde já pela resposta

    ResponderExcluir
  75. Aline e Jamil: siga a orientação da pediatra do seu filho. O uso do corticóide (Predsim) é importante para controlar as reações medicamentosas mais intensas, em associação com o antihistamínico (Hixizine). Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  76. Anônimo4/8/11 17:10

    a minha filha de 5 meses esta a 4 dias tomando amoxicilina para uma otite agora apareceu bolinha sobre a pele pode ser uma alergia ao remedio oque faço

    ResponderExcluir
  77. Peço sua compreensão, mas não há como afirmar se é uma alergia ao medicamento sem examinar sua filha pessoalmente. Aconselho que entre em contato com o pediatra que trata dela. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  78. Olá, amigos, espero que possam me ajudar ou me orientar, já faz uns três anos mais ou menos que não posso tomar nenhum tipo de medicamento, que está me dando reação alérgica. Não importa o remédio que tomo, as reações aparecem. A alergia ataca principalmente a face. Já fui em um alergologista e ele me disse que ñ temo que fazer. Preciso de uma luz, pois nessecito procurar um médico para tratar de alguns probleminhas, mas quando falo o que os medicamentos estão me fazendo mal, eles dizem que não tem oq fazer. Vocês poderiam me orientar.

    ResponderExcluir
  79. Meu filho esta com sinusite,ele esta tomando PREDNISOLONA E usando SORINAM,e esta com dor;posso dar paracetamol ou tylenol a ele??????????

    ResponderExcluir
  80. Os dados que envia não são suficientes para que possamos afirmar se está indicado o uso do paracetamol. Aconselho que entre em contato com o médico alergista que trata dele para que a oriente. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  81. Compreendo sua preocupação, mas peço sua compreensão: não há como emitir um parecer sobre seu caso através de um aconselhamento por e-mail. O diagnóstico de uma alergia medicamentosa só pode ser feito após análise minuciosa dos dados clínicos e de examinar pessoalmente as lesões cutâneas, bem como realizar testes nos casos indicados. Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  82. Olá, bom, há exatamente 1 mês, tomei diclofenaco potassico, e tive uma crise séria de alergia, com urticarias pelo corpo, que pioram quando eu durmo, pelo atrito. Fui a uma alergista que me indicou 2 medicamentos(cetirizina e fexofenadina) e a alergia cessou, porém, com o fim do tratamento ela ressurgiu, e a cada dia está mais forte. Ela me aconselhou a esperar até o fim de setembro, quando completa 2 meses do começo da reação, para poder investigar a causa, se ter certeza que a reação é do diclofenaco mesmo(foi a unica medicação tomada, e no dia seguinte a ingestão,tive a reação)mas é normal que dure até um mês??? ou mais tempo??? Como proceder neste caso, pois já não aguento mais, está me causando transtornos, mal consigo dormir, e esta só piorando, apesar do passar do tempo....Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  83. Infelizmente não há um teste específico na alergia a medicamentos. Existem diversos mecanismos pelos quais o diclofenaco causa a reação alérgica e algumas tem mesmo uma duração prolongada. Mas, se não está havendo melhora, aconselho que retorne à sua alergista para orientar seu caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  84. Bom uma vez eu tomei um remdio para dor de garganta ( diclofenaco ) generico do generico e não demorou 10 minutos comecei a ter reaçoes como garganta inchanda, dificuldade em respirar, vista embaçada, tremedeira, perdi a conciencia, corri direto no pronto socorro me deram adrenalina para mim ficar estavel, dps disso nunca mais tomei remedios nem anador que era de custume, ou benegripe num tomei mais nada. agora estou com problemas sobre bacterias nas partes intimas. oo medico me deu antibioticos, eu expliuei meu caso para ele, ele me disse se eu tiver reações eu vou saber quando tomar, to com medo de tomar o remedio mas eu preciso, corro o risco de ter mais uma vez essa reação. lembrando dps que tive as reaçoes fiquei com sisma e sempre pareço estar com elas ainda, fiquei traumatizado, ignore o meu portugues que eh ruim de mais. obrigado

    ResponderExcluir
  85. Maykon: a alergia a analgésicos é trabalhosa pois costuma incluir muitos medicamentos como dipirona, acido acetil salicilico e antinflamatórios não hormonais. Por isso, é necessário conhecer seu histórico clínico para poder indicar qual a medicação que poderá ser usada com segurança. Aconselho que procure um alergista para analisar seu caso e orientar adequadamente. Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica Geral RJ.

    ResponderExcluir
  86. Queria saber se a urticária tem cura ? Eu estou com manchas vermelhas, nos braço e na pernas, costas, barriga, e coça, isso tem cura ?

    ResponderExcluir
  87. Gostaria de saber o valor da consulta, pois tenho alergia medicamentosa a inumeros medicamentos e reações variadas.

    E gostaria de saber o que choque anafilático? Pois dizem que eu tive isso, minha garganta inchou e não conseguia respirar, é isso que é choque anafilático?

    Desde já grata.

    ResponderExcluir
  88. Choque anafilático é o grau máximo da alergia, quando os sintomas atingem vários órgãos e sistemas, num quadro grave que envolve: sensação de mal estar, transpiração, palidez, falta de ar, sudorese abundante, coceira generalizada, náuseas, vômitos, dor abdominal, queda acentuada da pressão, perda dos sentidos, numa reação grave, necessitando atendimento em hospital. Para se informar sobre a Clínica de Alergia, peço que ligue para (21) 22102810 ou 25174206 e fale com a Cleuza , de segunda a sexta de 8 às 16 horas. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  89. isto é um desabafo!!!!estou com muito medo de morrer porque tenho alergia a analgesicos, antiflamatorios, medicamentos para febre,antipertensivos.estou desesperada!!!a medica disse que nao há tratamentto , nenhuma vacina para tratar.o que que eu faço?

