26 fevereiro 2009

Candidíase

Convidamos a Dra Leila Marinho, especialista em ginecologia e obstetrícia, para falar de um tema muito importante, a candidíase ou monilíase vaginal.

Cândida albicans ou monília é um fungo que vive no solo, nos vegetais e em animais, principalmente no aparelho digestivo de aves e do homem, sem causar danos. Determinadas condições propiciam a sua multiplicação, tornando-o agressivo.

O meio ideal para o crescimento deste parasita é o ácido, quente e úmido, tanto em superfícies quanto em líquidos, sendo, portanto, comum encontrá-lo no ser humano, vivendo em simbiose com nossa flora bacteriana de proteção, como um saprófita.

Homens, mulheres e crianças possuem o fungo em seu corpo. Quanto menores as defesas da pessoa, maior a possibilidade de uma infecção oportunista. Sendo assim, qualquer fator que diminua a imunidade pode levar a uma infecção fúngica (micose), denominada, neste caso, candidíase ou monilíase.

As regiões do corpo onde o fungo é encontrado e estão suscetíveis são:
-Pele, principalmente em dobras
-Mucosas genital e perianal (em ambos os sexos)
-No trato digestório: boca (popularmente chamado de sapinho), estômago e intestinos
-Bexiga e uretra
-Trato respiratório: fossas nasais, faringe laringe, traquéia, pulmão
Dentre estas áreas, a candidíase é mais frequente na genitália (ambos os sexos) e pele. Até um bebê pode adquiri-la.

No homem apresenta-se sob a forma de balanopostite (inflamação da glande e prepúcio). Balanite é inflamação da glande; postite é a inflamação do prepúcio.

A mulher é a maior vítima do fungo. Mais que a metade da população feminina apresenta mais de 2 episódios de candidíase ao ano. A prevalência em mulheres é 20 vezes maior que nos homens.

Existem várias espécies de cândida. Em todo o mundo prevalece como agente etiológico a cândida albicans (ou cândida sp), seguida por c. glabrata e c. parapsilosis, sendo que ainda existem a c. tropicallis, c. pseudotropicallis, c. stellatoidea, c. krusei e c. quilwermond.

Os países quentes dão condições perfeitas para a existência do fungo. No verão os casos triplicam. Nos países frios a incidência também é grande entre aqueles com precários hábitos higiênicos. Sendo assim, é um fungo que não elege faixa social. Certamente pessoas de baixa condição sócio-econômica são alvo desta contaminação, não exatamente por falta de higiene, mas por dificuldade de acesso a informações, à conscientização, ao atendimento médico, aquisição das medicações e à desnutrição.

Como é a candidíase?

Os sintomas e sinais apresentados em ambos os sexos são iguais, a despeito de faixa etária, porém alguns vão apresentar graus variáveis da micose. Neste artigo é ressaltada a candidíase vaginal e vulvar, mas nas outras áreas do corpo, a descrição vale para ambos os sexos.

E se tiver odor desagradável?
A mulher pode apresentar infecção por cândida associada a outras doenças. O fungo, neste caso, “aproveita” o ambiente já agredido para se instalar também.

Apenas como exemplo, comparando-se as características de alguns microorganismos, também comuns à mulher, sabe-se que secreções com odor fétido sugerem contaminação por cocos ou gardnerella vaginalis (vaginose bacteriana) ou, ainda, por trichomonas vaginalis (trichomoníase). Quando a infecção primária é por cândida, também podemos perceber odor, se houver fermentação, mas geralmente na candidíase vaginal o corrimento não tem cheiro intenso.

Fatores predisponentes para se adquirir candidíase:
- Hormônios:
Os estrogênios produzidos pelos ovários, na fase procriativa da mulher, ou os utilizados em anticoncepcionais e terapia hormonal para a menopausa, levam ao aumento do glicogênio no meio vaginal. Quanto maior o nível de estrogênio e do glicogênio, maior a tendência a candidíase.

Os bacilos de Doederlein (também chamados lactobacilos) fazem parte da flora vaginal e intestinal de proteção e transformam este glicogênio em ácido lático. Por isso a vagina tem PH baixo, ácido, o que protege esta cavidade contra bactérias do meio externo. O desequilíbrio desta flora predispõe à colpite micótica.

Na menopausa e na infância a frequência de candidíase é menor, mas como a micose tem vários fatores desencadeantes, não é incomum pessoas mais idosas e crianças a terem. A assadura do bebê, quando não causada pela urina contida na fralda em contato com a pele (dermatite amoniacal), tem como causa a candidíase.

- Uso de antibióticos
Os antibióticos são medicamentos que matam bactérias. Cândida albicans é fungo e não morre com antibiótico. Mas os antibióticos usados para combater alguma infecção bacteriana podem destruir as bactérias que protegem nosso corpo. Assim sendo, os fungos que nos habitam, uma vez que não são combatidos pelos microorganimos de proteção, passam a se multiplicar.
Após terapia antibiótica são frequentes casos de candidíase em intestino (geralmente causando diarréias) e em genitais, principalmente na vagina.

- Diabetes
Em diabéticos, quando a taxa de glicose está alta na corrente sanguínea, há o aumento da acidez no organismo. A candidíase de repetição no diabético sugere que o mesmo não esteja compensado de sua patologia, quando estão acontecendo frequentes episódios de hiperglicemia.

- Uso de corticóides
A ação dos corticoesteróides é necessária em várias doenças, tais como nas doenças autoimunes (como o lupus), doenças reumáticas, asma etc. Mas a corticoterapia tem efeito imunossupressor, ou seja, age inibindo a liberação de enzimas de certas células que habitualmente combateriam os fungos. Com isso, criam-se condições para o seu supercrescimento.

Um outro efeito colateral dos corticóides, com uso de longa duração, é o aumento da glicose no sangue (glicemia), que é fator predisponente a candidíase.

- Gravidez
Os estrogênios e os corticoesteróides naturais de nosso organismo estão aumentados durante a gravidez, da mesma forma que o glicogênio, fatores anteriormente assinalados como facilitadores ao aparecimento da doença.

A inflamação da vulva e da vagina por fungos é a queixa ginecológica mais comum na gestante. Os recursos terapêuticos para se combater o fungo durante gravidez ficam restritos, por haver contraindicação de certas medicações. Com isso, a ocorrência de candidíase se torna mais frequente.

- Anticoncepcionais
Os anticoncepcionais hormonais predispõem a mulher a candidíase da mesma forma que os fatores da gravidez. Quando a mulher apresenta recorrência desta infecção, é indicado o uso das doses mais baixas, ou mesmo a substituição por outros métodos contraceptivos.

- Transmissão sexual
Já foi dito que qualquer ser humano pode apresentar a infecção, mas a mulher está mais propensa a adquiri-la. Durante o ato sexual o parceiro (ou a parceira), contaminado(a) pelo fungo, pode ser transmissor(a) da doença. Da mesma forma que nos genitais, a contaminação pode vir
por via anal ou oral.

O preservativo só protege parcialmente o homem ou a mulher, uma vez que a área infectada pode estar fora de onde a borracha cobre: entre as pernas, entre as nádegas, no púbis, bolsa escrotal, vulva.

Mesmo que os sinais de candidíase sejam na mulher, é conveniente fazer o tratamento conjugal por profilaxia. Homens assintomáticos podem ser portadores do fungo e os transmitir à mulher ou, ao contrário, a mulher pode apresentar candidíase sem apresentar queixas e contaminar o parceiro.

- Imunodeficiência
A morbidade e mortalidade da candidíase estão diretamente relacionadas ao estado imunológico do(a) paciente. Torna-se difícil o tratamento quando a pessoa tem alguma doença crônica ou consuntiva concomitante, como é o caso da SIDA (AIDS), do câncer, na quimioterapia, quadros de carência nutricional, nos pacientes acamados por período prolongado ou internados em CTI.

A infecção sistêmica, acarretada pela disseminação do fungo através da corrente sanguínea, é o quadro mais grave. Há situações onde se faz necessário lançar mão de medicamentos antimicóticos, rotineiramente administrados, principalmente quando o doente já foi acometido pelo fungo.

- Hábitos nocivos
Duchas vaginais: A vagina tem sua flora bacteriana de proteção e não deve ser modificada com duchas vaginais, que muitas vezes são utilizadas com a intenção de higienizar esta cavidade. Toda vez que os lactobacilos são carreados ou destruídos, imediatamente o local é povoado por fungos e bactérias estranhas.

Desodorantes íntimos: sprays aromatizantes, perfumes e desodorantes íntimos podem retirar o manto gorduroso de proteção da pele e mucosas, além de mudar, para mais ou menos, o PH local. Deve-se usar apenas sabonetes neutros.

Vestimentas inadequadas: Para se manter a região perineal o mais protegida possível dos fungos, é importante que se use roupas que facilitem a transpiração, principalmente no clima quente.

Higiene pessoal: Tomar banho ainda é uma recomendação, que, a princípio, parece óbvia, mas muitas pessoas não gostam de tomar banho ou não sabem tomar banho.

Ao acordarmos, após uma noite de sono, estamos sujos, mesmo que não pareça. Estamos também sujos após um dia de trabalho. Deve-se, pelo menos, lavar a região genital e ânus, principalmente após a evacuação, uma vez que é do intestino que vem rica fonte de fungos.

O uso do papel higiniênico após a evacuação deve ser passado na direção dos genitais para o ânus, mas o mais importante é lavar-se a seguir.

Também é indicado tomar banho de corpo inteiro, além da escovação dos dentes e língua, previamente ao contato sexual e após o mesmo.

As calcinhas, cuecas, shorts e calças compridas devem ser trocados diariamente ou, até, mais de uma vez ao dia, ainda mais se a pessoa estiver com micose. Nossas roupas não precisam ser lavadas com água fervente, apenas sabão em pó ou detergentes, e secas de preferência ao sol. Roupas mal lavadas e que são secas em lugares úmidos, como o banheiro, mantêm o fungo no tecido.

Não se deve compartilhar roupas íntimas e toalhas com ninguém. Isso também vale para escovas de dente.

Banheiras e bidês, se não perfeitamente limpos, são povoados por microrganismos os mais variados, inclusive a cândida. A água das piscinas, quando bem tratada com cloro, que tem forte poder germicida, não oferece risco, porém não se pode dizer o mesmo fora dela.

Uma ressalva é que o cloro altera o PH da pele e mucosas, facilitando a autocontaminação pelo fungo, acrescido do uso de roupas de banho com tecido sintético, que mantêm umidade e calor no corpo. São alertas importantes para quem pratica natação ou é usuário de piscinas em clubes. A água do mar não carreia o fungo, mas é na areia que mora o perigo. Felizmente em nossa sociedade não são habituais os banhos comunitários em ofurôs ou banheiras.

Por falar em banheira, ninguém consegue se limpar tomando banho em uma, prática comum em países frios. É um raciocínio lógico, pois todos os nossos germes retirados do corpo estarão sobrenadando à nossa volta. Deve-se tomar banho de chuveiro antes.

