Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2021

Falando sobre pigarro

Pigarro é um velho conhecido de todos, pois se trata de uma afecção comum. Muitos se lembram ainda de uma propaganda que prometia acabar com o "bichinho do han-han".  Funciona como uma pequena tosse para aliviar a sensação de embaraço ou coceira na garganta. O pigarro tem a finalidade de expelir uma secreção acumulada aliviando o desconforto. A causa mais comum de pigarro não é a alergia, mas sim o  tabagismo.  O fumante sofre a ação tóxica das substâncias presentes no cigarro e isso altera seu mecanismo de defesa e limpeza na garganta e vias respiratórias, gerando a necessidade constante de limpeza da garganta com pigarros frequentes. No caso, fumantes costumam evoluir com piora do quadro, surgindo a tosse crônica e agravamento do seu quadro.  É importante ressaltar que a fumaça do cigarro pode causar pigarro tanto para o fumante como para as pessoas que convivem com ele (tabagismo passivo). Outras causas de pigarro : -  Resfriados e gripes  podem se acompanhar de aumento da

Urticária crônica - MITOS

O que é urticária crônica? A urticária é uma doença que se caracteriza pelo surgimento de lesões  avermelhadas na pele ("empolações") que coçam e incomodam bastante. Podem se juntar formando placas. As urticárias  podem ser classificadas em 2 grupos:  - Urticária Aguda: têm início recente, com tempo inferior a 6 semanas.  - Urticária crônica: lesões surgem na maioria dos dias da semana e permanecem por tempo igual ou superior a 6 semanas. A pessoa que tem urticária crônica terá também choque anafilático? MITO . O choque anafilático e edema na glote são mais comuns em pacientes que apresentam urticária aguda, sendo muito raros na urticária crônica. Urticária altera a imunidade. MITO.   A imunidade do paciente com urticária crônica não é baixa. Pacientes com imunodeficiência podem apresentar urticária sem haver, entretanto, relação direta entre elas. Quem tem alergia a camarão terá também para o contraste com iodo? MITO.  Durante muitos anos se pensou que o camarão provocava al