    ResponderExcluir
  90. É verdadeiro que não há uma vacina para a alergia a medicamentos. É possível substituir por medicamentos alternativos e seguros: o médico alergista orientará seu caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  91. Luzia Barbosa13/9/11 13:01

    Olá, estou precisando de uns esclarecimentos médicos, que apesar de saber que vocês não darão consulta assim, acho que podem ajudar-me.Tenho 42 anos e até 2003 nunca tinha tido nenhuma reação alérgica, até que tive uma cólica intestinal e tomei buscopam por conta própria, tive inchaço no rosto e falta de ar,fui ao hospital e o médico que me atendeu foi o mesmo que fez meus dois partos anteriormente(1996 e 2000) ele disse-me que tinha ministrado esse mesmo tipo de remedio nesses períodos e não tinha acontecido nada de reação. O fato é que desde então fiquei sabendo(só utilizando) que tenho alergia a vários medicamentos que cheguei à conclusão que são os tipos analgésicos,anestésicos,antibióticos e antiinflamatórios(sulfas).Pois na minha cidade não tem médico alergista. Bom, depois de muito escrever, peço que esclareça-me(esqueci de falar, desde essa alergia fui diagnosticada como asmática)Quero saber se essa reação alérgica desencadeou a asma ou a mesma tem relação com a renite que tinha antes. Obrigada! Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  92. Luzia: A rinite alérgica é uma doença pouco valorizada mas pode provocar muitos problemas, inclusive a asma. Quanto à alergia medicamentosa, não tem relação direta com a sua alergia anterior. Aconselho que procure um alergista numa cidade próxima e peça que oriente medicação segura para seu caso como alternativa aos analgésicos.Para encontrar um especialista, consulte o setor “Localize um Especialista” no site da ASBAI: WWW.asbai.org.br. Basta clicar no campo referente ao Estado e depois na cidade e abrirá uma lista de nomes de médicos portadores de título de especialista em Alergia na localidade. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  93. Eu tenho alergia a vários medicamentos, mas enfrento mais problemas em relação a dipirona, pois a maioria dos remédios para a dor o possuem, mas eu gostaria de saber se tem algum tipo de identificação que eu possa usar, se por um acaso eu sofrer um acidente e não tiver como avisar, posso até morrer

    ResponderExcluir
  94. Juscélia: o seu médico pode orientar as medicações alternativas e seguras para a alergia aos analgésicos. O alergista poderá fornecer um cartão com esta identificação. As lojas especializadas para alérgicos possuem alguns tipos de identificação para estes casos. Visite: www.alergohouse.com.br
    Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  95. Eu tbem estou desesperada...além da alergia medicamentosa, tem a alimentar...provavelmente até agua esteja me fazendo mal...afff! Em breve farei alguns exames...mas a suspeita é a de q seja angioedema adquirido...tem mais de um mes q tomo loratadina e mesmo assim a alergia ameaça voltar...é moleee????

    ResponderExcluir
  96. Keyla: a doença é um obstáculo que não escolhemos mas que temos que superar. Mantenha seu tratamento, seja persistente e alcançará seus objetivos. Gratos por seu depoimento ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  97. Olá acho q tive reação alérgica ao medicamento CELEBRA, começou com bolinhas e agora esta coçando, parei de tomar fazem 14 dias e os sintomas não me abandonam. Mesmo parando os sintomas não irão embora sem tomar remédio? Já fui ao médico e voltarei para mostrar os exames, que deu "imunoglobulinas ige 211..

    ResponderExcluir
  98. Mauro: a reação ao medicamento desaparece a medida em que o remédio é eliminado pelo organismo. A dosagem da IgE tem caráter genético e não guarda relação direta com a reação adversa medicamentosa. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  99. boa tarde!!ha quase tres meses tive minha bebe de parto cesariana,logo apos tres dias comecei senti coceira pelo corpo,e atualmente estou com o corpo todo empolada e coça bastante a noite não consigo dormi.ja foi no clinico geral ,passei pelo dermatologista e nada de melhorA,SÓ PIORA ,agora meu medico mim encaminhou para o alergista.pode ter sido alguma reação a medicamentos.

    ResponderExcluir
  100. Lidyane: são vários os fatores que poderiam estar relacionados com uma erupção cutânea no pós parto, sendo que os medicamentos devem ser considerados como possíveis fatores desencadeantes. Para afirmar, seria necessário analisar seus dados clínicos de forma criteriosa. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  101. Anônimo8/1/12 13:14

    Minha colega tem um problema que os médicos nunca conseguem definir o que é.
    As vezes ela tem um parte de corpo que incha.
    Como isso acontece: Começa com uma simples coceira e depois fica inchado (o local fica parecendo uma picada de abelha), avermelhado e quente.
    Acontece em qualquer parte do corpo (boca, mãos principalmente).
    O que pode ser?
    Ela tem ótima saúde, 34 anos, pele clara.Fez todos os exames de sangue e não constou nada.
    Se puderem ajudar, para que possamos partir de algum hipótese.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  102. O seu relato sugere que sua amiga apresente episódios de angioedema. Para avaliar, é essencial examiná-la e analisar também sua história clínica. As causas de angioedema são variadas, podendo também ser hereditário. Aconselho que procure um alergista. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica, caso ela more no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  103. oi faz 7 dias que estou tomando amoxilina com cavulanato e loratadina mas ando com muitas alergias nas partes intimas e que posso fazer arde muito . o que pode ser !

    ResponderExcluir
  104. Marly: não há como afirmar a causa de uma alergia na pele sem examinar pessoalmente. Conto com a sua compreensão. Aconselho que entre em contato com seu médico e solicite uma orientação. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  105. Meu filho foi paciente de uma dos membros da equipe da PGRJ, hoje ele tem 18 anos e sua alergia está controlada, mas eu passei a apresentar alergia à medicamentos, o que me troxe grandes transtornos: dores agudas devida à pedras nos rins, cheguei a ouvir de um médico que deveria suportar a dor devido à alergia ao medicamento que a aliviaria; e no momento estou com muitas dores no joelho que tem me tirado o sono. Procurei vários ortopedistas que desistiram de tratar quando informei que era alergico. Não sei mais o que fazer, gostaria de saber se posso procurar a Policlinica para me ajudar a dar solução a este problema que tem comprometido meu conviviu familiar e social´. O brigada. Flávio

    ResponderExcluir
  106. Estamos ao dispor, Flávio. A Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro atende sem hora marcada, em ordem de chegada. Funcionamos de segunda a sexta feira, pela manhã de 8 às 10:30 e à tarde de 13 às 16 horas. Por favor, ligue para (21) 2517 4206 ou 2210 2810, fale com a nossa secretária e informe-se sobre mais detalhes. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  107. Ha duas semanas tive um crise de tosse muito incontrolavel, fui ao medico e ele diagnosticou uma sinosite, que ja estava me dando refluxo gastrico, ele receitou a medicacao SINOT CLAV, entao eu gostaria de saber se essa medicaçao pode causar, coceira e inchaço no clitoris e no anus, uma vez que ja estou bastante tempo sem relaçao sexual, esta medicaçao poderia causar este disconforto? que especialista eu deveria procurar? obrigado pela ajuda

    ResponderExcluir
  108. A medicação citada pode ocasionar em casos mais raros coceira genital e vaginite. Aconselho que procure seu ginecologista para avaliar se é o seu caso e orientá-la adequadamente. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  109. oi meu filho é alergico á alguns medicamentos ele tem 20anos e tem que fazer uma cirurgia o alergista disse que anestesia local pode ter reação mas a geral não tem problema...fiquei muito na duvida sendo que ele tem que fazer a geral gostaria que me tirasem a duvida...obrigado

    ResponderExcluir
  110. O fato de seu filho ser alérgico a medicamentos não implica que terá obrigatoriamente alergia a anestésicos. Mas, não posso opinar ou emitir um parecer sem examin-alo pessoalmente. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor para avaliar o caso do seu filho e prestar maiores esclarecimentos

    ResponderExcluir
  111. Anônimo2/2/12 22:27

    tenho alergia, e sou obrigado a tomar hexizine todos os dias,pois começa a me dar coseira e inchar no locar da coseira e ficar embolotado.
    e alergia de contato .
    hexizine reseitado por medico;
    o q mais posso fazer ?