Alimentação: Quanto mais saudável e rica for sua alimentação, melhor vai ser a imunidade do ser humano. Isso não significa que precisamos comer muito, mas comer com qualidade: carnes magras, verduras, frutas, legumes etc.

Quanto mais rica em açúcar e carboidratos for a dieta, maior o risco de crescimento de fungos no intestino, que, como já foi abordado, é habitat da cândida e por onde se pode adquiri-la para outras áreas do corpo.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico clínico da candídíase, na maioria das vezes, é fácil, pois os sinais e sintomas são muito característicos, mas ela pode ser confundida com outras doenças, principalmente em quadros graves ou exacerbados.

Toda vez que a mulher apresentar os sintomas, deve ser examinada. A cada semestre, deve ser realizada a colpocitologia, que é o exame de Papanicolau ou preventivo.

A pesquisa do fungo através de culturas especificas fica direcionada aos casos clínicos de difícil esclarecimento, para o diagnóstico diferencial com outras patologias.

Nos casos comuns temos variadas opções terapêuticas, que incluem cremes, pomadas, loções e medicação por via oral. O tempo de tratamento, a apresentação a ser usada e o esquema terapêutico devem estar de acordo com a conduta médica.

O paciente não deve se automedicar, ainda mais se está apresentando reincidências da micose. É necessário investigar os fatores causadores do problema.

As vacinas atuais não são específicas para a candidíase, mas, sim, imunomoduladores, que ajudam a combater a doença, aumentando a defesa celular contra o fungo.

Visite o site da Dra Leila

273 Dê sua opinião:

«Mais antigas   ‹Antigas   1 – 200 de 273   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Tenho sérios problemas com candida repetitiva, e pelo que percebo não ha uma cura definitiva... Gostaria de saber se a homeopatia pode ajudar... Grata desde já.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O uso da medicação é fundamental, mas nem sempre é suficiente nos casos de candidíase repetida A imunoterapia aliada aos cuidados preventivos tem bons resultados no tratamento da candidíase recorrente. Quanto à homeopatia, não podemos opinar, já que nossa equipe trabalha com a alopatia. Aconselho que procure um alergista para complementar o tratamento em conjunto com o ginecologista. Obrigado pela visita e volte sempre a nosso blog.

Aninha Pontes disse...

Incrível, que sempre achamos que sabemos muito.
Mas uma matéria como essa, é um espetáculo em aprendizado.
Mais uma vez parabéns.
Não há como sair daqui, sem que se tenha visto ou aprendido algo.
Um beijo

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigada, Aninha. E, aguarde, teremos uma segunda parte, falando sobre a candidíase e a alergia (ainda esá em fase de criação). Volte sempre!

Anônimo disse...

Estou com uma ardencia na vagina e além disso parece que está esfolada a 2 meses.Já tomei remedio contra fungos,pomadas e nada de melhora. O que pode ser?estou preocupada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente não é possível dar um dianóstico sem examiná-la pessoalmente. Sugiro que marque uma consulta com ginecologista para uma orientação adequada. Obrigado por visitar nosso Blog.

Anônimo disse...

Por favor a minha basterioscopia na conclusao deu : Flora grau I o q é isso???

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os dados que fornece são insuficientes para uma avaliação precisa. É provável que seja um processo inflamatório. Aconselho que entre em contato com seu ginecologista para uma orietação adequada. Obrigado pela visita ao blog.

Anônimo disse...

Penso que sou um caso recorente de candida. A primeira vez que tive, foi logo apos meu parto, devido a quantidade de antibioticos que me deram no hospital, um medico me passou uma pomada de uso interno por sete dias, foi excelente, Agora recentimente tive uma crise de sinusite e logo em seguida de faringite, com isso tomei dois antibioticos diferentes e apenas um mes. e agora estou sentindo a dois dias uma coceira na regiao vaginal. Penso que seja o mesmo caso. nao ha corrimento continuo, apenas quando uso o toilet, percebo que as vezes sai essa coisa branca no papel higienico. e sinto que a umidade da vagina esta maior. Quanto ela comeca eu tomo um banho e logo ela melhora. Como estou morando o exterior. Fica muito dificil ficar indo ao medico em determinados casos. Estou pensando e comprar o mesmo medicamento que o medico me passou na primeira vez que tive. Seria aconselhavel? Se eu pudesse realmente iria ao medico, mas o lugar onde nos imigrante nos tratamos, infelismente agente tem que esperar ate tres meses pra ser atendido.ou simplismente pagar uma fortuna em dolares por um exame,e no momento nao tenho disponibilidade desse dinheiro todo. Please, vcs poderiam me ajudar. Adorei a materia, foi muito esclarecedora. Obrigada!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A secreção vaginal pode ter variações durante o ciclo menstrual, sendo normal que aumente em determinados períodos. Para definir se é mesmo candidíase, é essencial examinar e colher material e avaliar em microscópio. Aconselho que marque consulta com ginecologista. Mesmo que a marcação seja lenta, não se recomenda usar medicação sem confirmar o diagnóstico. Obrigado por sua visita e pela participação no Blog da Alergia.

Anônimo disse...

estou com candidiase no pênis e anus não consigo me livrar dessa praga a três meses
preciso de ajuda?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Aconselho que procure um urologista para tratar seu problema de forma adequada. Obrigado pela participação em nosso blog.

Anônimo disse...

Estou com candidiase na vagina.
Ja tive uma vez fui ao genecologista e ele recomendou uma pomada um sabonete liquido e mandou eu fazer acentado com agua quente.
Hoje tenho ela de novo, meu namorado esta com umas bolinhas no pênis vermelhas, acho que foi eu que passei pra ele. A minha vagina coça muito e arde, a parte genital esta toda vermelha. Não me alimento muito bem. Tenho problemas com infecçao urinaria porque ja tive varias vezes, e ja tomei muitos antibioticos, nao sei o que fazer me ajudem!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Aconselho que retorne ao seu ginecologista para um novo exame. Ele é a pessoa mais indicada paa ajudá-la.Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

A candidiase pode como sintoma causar pequenas erupções na pele como se fossem espinhas com aquela ponta amarela que coçam, doem e ardem?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Para identificar lesões na pele é essencial examinar pessolmente, mas seu relato não sugere uma candidíase. Aconselho que procure um médico para fazer o diagnóstico e indicar um tratamento. Obrigado pela participação no Blog da Alergia.

Anônimo disse...

Já tive candidiase uma vez e agora acho que estou novamente, anida não fui ao médico,mas sinto os mesmo sintomas só que com menos intensidade, já estou lavando minhas calçinhas co sabão de coco e mudei minha alimentação, não tomo antibioticos, e sinto que esses incomodos acontecessem geralmente dias após relações sexuais, mesmo utilizando camisinha,meu parceiro não sente incomodo algum, nesse caso tem algum risco de ele também estar contaminado?

jose disse...

oii!!queria saber como é a candida na pele?
é parecida com uma micose ?
pq minha namorada tve candiadise... ai tbm apareceu uma mancha bem pequena na minha barriga e nela tbm apareceu uma mancha na barriga
lebrando que ja saiu .. passei uma pomada chamada furacin....!e 4 dias saiu ... sei que nao é anti fungico.. ai aonde teve a mancha esta de cor branca agora ..queria saber si pode ser candiadise .. si devo passar um anti fungico
obrigadoo
jose

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O homem pode ser assintomático mas ser portadxor do fungo e por isso se aconselha que também se trate. Obrigado pela visita ao nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

José: infecções causadas por fungos popularmente conhecidas como micoses) podem se manifestar de formas variadas e em alguns casos com manchas esbranquiçadas ena pele. O ideal é procurar um dermatologista pois o uso de cremes inadequados pode mascarar a lesão e prejudicar o tratamento. Obrigado por visitar nosso blog.

Anônimo disse...

Oi pessoal. Pesquiso muito sobre a candidíase, pois sofro deste mal a muito tempo. Tenho 28 anos e a 1ª vez que eu tive já faz uns 10 anos, antes eu fazia o tratamento com comprimidos e creme vaginal e resolvia o problema, por pelo menos uns 8 meses,1 ano e notei que de uns 2 anos para cá eu vivo fazendo tratamento. Só este ano, já fiz 3. Já fiz dieta de carboidratos e açucar, uso sabonete íntimo, minhas lingeries são de algodão...Já fiz te tudo que é possível e não sei o próximo passo. Desta vez troquei de ginecologista e ele me receitou comprimidos para candidíase e tbém para gardnerella, pois ele explica que um favorece o ambiente para o outro. Hoje é meu último dia de tratamento para gardnerella e a situação não teve melhora, está cada dia pior, semana que vem vou tomar os comprimidos para candidíase...
Achei está página muito interessante e com informações valiosíssimas, pois desta vez se eu não melhorar irei procurar algum tratamento psicológico,pq não consigo mais fazer sexo e já nem sinto vontade (devido a doença recorrente que está me prejudicando muito) e também irei procurar um alergista. Tenho medo que esta doença pelo fato da recorrencia e mais agora gardnerella me traga consequências mais sérias como a infertilidade.
Obrigada pelo espaço

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O alergista poderá avaliar sua imunidade e indicar um tratamento com vacinas que pode ser muito eficaz no tratamento das candidíases. obrigado pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

A candidiase aparece antes da gravidez como sintoma? O periodo nao me aparece ha 2 dias e habitualmente ele atrasa sempre 5 dias de mes em mes. Mas apareceu.me uma comichao na vagina ha 2 dias atras que ando a tratar. Queria saber se isto e' sintoma de gravidez, se isto pode ser a causa de o meu periodo nao vir ou se nao influencia de nada o ciclo menstrual. Obrigada. Aguardo resposta.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não é sinal de gravidez. Mas, a presença da candidíase pode indicar um problema que também poderia alterar seu ritmo menstrual. Aconselho que marque com seu ginecologista. Obrigado por visitar nosso blog.

Anônimo disse...

Obrigado pela resposta.
Vim dar novidades.
O meu periodo já veio, 5 dias depois da data e a minha candadiase esta muito melhor. Tenho feito tratamento e desinchou. Tambem ja nao tenho comichao. Obrigado e boa noite.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigada pelo retorno. Abraços.

Anônimo disse...

Olaaa
Gostaria de saber o que significa Flora Grau I, pois tenho muito corrimento..mas nao tenho coceira, mas sempre sai muito um liquido meio leite, uma massinha! ja fiz dois tratamentos c creme vaginal e Vibramicina (antiflamatorio). Gostaria de saber o q significa a Flora Grau I, pois fiz a bacterioscopia e deu isso. Grata

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A classificação em graus serve apenas para definir melhor o grau da inflamação presente no exame. Peça à sua ginecolofgista que a oriente sobre seu caso pois ela a examinou e conhece os detalhes clínicos, que são importantes para interpretação do exame. Obrigado por visitar nosso blog.

Mulher Desesperada disse...

