Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2019

Alergia a banana e kiwi

Como pode alguém que nunca teve reação alérgica a frutas  sofrer um choque anafilático após comer banana ou kiwi? Pode parecer bizarro, mas a explicação está na borracha. O médico Marcelo Aun, diretor da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI), esclarece: a origem deste distúrbio ao ingerir as frutas pode estar ligada à alergia ao látex. Alergia: reação cruzada A mesma substância causadora da  alergia ao látex  está presente também em frutas como banana e kiwi. É uma proteína de defesa expelida pelas árvores durante a extração da borracha. Por isso, após reagir pela primeira vez a esta substância, uma pessoa alérgica ao látex pode ficar sensível também às frutas. Trata-se de um fenômeno conhecido como reação cruzada. "Tenho paciente que apresentou reação ao encher uma bexiga e, tempos depois, ao comer uma banana, teve reação grave. O paciente jura que nunca teve reação à banana e não entende por que aconteceu. É a presença de antígenos que estav

Obesidade e Asma

Asma e obesidade estão relacionadas? “Estudos sugerem que a ação pró-inflamatória do tecido adiposo pode levar ao desenvolvimento de inflamação nas vias aéreas e, como consequência, deste processo, a asma”, explica o Dr. Fábio Kuschnir, especialista e diretor da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI). Segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), a asma atinge cerca de 235 milhões de pessoas em todo o planeta. Só no Brasil, a doença afeta aproximadamente 20% das crianças e adolescentes. Estudos apontam que a asma é responsável pela morte de dois milhões de pessoas no mundo. Já a obesidade, ainda de acordo com dados da OMS, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos estarão com sobrepeso, e mais de 700 milhões, obesos. O número de crianças com sobrepeso e obesidade no mundo poderá chegar a 75 milhões. Diferentes hipóteses envolvendo fatores genéticos, ambientais, nutricionais, tipo de microbiota, estilos de vida entre outros, procuram explicar a rel

Corticoides para uso nasal - sprays nasais

               * São medicamentos eficazes para tratar a rinite alérgica * Têm um bom perfil de segurança, podendo ser utilizados por tempo prolongado. * Estes medicamentos não têm os efeitos colaterais dos corticoides usados sob a forma de comprimidos, xaropes ou de injeções. * Não viciam e não engordam. * Podem ser usados em crianças, gestantes, idosos, hipertensos, sob orientação médica * Devem ser usados diariamente, mesmo que os sintomas estejam controlados. Mas, é importante que sejam aplicados com técnica adequada. O jato do spray não deve ser aplicado em direção ao septo nasal, mas sim para as às asas laterais das narinas. Desta forma o medicamento se distribuirá melhor e com menor risco de efeitos colaterais como por exemplo: ardência, irritação e sangramento local. Como usar o spray nasal 1) Antes do uso, lave as narinas com solução fisiológica e assoe suavemente 2) Agite o frasco e remova a tampa 3) Segure o frasco na posição vertical, mantendo o polegar n

IgE não faz diagnóstico de alergia alimentar

  Esse é um assunto recorrente. Infelizmente, de forma frequente vejo pessoas – especialmente crianças, o que é mais grave – privando-se de alimentos importantes porque o médico pediu um exame de IgE que deu positivo. Mas a prática da Alergia não é simples assim!!! O diagnóstico da doença alérgica não pode se basear apenas num resultado positivo de um exame. É o conjunto que importa e especialmente a clínica do paciente, ou seja, seus sinais e sintomas. Então, vamos falar mais uma vez.  ALERGIA A LEITE (E OUTROS ALIMENTOS) NÃO OCASIONA:  • Resfriados de repetição  • Excesso de muco  • Infecções de ouvido  • Pneumonias  • Infecções de garganta  • Baixa de imunidade  ALERGIA AO LEITE PODE CAUSAR: • Anafilaxia  • Proctocolite e/ou colite alérgica  • FPIES ( enterocolite alérgica)  • Esofagite eosinofílica  • Outros problemas gastrointestinais (cólicas do lactente, refluxo gastroesofágico.  Mas, cuidado! Nem sempre é a alergia que está por trás disso!)  • Dermatite atóp