    ResponderExcluir
  112. Se for uma alergia a medicamentos, é importante que se afaste o agente causal, ou seja, o remédio que causou a reação e também todos aqueles ue tiverem similaridades farmacológicas. O uso do Hixizine é util no tratamento, mas não é suficiente. Aconselho que converse com seu alergista e peça que oriente sobre estas medidas de apoio ao tratamento. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  113. ola! gostaria de saber qual o medicamento, antialergico devo usar caso tenha uma inicio de alergia a um antibiotico com clavulanato de potassio, ate o presente momento nunca apresentei nem uma alergia a nem um antibiotico, ja fiz uso de amoxilina de benzetacil e outros para combater uma bacteria que tenho na garganta mas até agora não consegui elimina-la, causa um odor orrivel na garganta tipo, sebo, e as vezes de fezes, produz uma secreção tornando a saliva gosmenta e cheio de minusculos graos sebosos, ja fui ha 2 infectologistas aqui na minha cidade,
    São Luis-MA e nem um soube dizze o que era, fui a Sp e um medico do posto de saude da vila madalena me disse que eu tive uma infacção na garganta provocada por bacteria beta hemolitica do grupo c, comprovada no exame e que deveria tormar benzetacil de 15 em 15 dias, estou terminado, houve uma diminuiçaõ na secreção, mas não acabou e agora estou sentindo dor na garganta e algo se movendo, tipo que procurando se alojar na garganta, penso que a amoxilina+clavulanato de potassio poderia resolver logo isso, mas nunca usei essa composição de amoxilina, a associação de amoxilina+clavulanato de potassio e benzetacil daria um sinergismo podendo acabar de vez com a bacteria.

    ResponderExcluir
  114. Peço sua compreensão, mas este blog obedece as normas do Conselho Federal de Medicina: não prescrevemos e não indicamos nomes de remédios. De qualquer modo, lembro que 1)O fato de usar uma medicação previa não previne o aparecimento da alergia. 2)não há como prever se terá reação alérgica à amoxacilina associada ao clavulanato, mas é pequena a chance já que trata-se de um derivado da penicilina, encontrada também no benzetacil. Aconselho que procure um alergista para orientar seu tratamento. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  115. olá, sou alérgica, a qualquer tipo de remédio tive várias intoxicações,faz 15anos desde que comecei tomar frontal , para sindrome do pânico.é uma sensação horriel a intoxicação já cheguei quase morta no PS.Fui procurar uma Alegorlogista particular e ela me disse que até os testes me intoxicaria e me devolveu até o dinheiro. sou alérgica a muitas coisa tintura de cabelo,mel,pomadas.Isto é tão triste que vivo deprimida e com muito medo e quando adoeço procuro tomar chás e suportar a dor

    ResponderExcluir
  116. Infelizmente não existe um teste para definir a alergia a medicamentos. É possível orientar uma medicação alternativa mas para isso é essencial realizar uma consulta médica tradicional e uma avaliação criteriosa do seus dados clínicos. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos. Atenciosamente, Fátima Emerson, médica, redatora e editora do Blog da Alergia

    ResponderExcluir
  117. Anônimo5/4/12 13:40

    oi, meu nome é Raiza da Hora Ferreira .
    eu não sei mas o que fazer, tenho alergia a quase todos os remédios que tomo,ex: ibuprofeno, tilenol, atroveran, dipirona, aspirina, tilatil,bezetacil, benegripe, AS. enfim, não sei mas o que fazer, na maioria das vezes tenho que aguentar a dor. e só tomo remédio quando estou nas últimas, e sempre vou para o hospital! preciso de ajuda, não sei o que fazer!!!

    ResponderExcluir
  118. Raiza: é possível orientá-la para que possa controlar a dor de forma segura. Mas, é essencial examinar pessoalmente já que não existe um medicamento que seja aceito de forma padronizada por todos os alérgicos. Aconselho que procure um alergista. Estamos ao seu dispor na Policlínica, caso more no Rio.

    ResponderExcluir
  119. Edilene -
    Tenho psoriase, e a minha medica receitou metatrexato, tomei 3 semanas, depois começou a aparecer umas bolinhas parecidas com brotoejas, ela ficou com medo e suspendeu a medicação, claro que piorei das psoriases, será que foi alergia do remedio, como posso saber?

    ResponderExcluir
  120. Edilene: os dados que envia não são suficientes para que eu possa afirmar se foi mesmo um alergia. Aconselho que procure um alergista. Ele analisará os dados de sua história pessoal, familiar e do seu quadro atual para julgar esta possibilidade. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  121. Luciene:
    Sou Alergica tem uns 3 anos,não sei mais o que fazer,toda vez que tomo qualquer tipo de remedio,eu amanheço com varias empolas vermelhas pelo corpo,Olhos e boca e pés enchada,nossa fico parecendo um mostro,meus pés embaixo não consigo colocar no xão direito de dor,minhas mãos fica cosando terrivel,os principais remedios que fico assim é paracetemol dipirona são os piores..espero que essa doença tenha cura porq não aguento mais ficar doente e não poder tomar remedio pra mim curar porq posso morrer com o proprio.

    ResponderExcluir
  122. Luciene:a alergia a analgésicos e antinflamatórios não tem cura mas pode ser controlada. Aconselho que procure um alergista para orientar uma medicação alternativa que combata a dor sem provocar a alergia. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  123. Sou alérgica a alguns analgésicos e outros tantos antiinflamatórios, embora eu lide sempre com esses fármacos no meu ambiente de trabalho. Já procurei uma alergista e ela me forneceu aquela listinha das medicações alternativas para o meu problema, mas esqueci de comentar que trabalho na área da saúde, portanto gostaria de saber de vcs se isso pode ser considerado um fator de risco para mim.