Desde os 14 anos de idade, bem antes de ter relações sexuais, tenho crises constantes de candidíase. Este ano a coisa piorou muito: ela volta todo mês. Remédios via oral, pomada vaginal, parecem não adiantar muito. O que devo fazer? Obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Recomendo que retorne ao seu ginecologista e peça uma indicação de um alergista para avaliar seu caso.Estamos ao dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

kathleen-flor disse...

TENHO CANDIDA CRONICA E NA VERDADE NUNCA FIQUEI CUURADA. GOSTARIA DE SABER SE EXISTE ALGUMA VACINA QUE EU VA FICA MAIS TEMPO SEM ELA COMIGO?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Kathleen: aconselho que procure um alergista para definir se há indicação de uma vacina para seu caso.Obrigado pela visita ao nosso blog

Anônimo disse...

tenho corrimentos sem coceira a muito tempo. minha ginecologista ja me receitou antibióticos, antifungicos.. mas nada adianta. fiz tambem exame de cultura e não havia nenhuma infecção, é como se estivesse normal. mas o corrimento branco e com mal cheiro permanesse. queria saber se isso poderia ser causado por algum componente do sabonete ao sabão em pó. será que é uma alergia? Ana Beatriz

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Ana Beatriz: infelizmente, não é possível responder sua pergunta via internet. Somente através de uma consulta médica será possível estabelecer o diagnóstico. Aconselho que solite à sua ginecologista um encaminhamento para um alergista. Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia PGRJ. Obrigado por sua visita.

Anônimo disse...

Boa tarde!
Primeiramente parabéns pela matéria tão bem explicativa.
Tenho 52 anos e pela primeira vez tive a tal "candida". Estou indo em dois médicos (ginecogista e nutricionista) pois estou com indice alto de glicose (116) embora não seja uma consumidora de doces, massas. Acontece que a candida se repetiu, e toda vez que fico estressada ela aparece e agora além da vagina sinto desconforto no anus, coceira, irritação e uma bolinha pequena que desaparece dentro de 2 dias. Meus medicos disseram que é do açucar mas eu ja estou ficando incomodada porque desde a primeira contaminação já se passaram 2 meses. Gostaria de saber se há ligação de uma coisa com a outra, e qual medicação poderia usar para aliviar?
Grato, parabéns mais uma vez
Maria Ines

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Maria Inez: o aumento da glicose no sangue acarreta em aumento da acidez no organismo, favorecendo o surgimento da candidíase.Quanto à medicação, pedimos sua compreensão, mas não indicamos tratamento sem examinar pessoalmente. Obrigado por sua participação e por seu incentivo ao nosso trabalho voluntário no Blog da Alergia.

Anônimo disse...

Pela segunda vez nesse ano (2009) estou com candidíase, pela materia verifiquei as inumeras causas.Agradeço as informaçoes.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Procure relacionar as causas de candidíase com o seu caso e converse com seu ginecologista. Agradecemos seu incentivo e convidamos que assine nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Vivo com a Candíidiase, não suporto mais, pois é desesperador... Estou casada a 6 meses e mal consigo ter relações sexuais. Comecei um trtamento com as vacinas candidinas, mas não segui o tratamento corretamente. Vou voltar a fazer o tratmento, mas gostaria de saber se a candida tem alguma relação com a doença LUPUS, pois não tenho sintomas da mesma, porém meu FAN é positivo, sabemos o LUPUS é uma doença auto-imune, a candida´pode ser um sintoma ou consequencia deste LUPUS.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O parecer que solicita não pode ser feito através de aconselhamento por email, sem conhecer mais detalhes do seu caso. Lupus eritematoso sistêmico é uma doença que se acompanha de um desequilíbrio imunológico. Mas, a gravidade da doença, bem como a forma de manifestação é variável, podendo ter formas leves e outras mais graves. Aconselho que procure um reumatologista para orientá-la. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Porque a candidiase sempre aparece no meu caso apos relações sexuais, claro com o mesmo parceiro, sempre em mim e nunca nele , é por causa do atrito dos órgãos sexuais?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não é possível emitir um parecer sobre seu caso através da internet e baseado apenas em seu breve relato. Contudo, gostaria de fazer algumas considerações: 1) em geral, a presença de queixa de ardência na relação sexual pode significar que a pessoa já está com a candidíase. 2) a ardência que surge dias após a relação sexual pode ter outras causas.
3) Estudos comprovam que parceiros de mulheres com candidíases de repetição (comporovada) podem possuir o fungo nos genitais, mesmo assintomáticos. Por isso é recomendado o tratamento conjugal A mulher é muito mais propensa ao fungo. 4) Candidíase não é somente adquirida por contato sexual: este fungo existe no corpo humano e fatores predisponentes podem levar a uma infecção, tais como: uso de pílula anticoncepcional, higiene precária, calor, abafamento constante, diabetes, etc. Por tudo isso, aconselho que retorne ao ginecologista e peça uma nova orientação para seu caso. Obrigado por sua visita.

Anônimo disse...

Tenho candida de repetição e uso calça jeans todos os dias no trabalho, sei que é prejudicial , qual o tipo de calça adequada neste caso, tenho que abolir definitivamente a calça jeans? Calças de malha podem ser usadas?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O fungo existe no corpo de qualquer ser humano e fatores predisponentes podem levar a uma infecção, tais como o calor e abafamento constante, como é o caso da calça jeans. Aconselho que converse com seu ginecologista e peça que oriente como controlar os fatores envolvidos no seu caso. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assinar nosso blog, passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Oi
Este ano (2009) já tive candidiase 6 vezes, fiz os tratamentos normais, por via oral, ovulos vaginais e creme. Também tomei lactobacilus em capsula, e mesmo assim, volta a ter a infecção, mas a mim não me dá coceira, só arde imenso! Sempre que vou fazer analise não aparece nada! Já não sei que fazer... Como funciona a vacina? Há outros tratamentos?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A imunoterapia tem o objetivo de melhorar sua resposta imunológica à Cândida. Aconselho que converse com seu ginecologista a possibilidade de encaminhá-la para um alergista. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

oi vcs ja ouviram falar em floral de bar,tenho um filho mto agitado as vezses fica nervoso chora mto nao esta dormindo a noite toda fico mto preocupada é meu primeiro filho ser que posso dar a ele?ele tem sinusite, rinite,chia de vez enquando,to fazendo tratamento com alergista tem do resultado graças a deus.obrigado.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A rinite alérgica é uma doença que parece simples, mas que pode provocar muitos problemas à criança. A dificuldade respiratória pode ser capaz de prejudicar o sono e o descanso, provocando a irritabilidade infantil. Aconselho que converse com o alergista do seu filho antes de iniciar a medicação.Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

oi tenho sofrido já a mas de um ano com este desconforto da candida,so alivia quando me lavo e troco de calcinha,já fiz tratamento e de nada adianta será que devo procurar um alergista,a o meu esposo não reclama de dor alguma mas tem imunidade baixa e sempre esta com alergias espirando pode ser um sintoma da cndida,ja não estou nem tendo relação de tannto desconforto e não sinto m,as vontade tambem já estou com medo de prejudicar o meu casamento..

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Aconselho que converse com seu ginecologista e peça que a encaminhe para um alergista de sua confiança. Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

Anônimo disse...

ola, tenho 14 anos sou homem tenho candidiase na virilha em cima dos pelos pubianos ela aparece muito como uma queimadura depois do tratamento ela fica invisivel mesmo

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O tratamento da candidíase pode ser repetido. Muitas vezes pode ser curado apenas com cremes e pomadas. Em outras é preciso usar os antifúngicos em forma de comprimidos. Aconselho que procure um dermatologista para orientar seu tratamento. Obrigado pela visita.

Anônimo disse...

eu nao sei se tenho corrimento, mas tem certos dias q fica um liquido branco e pastoso fora da minha vagina mas isso acontece muito raramente o que é?
meu namorado acha que traiu ele, e que isso é semen de outro homem...
o que eu faço
o que voçe acha que é?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não posso afirmar a causa do corrimento vaginal que descreve sem examinar pessoalmente. Aconselho que marque uma consulta com seu ginecologista para que possa orientá-la adequadamente. obrigado pela visita.

Anônimo disse...

Ola< estou com candidiase repetitiva ha 7 meses. Ja tomei fluconazol pimeiro 2 comprimidos, depois 5 comprimidos, e por ultimo mais 2 comprimidos. Voltou. Moro nos EUA. Liguei pra gineco no Brasil e ela disse que eu deveria tomar 10 comprimidos de itraconazol. Mas o problema eh que o itraconazol aqui nao eh receitado pra candidiase. Me desculpe mas os medicos daqui nao resolvem o meu problema.
Me da uma luz, devo fazer outro exame de papa-nicolau? Tomo mais fluconazol? Claro com receita. Mas eu estou com medo de tomar o fluconazol e o fungo ficar mais resistente. O itraconazol eh realmente mais forte que o fluconazol? Sera que espero ate Junho quando irei ao Brasil? Desculpe estou ao perdida, nao sei o que fazer. Me deem uma luz.
Muitissimo obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Se o uso do antifúngico não teve resultado, o ideal é colher um novo material para exame e confirmar se seus sintomas estão sendo mesmo originados pela candidíase. mesmo sabendo de sua dificuldade no exterior,lembro que a automedicação é perigosa e pode mascarar sintomas. Aconselho que marque uma nova consulta com sua ginecologista (não é ideal que seja apenas um contato telefônico) ou procure um outro médico para uma segunda opinião. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

Olá!! no meu exame deu colpite crônica, fui medicada e não resolveu, gostaria de saber o que é isso? e o que vai melhorar realmente

Anônimo disse...

Oi, meu nome é Paula, e me queixo da seguinte situação:
Estou com candidíase há 4 meses e meio, já tomei fluconazol, itraconazol,secnidazol, flagyl e até azitromicina, também fiz uso de pomadas e óvulos: trivagel-N, donnagel, fentizol, gynazole, e ainda hoje faço uso de asseio com bicarbonato. Sem contar que meu ginecologista me mandou para o uso do anticoncepcional (Yasmim). Como não quero engravidar agora faço uso de camisinha. Porém o médico mandou eu parar de usar também. Acontece ainda que já fui em 3 ginecologistas e ninguém resolve o meu problema. Ainda tem mais, o meu marido não sente nada, mas mesmo assim tomou os mesmos comprimidos que eu. Agora já estou pensando em procurar um psicólogo. Ando desesperada com essa situação!!! Gostaria de saber das vacinas, recomendação de asseio, ou qualquer outro tratamento que possa me ajudar, afinal não é por falta de ir em ginecologistas ou de remédios!!!!

Aguardo ansiosamente pela resposta

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Colpite significa inflamação do colo do útero e crônica significa que iniciou há mais de 6 semanas. Aconselho que peça orientação ao seu ginecologista que conhece seu caso e poderá orientar de forma mais adequada. Obrigado pela visita.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Paula: o parecer que solicita não pode ser emitido através de um aconselhamento por email, sem uma avaliação pessoal. Contudo, gostaria de fazer algumas considerações: 1) não é desejável a troca de médicos pois prejudica o raciocínio clínico. 2) escolha o mpedico em que mais confiou e dê continuidade ao tratamento. 3) os cuidados gerais devem ser sempre mantidos (estão descritos em nosso texto) 4) A ansiedade tende a complicar e agravar o problema. Aconselho que peça ao seu ginecologista a indicação de um alergista de sua confiança para um acompanhamento em conjunto ao tratamento ginecológico. Obrigado pela visita.

Anônimo disse...

Olá, primeiramente gostaria de parabenizálos por este gesto de generosidade e solidariedade para com todos, amenizando suas aflições...

Bom, eu fui ao urologista e ele me receitou fluconazol 150g dozes semanais, durante 3 semanas, porém já passou o tempo e não obtive resultados...
Meus sintomas são os seguintes:

- Meu meato uretral está um pouco inchado e avermelhado
- A glande e prepúcio estão inchados e avermelhados também
- Toda vez que urino tenho que secar com papel higiênico, pois sempre sobra um pouco de líquido (acredito que seja a própria urina)
- Noto uma pequena vermelhidão também na região do escroto
- A coceira cessou um pouco
- Meu ânus também parece estar infectado, sinto certa umidade(não sou homossexual) e também notei um pequeno caroço no mesmo...
- Após o contágio não sinto mais desejo sexual

Será realmente candidíase o que tenho?
Se sim, qual sabonete e pomada seria bom para o meu caso?
Semana que vem retornarei ao médico com a culura de urina...

Atenciosamente,

Rafael

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Rafael: compreendo sua preocupação e gostaria de poder ajudar, mas infelizmente não há como emitir um parecer e afirmar se é ou não uma candidíase baseado apenas em seu breve relato e sem examiná-lo pessoalmente. Conto com a sua compreensão. Este blog se propõe a orientar sobre as formas de prevenção e tratamento das doenças alérgicas, mas não substitui a consulta médica. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

adorei esses textos, sobre como si prevenir das candidise obrigada?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado. O seu incentivo é muito importante para nós. Volte sempre.

Anônimo disse...

Olá, consegui ler quase todas as resposta, mas ainda assim fiquei com dúvida. Sou homem e tive minha primeira crise há mais de 5 anos atrás. Foi a crise com mais sintomas característicos de cândida. O tratamento foi com fluconazol. Depois disso, entrei num ciclo de recorrência com tratamentos antifúngicos como fluconazol, itraconazol, nistatina. Nesse último ano, passei a ter sintomas permanentes (inchaço leve na glande e vermelhidão ao redor, leve ardência e pequena piora depois da relação sem e com preservativo). Parece um comportamento alérgico. Quais os tipos de exames que devo realizar? Quais especialistas buscar?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente não é possível fazer o diagnóstico sem uma avaliação pessoal. Contudo, gostaria de fazer algumas considerações: 1) existem doenças que podem favorecer o aparecimento da candidíase recorrente, como por exemplo, diabetes. 2) Condições locais e hábitos de higiene devem ser avaliados. Em alguns casos, está indicada uma cirurgia para fimose. 3) a contaminação pode ser facilitada pela presença do fungo em sua esposa ou namorada. Aconselho que procure um urologista para uma orientação adequada. Agradecemos sua visita ao Blog da Alergia,

Anônimo disse...

Olá, gostaria de tirar uma dúvida. Eu tenho uma alergia muito forte a ácaros e por conta disso minha rinite também é forte, parece que está sempre atacada, meu nariz coça todos os dias e sempre está entupido. Também tenho desde bem pequena um corrimento e a região da vulva avermelhada, na verdade bem inflamada, mas nunca deu coceira até que de dois anos pra cá deu essa coceira infernal. Quando fazia tratamentos quando pequena nunca melhorou nenhum sintoma, depois de grande passei a tomar medicamentos como secnidazol, fluconazol, itraconazol e nada de melhorar. Depois passei a associar esses medicamentos ao uso de pomadas e nada também. Todos os médicos que eu vou tratam como se fosse candidiase porém o resultado do exame de secreção nunca mostrou nada, sempre diz que a minha flora vaginal está normal. Será que isso é uma alergia ao próprio fungo que está também associada a rinite? Vocês conheceriam algum profissional em são paulo que é especializado nisso (ginecologista, alergista, etc)?

Érica disse...

Olá Doutora,

Tenho 25 anos, utilizo anticoncepcionais. Minha primeira crise foi há 10 anos atrás... Ano passado fui fazer um tratamento dentário e tomei muitos antibioticos foi quando a candida voltou... Fui ao médico fiz o tratamento, tanto eu quanto o parceiro. Só que desde então ela aparece a cada 2 meses. Isso se durante o periodo não ficar muito nervosa... Não tenho diabetes, AIDS, nada que justifique, fiz mil exames... Utilizei várias pomadas e NADA. Estou desesperada, sabado começou de novo... tomei os remédios e estou aplicando a pomada, isto há 5 dias e ainda sinto coceiras na região vaginal. E antes com 2 dias já não sentia mais, porém sempre segui a recomendação médica de 15 dias com aplicação. Resumindo: Faço tratamento há 1 ano e 1/2 e ainda sofro com a candida pelo menos a cada 2 meses.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Qualquer médico portador de título de especialista em Alergia poderá orientar o tratamento. Em S Paulo, recomendo que solicite a indicação de um Serviço de Alergia na ASBAI: www.sbai.org.br. Agradecemos sua visita.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Erica: recomendo que procure um alergista para avaliar sua imunidade e indicar um tratamento.
Estamos ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

Anônimo disse...

Olá,
Há um ano mais ou menos procurei a ginecologista pois sentia ardor vaginal mesmo sem urinar, a médica diagnosticou Itraconazol e, por 1 anos não senti mais nada, mas agora voltou tudo com mais força, inclusive tive problema no ânus, procurei um proctologista, e este nem falou em candidíase. Voltei a ginecologista e esta receitou Cetozonazol por 5d. Não senti melhora alguma. Será que deveria tomar o remédio por um período maior? E outra dúvida, sou virgem, tem algum exame que posso fazer para identificar se tenho mesmo candidíase ou alguma bactéria?
Gostaria de saber, antes de procurar outro genecologista.
Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O parecer que solicita não pode ser emitido através de um aconselhamento por e-mail. Aconselho que procure um novo ginecologista para que colha material e seja realizado exame histopatológico para pesquisa de candidíase. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

sabão de coco em barra pode ser substituido por sabonete íntimo para mulheres?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não entendi sua pergunta. Por favor, envie um e-mail para blogdalergia@gmail.com explicando melhor sua dúvida. Obrigado pela visita.

Anônimo disse...

sabão de coco, pode ser usado no banho feminino como sabonete íntimo, pois o urologista do meu marido disse que para o banho masculino é o melhor sabonete que existe para lavar o pênis, gostaria de saber se para a mulher é tão bom . Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

É reciso cautela: a pele feminina é sensível e o uso repetido do sabão de coco pode ressecar e irritar a longo prazo. Aconselho que fale com seu ginecologista.

Anônimo disse...

Bom dia doutor..
Tenho 27 anos e há 5 anos uso o anticoncepcional Alestra 20.
Tenho um corrimento normal que minha gineco passa algum mednicamento de vez enquando e trato.
há 4 anos tive HPV, tratei, (fiz Conização), desde então meus exames dão normais, e há +/- 3 anos desenvolvi Herpes vaginal que aparecem no máximo 1 vez por ano.
Fiz um preventivo a 20 dias, e pela primeira vez deu Colpite Micótica, presença de Candida SP. Como é o tratamento?
terei que fazer outros exames ou a minha Gineco só irá prescrever medicamentos?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A sua pergunta é muito específica e não há como responde-la através de um aconselhamento na internet. Para informar a conduta, seria necessário conhecer mais detalhes clínicos do seu caso. Aconselho que peça esta orientação à sua ginecologista. Obrigado pela visita ao nosso Blog.

Anônimo disse...

faço o tratamento com vacina Candidina há 2 anos e já notei uma melhora muito significativa,ainda falta 1 ano e meio para o termino do tratamento.Antigamente sofria muito com esse mal, era uma crise atrás da outra, fiz anos de tratamentos com remédios e nada adiantava, até que minha ginecologista me encaminhou para o alergista e agora estou quase curada.De vez enquanto ela tenta atacar,mas o organismo reage e ela vai embora sem precisar usar nenhum medicamento.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado por seu depoimento. Agradecemos sua visita. Volte sempre ao nosso blog.

Anônimo disse...

Meu namorado apresenta algumas bolinhas vermelhas na glande do penis,ardencia ao urinar e mau cheiro. Isso pode ser candidíase?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Compreendo sua preocupação mas não tenho condições para afirmar a causa das lesões demonstradas por seu namorado sem examinar pessoalmente. Conto com a sua compreensão. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

Olá por três meses seguidos estou com o mesmo corrimento, ardor, leve coceira, usei pomadas e comprimidos para o casal, como foi por tres meses seguidos, minha medica resolveu fazer um tratamento, me passou Gynazole por durante 6 meses, para tratar.
O que eu queria saber é se, realemente eu posso usar essa pomada por tanto tempo...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato não é suficiente para que possamos responder sua pergunta. Aconselho que exponha sua preocupação ao seu ginecologista ou que procure um outro profissional para uma segunda opinião. É muito importante que se estabeleça um clima de confiança e diálogo entre o médico e seu paciente para que se obtenha sucesso no tratamento. Gratos pela visita.

Anônimo disse...

oi, eu tenho 16 anos
e queria saber se estou com candadiase
comçeu a me dar bolinhas ao redor da vagina e Coceira, irritação e vermelhidão ao redor da vagina
Saída de secreção branca com grumos e que pode ter cheiro forte.
Queimação e dor ao urinar ou durante a relação sexual.
e eu fiz sexo com meu namorado sem camisinha e acho q estou com essa doença, você acha q eu posso ter passado essa doença para ele?
E queria saber se tem algum remedio q eu possa tomar pra curar essa doença.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente não posso esclarecer sua dúvida através da internet: não é possíve fazer o diagnóstico e indicar tratamento sem uma avaliação pessoal. Aconselho que procure um ginecologista para orientá-la. Agradecemos sua visita.

Anônimo disse...

tive candidiase e a um mes tomamos remedio eu e meu marido, ficamos muito bem e a umas duas semanas atras notei q ela voltou, fiquei muito preocupada, pode ter sido transmitida por uma terceira pessoa num possivel adulterio?
obs. ele nao tem nenhum sintoma.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A candidíase é causada por um fungo que habita nosso corpo e por isso, em situaçõesonde a imunidade se altere, a doença pode retornar. Aconselho qeu entre em contato com seu ginecologista e peça uma orientação. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Évenim disse...