    ResponderExcluir
  124. Desconheço o fato de que ser profissional de saúde possa constituir fator de risco no surgimento da alergia a medicamentos. Agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  125. mto interessaante este blog e me encaixo nos alergico.Sou alergico desde que nasci o primeiro remedio que tomei ja mede edema de glotee aasim fui descobrindo a cada remedio que preciso.Hoje tenho 22 anos e não posso tomar nenhum tipo de remédio. Controlo dor de cabeça com agua,dor no corpo com sono e pra arrancar um dente tive que me internar no hospital e tomar anestesia geral e depois aguenta a dor .Operei o joelho e foi a mesma coisa..nenhum remédio só com gelo pra aiviar e tenho alimentação super saudavel mt fruta e arroz e feijão.sou atleta de judo campeao paulista e brasileiro e tenho cracha de alergico no peito..E isso ai não tem cura tem que se adaptar. Boa sorte a todos.

    ResponderExcluir
  126. Já vi a luz no fim do tunel 2 vezes por causa de alergia a remédio (UTI).Medicos da Unesp ja me avisaram que não posso tomar nada de remédio nem nova bula e mto menos conhecido. Tenho que viver me policiando.

    ResponderExcluir
  127. Estou com inflamação na pelve a pelo menos 45 dias, fiz transvaginal e o resultado foi normal, meu Ginecologista receitou Bi Profenid,que causou inchaço nos olhos, depois Beserol e tive a sensação de estar sedada, com Nisulid também, acho que tenho alergia a antiinflamatórios, como até agora não consegui solução e estou todo esse tempo sentindo dor, gostaria de saber se há outra alternativa. Estou muito preocupada pois acredito ser um tempo muito longo e se há algum problema sério poderá se agravar. No passado tive sinusite crônica e reação aos antiinflamatórios e o Otorrino acabou receitando KLARICID UD, ele poderia ser a solução?
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  128. Gostaria de saber se usando diclofenaco dietilamônio em creme (uso externo) e não tendo reação, significa que não sou alérgica e que posso tomar via oral e não terei reação?

    ResponderExcluir
  129. Qual é a diferença entre reação alérgica e efeito colateral? O primeiro é perigoso para a saúde e o segundo não?

    ResponderExcluir
  130. Bianca: não há relação direta já que o mecanismo da reação de alergia de contato ao creme contendo diclofenaco e a reação resultante da ingestão do antinflamatório têm mecanismos distintos Agradecemos sua visita

    ResponderExcluir
  131. Simone: reação colateral é uma reação previsível e dependente do efeito do medicamento utilizado. Reação alérgica é imprevisível, não depende do medicamento mas sim da sensibilidade da pessoa. As duas reações podem provocar danos à saúde dependendo do tipo e da intensidade dos sintomas apresentados pelo paciente. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  132. Barbara: o fato de ser alérgica a antinflamatórios e analgésicos não implica que terá também a alergia a antibióticos. Por isso, você pode tomar o Klaricid prescrito por seu médico. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  133. Estou com refluxo fui ao medico e ele receitou pantoprazol,apos quinze dias de uso, comecou a sair manchas avermelhadas em meu corpo principalmente aonde esquenta mais, sera que e alergia do remedio, não estou mais tomando pra ver se some a mancha, faz tres dias ate agora deu uma leve melhorada, não coçava agora esta coçando

    ResponderExcluir
  134. Infelizmente não há como afirmar se é uma alergia ao pantoprazol sem examinar pessoalmente. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  135. Ontem tomei um comprimido de Rosuvastatina cálcica 10 mg, uma hora após começou uma reação alérgica na pele, saindo caroços e coçando, olhei a bula do remédio e consta como males que o medicamento pode causar. Suspendi o tratamento e hoje contínuos com os mesmo sintomas, caroços na pele e coceiras, o que incomoda. Pergunto, este sintomas vão desaparecer, ou tenho que tomar algum anti alérgicos para combater esta alergia criada pelo uso do medicamento.

    ResponderExcluir
  136. Nem toda reação a medicamentos é igual e desaparece espontaneamente É melhor procurar um alergista para que oriente o diagnóstico e o tratamento das lesões apresentadas em sua pele. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  137. Olá,

    Comecei a apresentar reações alérgicas à mediamentos há aproximadamente 3 anos atrás e desde então não faço uso de nenhum medicamento. Existe alguma evidência demonstrando que após o não uso de medicamentos por um longo período de tempo torne organismo não mais sensibilizado por tais substâncias??

    Obrigada

    ResponderExcluir
  138. Pb: se a causa da reação for alérgica (imunológica), a pessoa terá reação sempre que ingerir o medicamento, mesmo que passe longo tempo sem usá-lo. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  139. Boa tarde! Estou com uma dúvida, e é claro que já deveria ter ido ao médico. Tenho enxaqueca e percebo que na maioria das vezes que ela começa na parte inderior dos meus olhos, cada vez em um, aparece uma pelota que coça e fica um pouquinho dolorosa se eu coço. Parece um terçol, mas do mesmo jeito que vem, vai. Se coço um pouco mais, pois ela começa com uma coceirinha, o inchaço aumenta, já chegou a inchar até a minha bochecha. Isso acontece sempre que tenho essas crises de enxaqueca e nem sempre depois que me medico, hoje por exemplo começou antes de eu tomar algum remédio. O que pode ser?
    Obrigada.
    Luciana

    ResponderExcluir
  140. Luciana: infelizmente não posso ajudá-la: não tenho condições para afirmar a causa da lesão que descreve sem examinar pessoalmente. É aconselhável que procure um alergista para orientá-la. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  141. Anônimo5/7/12 12:19

    Eu e minha irmã não somos alérgicas a nenhum medicamento que tenhamos conhecimento até agora. Porém eu e ela começamos a tomar um polivitamínico há umas 3 semanas e começaram a aparecer bolinhas vermelhas, que coçam bem pouco e depois ficam ressecadas e escamam. Podemos ter alergia a alguma vitamina??? Ou pode ser algum componente da fórmula do medicamento? O medicamento é oral em comprimido normal.

    ResponderExcluir
  142. Os dados que envia não são suficientes para afirmar se é mesmo uma alergia. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar o caso e prestar maiores esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  143. PAULA TOLEDO17/7/12 10:52

    Meu filho de 1 ano e 7 meses esteve internado com sinusite, então ficou tomando clavulin venoso, na 1 dose que aplicaram nele ele ficou com eczemas vermelhos na barriga, joelhos e punhos e se coçando, então chamei os medicos e disse que ele era alergico a ovo e crustaceos, e que naquele dia ele não tinha tido contato com nenhum desses alimentos, então eles começaram a fazer de 8\8 hs o polaramine, sendo que mesmo usando o antialergico e continua fazendo esses eczemasn 3 vezes ao dia. O que faço??? Entro em contato com a elergista dele para saber se paro o medicamento?? Pois estou preocupada pq ele já teve um quadro de edema de glota onde nesse epsodio ele desmaiou. Estou muito preocupada.

    ResponderExcluir
  144. Paula: não tenho condições para opinar sem conhecer os dados clínicos do seu filho. Aconselho que entre em contato com o seu alergista para que a oriente adequadamente. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  145. Sabrina Bastos25/7/12 10:49

    Meu filho de 3 anos foi diagnosticado com sinusite e a pediatra da emergencia passou amoxicilina. Eu dei com tranquilidade pois ele já tinha tomado em outras 3 ocasiôes. Só q para meu susto 1 hora depois da administração ele começou a apresentar placas vermelhas em todo o corpo e rosto, ficando todo inchado... Corri para a pediatra dele que também é alergista e ela disse q foi sim reação alérgica a penicilina e passou azitromicina para a melhora da sinusite. E disse que ainda devem aparecer a urticária em torno de 1 semana, o que vem se comprovando, para meu susto e pena do meu filho todo cheio de placas no corpo e rosto. Ela presecreveu predsim e cetirizina para ajudar na melhora...
    O tratamento é esse mesmo e pode mesmo demorar 1 semana para o sumiço total desse quadro alérgico tão feio no meu filho???
    Obrigada

    ResponderExcluir
  146. boa noite,
    não possuo vesicula biliar,tenho duas hernias
    discais,escoliose,artrose,espondilolise,uncoartrose,sinto dores constantes,e não posso tomar:
    dipirona sodica,diclofenaco,ibuprofeno,AAS,paracetamol,enfim,quase todos analgesicos me fazem mal,que fazer?se na cidade onde moro não nenhum medico alergista?

    ResponderExcluir
  147. Olá meu filho estava com muita tosse e catarro fui ao médico e ele receitou azitromicina 200mg/5ml tomou por cinco dias. Mais 8 dias depois ele começou ter febre dor de cabeça, e muito catarro. Levei novamente e o médico receitou amoxicilina+ácido clavulânico (policlavumoxil)500mg em comprimidos para uma criança de 10 anos. Acontece que agora ele está com a batata da perna doendo muito e não consegue andar, as pernas parece que não obedecem não tem força. Isso já é a quinta vez que acontece com o uso de antibiótico de 500mg. O que eu faço?

    ResponderExcluir
  148. Olimpus: compreendo seu sofrimento, mas não posso atender sua solicitação. Não existe uma medicação padronizada que seja bem tolerada por todas as pessoas alérgicas a analgésicos e antinflamatórios. Por isso, não há como orientar sem conhecer seus dados clínicos de forma criteriosa e pessoalmente. O site da Asbai (www.sbai.org.br) tem um setor "localize um especialista" onde você poderá localizar o alergista na cidade mais próxima de onde mora. Conto com a sua compreensão e agradeço sua visita.

    ResponderExcluir
  149. Magda: o seu relato não sugere que seja uma alergia, mas não há como afirmar sem avaliar seu filho pessoalmente. Aconselho que procure um alergista para orientar de forma adequada.Estamos ao dispor, caso more no Rio de Janeiro. Gratos pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  150. Sabrina: o desaparecimento das lesões é progressivo, na medida em que o organismo elimina a substância causadora da alergia (no caso do seu filho a amoxacilina) O tempo estimado é de uma semana mas pode variar de acordo com cada caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  151. bom dia! gostaria que alguem pudesse me dar uma luz!Dia 30 de junho tomei a vacina H1N1+gripe, 7 dias apos comecei com uma coceira atras da orelha mas sem urticaria, no 14 dia apareceu no pescoço um grosseirão que avermelhava quando coçado, mas nada tomei para isso, já do 24 dia fui ao medico com inchaço nos olhos e tinha administrado horas antes polaramine, o medico confirmou que poderia ser da vacina e então me receitou beta-trinta injetável, mas antes de toma-la fui ler a bula e nela dizia que não poderia administra-la se estivesse com algum fungo, usando anticoncepcionais... e fome alergico ao medicamento, poderia também ocorrer prurido urticarias como efeito colateral, fao uso de medicamentos citados acima, então nao tomei a injeçao por medo, e fiquei so com o polaramine conforme o medico, tomar por 10 dias, so que percebo que após o uso deste aumenta a coceira, hoje estou pior inchado nos olhos e rosto ardendo, me informaram que dermatologista nao cuida deste caso mas preciso para ser encaminhada para um alergologista, tenho medo do pronto socorro um clinico receitar um remedio que piore a situação. pergunto por hora, posso tomar beta-trinta para esse caso, vou melhorar, ou ainda corro o risco de piorar mais. sei que a vacina tem um pico de até 60 dias para reduzir sua eficiencia, o que faço. obs. tive crise respiratória apos uma hora da anestesia da cesariana a 16anos atras.
    obrigada

    ResponderExcluir
  152. Ethel: é possível que seja necessário o uso combinado do antialérgico (polaramine) com um corticóide, mas o ideal é que seja usado por via oral, no tempo determinado para melhora de sua alergia. Contudo, não tenho condições para medicar através da internet, sem examiná-la pessoalmente. Aconselho que procure um alergista para orientá-la. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  153. Anônimo8/8/12 19:50

    Tem mais de 15 dias que tomei paracetamol devido uma forte dor de cabeça que estava (suspeita de sinusite), no entanto agora estou com o rosto inchado, mais visivel na área dos olhos e ainda com as amigdalas muito inchadas que mal consigo engolir. Problema que não melhora, tomei histamim e parece que piorou a situação, a noite é pior momento parece que sempre estou com uma bola na garganta. O que eu faço?

    ResponderExcluir
  154. Para tratar o edema (inchação) é essencial definir o tipo e o fator desencadeante. Caso contrário, os sintomas voltam quando o efeito do remédio passa. Aconselho que procure um alergista . Caso more no Rio, estamos ao dispor na Policlínica RJ Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  155. há 1 ano e meio venho tendo reações alergicas, fui diagnosticada como eritema fixo medicamentoso. As manchas causadas pelas repetições alérgicas não sairam do meu corpo. Existe algum tratamento que clareie essas manchas?

    ResponderExcluir
  156. O tratamento para manchas não é padronizado: é preciso analisra sua pele, definir o tipo de mancha para poder opinar o tratamento mais adequado. Por isso, não há como opinar sem examinar pessoalmente. Aconselho que procure seu médico e peça que oriente a melhor conduta para seu caso. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  157. tomo propanolol 10mg , tô com a garganta inflamada , e quando minha garganta inflama , fico empolada.. tem algum problema tomar benzetacil e fenergan ?