Olá! Adorei esse blog. Tenho rinite alergica e foi procurando sobre isso que achei esse blog fantastico.
Tive candidiase há uns 2 meses, mas aparentemente foi curada. Nao sei se tive ela de novo antes da ultima menstruação, pois estava usando uma pomadinha interna. Estou para menstruar daqui uns 3 dias e até agora tudo beleza. Tenho uma duvida: minha pele externa ainda arde um pouco, mesmo depois de usar Candicort. Arde nos pequenos e grandes lábios.Senti uma melhora quando depilei os grandes labios, mas os pequenos labios ainda ardem um pouquinho. Pode ser uma alergia?

Fui no ginecologista e ele só passou um sabonete e pediu para esperar. Meus exames nao deram nadinha. Mas minha pele ainda está um pouco sensivel, e arde ligeiramente quando tenho relação, após ejaculação do meu namorado.
Outra duvida: quantos dias antes da menstruação a candidiase costuma aparecer?

Grata,

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Évenin: 1) Não posso afirmar se é uma alergia sem examinar pessoalmente. aconselho que retorne ao seu ginecologista 2) os sintomas costumam se iniciar 5 a 7 dias antes da menstruação embora não seja uma regra. Depende de cada caso. Gratos pela visita.

Anônimo disse...

Olhe bem moro em salvador. e é a segunda vez que uso a pomada, juntamente com o comprimido de fluconazol
a pomada até melhora, mas o vermelhidão acaba voltando
A candidiase pode ser causada também por uso de sabonete. pois estou ligado que tem o sabanote com ph entre 5,5 ou seja semelhante ao da pele que agride mais... essa é minha duvida
se algo que é usado para nossa higiene pode causar a candidiase
E a alimentação pode influenciar no aumento da flora. Eu to começando achar anormal... vejo até a necessidade de fazer os exames. tenho aquela pele que recobre o pênis

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O excesso de prepúcio pode ser causa de candidíase em homens: aconselho que retorne ao seu urologista. Gratos por sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Olá, Há mais ou menos dois anos, venho tendo contantes crises de candidíase. Tenho corrimento branco de forma constante e todos mês, durante alguns dias aparecem as crises com coceiras, irritações, ardor e dor. Todo mês sofro com esse problema. Já tomei vacina durante 5 meses e, fiquei melhor durante o tratamento, mais depois que terminei de tomar as doses, todo voltou e agora todo mês tenho crises.
Tomo anticoncepcional há mais ou menos 6 anos e observei que, embora o corrimento branco seja uma constante, a crise de coceiras e ardor sempre inicia na semana que eu recomeço a tomar o anticoncepcional (ou seja, uma semana após a menstruação).
Meu médico acha que eu devo ficar sem menstruar e tomar anticoncepcional direto, mas estou com medo de piorar se tomar mais anticoncepcional. Eu já estou querendo para o anticoncepcional.
Não sei mais o que fazer, isso me abala muito psicologicamente, pois já tomei tudo que existe de remédio e nada dá jeito.. Me ajudem!!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Compreendo sua preocupação e gostaria de poder ajudar,mas infelizmente não há como orientar um tratamento para a candidíase sem analisar seus dados clínicos de forma minuciosa e sem examinar pessoalmente. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Cínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro para avaliar o caso e prestar maiores esclarecimentos. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Olá, faço tratamento com a vacina Candidina há alguns anos e eu melhorei, mas ainda não estou curada. Agora que eu estou grávida (recém na sexta semana), eu piorei e estou com coceira e ardência permanente. Fui no meu alergista e ele aumentou a frequência da vacina, que de 30 dias passou a ser de 10 em 10 dias, como no começo. Só gostaria de confirmar se não há nenhum risco para o meu bebe.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A imunoterapia (vacina para alrgia)pode ser mantida na gravidez se a mulher já estava em uso. Mas, não deve ser iniciada na gestação. Gratos por sua visita ao nosso blog.

Giselma Lima disse...

Qual remedio mais indicado para o combate da candida? pois todos os tipos de zols ja usei e nada. Itoconazol,nistatina, tiorconazol,tinidazol,miconazol,certoconazol,fluconazol. Por favor me ajude. tem alguma injeções que ajuda no combate dessa pesseguida . obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Gizelma:não há uma medicação que seja "a melhor" nem a "mais indicada" para tratar candidíase. A escolha da medicação é feita de acordo com cada caso. A ginecologista orientará seu tratamento. Contudo, tratar não se resume aos remédios. Peça a ela que a encaminhe para avaliação com um alergista e imunologista. A nossa equipe médica está ao seu dispor na Clínica de Alergia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Gratos pela visita.

Anônimo disse...

Usei nistatina por 7 dias, não adiantou .Depois de 2 dias passei para nitraro de miconazol e o mesmo estava sendo usado próxima ao ciclo menstrual,senti todos os sintomas,mas a minha menstruação não veio.Será que o uso dessas pomadas podem ter alterado meu ciclo menstrual?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os dados enviados não são suficientes para responder sua pergunta. Aconselho que entre em contato com seu ginecologista para uma orientação adequada. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Tenho candidíase recorrente.As vezes ela aparece duas vezes por mês,sempre usei pomadas e comprimidos antifúngicos como: fluconazol,itraconazol... mas eles nunca interferiram no meu ciclo menstrual.Dessa vez estou usando nitroto de miconazol e minha menstruação ainda não veio.Minha pergunta é: o uso de um antifúngico local pode alterar o ciclo menstrual? É normal isso acontecer?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O uso de antifúngico local não altera o ciclo menstrual. Aconselho que procure seu ginecologista para uma orientação adequada. Gratos pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Olá, estou com candidíase de repetição mesmo após eu ter tomado a vacina IMUNOGLUCAN. Tenho medo de tantos medicamentos e reincidências me causarem cãncer. Há esse risco?
Gostei muito do blog, esclarecedor sem desmerecer nossa capacidade de compreensão.
Agradecida

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O fato de ter candidíase não significa que terá cancer. Lembro que além da medicação, é importante avaliar e controlar os possíveis fatores que podem estar predispondo ao surgimentos dos quadros repetidos de candidíase. Agradecemos sua visita ao nosso blog

Anônimo disse...

Parabéns pelo bolg,muito esclarecedor e tirou minhas dúvidas.Irei consultar um ginecologista com urgência.Obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Suas palavras são um incentivo ao nosso trabalho voluntário neste blog. Agradecemos sua visita e aproveitamos para convidar a assiná-lo,passando a receber nossos textos diretamente em seu e-mail. Abraços!

Ana Paula disse...

Olá,

Que trabalho marvilhoso vocês fazem aqui! Gostaria de registrar minha experiência. Sofro com candidíase desde criança e após vários tratamentos com cremes e comprimidos, meu novo ginecologista após uma nova prevenção e conhecer meu caso, me passou um tratamento tópico e local além de me indicar ao imuno elergista. A médica fez o teste comigo e na leitura minha imunidade nem reconheceu a candida, comecei a tomar a vacina candidina, estou na 1ª dose, e por 15 dias tomarei 3g de vitamina C, estou muito animada. Embora não haja cura mas se normalizar as crises já me darei por satisfeita. O tempo minímo da vacina são de 6 meses, a cada 5 dias tomo uma dose.
Bom! Espero ter ajudado a quem sofre deste mesmo mal, e assim que ver o resultado passarei para vocês. Abraços

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado por seu depoimento, Ana Paula. Volte sempre para nos visitar. Convido que assine o blog e passe a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.

Anônimo disse...

Estou com os sintomas da cadidiase, mas de uns dois dias pra ca me surgiram bolinhas na região genital como se fosse aftas, vermelhas com o meio amarelo e que ardem muito, principalmente na hora em que vou urinar. Isso é normal ocorrer ? Essas bolinhas faz parte dos sintomas da candidiase? quanto tempo dura a candidiase? doi muito, ja são quatro dias de tortura, por favor, reponda.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os sintomas que descreve não são sugestivos de candidíase. Aconselho que retorne ao seu médico para nova avaliação e orientação de tratamento. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

anonimo disse:

sou alergico a mofo,cheiro forte,e lingua geografica a + ou - um ano, atualmente apareceu uma fermelhidão por debaixo da glande peniana e arde bastante,em clima quente piora. Isto pode ser candidiase?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não há como afirmar se a lesão que descreve é resultante de uma candidíase sem examinar pessoalmente: aconselho que procure um urologista.Obrigado pela visita.

Anônimo disse...

material apresentando celulas epiteliais e leucocitos.
Flora bacteriana constituida de cocos gram positivos em cadeia e bacilos gram negativos. ausencia de bacilos de Doderlein. ausencia de candida.

O que isso quer dizer?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O relato sugere um processo inflamatório. Aconselho que procure seu ginecologista para uma orientação adequada. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

moreno
oi
tenho umas bolinhas vermelhadas na cabeca penis e enbaixo da cabeca e vermelhidao e arde quando masturbo. axo q uma candidise e ja tomei fluconazol e passei creme mais so aliviou os sintomas.estou tomando cetaconazol e so melhora.vcs sab tratamneto eficaz.os remedios que tomei foi receitado pelo medico. me ajudem estou com isso a 5 mes
obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Moreno: peço sua compreensão, mas não tenho condições para diagnosticar ou para indicar um tratamento baseado apenas nos dados enviados. Aconselho que procure um urologista. A consulta médica, a avaliação criteriosa dos dados de seu histórico clínico e o exame físico cuidadoso são a base para o sucesso do tratamento. Gratos por sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

minha namorada esta com isso, isso eh 100% transmitido por relação sexual ou n é em todos os casos?? Por que em mim n apareceu nada.
Obs: parabéns pela materia.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O grande diferencial da candidíase é a presença dos fatores predisponentes, que variam em cada pessoa e como mostramos no texto, são muito variados. Por isso, não há como comparar uma pessoa e outra. Obrigado por sua visita e pelo estímulo ao nosso trabalho voluntário neste Blog.

Anônimo disse...

Olaa, gostaria de saber se candidiase é sintoma de gravidez?
pq eu tive relações sexuais [nao estava no meu periodo fertil e meu parceiro usou camisinha] e estou com um vermelhidão na virilha e esta coçando..
e minha mestruaçao esta atrasada um dia..
isso pode ser sintoma de gravidez?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Candidíase não é sinônimo de gravidez. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

posso usa trivagel n estando menstruada???

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Peço sua compreensão, mas este blog se destina à orientação de formas de prevenção e tratamento das doenças alérgicas. Sua pergunta foge deste tema. Aconselho que entre em contato com seu ginecologista.

Anônimo disse...

Estou com a candidíase e me receitaram o rémedio secnidazol para mim e meu namorado tomar e queria saber se ele é indicado para o tratamento da candidíase vaginal??

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Peço sua compreensão, mas este blog se destina a orientar sobre doenças alérgicas e sua pergunta foge deste tema. Secnidazol é um derivado sintético da série de um grupo de substâncias conhecidas como "imidazóis" usado no tratamento de alguns tipos de parasitoses e em alguns tipos de vaginites inespecíficas. Aconselho que consulte seu ginecologista antes de usar qualquer medicamento.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se quem é alergico a fluconazol podera ser alergico a secnidazol?
Ha muitos anos tomei fluconazol e tive alergia, fiquei com pintas pelo corpo todo. Não me lembrava então a medica me receitou secnidal quando fui a farmacia percebi que os nomes da substância se parecem muito.
Tem semelhança mesmo?

Anônimo disse...

Olá pessoal primeiro de tudo quero parabenizar vcs pelo blog...
Então, eu desde sempre, tive candida, ja fiz muitos tratamentos com pomadas e orais, mas nada adiantou. Nunca consegui ter relações sexuais pois sinto muita dor. Essa dor na relação sexual pode ser ocasionada pela candida? O penis nem chega a entrar na minha vagina de tanta dor que eu sinto...Opinioes....

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não recomendo que utilize a medicação sem antes consultar o seu alergista: ele conhece seus dados clínicos e poderá orientar de forma mais adequada. Gratos por sua visita.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A dor que refere não sugere que a causa seja uma candidíase. Aconselho que procure um ginecologista para avaliar seu caso, examiná-la e indicar um tratamento adequado. Agradecemos suaparticipação em nosso blog.

Anônimo disse...

Olá. Tenho 24 anos e comecei a ter episódios de candidíase (coceira, secreção esbranquiçada etc) quando comecei a namorar ha 1 ano e meio atras. Recorri a minha ginecologista e tratei. Agora já não tenho nenhum episódio ha vários meses. No entanto a ultima vez que estive menstruada notei um cheiro muito forte e desagradavel e agora quando tenho relações com o meu namorado de repente vem um odor muito intenso de queijo. Isto pode ser uma vaginite por candidíase? Sei que a vaginite por tricomonas pode dar esta sintomatologia, mas penso que esta é uma DST e portanto, tendo eu apenas 1 parceiro, para estar infectada ele teria que ter tido relações com alguém infectado, certo? Obrigada desde já pela atenção

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

OI seu relato não sugere que seja candidíase. O caminho mais adequado é procurar seu ginecologista para definir o diagnóstico e assim orientar de fomra mais adequada. Gratos pela visita

Flávia Karlene disse...

Estou com candidase há oito meses. Já fiz uma série de tratamentos passados por ginecologistas, mas nada fez efeito. Atualmente me trato com homeopatia (Candia C30, óvulos de lactobacilus acidófilos, cápsulas dos msm lactobacilos e um composto de regulagem da flora intestinal). Hoje fui ao alergologista que passou exames de sangue, exame candidina e dois de alergia (a do contato e a alimentar). Ela disse que muitas vezes os exames não acusam nada. É desesperador saber disso!!!!! Tomara que meus exames acusam algo, assim fica claro que necessito de uma imunoterapia. Vcs podem me dar alguma sugestão? Estou fazendo certo em procurar este especialista? Houvi falar que a acunputura pode dar resultados. É verdade? Obg.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Flávia: sinceramente desconheço os efeitos da acupuntura na candidíase repetida. O efeito da imunoterapia costuma ser muito bom, controlando o problema. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

eu tenho candidiase toda hora, eu nao sei mais o que eu faço, estou quase perdendo meu namorado por conta disso, ja fui na medica milhoes de vezes, tenho o mesmo problema pelo menos 1x por mes, e a medica sempre me diz a mesma coisa, nunca tira as minhas duvidas, chega a me dar raiva. ela sempre passa o mesmo creme vaginal, para aplicar por 7 dias, mais um comprimido para mim e 1 para o meu parceiro, a gente se medica, o problema desaparece, mas ai depois de alguns dias la vem ele de novo! estou quase entrando em depressao, nao sei mais o q fazer, ja fiz exame de sangue para todas as DST, até aids, e deu tudo negativo! mas essa maldita coceira nunca acaba, as vezes irritacao, queimaçao, um corrimento branco horroroso, minha vagina vive com cheiro ruim, e agora ha poucos dias atras tive relaçao com o meu namorado e apareceram umas bolinhas no penis dele, acho q fui eu q passei pra ele, e ele vive reclamando cmg, n sei mais o q fazer, me ajude pelo amor de deus!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Compreendo seu sofrimento e gostaria de poder ajudar, mas não há como orientar sem examiná-la pessoalmente. Caso more no Rio, a nossa equipe médica está ao seu dispor na Policlínica. Caso more em outra localidade, visite o site da ASBAI (www.asbai.org.br) onde poderá localizar um alergista em sua cidade para orientar seu tratamento. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Olá Dra. tive meu primeiro epsodio ha mais ou menos 5 anos quando vamos passar as ferias na praia, sempre na axila. Quando voltavamos tinha sumido tudo, então não procurei medico e todos os anos tenho pelo menos 1 ha 2 vezes por ano pude notar que quando vamos passar tempos na casa de praia. Agora esta mais frequente e no anus tb. Sou casado e tenho 1 filhinho, ele pode ter tb??? Procurei uma Dermato e nada adiantou passou uma pomada um sabonnete e nada... Leio muito na internet e confesso só me deixa mais ancioso, sou muito alergico, tenho rinite, sou ancioso... Tenho medo de ter cancer ou mesmo desenvolver pela recorrência??????

Grato. Eduardo....

Anônimo disse...

Boa tarde! Minha filha de 10 anos apresentou a alguns meses um corrimento, fiz o exame e acusou FLORA GRAU II estranhei o fato pois ela ainda é uma criança e na ocasião ainda não tinha menstruado fato esse que acorreu a 2 meses. A médica receitou a pomada NOVACORT usar na região vulvar 2 vezes ao dia, após 3 meses o corrimento se tornou abundante. Como devo proceder? Desde já agradeço.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Eduardo: o tratamento da candidíase começa por um diagnóstico correto, que pode ser feito clinicamente e complementado por exames específicos. Aconselho que procure um Serviço Especializado em Dermatologia para orientá-lo. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Aconselho que retorne à médica de sua filha para uma nova avaliação. Ela avaliará seu caso, fará novo exame e poderá indicar uma nova etapa no seu tratamento. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Oi,estou com corrimento, esbranquiçado, parece nata de leite, e as vezes até leite mesmo, tem mau cheiro, e desagradável pois quando sento sinto o cheiro, nas calças jeans tbm fica o cheiro,já tive diagnóstico de candidíase, a 1 ano atras,agora estou sem convenio e não tenho condiçoes de ir ao Ginecologista, posso usar o fluconazol+nistatina?
Grata.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não recomendo que se auto medique pois pode agravar o problema. O caminho mais adequado é procurar atendimento com ginecologista. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

oi eu estou com micose no ânus faz 6 meses e passei um pouco de pomada anti-micótica dentro agora estou preucupado qual é o perigo disso?
obrigado

Flávia Karlene disse...

Fiz os testes de imunidade (IGE, IGG, IGM, IGA) e deu tudo normal. Porém, o exame CANDIDINA deu resultado 0. Diante da aplicação do antígeno intradérmico meu corpo não manifestou nenhuma reação, ou seja, não houve formação de nódulo. Isso quer dizer que meu corpo não combate a candidiase albicans? Como posso viver assim, já que este fungo vive no nosso organismo? Já fiz todo tipo de tratamento com fluconazol, pomadas, cremes vaginais e também com remédios de homeopatia. Nada deu certo!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O uso de cremes e pomadas para tratar infecções causadas por fungos deve ser feita com acompanhamento médico. Em alguns casos é recomendado associar medicamentos específicos para combater o processo fúngico. Aconselho que procure um médico proctologista para orientar seu caso. Gratos por sua visita.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Flávia: o teste intradérmico pode sofrer influências diversas que podem negativar sua resposta, como por exemplo, conservação, técnica, uso de remédios, características da pele, etc. O teste negativo deve ser interpretado sempre relacionado com os dados clínicos de cada pessoa. A imunoterapia pode ser util nos casos indicados. Converse com seu alergista. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

A candidíase pode ocasionar prurido anal também? Pois estou com candida e sinto coceira tanto na vagina quanto no anus.
Obrigada
Julia

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

É possível. Aconselho que procure seu médico ginecologista.Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Olá. fui ao ginecologista dia 28/09/11 e confirmei minha suspeita de que estava com candidíase. Foi-me receitado Fluconazol 150mg - dose única e Gynazole 1 - dose única também. No dia seguinte a dor e a coceira haviam passado, mas dia 30/09 senti que a coceira voltou e hoje, 01/11 apareceu o uma secreção esbranquiçada novamente. Gostaria de saber quanto tempo demora geralmente para fazer efeito, e se há possibilidades de eu ter me infectado de novo. Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O parecer que solicita não pode ser emitido através da internet: para afirmar se é uma nova infecção é essencial examinar pessoalmente. Conto com a sua compreensão. Aconselho que retorne ao seu ginecologista, pois é a pessoa mais indicada para orientá-la. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Olá, há cerca de 1 mês atrás senti uma sensação de ardência e queimação no prepúcio e glande, consultei um urologista e ele indicou Fluconazol 150 mg (4 comprimidos, 1 por semana) e aplicação de Trok-n no local por 10 dias, segui esta recomendação e os sintomas melhoraram, mas antes de tomar o ultimo comprimido, mantive relação usando preservativo e em dois pontos da glande houve descamação de pele, retornei ao urologista e ele sugeriu aplicar TROK-N até sumir os sintomas, deu resultado. No entanto, nesta semana, a glande voltou a ficar "bem" vermelha e a sensação de queimação era forte, apliquei novamente TROK-N e os sintomas minimizaram. voltei ao urologista hoje novamente e ele comentou que a medida mais eficiente para eliminar isso seria a circuncisão, no entanto, ele receitou novamente (4 doses de Fluconazol e aplicação de TROK-N por mais 10 dias). Diante desse quadro, pode-se caracterizar estes sintomas como sendo de Candidíase? A circuncisão, conforme sugerida não traz algum prejuízo futuro?