    ResponderExcluir
  158. Camilla: o parecer que solicita não pode ser emitido através da internet. Para indicar o uso destas medicações, é essencial analisar seus dados clínicos de forma criteriosa e pessoalmente. Aconselho que entre em contato com seu alergista e peça que a oriente. Gratos por sua visita

    ResponderExcluir
  159. Gostaria de uma ajuda.No ano de 2006 fiz uma reação alégica a sulfa onde tive lesões bolhosas, quemaduras de 2 grau. A partir dai cada vez que preciso de um antibiótico sempre faço reações como urticárias e fortes dores abdominais com diarréia e falta de ar. Até o momento ja fiz alergia a 5 tipos de medicamentos e todos são de classes diferente de antimicrobianos. Procurei um médico que ficou assustado com meu caso e não me disse nada do que fazer. E quando eu preciasr novamente de um antibiótico? nesses ultimos anos ja fiz 1 cirurgia para retirada de um nódulo e somente tomei uma dose de medicamento endovenoso no pr´prio centro cirurgico. Precisei realizar uma curetagem e ao tomar o clorafenicol mais um problema. O que devo fazer.
    Ateciosamente
    Ana

    ResponderExcluir
  160. Ana: o parecer que solicita não pode ser emitido através da internet. É essencial avaliar seus dados clínicos de forma criteriosa para poder apontar alternativas seguras para seu caso. Aconselho que procure um alergista.Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliá-la e prestar maiores esclarecimentos. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  161. Minha filha é alérgica ao medicamento Plazil, atualmente estava tomando o medicamento Glucoreumin (tratamento com ortopedista) e quando estava na segunda caixa (teria que tomar 3) fez uma alergia meia hora (+/-) depois de tomá-lo, ficou com o lado esquerdo do peito todo vermelho, coçando e placa; fomos a emergência do Hospital da cidade e lá fizeram Fenergan injetável, ficou duas horas em observação e liberada.
    Ao chegar em casa foi deitar por causa do medicamento, mas embora estivesse com muito sono, começou apresentar movimento involúntário das pernas, dor muscular; conseguiu dormir umas duas horas depois porém se revirando e sentando na cama por causa do desconforto, no dia seguinte dormiu o tempo todo e para meu espanto 24 horas depois ela saiu para a fisioterapia e retornou dizendo que estava com tonteira, sensação de que estava desorientada, entrando em pânico e ainda com movimento involuntário das pernas; mandei ela ficar quieta e que aguardaríamos até completar 48 horas após a medicação.
    Hoje após as 48 horas ela está totalmente normal.
    É possível a pessoa ter uma reação tão grande a um medicamento?

    ResponderExcluir
  162. O seu relato sugere que sua filha tenha apresentado além da alergia à medicação, alguns efeitos adversos decorrentes do uso do Fenergan. Mas, não há como afirmar sem examinar pessoalmente. Aconselho que leve sua filha a um alergista. Estamos ao dispor, caso você more no Rio de Janeiro. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  163. Tomo um medicamento para dormir a anos (Zolpidem 10 mg, ontem a noite apareceu muitas bolinhas vermelhas que coçam por tdo meu corpo o que faço?

    ResponderExcluir
  164. Existem diversos fatores que podem provocar alergias na pele. Aconselho que procure um alergista para confirmar se o Zolpiden é mesmo a causa do problema e sobre a melhor conduta de tratamento para seu caso. Gratos por sua visita.

    ResponderExcluir
  165. poliana oliveira1/10/12 11:23

    meu filho de quatro anos fez o uso de tylenol e ibuprofeno no mesmo horário por apresentar febre e inflamação na garganta. Após algumas horas começou a coçar a cabeça. No dia seguinte as costas estão vermelhas com edema . Isso poderá ser uma reação alérgica? Como faço para saber qual dos dois medicamentos causou esta alergia?

    ResponderExcluir
  166. Poliana: o seu relato sugere que possa ter sido uma reação adversa medicamentosa, mas não há como afirmar sem examinar pessoalmente Aconselho que leve seu filho a um alergista. Não existe um teste que indique qual foi o medicamento causador da alergia. O médico alergista concluirá após análise dos dados clínicos de cada paciente. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  167. Alessandra1/10/12 15:40

    Olá. Meu pai de uns anos para cá passou a ter alergias a alimentos e medicamentos que a um tempo a atrás ele comia normalmente sem ter nenhuma reação. Como pimentão, camarão e agora analgésicos, antiflamatórios,anestésicos e ele sofre muito com isso. Já faz algum tempo que ele vem sentindo fortes dores de dente, mas os dentistas tem medo de atendê-lo após ele informar que possui essas alergias. E como não pode tomar nenhum medicamento ele fica sofrendo com muitas dores. O seu rosto está inchado e ele mal se alimentar, tamanha é a dor.
    Eu e minha mãe vemos ele sofrer, e não sabemos o que fazer. Um alergista então pode informar um remédio alternativo que faça com que ele não sofra tanto e que não cause essas reações alérgicas severas que acontecem quando toma um analgésico, como coceiras, inchçaço das palpebras e boca, falta de ar? E no caso de dentista, o que eles podem fazer, existem consultórios odontologicos especialistas em pacientes com fortes alergias?

    ResponderExcluir
  168. Alessandra: 1) o alergista analisará os dados clínicos do seu pai para orientar a medicação segura como alternativa no combate à dor. 2) o fato de ser alérgico a analgésicos e antinflamatórios não implica que seu pai terá também alergia a anestésicos 3) o alergista orientará o dentista para que pssa realizar procedimentos com segurança. Estamos ao dispor, caso você more no Rio de Janeiro. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  169. Alergia,começa a coçar meu corpo,formando uma grossura na pele quando estou coçando,se não bastasse começa inchar os lábios,demora pra voltar ao normal,qual o remédio indicado pra isso?

    ResponderExcluir
  170. Este blog obedece as normas do Conselho de Medicina: não é permitido prescrever ou mesmo indicar nomes de medicamentos. Para medicar, é essencial examinar o paciente. Contamos com a sua compreensão e agradecemos sua visita.

    ResponderExcluir
  171. Tenho alergia a acido acetilsalicilico, dipirona sódica, amoxicilina, bezetacil, e penicilina. O médico me receitou um antiinflamatório de diclofenaco de potássico 50 mg, e na bula reparei que é contra-indicado para pacientes que tenham alergia ao acido acetilsalicilico. Há outro aintiinflamatório que eu possa tomar sendo alergica a todos esses medicamentos acima?