Obrigado.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato sugere uma infecção causada por fungos. A cândida albicans é um fungo que comumente causa sintomas genitais. Não tenho condições para avaliar sua evolução após o procedimento. Aconselho que peça esta orientação ao seu médico ou busque uma segunda opinião com outro urologista. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Olá, estou com Candidíase recorrente. Há um mês fiz o tratamento com creme vaginal e Secnidal via oral, mas após três semanas os sintomas reapareceram. Mudaram um pouco, pois nao tenho corrimento, apenas uma "massinha" grossa e esbranquiçada e seca. É horrível, durante a relação sexual fica saindo em grande quantidade. O que faço?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O primeiro passo é retornar ao ginecologista. O seu médico julgará se há necessidade de um encaminhamento para alergista para uma avaliação imunológica.Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

tomei. um remedio contra candise .mas estou com alergia e o problema que no bula fala que alergia sopara aids e cancer to comedo..vou fazer o exame de aids. e verdade que alergia e so nesses casos?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não há como esclarecer suas dúvidas com os poucos dados enviados. Aconselho que converse com seu médico e peça que oriente, pois ele conhece seus dados clínicos, qual foi a medicação utilizada, o diagnóstico de sua alergia, etc. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Eu to com isso tem 7 meses e estou fazendo tratamendo com alergista usando vacina faz 4 meses...antes o fluconazol era bala de açúcar, o itraspor chegou a ajudar por 1 dia, mas agora com as vacinas o fluconazol está começando a fazer efeito...mas gostaria de lembrar a mulherada que tb é importante tomar remedio de verme!!! ainda que no exame nao indique nada, eu estou melhorando, mas tb vou tomar remedio de verme, pq tb pode causar coceira vaginal...
no meu caso o exame de sangue nao acusou alergia, mas meu braço no teste subcutâneo inchou além de 20mm medico quase caiu pra trás...precisamos saber se o laboratório que fica em MG está realizando corretamente esse exame.

Anônimo disse...

fui em uma consulta e me disseram que estava com candida,usei a pomada por 7 dias, e nao me passou nada ainda,tenho a sensaçao que as bolinhas aumentaram porem parece que estao secando o que faço?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O seu relato confirma a indicação da imunoterapia nos casos de tratamento resistente na candidíase. Agradecemos sua participação em nosso blog.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

É possível que o tempo do tratamento não tenha sido suficiente: aconselho que retorne ao seu médico para nova orientação e conduta. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Oi tava com problemas com candise ai comprei a pomada trivagel-N, faz 2 dias que estou usando e sempre sai uma coisa brana parecendo gorfo,axei estranho,mas axo que é o efeito da pomada, isso é normal?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Peço sua compreensão, mas não há como avaliar seu caso através de um aconselhamento na internet. Aconselho que marque uma consulta com seu ginecologista. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Nossa! Li tudo isso... Sou uma mulher de 50 anos, super saudável, excelente alimentação, sem qualquer doença... Mas sofro desses sintomas de candidíase há anos... Sempre que tenho contato com um parceiro - mesmo que só através de beijo na boca - me aparecem os sintomas da candidíase... Se fico alguns meses sem contato algum, ela fica sob controle, mas basta o tal beijo (nem precisa que haja relação) para que os sintomas aflorem na mesma noite. Se houver relação, é pior ainda. Hoje o ginecologista me receitou o itraconazol e me encaminhou a uma alergista aqui no Rio de Janeiro. Pela primeira vez vou tentar este tratamento com alergista, depois de tantos e tantos cremes vaginais... Daí, resolvi entrar no Google e encontrei este Blob. Muito grata pelos depoimentos esclarecedores de todos e especialmente à equipe médica que disponibiliza estas informações. Paz a todos.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Obrigado pelo depoimento e pela visita ao nosso blog. Desejamos sucesso em seu tratamento.

Anônimo disse...

tenho candida de repetição, minha médica mandou procurar um imunologista, gostaria de saber se o imunologista é o alergista

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Sim. O médico alergista é portador de título de especialista em Alergia e Imunopatologia conferido pela ASBAI. Você pode localizar os dados dos alergistas em sua cidade no site da ASBAI (www.sbai.org.br) no setor: Localize um especialista. Basta digitar o Estado, a cidade e abrirá uma lista com os nomes de especialistas em sua cidade. Aproveito a oportunidade para convidá-la a assinar nosso blog e passar a receber nossos textos diretamente em seu e-mail.Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Quando tinha mais ou menos 20 anos, tive candidiase nas virilhas, e desde então, nunca mais tive paz, hoje tenho 43 e sinto que estou com o corpo inteiro com isso. quando ñ é na barriga, é nas costas, quando ñ é nas costas, nas axilas, e por aí vai no corpo inteiro.. meu cheiro estava cada dia pior, e isso me fez perder todas as amizades, hoje me encontro isolado por causa desse problema.. já fui a mais de 20 dermatologistas, nenhum resolve, a maioria diz que ñ é candidiase, mas eu tenho certeza que é.. o que eu queria, era que alguém me indicasse um especialista em candidiase em Maceió ou Recife, pois se eu continuar com isso, ñ sei se vou querer continuar vivendo. as pessoas trocam de calçada pra ñ falar comigo por causa do meu cheiro..

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente, desconheço a informação que solicita pois residimos no Rio de Janeiro. De qualquer modo, que eu saiba, não existe um médico especialista em candidíase. Agradecemos sua visita ao nosso Blog.

Anônimo disse...

estou de alta do tratamento do HPV,fiz uma cauterização,fui a praia hoje e comi muito camarão,minha mãe diz que faz muuuuuito mal.pode voltar instantaneamente?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Os dados que envia não são suficientes para emitir um parecer. Aconselho que procure seu ginecologista. Agradecemos seu contato no Blog da Alergia.

Anônimo disse...

Boa tarde,

Tenho cândida recorrente a 5 anos e lendo os relatos das pessoas tive um alívio momentâneo em saber que, pelo menos, esse problema não é exclusividade minha. Muitos casos contados aqui poderiam ter sido escritos por mim, por isso não vou me alongar nas experiências.
Já fiz vários tratamentos, estou sendo acompanhada pelo genecologista e pela imunologista, pois tenho baixa resistência, mas nada adiantou ainda.
Na última semana fui acometida por uma crise braba, por causa de meio dia na praia com o biquine molhado. Embora a umidade local seja ambiente propício para o desencadeamento da cândida, numa pessoa "normal", algumas horas na praia não são suficientes para provocar uma crise como esta. Isso mostra que a minha imunidade continua muito baixa, apesar de duas temporadas de vacina.

Tenho algumas perguntas para tentar entender melhor como lidar e, se possível, me livrar deste problema.

1)Sou casada, mas só eu faço tratamento pois meu marido não sente nenhum sintoma. Ainda assim, noto que muitas vezes estou bem e após uma relação mais intensa, com ejaculação, o problema retorna, sempre com o cheiro insuportável. É possível que meu marido esteja infectado e reative os meus sintomas quando temos relação? É aconselhável que ele faça o mesmo tratamento que eu, incluindo o das vacinas?

2) O estado emocional, ansiedade, apreensão, podem influenciar na recorrência da cândida? Pergunto isso, porque minha primeira crise forte foi num período de muita tensão no trabalho e desde então vivo em constantes situações que me deixam ansiosa. Isso pode estar colaborando para a recorrência?

Por ultimo, os casos crônicos de cândida,como o meu e de tantas outras pessoas aqui, podem ter cura? Existem casos de pessoas que conseguiram se livrar disso? Ou quando caimos nesse problema estamos fadados a conviver com ele para o resto da vida?

Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

1) O tratamento do parceiro é indicado, mesmo quando assintomático, a critério do ginecologista. Mas, não há necessidade que ele utilize as vacinas. 2) Fatores emocionais podem influir na candidíase. 3) O tratamento é lento, exigindo persistência e disciplina, mas é possível curar o problema. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

olá, estou com candidíase e minha medica passou fentizol ovulo para o tratamento, só que fiz a utilização dele durante o período menstrual. O que pode ocorrer nesse caso?tenho que repetir o tratamento?
agradeço desde já

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A pessoa mais adequada para responder sua dúvida é a sua ginecologista. Aconselho que entre em contato com ela e solicite esta orientação. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

adorei as informações desse blog pois ele não sugerem que o paciente tenha aids na maioria das vezes, como em outros que li. Eu ja estava surtando de medo de ter mesmo sendo virgem. há mais ou menos 3anos tenho candidiase, mas o intervalo de tempo entre as crises no começo era maior e agora só díminui. Antes a pomada resolvia, mas o ginecologista passou uma dose de fluconazol e só funcionou por 3 meses.Agora a crise voltou mais forte, o fluconazol não funcionou, tambem apareceu no ânus e a pomada está aliviando mas não saiu complmdtamente. Fiquei aliviada em ver que outras pessoas tem crises iguaís ou piores as minhas pois estava com muito medo.Gostaria d tirar algumas dúvidas: 1. Esta candida pode ser agravada psícologicamente? pois vivo apreensiva por causa dela.
2. Tenho tias que tem o mesmo problema, existe possibilidade de tendência genética?
3. Tenho colesterol alto. Isso pode estar influenciando?
4. Minha mae já teve sífilis antes de me ter, posso ter sífilis tambem e isto agravaria minha candidiase?
5. Tomo anticoncepcionais sem intervalo porque minga menstruação era muito forte, isso pode mdstar influenciando.
Há, faço exames de sangue regularmente e minha imunidade não dá baixa . Obrigada pelo espaço.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Antes de pensar em uma causa psicológica, peça ao seu ginecologista que encaminhe a um alergista e imunologista para complementar a avaliação do seu caso. Oa dosagem aumentada do colesterol não guarda relação direta com a candidíase. É recomendada uma dieta saudável, com menor quantidade de carboidratos para complementar seu tratamento. O fato de sua mão ter apresentado sífilis não é o fator causal da sua candidíase recorrente. O uso de anticoncepcionais pode influenciar na evolução do quadro em algumas mulheres suscetíveis. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Boa tarde.

Gostaria de saber se vocês tem alguma clínica para indicar em São Saulo.
Sou alérgica e tenho candidiase vaginal de repetição e gostaria de iniciar o tratamento com vacinas.

Muita Obrigada.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Para encontrar um médico alergista em sua cidade, aconselho que visite o site da ASBAI (www.asbai.org.br) e procure o setor “Localize um especialista”.Basta digitar o estado e depois a cidade em que reside. Depois clique em OK: abrirá uma lista com os nomes de todos os médicos portadores de título de especialista em Alergia no local escolhido.
Obrigado pela visita e volte sempre ao nosso Blog.

Anônimo disse...