    ResponderExcluir
  172. Pri: é verdadeiro: diclofenaco pode provocar reação em alérgicos à dipirona e ácido acetil salicílico. Mas, infelizmente não posso orientá-la através da internet. Não existe uma medicação padronizada que seja indicada para todos os alérgicos. É essencial avaliar pessoalmente. Estamos ao seu dispor na Policlínica Geral RJ Gratos pela visita

    ResponderExcluir
  173. olá gostaria de saber,se o profenid(cetoprofeno)iv+sf0,9%100ml realizado,em 6/6hrs pode causar alergia,edema?obrigado

    ResponderExcluir
  174. Antinflamatórios não hormonais, como é o caso do Profenid podem causar angioedema em pessoas suscetíveis. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  175. Tenho 41 anos e quando tomo cerveja não posso comer nenhum tipo de alimento, fico todo vermelho e com muita falta de ar. trata-se de alergia?

    ResponderExcluir
  176. Não é possível responder sua pergunta sem examinar pessoalmente. Bebidas alcoólicas podem provocar dilatação dos pequenos vasos sanguíneos da pele e provocar os sintomas relatados, sem que haja participação de mecanismo alérgico. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  177. Meu nomw é RubiA e gostaria de saber quanto tempo demora pra aparecer reação alergica do diclofenaco?pois faz 14 dias que fiz uma cesarea ja estava tomando esse medicamento desde o nascimento da minha filhs mais so agr 13 dias depois apareceu essa reação .é normal? Fui ao medico ontem e ele apenas trocou o diclofenaco por paracetamol 750 mais nao passou nenhum anti alergico.Porque?Porque estou amamentando ou tem algum outro motivo? desde ja agradeço.

    ResponderExcluir
  178. Rubia: reações adversas aos antinflamatórios são variadas, sendo algumas de surgimento imediato e outras de apoarecimento tardio. A reação alérgica nunca aparece da primeira vez, mas sim com o passar do uso da medicação. Os dados que envia não sã0 suficientes para que eu possa julgar o fato do seu médico não ter prescrito um antialérgico. Aconselho que exponha sua dúvida para que ele possa ajudá-la. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  179. Oi, tenho 24 e sou asmática, faço tratamento para asma cronica desde os 12 anos. Com o tempo desenvolvi alergias e vejo que pioram com o tempo. Agora não posso tomar nenhum tipo de remédio para gripe, febre, dor de cabeça, a reação é instantanea, uma grave crise de asma.Não posso tomar dipirona, mudei para o paracetamol, mas tbm tenho lergia agora, tomei ibuprofeno e a reação foi bem pior, tomei profenid e passei mal logo enseguida. Não sei mais o que fazer, pois tenho enxaqueca e tenho que conviver com a dor intensa, e também tenho fibromialgia. Meu médico de asma disse que deveria fazer dessensibilização, mas fiquei receosa, será que posso?obrigada Cris

    ResponderExcluir
  180. Cris: existem medicações seguras como alternativa às pessoas alérgicas a analgésicos e antinflamatórios Contudo, esta orientação não é padronizada. Não existe um remédio que seja adequado para todos os alérgicos. Por isso, não posso orientá-la pela internet. É essencial avaliar pessoalmente. Aconselho que procure um alergista. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos. gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  181. Olá! Minha ginecologista prescreveu ponstan para tratamento de cólica, entretanto tenho alergia a dipirona, AAS e derivados e estou com medo de tomar o ponstan. Existe alguma relação entre as drogas citadas?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  182. Ponstan (acido mefenâmico) é um antinflamatório e pode causar reação cruzada e ocasionar alergia em pessoas sensíveis à dipirona e ao AAS. Aconselho que entre em contato com seu alergista antes de ingerir a medicação. Gratos por sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  183. Olá bom dia!
    A primeira vez que tive reação alergica foi com 15 anos ao tomar cibalena pra cólica, meus olhos incharam , ficam lagrimejando, fico com dificuldade de respirar, fico com coriza. Depois tive os mesmos sintomas ao tomar dorflex, buscopam, dipirona, biprofenid. Eu tenho é medo de tomar remédios porque falo aos médicos o que já tive e como no ultimo caso expliquei e a médica passou biprofenid pra um caso anti-inflamatório e tive a mesma reação em menos de meia-hora. Você pode me orientar algo? Agradeço desde já, pois esse blog é bem esclarecedor.

    ResponderExcluir
  184. Existem medicamentos seguros para as pessoas alérgicas a analgésicos e antinflamatórios. Mas, esta orientação não é padronizada. Por isso, para poder indicar para você os medicamentos alternativos, é essencial que se faça uma avaliação cuidadosa e pessoalmente. Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica RJ. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  185. oi tenho alergias a dipirona fico toda inchada os olhos a boca fico com respição muito ruim , e agora tomei atroveran aconteceu do mesmo jeito oque eu faço?

    ResponderExcluir
  186. Orkut: pessoas alérgicas a dipirona podem ter também alergia com: acido acetil salicílico, pirazolonas e com antinflamatórios. Existem medicações seguras como alternativa, mas esta orientação não é padronizada. Aconselho que procure um alergista para orientar de forma adequada Gratos pela visita..

    ResponderExcluir
  187. Pedro Henrique10/2/13 05:04

    Bom dia.
    Por gentileza, gostaria de saber como reagir a essa alergia.
    Tomei finasterida (depois de um bom tempo sem tomar) e fiz o uso de antibiótico (sem prescrição), devido a uma forte febre e gripe que tive ao longo desses dias.

    Conclusão: tive uma alergia, que começou dia 08/02/2013, à noite, logo após de ingerir o comprido de 1mg de finasterida.

    Passou a noite e, como estava muito branda ainda, resolvi ir apenas de manhã ao hospital são lucas/RJ. Fiz uma análise completa, tomei um medicamento para frear o efeito (intravenoso), todavia, não senti nenhuma melhora. Até pedi para que me dessem mais uma dose, mas não ocorreu.

    O médico me liberou, passou meticorten e allegra (180mg). Não estou sentindo nenhuma melhora ainda, estou com muita dificuldade de dormir em qualquer posição, pois a alergia me atacou pelo corpo inteiro. Estou com pequenas bolhas em todas as partes do corpo.

    Gostaria de saber como proceder em virtude do exposto acima com algum aliviador ou algo do gênero.

    ResponderExcluir
  188. Pedro: a medicação utilizada para tratar uma alergia medicamentosa pode demorar para atuar completamente pois depende da gravidade do quadro e do tipo da medicação que causou o problema. Alguns fármacos têm eliminação meis lenta pelo organismo, fazendo com que a alergia perdure por mais tempo. Por isso, o fator mais importante é buscar qual foi a medicação causadora da reação alérgica, já que em princípio qualquer medicamento é capaz de desencadear a alergia. Aconselho que mantenha a medicação prescrita. Caso não tenha melhora, retorne ao pronto socorro para nova avaliação. Após os feriados do carnaval, procure um alergista para orientar de forma apropriada.
    Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  189. quanto tempo o organismo demora para eliminar totalmente o medicamento DIclofenaco S. 50m ml/ 8hr?