Boa tarde.
Adorei o blog de vcs. Estou desesperada, pois tomo o elani 28 há 3 anos, então a minha menstruação vem só quando quero. Em junho de 2011 qd parei o comprimido, tive candida logo qd desceu a menstruação. Usei a pomada, e me deu tipo umas queimaduras entre a vagina e anus, pensei que fosse alergia do absorvente, mas tudo bem, foi superficial. Em agosto parei o comprimido novamente e com a menstruação veio candida novamente, o médico me deu fluconazol em comprimido, e mais uma pomada nitrato de miconazol, tive uma alergia a minha boa inchou, fiquei com ematomas na pele, e a minhas nadegas, perto do anus, a alergia ficou igual queimadura, com bolhas e tudo. Fui ao médico ele disse que era alergia da pomada, e pediu para suspender e fazer banho de assento e passar algo para queimadura. Desde agosto 2011 até fevereiro de 2012 não parava de tomar o comprimido com medo de acontecer a mesma coisa. Como estava me sentindo inchada parei, e novamente no dia da mesntruação veio candida novamente, e ela vem detonando...com tudo mesmo, mta coceira, insuportável. Tomei na mesma hora fluconazol, e usei nistatina, na mesma hora veio a reação alérgica, dessa vez muito mais forte, com ematomas pelo corpo, boca superinchada, e o pior as queimaduras nas nadegas mto mais avançadas. tô sofrendo demais com tudo isso, não sei mais oq fazer. Fui na médica ela disse q é alergia da pomada provavelmente e tbm do comprimido fluconazol. Ela disse para usar Dersani nas queimaduras, receitou antialergico de 6 em 6 horas, e para coceira num primeiro momento não receitou nada, mas liguei no outro dia dizendo o quanto tava passando mal com essa situação, aí ela me receitou a "clotrigel" Senti ardência ao colocar,mas depois de usar melhorei da coceira, continuo fazendo banho de assento com flogo rosa, e usando dersani nas queimaduras. A minha boca tá toda estourada, a minha pele ainda tem ematomas da alergia. A médica quer me ver semana q vem. Eu já estou toda preocupada só em pensar em parar o anticoncepcional novamente e vir junto com a mestruação a maldita candida novamente. Já marquei alergista e demarto tbm. Vocês podem me ajudar de alguma forma por favor?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Compreendo seu sofrimento mas peço sua compreensão: não sei como poderei ajudá-la através de aconselhamento por e-mail, sem conhecer seu histórico clínico e sem examinar pessoalmente. A sua conduta está correta - o médico alergista poderá orientá-la de forma apropriada. Estamos ao seu dispor, caso more no Rio. Gratos pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

BOM DIA...
DESDE DE DEZEMBRO COMECEI A TER UMA COCEIRA INFERNAL NA VAGINA, FICANDO MUITO INCHADA E TAMBÉM COM DIFICULDADE PARA URINAR, MAS LOGO COMECEI A MENSTRUAR E DEPOIS DA MENSTRUAÇÃO PAROU MAS DEPOIS VOLTOU DE NOVO , AI PASSEI POR UM MEDICO PLANTONISTA QUE ME RECEITOU FLUCONAZOL COMPRIMIDOS PARA TOMAR 2 DIAS E CREME VAGINAL,MAS MESMO ASSIM NÃO OBTIVE MELHORA, VOLTEI E ELE ME PASSOU FLAGYL 400, QUE JA ESTOU TOMANDO JA HA 7 DIAS COM HOJE E NENHUMA MELHORA, AINDA CONTINUAO COM UMA COCEDIRA INFERNAL CORRIMENTO NO COMEÇO ERA BRANCO E PASTOSO COMO NADA E DEPOIS FICOU ESVERDEADO NÃO POSSUI ODOR FEDIDO, SO CONSEGUI UMA CONSULTA COM GINECOLOGISTA AGOARA PARA 29-02, QUE AINDA VAI ACONTECER E ESTOU DESESPERADA O QUE É ISSO AFINAL PORQUE O MEDICO PLANTONISTA DISSE QUE ERA CANDIDIASE E DEPOIS QUE SERIA UMA TRICOMONIASE...ANTES DE ISSO ACONTECER TINHA O HABITO DE FAZER BANHO COM DUCHA E TAMBÉM USAVA SPRAY VAGINAL ISSO PÓDE TER CAUSADO ESSE PROBLEMA, ME SINTO CONSTRANGIDA, PORQUE O MÉDICO DISSE QUE ESTAVA COM UMA DOENÇA DST, TENHO UM UNICO PARCEIRO HA 21 ANOS E NUNCA TIVE ISSO... OBRIGADO...

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O médico plantonista faz uma avaliação e exame físico, mas não conhece seu histórico clínico de forma criteriosa. Por isso, o caminho mais adequado é procurar o seu ginecologista, que tem seu prontuário e poderá orientar de forma mais adequada.Para afirmar os fatores que provocaram o problema, é preciso fazer um diagnóstico preciso, o que não é o seu caso. Senão, corre-se o risco de estudar possibilidades e não fatos. A sua consulta já está marcada e é mais prudente aguardar para ouvir a opinião do seu médico. Agradecemos sua visita e desejamos melhoras em seu tratamento.

Anônimo disse...

Boa tarde!

Minha vagina está apresentando um odor parecido com o de Cândida 9produto químico). O que seria? Tem algo a ver com alguma doença?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Recomendo que procure seu ginecologista pois não há como afirmar a causa do seu problema sem avaliar pessoalmente. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Boa noite!

Fui diagnosticada há um ano com candidíase e minha ginecologista prescreveu o uso de Fluconazol (via oral) por 7 semanas e o uso de Nitrato de Fenticonazol por duas semanas. Acontece que no segundo comprimido tomado de Fluconazol, começou um processo alérgico no meu corpo, concentrado no tronco. Por ser diagnosticada como uma alérgica atópica, pensei que fosse algum cosmético que havia usado e continuei o tratamento. A partir do quarto comprimido o desconforto com as alergias só aumentava. Procurei minha dermato que me orientou que estava com reação alérgica ao Fluconazol e que era para procurar minha ginecologista e relatar o problema. Feito isso, minha gineco disse que seria muito difícil ser o Fluconazol. Tenho duas dúvidas. A primeira: é possível o Fluconazol ser tão intolerado por pacientes alérgicos? Caso positivo, quais os sintomas mais comuns? Segunda: Há outras alternativas para pacientes com intolerância a esse medicamento?
Preciso desse esclarecimento pois estou com os sintomas da Candidíase e agendei a consulta com minha gineco.

Obrigada

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Infelizmente não posso emitir um parecer sobre seu caso através de aconselhamento por e-mail. Mas, lembro que em princípio, qualquer medicamento pode provocar alergia. O tipo de reação varia,desde quadros de urticária, angioedema ou formas de farmacodermias. A consulta médica e a avaliação pessoal e criteriosa são fundamentais para se estabelecer o diagnóstico e indicar uma medicação alternativa para seu tratamento. Acoonserlho que procure um alergista. Estamos ao seu dispor na Policlínica RJ.

Anônimo disse...

olá
Tenho 26 anos e tenho candidíase desde os 16 anos. Tomei vários e vários remédios e nunca mais nunca fiquei curada.
Troquei de ginecologista diversas vezes, sinto que não estão preparados para essa maldita doença, porque é uma doença, que afeta sua vida afetiva, seu lado psicológico fica alterado enfim.
Com essa doença a dez anos crei que ela é cronica, mas nenhum dos ginecologistas procurou fazer exames complementares, somente o papanicolau que creio não detectar se a candida provem de outra parte do corpo, que pode ser do intestino, diabetes enfim...
Me ajudem por favor!!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Não sei como poderei ajudá-la através da internet. Estamos ao seu dispor na Policlínica RJ. Agradecemos seu depoimento em nosso blog.

Anônimo disse...

olá,tenho excesso de umidade na glande do pênis e por esse motivo a região fica muito sensivel e quando pratico sexo esfola tudo já fui no urologista o mesmo me indicou uma cirurgia pra retirada da pele que protege a glande o medico me indicou um hidratante pra ser usado na area do penis ,existe alguma pomada que eu possa usar ou remedio ? desde já obrigado

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Peço sua compreensão, mas este blog obedece as normas do Conselho Federal de Medicina: não prescrevemos e não indicamos nomes de medicamentos. Gratos por sua visita.

karine disse...

Olá, estou com candida e minha médica me receitou uma dose de gynazole, apliquei na quarta feira, mas continuo com coceira e ardencia, posso aplicar mais uma vez a pomada ou nao é indicado?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Karine: Gynazole é uma medicação para uso intravaginal contendo um antifúngico (butoconazol) A medicação já vem na quantidade certa para uso em dose única. Não recomendo que repita sem antes falar com sua ginecologista. Gratos pela visita ao nosso blog.

Anônimo disse...

Tenho 32 anos, venho sofrendo com essa doença a mais d 10 anos. Já usei todos os medicamentos possiveis, alguns citados acima. Minha dúvida é, se não pode ser usado antibióticos, anticoncepcionais, duchas, etc..., por que a industria farmaceutica ainda comercializa os mesmos para o problema. Tenho certeza que ja gastei um bom dinheiro com medicamentos e de nada resolveu meus problemas. Agora p completar umas espinhas apareceram no meu rosto que não querem mais sumir, com 5 meses de tratamento com derma e nada, pode ser deste bendito fungo?

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

O surgimento de acne facial não guarda relação com a candidíase vaginal recorrente. Agradecemos sua visita ao nosso blog.

Erika disse...

Dra tenho 32anos sofro de vários tipos de alergias e tomo muito corticoides e tenho várias vezes a maldita candidiase o que eu poderia fazer para melhora essa candidiase estou em tratamento novamente com ginecologista, sei que daqui pouco tempo vai voltar a candidiase me ajudem.

Anônimo disse...

tenho 52 anos estou com uma semana que estou sentindo muita dor na bexiga, quando vou urinar arde muito,só que a dor esta incomodando muito, por minha conta estou tomando pyridium de 100mg, mais assim mesmo não tó sentindo melhoras, ja estou no segundo comprimido. Aquestão que eu não tenho plano de saúde, e qdo estamos com esse tipo de doenca, nos postos é muito demorado para ser atendido.Preciso saber o que devo fazer de imediato, Meu nome é Rosangela, me responda urgente!!

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Peço sua compreensão, mas o parecer que solicita não pode ser emitido através deste aconselhamento na internet. É essencial examinar pessoalmente para fazer o diagnóstico e para indicar o tratamento correto. Aconselho que procure atendimento médico. Gratos por sua vsita.

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Erika: aconselho que marque uma consilta com seu alergista e peça que avalie sua imunidade O uso da imunoterapia imunoestimulante pode ser de grande ajuda na prevenção das candidíases recorrentes. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

Bom dia, há algum alergologista que tenha este enfoque e coheicmento que voces tem sobre candidiase aqui me Sao Paulo? Minha namorada já rodou todos os ginecologistas e urologistas do plano de saúde dela e nenhum soube dizer o que pode estar causando uma ardencia que nao passa.

Poderia ser alergia a Candida? Li sobre esta possibilidade em alguns raros blogs de outros alergologistas e medicos.

Muito obrigado,

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

A Clínica de Alergia da Policlinica RJ não possui filiadas. Mas, você pode localizar os nomes e contatos dos especialistas em S Paulo no site da ASBAI: www.asbai.org.br no setor: Localize um especialista. Basta digitar o Estado, a cidade e abrirá uma lista com os nomes de especialistas na localidade desejada. Gratos por sua visita.

Anônimo disse...

tenho candida com repetita vezes nao sei como me livrar disso me ajudem desda adolecencia desde que eu tinha 13 pra 14 anos

Clínica de Alergia - Policlínica Geral do Rio de Janeiro disse...

Aconselho que procure um alergista para avaliar seu caso e orientar se há necessidade de avaliação imunológica e imunoterapia. Gratos por sua visita.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 273   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário

"Os comentários publicados sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. Os autores deste blog reservam-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgarem ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou sem a devida identificação de seu autor também poderão ser excluídos".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...