    ResponderExcluir
  190. Maria Lucia: não há um tempo exato de eliminação da medicação, mas pode-se falar em média de 8 a 12 horas. Contudo, é preciso ressaltar que este tempo depende não só das características do medicamento como também do metabolismo de cada pessoa, que varia com a idade, função renal, hepática, etc. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  191. Maria dos Anjos: o parecer que solicita não pode ser feito através da internet. Para afirmar se você tem alergia à penicilina, é essencial analisar seus dados clínicos de forma criteriosa. Aconselho que procure um alergista para orientá-la. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar seu caso e prestar maiores esclarecimentos.

    ResponderExcluir
  192. Anônimo4/3/13 10:53

    Ola bom dia ontem tomei ponstan para colica menstrual e logo depois d pouco tempo meu rosto ficou super vermelho e com ardencia ,o colo e as costas com manchas vermelhas em ambas a partes com coceira fui na emergência tomei os remédios necessários lá qd cheguei em casa já estava menos vermelha a médica passou meticorten para não voltar os sintomas mas depois d algumas horas a vermelhas voltou mas com menor intensidade e hj acordei com o rosto bastante vermelho dnovo gostaria d saber se é normal isso acontecer ?voltar essa reação mesmo tomando o remédio p no voltar? Se poder me ajudar Obrigada desde já

    ResponderExcluir
  193. A resposta ao tratamento de uma alergia medicamentosa pode ser lenta pois depende da dose utilizada e do grau de metabolização e eliminação do medicamento que causou a reação. Por isso, pode haver demora no estabelecimento do efeito terapêutico. Aconselho que procure um alergista para orientar de forma adequada. Gratos pela visita.

    ResponderExcluir
  194. Boa noite. Eu na sexta feira tomei um antibiótico para tratar uma amigdalite e no sábado a noite comecei a ter alguma coceira nas costas e um pouquinho na zona abdominal. Tenho umas borbulhas muito pequeninas. Eu creio que é uma alergia ao antibiótico , mas claro que não tenho a certeza. Contudo fui a farmácia para ter uma opinião e disseram que o melhor era tomar um antitasminico mas que em principio não parecia ser nada de especial, mas como a um mês atrás tirei um dente de siso e tomar ben-u-ron e brufen durante uma semana não queria abusar de comprimidos. Mas se calhar é o melhor a fazer. O que me aconselha?

    ResponderExcluir
  195. O melhor caminho é procurar um alergista. Caso more no Rio, estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica para analisar seu caso e prestar esclarecimentos. Agradecemos sua participação em nosso blog.

    ResponderExcluir
  196. Claudia: carbamazepina pode causar reações alérgicas severas e de resolução lenta, necessitando acompanhamento rigoroso do médico especialista em Alergia. Caso more no Rio, a nossa equipe está ao dispor para orientá-la. Gratos pela visita ao nosso blog.

    ResponderExcluir
  197. Anônimo1/4/13 14:06

    Boa tarde. Minha mae, idosa, teve uma intensa alergia a um anticonvulsivo, o hidantal. Esta com erupcoes cutaneas. Mas o que mais incomoda é uma faringite. Parece q a alergia atingiu as mucosas. Isso é realmente possivel? Demora muito parA melhorar? Esta iternada há dois dias sem melhorar. Nao tem alergista na cidade. Obs: Parabéns e obrigadA pelo seu trabalho.

    ResponderExcluir
  198. A alergia a medicamentos pode ocasionar reações variadas, envolvendo diversos órgão e sistemas. Em casos mais graves pode necessitar acompanhamento hospitalar por período prolongado, em especial nas pessoas idosas, que já possuem o metabolismo alterado pela idade. Obrigado pelas palavras de incentivo ao nosso trabalho voluntário neste blog.

    ResponderExcluir
  199. Anônimo4/4/13 23:41

    Boa noite
    Meu marido tomou uma injeção de voltarem, após 2 horas ele jantou e comeu pimenta e depois uma bolacha de chocolate, daí passou alguns minutos e os lábios e rosto dele começou a inchar bastante. O que pode ter acontecido, alguma reação alérgica ??
    Obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Postagens mais visitadas deste blog

Alergias e reações na pele causadas por plantas

A natureza nos presenteia diariamente com plantas e flores proporcionando uma festa não apenas para os olhos mas para todos os sentidos. A sua utilidade prática é indiscutível e múltipla, seja purificando o ar, seja servindo como alimento ou como base para construção de habitações, na manufatura de mobiliário, utensílios, cosméticos, medicamentos, entre tantas outras aplicações. Se apenas tivessem o papel de embelezar, já seriam fundamentais, aliviando a dureza do cotidiano e transmitindo paz numa convivência harmoniosa de longa data com o ser humano. Mas, em algumas situações, a pele pode desenvolver reações quando entra em contato com plantas e daí pode coçar, se tornar vermelha, apresentar uma erupção cutânea e até inflamar. Estas reações surgem pelo contato com a pele, algumas puramente por irritação direta e outras, por mecanismo alérgico. Até mesmo árvores podem produzir um eczema de contato alérgico, sendo o exemplo mais conhecido a Aroeira, uma árvore de madei

Pitiríase rósea

É uma doença conhecida desde 1860, quando foi descrita por Camille M. Gibert, sendo conhecida também como Pitiríase rósea de Gibert. Não se conhece exatamente a causa, mas parece que a hipótese mais viável é que seja ocasionada por vírus, como por exemplo, o vírus do herpes. Mas, é possível que dependa de uma tendência genética do indivíduo, o que seria um facilitador do aparecimento da doença. Questiona-se também outros mecanismos, envolvendo alguns tipos de medicamentos, autoimune, associação com outras doenças, etc. Fatores psicológicos ou estresse podem facilitar o aparecimento da doença, assim como alterações da imunidade e gravidez. Não é contagiosa. É mais comum em adultos, acometendo mulheres e homens, sendo rara em crianças pequenas e em idosos, ocorrendo preferencialmente na primavera e no outono. O maior problema é que sua evolução pode ser prolongada e durar de semanas a meses, assustando o doente. Em alguns casos pode recidivar, mas não é comum que aconteça Quadro c

Dermografismo

A bolsa pesada marca o seu braço? A roupa apertada, a alça do soutien, o elástico da roupa faz você coçar e empolar? Atenção: pode ser dermografismo! Dermografismo é uma doença da pele que afeta cerca de 5% da população e que se caracteriza pelo aparecimento de coceira intensa em locais de pressão. Após o ato de coçar surgem “lanhos” vermelhos nas pele. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas – veja post sobre o tema neste mesmo Blog. No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien. O dermografismo faz parte de um grupo de urticárias deno